13 dezembro 2017

Portugal é o Melhor Destino Turístico do Mundo 2017 e ganha o World Travel Awards

Portugal é o Melhor Destino Turístico do Mundo 2017 e ganha o World Travel Awards

Não bastasse Portugal ter ganhado o Prêmio de Melhor Destino Europeu, em setembro de 2017 (clique aqui para ver a matéria), para se consagrar de vez no cenário turístico mundial e mostrar que é mais do que a Bola da Vez, mas sim um lugar de excelência que investe nos seus roteiros, em infraestrutura e para receber bem seus visitantes, o país está em festa e celebrar o Prêmio de Melhor Destino Turístico do Mundo, sendo o vencedor da final no World Travel Awards 2017, cujo resultado foi divulgado no último domingo, dia 10/12/17, em cerimônia de gala realizada no Hotel JW Marriott Phu Quoc Emerald Bay, na cidade de Phu Quoc, no Vietnã.


A lista com 17 candidatos finalistas tinham destinos de peso tais como Brasil, Grécia, Maldivas, Estados Unidos da América, Marrocos, Vietnã, Espanha, entre outros. Agora prestem muito bem atenção: além de derrotar destinos turísticos badalados e outros considerados da modinha por serem mais excêntricos, trata-se de primeira vez em que um país europeu recebeu este título de Melhor Destino Turístico do Mundo! 

É ou  não é para comemorar muito, hein? Nossa... que ano incrível para Portugal! Lembrando que Lisboa foi eleita a Melhor Cidade do Mundo em Design (clique aqui) e a Cidade do Porto foi eleita como Melhor Destino Europeu em 2017 (clique aqui).


Fechando o ano de 2017 com chave de ouro, esse é sem dúvidas um grande momento de reconhecimento e prestígio para nossos compadres lusitanos que fizeram por merecer ao reerguer um país que estava há pouco tempo mergulhado em profunda crise política-econômia-financeira! Portugal não só está dando a volta por cima, como está recebendo o carinho de todos que encontram lá um país autêntico, inovador, que reúne uma grande variedade de experiências e paisagens, mesclando o seu lado cosmopolita com suas tradições, históricas, além de muito boa gastronomia e belezas naturais de arrancar suspiros!

Portanto, não há melhor momento para visitar a Terrinha que está de braços abertos aos turistas e sabe bem que o turismo é uma fonte de renda importante para esse processo de reestruturação do país.

Na Europa, apenas as cidades de Londres e Paris foram vencedoras do World Travel Awards 2017! Merece também registrar que, juntamente com o prêmio de Melhor Destino Turístico do Mundo, Portugal também recebeu outras premiações como Melhor Órgão Mundial Oficial de Turismo, atribuído ao Turismo de Portugal, e de Melhor Site Oficial de Turismo, por meio do visitportugal.com. É a primeira vez em dez anos de história do Turismo de Portugal que recebem prêmios de âmbito global! E não só o Turismo de Portugal foi reconhecido como Melhor Órgão Oficial de Turismo do Mundo (World’s Leading Tourist Board), como o portal oficial de informação sobre o destino é considerado o Melhor Site de uma Autoridade Turística (World’s Leading Tourism Authority Website), mundialmente. 

SOBRE OS PRÊMIOS: Criado em 1993, o World Travel Awards reconhece o trabalho desenvolvido na área da indústria turística global e estimula a competitividade e a qualidade do Turismo.

A seleção dos nomeados é realizada mundialemente por milhares de profissionais do setor, que todos os anos escolhem os seus favoritos. Os nomeados para a grande final são os vencedores das galas regionais aos quais se juntam outros nomeados pelo próprio WTA.

Câmara de Lobos - Crédito Turismo da Madeira
Para deixar a festa lusitana ainda mais completa e mais linda, a bela Ilha da Madeira também venceu no World Travel Award 2017 como Melhor Destino Insular do Mundo!

Madeira - Crédito Greg Snell
O Arquipélago comemora pela terceira vez consecutiva o reconhecimento por meio deste título após ser escolhido dentre outros 17 concorrentes paradisíacos, como as ilhas Ambergris Caye, Bali, Barbados, Ilhas Cook, Cozumel, Creta, Fiji, Havaí, Jamaica, Maldivas, Ilhas Maurício, Santa Lúcia, Sardenha, Seychelles, Sicília, Turcos e Caicos e Zanzibar... só destino peso pesado, hein?

Ponta da Calheta Beach - Porto Santo - Crédito Turismo da Madeira
Eu não poderia estar mais feliz por saber que a terra dos meus avós paternos está investindo tanto também no turismo para divulgar suas belezas para todo o mundo. Detalhe: só em 2016, a Ilha da Madeira recebeu mais de 1.3 milhões de turistas, além de 500 mil passageiros de cruzeiros. E a previsão é que 2017 encerre com um aumento considerável nesses números! Vale dizer que a Ilha da Madeira também foi nomeada como o melhor destino insular da Europa pela quarta vez e recebeu o título de "Melhor Resort All Inclusive da Europa" pelo hotel Pestana Porto Santo também!

Porto da Cruz - Turismo da Madeira
Ou seja, esse pequeno paraíso português, localizado no meio à imensidão do Oceano Atlântico, de origem vulcânica, clima ameno, mar com temperatura agradável o ano inteiro, com impressionantes cenários de montanhas, penhascos, vegetação exuberante... está com tudo e não está prosa... nem deve ficar porque merece festejar muito todas as conquistas!

Santana Rocha do Navio - Turismo da Madeira
Quer saber mais sobre o arquipélago da Ilha da Madeira? Acesse www.madeiraallyear.com e veja também as matérias que já compartilhamos no Apaixonados por Viagens:

- O que fazer na Ilha da Madeira: sugestão de Roteiro

- Atividades ao ar livre na Ilha da Madeira

E se você está com planos de visitar Portugal em breve, por que não aproveitar a oportunidade para encaixar uma ida à Ilha da Madeira! Gente, é nesta época de fim de ano que o Arquipélago se enche de luz e cor para celebrar as tradições do Natal e Ano Novo. 

Decoração de Natal - Ilha da Madeira - Crédito Francisco Correa
Já nos primeiros dias de dezembro, pode-se notar as peças e iluminações decorativas, além de barracas de comes e bebes e muita animação nas principais ruas e praças de Funchal, que apresenta uma agenda de programações recheada de atividades e manifestações culturais, religiosas, étnicas e artísticas, que seguem durante todo o mês.

Decoração de Natal - Funchal - Crédito Turismo da Madeira
Funchal, que é a capital da Ilha da Madeira, torna-se em um verdadeiro presépio de proporções reais e a decoração alusiva ao nascimento de Jesus pode ser vista por todo o seu território. Há concertos diários de música, com as atuações das bandas filarmônicas e dos grupos folclóricos madeirenses, e as igrejas locais promovem missas especiais denominadas Missas do Parto.

É ainda nas festividades natalinas que se prova o melhor da gastronomia madeirense. Doces e iguarias são produzidos assim como manda a tradição, como é o caso do bolo de mel (morri aqui imaginando o sabor desse bolo!!). A tradicional guloseima leva mel de cana, cidra e nozes em sua receita e é preparada especialmente em 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição.

Decoração de Natal na Ilha da Madeira - Crédito Francisco Correa
Outros quitutes como broas, licores caseiros e a carne de vinha d’alhos - afamado prato da culinária madeirense à base de carne de porco e vinho branco - fazem parte do cardápio natalino.

Festa de Natal na Ilha da Madeira - Crédito Turismo da Madeira
No dia 23 de dezembro acontece uma das maiores festas: a Noite do Mercado, no Mercado dos Lavradores, um dos principais centros comerciais da cidade. Com muita música, dança, comidas e bebidas típicas, madeirenses e turistas aproveitam para fazer as últimas compras natalinas. 

Depois do Natal, a animação não para e fica concentrada para a virada do ano. Reconhecida oficialmente pelo livro de recordes do Guiness, em 2006, como a maior do mundo, a queima de fogos de artifícios no Réveillon da Ilha da Madeira atrai muitos viajantes, inclusive cruzeiros que chegam a Funchal especialmente para esse show.

Queima de Fogos de Artifício - Reveillon Ilha da Madeira - Crédito Francisco Correa
Com as badaladas da meia-noite do dia 31 de dezembro, os apitos dos navios de cruzeiros soam e o céu se ilumina com um espetáculo que chega a durar oito minutos, decorando a chegada do novo ciclo.

Queima de Fogos de Artifício - Reveillon Ilha da Madeira - Crédito Hugo Reis
Bem... em Copacabana, no Rio de Janeiro, a queima de fogos tem durado nos últimos anos 16 minutos... mas de repente Funchal ganhou na quantidade de fogos e não na duração. Olhem eu puxando sardinha para os lados de cá, não é. Fato é que ambos são lindos e assistir aos fogos de Funchal em pleno festejo de Ano Novo deve ser uma experiência incrível!

Queima de Fogos de Artifício - Reveillon Ilha da Madeira - Crédito Turismo da Madeira
O encerramento das comemorações se dá com os festejos do Dia de Reis, em 6 de janeiro, quando os residentes da ilha aproveitam os últimos dias da iluminação de Natal e saem às ruas, de porta em porta, para entoar os populares cantares madeirenses, uma antiga tradição local.

E já que tocamos no assunto que eu particularmente mais gosto - DOCES - diria que é praticamente impossível resistir às delícias portuguesas, graças à sua rica gastronomia, que traz um gostinho de história em cada mordida.

Assim, se você for para Portugal, aproveitando o embalo das premiações e das dicas daqui do Apaixonados por Viagens, e não trouxer algum dos maravilhosos doces portugueses para mim, eu juro que ficarei de mal, viu?

Sério, gente... eu fico admirada com a habilidade de fazer esses doces que se transformam em verdadeiras obras de arte na minha opinião. Bem... para começo de conversa, é bom você gostar de ovo, gema, nozes, amêndoas... é a grande base dos doces portugueses mais conhecidos!

Pão de Ló de Ovar. Créditos: Divulgação
Agora, você sabia que a origem de algumas das sobremesas mais saborosas de Portugal veio das mãos das freiras da região do Centro de Portugal? Essa região é cheia de destinos populares, como Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima... além de possuir inúmeros patrimôminos da UNESCO, um litoral poderoso quando o assunto é surfe (quem aí já ouviu falar no Canhão de Nazaré?), aldeias históricas, gastronomia fabulosa, vinhos inesquecíveis....

Tal como a origem de muitos vinhos e cervejas é atribuída aos monges e abadias, os doces portugueses têm sua história relacionada aos antigos conventos da região do Centro que contribuíram bastante para a diversidade gastronômica, espalhando a tradição de comer as sobremesas por todas as cidades, desde o litoral até a fronteira com a Espanha.

Os ovos moles são um doce tradicional da cidade de Aveiro.  Créditos: Centro de Portugal
Prova disso são os famosos e maravilhosos ovos moles de Aveiro (que eu amo de paixão e tenho zero maturidade para comer só um!), com seus ingredientes simples que incluem água, açúcar e gemas de ovos, que conquistam os visitantes com seu sabor intenso, sobrevivendo por séculos como marca registrada da cidade.

Ria de Aveiro com seus charmosos barcos (Moliceiros). Créditos: Centro Portugal
Os ovos são parte fundamental de praticamente todas as receitas, incluindo o curioso salame de chocolate. Feito com biscoito Maria, manteiga, açúcar e gemas de ovos, é o aperitivo ideal para o lanche da tarde ser muito mais gostoso. A primeira vez que eu comi o salame de chocolate eu achei muito interessante o seu formato porque lembra mesmo um salame rsrs... muito criativo! E vou te contar que é uma delícia que não pode faltar no seu café da tarde uma vez estando lá na Terrinha a passeio, viu?

Se preferir formas diferentes desses doces típicos, em Aveiro é possível adquirir algumas em “versão sorvete”, como os já citados ovos moles de Aveiro ou o consagrado pastel de nata. 

Coimbra, principal cidade da região do Centro de Portugal, localizada a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto, também oferece opções de quitutes de dar água na boca, como os pastéis de Tentúgal, criados no século 19, e as Queijadas de Pereira, cuja primeira referência data de 1513. 

Patéis de Tentúgal. Créditos: Divulgação
As brisas do lis, naturais de Leiria, são os ancestrais do tradicional quindim brasileiro, com a diferença de que a base da versão portuguesa são amêndoas e não coco. E aí... qual será o mais gostoso? Suspeito que ambos! 

Outro quitute imperdível do Centro de Portugal é o pão de ló de Ovar, marca registrada da cidade de Ovar. Preparado com os tradicionais ingredientes da culinária conventual, sua massa permanece úmida e o recheio transborda com cores fortes e que enchem os olhos.

O delicioso Pão de Ló de Ovar. Crédito: Divulgação
Nossa... fiquei com água na boca! Por favor, agora que você já sabe que Portugal é o melhor destino turístico do Mundo, que a Ilha da Madeira é o melhor destino insular do Mundo, e que os doces portugueses são divinos, lembrem-se de mim e tragam algum docinho para mim quando forem lá, combinado?

Para mais informações sobre o Centro de Portugal, visite www.centerofportugal.com e veja as matérias já publicadas aqui!

- Conheça a história por trás da expressão "Inês é Morta"





Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar