11 setembro 2019

Onde comer em Budapeste: Restaurante Gettó Gulyás

Onde comer em Budapeste: Restaurante Gettó Gulyás

Se tem uma coisa de que eu e Julio não abrimos mão quando viajamos é nos aventurarmos pela gastronomia local, mais tradicional e típica dos lugares que conhecemos. Não seria diferente na Hungria, certo?

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Em março de 2019, estivemos pela primeira vez juntos em Budapeste (foi a minha primeira vez por lá e a segunda vez do Julio) e tivemos uma oportunidade ímpar de mergulhar na história do país, na sua cultura e gastronomia durante as 5 noites que passamos na cidade.

Aliás, eu até considerei usar um dia para passear pelos arredores, visitando outra cidade, mas desisti logo que vi a quantidade de coisas bacanas para ver e fazer em Budapeste. Confesso que a cidade me encantou e emocionou, mesmo passando muito frio (era final de inverno, mas chegamos a pegar 2º por lá) e dias nublados e levemente chuvosos.

Em razão das 5 noites na cidade, dividimos nossa hospedagem em duas regiões turísticas e relativamente próximas. Em um primeiro momento, ficamos no Estilo Fashion Hotel, localizado no 5º bairro - Belváros/Lipótváros, a poucos passos do Great Market e do Danúbio, numa zona de muito comércio e rua de pedestre - CLIQUE AQUI PARA FAZER A SUA RESERVA NO HOTEL.

Já na segunda etapa, mudamos para o movimentado, jovial, cheio de vida Bairro Judeu (7º distrito - Erzsébetváros), e ficamos hospedados no Roombach Hotel. Confesso logo de cara que curti mais essa região, apesar de também ser um lugar mais barulhento, o Bairro Judeu é tão incrível por toda a sua história, religiosidade expressada em suas sinagogas, mas também pelos bares, restaurantes, ruin pubs... é sensacional! CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA RESERVA NO HOTEL

Para ler a resenha completa sobre a nossa Hospedagem no Roombach Hotel, bem como os passeios que fizemos na região, clique aqui e leia mais.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

E como disse logo no início, se tem uma coisa que nos desperta a curiosidade é desbravar também a gastronomia local. Estávamos muito curiosos por experimentar novos sabores e tentar desvendar um pouco dos pratos tradicionais húngaros (e quando eu digo desvendar é porque ler o cardápio em húngaro já é um desafio por si só porque pronunciar os nomes dos pratos é praticamente impossível e entender o que eles significam requer tecla sap).

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Assim, nós que já estávamos com um convite para conhecermos o Restaurante Gettó Gulyás, ficamos ainda mais animados quando, ao perguntarmos na recepção do hotel Roombach a respeito de restaurantes recomendados, foi-nos sugerido exatamente ele. Ou seja, era para ser!

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

O Restaurante Gettó Gulyás fica a poucos passos do Roombach Hotel em uma rua bem charmosa do Bairro Judeu, a poucos passos também da Dohány Sinagoga (o que torna o restaurante uma boa pedida para quem estiver turistando pelo bairro).

Gettó remete ao gueto judeu do passado, porque era neste bairro em que viviam os judeus até a Segunda Guerra Mundial.

Gulyás significa goulash, em húngaro, que é certamente o prato mais conhecido mundo afora da culinária húngara. Porém, apesar do seu nome, a casa é especializada na verdade em Pörkölt, outro prato húngaro bem popular e tradicional, que poderíamos dizer que é um primo do goulash, já que a base seria a mesma: picadinho de carne sem ossos, ensopado, ou seja, um cozido.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

O cardápio do Gettó Gulyás apresenta cerca de 14 versões do Pörkölt, elaboradas a partir de carne de veado, vitela, frango, guisado, porco, cordeiro e muitas outras carnes... e é claro que a gente ia experimentar também.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Mas antes de falarmos sobre os pratos, vamos apresentar um pouco mais sobre o restaurante, que ocupa o espaço do antigo bar Szóda, e oferece um ambiente simples, mas bastante elegante e acolhedor, mesclando elementos modernos com ares industriais e um leve toque vintage.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Mesas de madeira com velas predominam no espaço, tornando-o em lugar perfeito para um jantar romântico, por exemplo. Mas o balcão para espera da sua vez e bons drinks dá uma quebrada nesse clima intimista.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

O atendimento dos garçons foi impecável do início ao fim e observamos que a atenção dispensada era igual em todas as mesas.

Como fomos no inverno e fazia muito frio em Budapeste, estávamos bastante agasalhados, mas dentro do restaurante a calefação estava bastante eficiente. Assim, foi muito prático poder pendurar nossos casacos no cabideiro. A ideia de ter cabideiro nesses restaurante deixa a experiência ainda mais confortável.

Quer saber mais sobre a gastronomia no Leste Europeu? Então confira aqui

Agora sim, vamos falar da cozinha do Gettó Gulyás, que se diferencia e ganhou destaque no cenário gastronômico da capital húngara não a toa, já que ele é um restaurante com personalidade própria, que investiu em pratos tradicionais, mas que conseguiu a fórmula perfeita tanto para os locais quanto para os turistas: pratos deliciosos com ótimo preço.

