segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ilha da Madeira: descubra seus encantos com atividades ao ar livre

Nós já falamos aqui o quanto gostamos de receber notícias de Portugal, inclusive de lugares onde ainda não estivemos ainda, pelo simples prazer de compartilhar com vocês as novidades que chegam da terrinha Além Mar, pois, apesar de sermos um blog que busca primordialmente relatar nossas experiências de viagem ou de nossos colaboradores, a gente tem um carinho enorme por este país porque, como já tive a oportunidade em explicar em outras ocasiões, meus avós paternos, já falecidos, eram da Ilha da Madeira e eu cresci ouvindo as suas histórias, lembranças e algumas fotos que eles mantiveram... impossível não ter curiosidade sobre esse destino que desponta, ano após ano, como uma importante região turística que tem tudo ao seu favor: acesso aéreo ou mar facilitados, preços mais camaradas (se compararmos com outros destinos europeus, é claro... se a gente sempre pensar na conversão do euro para o real, aí nada na Europa será acessível para nós pobres brasileiros, né?), ótima infraestrutura, notadamente no setor hoteleiro, além de inúmeras atividades que podem ser realizadas pelo turista... dá para ficar tranquilamente uma semana por lá e ter muita coisa que ver e fazer!

Walking Tour Levada do Ribeiro Frio. Crédito: Turismo da Madeira
Funchal - Crédito: Turismo da Madeira

Levada Rico 25 Fontes. Crédito: Turismo da Madeira 
De origem vulcânica, com clima ameno e mar com temperatura agradável o ano inteiro, além de impressionantes cenários de montanhas, vales e penhascos, a Ilha da Madeira é formada por um arquipélago composto por um conjunto de ilhas, sendo as principais e únicas habitadas a Madeira e Porto Santo. 


Ilha da Madeira - Crédito: Turismo da Madeira

Levada do Furado / Madeira. Crédito: Francisco Correia

Levada Rico 25 Fontes. Crédito: Turismoda Madeira
Há excelentes opções em balneários, monumentos históricos e ótimos hotéis e restaurantes, onde se pode provar a deliciosa gastronomia portuguesa (quem aí é fã de bacalhau com natas como eu??? huuummmm... até de sardinha frita eu gosto kkk) e os premiados e famosos vinhos madeirenses. Pronto... agora eu te conquistei um cadinho, não? Então veja abaixo algumas atrações da ilha.

Por falar em vinhos madeirenses, antes de falarmos sobre os passeios ao ar livre na ilha, merece registro também a Festa do Vinho, que acontece este ano entre 27 de agosto e 10 de setembro, período este que coincide com as vindimas, que é a época da colheita das uvas. Apesar de a ilha inteira ficar em festa durante estas datas, é a capital Funchal que se transforma em verdadeira Vila do Vinho, local perfeito para os turistas e moradores aproveitarem os Festejos do Baco para degustar os produtos direto da fonte, levados pelos produtores locais, além de aprender mais sobre a produção da bebida e as tendências do mercado.

Se não der tempo de ir este ano, planeje-se para o ano que vem, já que o evento acontece todo ano e apresenta uma agenda diversificada que reúne bandas tradicionais, artistas teatrais, com direito a um desfile especial que conta a história do vinho na Madeira, em uma típica celebração folclórica das antigas tradições, excelente programa para famílias, crianças, amigos, curiosos e bons entendedores do assunto, especialmente para quem desejar aprender mais sobre a arte vinícola da Madeira.

A Festa das Vindimas acontece no Estreito de Câmara dos Lobos, uma típica quinta madeirense, onde a colheita é feita ao vivo no melhor estilo "quem sabe faz ao vivo" e os participantes poderão vivenciar a experiência de colher e em seguida pisar nas uvas.



Clique aqui e veja uma sugestão de Roteiro de Passeios e Atividades na Ilha da Madeira

Levada do Moinho. Credito: Turismo da Madeira
E por falar em atividades, considerando que a Ilha da Madeira é um destino ideal para quem busca qualidade, bem-estar, tranquilidade, mas também para quem curte adrenalina, esportes radicais e contato com sua exuberante natureza, que é, sem dúvida, o seu mais importante atrativo turístico, já que em matéria de paisagem natural a Ilha da Madeira dá show, sendo considerada como um pequeno e autêntico paraíso português, vamos trazer algumas sugestões aqui para vocês aproveitarem bastante a sua estada por lá.

Levada do Furado. Credito: Turismo da Madeira
Recentemente, em razão do casamento do meu irmão (quem acompanha a gente no instagram viu rsrs), uma querida prima que mora há muitos anos em Portugal veio para o Brasil e por coincidência ela me mostrou inúmeras fotos da Ilha da Madeira, de trilhas que seu filho (também meu primo) que está namorando uma menina que é da Ilha, vem fazendo por lá. Cenários deslumbrantes... lindo demais! É claro que eu já fiquei logo com vontade de planejar uma viagem para lá!

Canical - Madeira. Crédito: Turismo da Madeira


Ilha da Madeira. Crédito: Turismo da Madeira
A sua localização privilegiada, quase que no meio da imensidão do Oceano Atlântico, realmente faz da ilha um lugar super exótico. Tenham em mente que, por sua posição no mapa, a ilha pôde manter-se preservada de maneira bem autêntica, já que não sofreu com as grandes guerras, por exemplo.

Walking Tour. Crédito: Turismo da Madeira
Desde a sua capital Funchal, passando por seus arredores até outras ilhas do arquipélago, como Porto Santo, o que não faltam são opções para todos os gostos e perfis de viajantes.

Caminhada no Pico Ruivo. Crédito: Turismo da Madeira
Entre as principais atrações, é possível observar a impressionante Floresta Laurissilva, reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade! Exclusiva da Macaronésia, essa floresta conta com árvores de grande porte e densa vegetação subtropical, formando paisagens repletas de cores vibrantes e movimento.

Árvore Til no Fanal - Madeira. Crédito Miguel Perestrelo
Aproximadamente dois terços da ilha são protegidos pelo Parque Natural da Madeira, criado em 1982 e classificado como Reserva Biogenética, já que abriga flora e fauna únicas.

Levada 25 Fontes. Crédito: Turismo da Madeira
E é claro que um bom amante da natureza não vai querer ver toda essa beleza de longe, certo? Por isso mesmo que a dica de ecoturismo é para o turista aproveitar a estrutura já existente dos diversos canais de irrigação, que são conhecidos como ‘levadas’, para fazerem uma caminhada bem tranquila, leve, em trilha marcada, que pode ser feita com sua família e acabar virando um verdadeiro passeio de imersão na natureza.

Levada do Ribeiro Frio. Crédito: Turismo da Madeira
Construídos no século XV, esses canais são utilizados para transportar grandes quantidades de água desde a região norte para o sul e possuem mais de dois mil quilômetros de extensão, com diferentes níveis de dificuldade, chegando a 1.861 metros de altura nas áreas de montanhas.

Levada dos Balcões. Crédito: Turismo da Madeira
Você sabia que a Ilha da Madeira também é considerada o santuário do canyoning?

Canyoning. Madeira. Crédito: Turismo da Madeira
Por ser uma ilha montanhosa, não faltam cânions e cachoeiras a serem explorados ao longo de um rio, onde são utilizadas técnicas de rapel, nado e outras modalidades. Bem, aí é para os mais corajosos de plantão, time do qual eu me exlcuo! kkkk... eu acho que não encaro, ainda mais rapel, que nunca fiz. Mas quem sabe um dia, não é mesmo? São inúmeros percursos rodeados pelos verdejantes panoramas, como o Ribeiro Frio. 

Cascata de Agua de Alto. Crédito: Turismo da Madeira
O bom é que essa mesma região oferece outras opções para quem realmente está a fim de se desafiar e praticar esportes radicais por lá, como mountain bike, escalada ou até mesmo parapente, que dizem garantir uma deslumbrante vista do alto.

Escalada - Ilha da Madeira - Crédito: Turismo da Madeira

Ciclismo na Madeira. Crédito: Tiago Sousa

Walking Tour Levada do Risco. Crédito:Turismo da Madeira
Vejam só que bacana e essa eu realmente curti porque sou do time que adora um mirante (desde que eu não precise fazer um rapel para chegar nele rsrsrs...): pensando nisso, para que os visitantes vejam o que a Ilha da Madeira tem de mais incrível, há diversos mirantes em diferentes pontos da ilha. 

Vereda Penha D'Águia. Crédito: Turismo da Madeira

Walking Tour Vereda do Pico do Areeiro. Crédito: Turismo da Madeira
Localizado na pequena cidade de Câmara dos Lobos, Cabo Girão é um dos mirantes mais visitados e não é por menos: sua parede rochosa é a mais alta da Europa, com 580 metros debruçados sobre o oceano. Toda essa grandiosidade é visível desde o mirante com piso transparente, nomeada skywalk. E aí, quem encara?

Camara de Lobos - Crédito: Turismo da Madeira
Cabo Girão Madeira - Skywalk. Crédito: Francisco Correia
E para quem é mais fã de água, vale lembrar que o clima ameno do arquipélago é perfeito para aproveitar ainda as atividades nos balneários. Porto Moniz é um pequeno paraíso com piscinas naturais formadas a partir de rochas vulcânicas, onde o mar entra naturalmente.

Porto Moniz Piscinas naturais Municipais. Crédito: Turismo da Madeira

Seixal Piscinas Naturais. Madeira - Crédito: Francisco Correia

Stand Up Paddle em Porto Moniz - Céedito: Turismo da Madeira
Porto Santo, a outra ilha habitada do arquipélago, conta com nove quilômetros de praias de areias douradas e águas cristalinas e calmas, o que possibilita a prática de mergulho, stand up paddle, canoagem e observação de cetáceos, como golfinhos e baleias.

Mas se a sua praia preferida for mais agitada, de preferência com ondas para surfar, não se preocupe porque a Ilha da Madeira também apresenta as que são consideradas por muitos como as melhores ondas da Europa, nas praias de Jardim do Mar, Fajã da Areia, em São Vicente, ou de Porto da Cruz.

Porto Santo - Crédito: Turismo da Madeira
Windsurf Costa Leste Madeira - Crédito: Turismo da Madeira

WindSurf - Funchal. Crédito: Turismo da Madeira
Bem... você leu tudo isso e ficou desanimado porque é do tipo mais sossegado, que gosta de uma atmosfera mais tranquila com aquela pitada urbana, também tem atividade para você curtir na Ilha da Madeira, bastando explorar suas áreas urbanas, até mesmo porque a Madeira é conhecida pelos  seus belos jardins e parques, que são cuidadosamente tratados e mostram sua grande diversidade de flores, plantas e árvores, mescladas aos ares cosmopolitas e que comprovam que na Ilha da Madeira a primavera dura o ano inteiro.

Jardim Botanico Funchal. Crédito: Turismo da Madeira
Nós já até publicamos aqui sobre o Festival de Flores da Ilha da Madeira, lembram? Clique Aqui. Logo, não é a toa que existe na ilha toda uma preocupação em manter-se florida, colorida e linda para quem nela vive e para seus visitantes.

Rotunda do Infante - Funchal - Crédito: Turismo da Madeira
Para mais informações, acesse www.madeiraallyear.com.


2 comentários:

  1. muito lindo! obrigada pela partilha!
    Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Muito obrigada. Seja sempre bem vinda aqui no blog.
      Beijos,
      Lily

      Excluir