Para começarmos, vinho tinto húngaro que nos acompanhou durante a noite: Egri Bikavér 2016 - Eger Boliki. Foi sugestão do garçom pois, obviamente, a gente entende nada sobre vinhos húngaros rsrs... achamos o vinho muito honesto.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Os pães caseiros e quentinhos, servidos logo ao início, também merece toda a atenção.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Como entrada, não poderíamos deixar de experimentar o goulash da casa. Sem fazermos desfeita ao carro-chefe do restaurante, que é o Pörkölt, pedimos o goulash para comparar com outros que a esta altura já havíamos comido e achamos a receita do Gettó Gulyás bem saborosa e bem temperada. 

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Também experimentamos outra especialidade da culinária húngara: a salada de cucumber, de pepino, com sour cream e também o hot pickled apple pepper, uma pimenta amarela grande (gordinha) que eu só provei um cadinho porque minha tolerância para comidas muito apimentadas é baixíssima. O garçom deu uma insistida para a gente experimentar, já que se trata de um prato também tradicional, mas eu não pediria por livre espontânea vontade rsrs...

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

E chegamos nas estrelas do cardápio: Pörkölt!

Diante de tantas opções, fica até difícil de escolher. Mas eu optei pelo de carne de veado (venison) pela curiosidade de nunca ter experimentado antes essa carne. O Julio escolheu o de vitela. 

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Diferentemente do goulash que lembra mais uma sopa (ensopado de carne) o Pörkölt tradicionalmente é servido com acompanhamento. O meu prato veio acompanhado de dumplings de pão feitos com cogumelos e estava tudo muito saboroso. A carne de veado, que pela primeira vez provei, estava muito macia e o molho era divino.

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

O prato do Julio veio acompanhado de Noodles de Queijo, Bacon e Sour Cream. O acompanhamento do prato dele era mais gostoso do que o meu rsrs... mas a verdade é que ambos estavam especiais, com carinha de comida caseira, muito bem preparados, bem servidos e apresentação bem interessante dos pratos. Não sei vocês, mas vamos combinar que carne com molho não costuma ser algo muito fotogênico rsrsrs... por exemplo, o goulash  nunca fica muito bonito nas fotos, mas o Pörkölt ficou!

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Por fim, encerrando a nossa riquíssima experiência gastronômica húngara, não poderíamos ir embora sem experimentar uma sobremesa e a escolhida por nós, também a partir da sugestão do garçom que nos atendeu, foi o Dumpling de queijo com creme de sour cream e canela!

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Gente, que delícia, viu? Estava super gostoso, diferente de todos os dumplings que já havíamos comido (e depois de 23 dias viajando pelo Leste Europeu, posso me considerar uma especialista em dumplings kkk). Eu amo queijo, né? Então, o dumpling de queijo como sobremesa me conquistou! Adorei!

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Queria mesmo era ter tido mais espaço no estômago para provar mais pratos e especialidades da casa, porém não deu.

Em resumo: tivemos uma linda experiência no Restaurante Gettó Gulyás, um serviço muito solícito e simpático com garçons preparados para atender e que falavam inglês adequadamente, todos os pratos superaram as nossas expectativas e, para um restaurante elegante, na moda, e recomendado pelo hotel e até mesmo pelo guia do tour pelo bairro judeu, eu achei os preços maravilhosos! Viva o Leste Europeu porque os preços realmente são fantásticos.

Viajar para o Leste Europeu é barato? Clique aqui e confira os nossos gastos

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Preços do que comemos no Restaurante Gettó Gulyás


Moeda Húngara é o Forint. 1 Euro é mais ou menos 331.757 HUF

Vinho Tinto

  • Egri Bikavér 2016 - Eger Boliki - garrafa de 750 ml - 5600 Ft (cerca de 17 euros)

Entradas:

  • Goulash - 1300Ft (mais ou menos 4 euros)
  • Tejfölös uborkasaláta (Salada de  Cucumber húngara com sour cream) - 560 Ft (1,70 euros)
  • Csípõs almapaprika (Hot Pickled Apple Peppers) - pepino tipo pickles com páprika - 480 Ft (1,45 euros)

Pratos principais - Pörkölt:

  • Bórokás-vargányás (venison stew with juniper) - 4200 Ft (cerca de 12,60 euros)
  • Borjúpaprikás házi tejföllel (veal paprikash) - 3540 Ft (cerca de 10,60 euros)

Sobremesa: 

  • Házi Túrógombóc fahéjas tejfõllel (cheese dumpling com creme sour cream e canela) - 1320 Ft (cerca de 4 euros)

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Blog Apaixonados por Viagens - Budapeste - Onde Comer - Gettó Gulyás

Mais Informações sobre o Restaurante Gettó Gulyás


  • Endereço: Budapest, Wesselényi u. 18, 1077 Hungria
  • TripAdvisor: nota 8, baseada em mais de 1.300 avaliações. Com Certificado de Excelência entre os anos de 2017 e 2019 e colocação em 314º lugar no ranking com mais de 2.770 restaurantes avaliados em Budapeste - clique aqui e veja os comentários
  • Facebook: https://www.facebook.com/gettogulyas/
  • Reservas: é altamente recomendável fazer reserva de mesa

Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar