quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Quer esquiar ou fazer snowboard? Então confira as dicas para planejar a sua viagem!!

Enquanto o Hemisfério Norte derrete com o calor do verão, no Hemisfério Sul está bombando a temporada de esqui em diversas estações! Bem, não no Brasil, né? A não ser que você vá para a cidade gaúcha de Gramado brincar um pouquinho na neve fake do Snowland, que, embora eu não conheça a atração, parece agradar a muitos amadores e fazer os mais ávidos pelo esporte matarem a saudade! 


Agora, se você quer ver neve de verdade, o que é o desejo de muitos brasileiros, curtir uma autêntica estação de esqui da América do Sul, as mais famosas dentre os brasileiros ficam na Argentina e no Chile, dentre elas, Bariloche e Valle Nevado atraem muitas pessoas, seja pela qualidade das pistas, seja pela infraestrutura oferecida!

Bariloche eu ainda não conheço e Valle Nevado eu tive a oportunidade de ir no inverno de 2011, final do mês de junho, mas não dei sorte em relação à qualidade da neve que, apesar de já estar caindo com quantidade boa, na época em que fui, não era considerada uma neve de qualidade para fazer abrir a estação de esqui e, naquele ano de 2011, a temporada de esqui foi adiada e começou tardiamente. Muito disso a gente sabe que tem a ver com as mudanças climáticas que lamentavelmente o planeta enfrenta e nem sempre a temporada de esqui segue à risca a tendência de ser entre junho e outubro. 


LEIA AQUI O POST JÁ PUBLICADO SOBRE AS ESTAÇÕES DE ESQUI NO CHILE: Eu - Lily - já estive no Chile por 3 vezes e em duas delas no inverno (junho e agosto). Quando fui em agosto de 2008, tive um azar danado de ter ocorrido uma nevasca muito forte na semana em que estive em Santiago. Por conta disso, em razão do risco de avalanches, a estrada para o Valle Nevado foi interditada bem nos dias que eu tinha planejado subir os Alpes! Puxa... que droga! Mas, pelo menos eu pude chegar às estações de esqui mais próximas da capital chilena: El Colorado e Farellones! 


Deu para ver bastante neve, brincar e até mesmo arrisquei uma aula de esqui! Foi divertido! Porém, subi a montanha, em El Colorado, umas 3x e caí umas 6x rsrsrs... valeu pela experiência e para ter a certeza de que esquiar "não é a minha praia"! 

Então, em 2011, quando retornei em junho, adiantei lá em cima para vocês que consegui chegar finalmente ao Valle Nevado e conhecer a famosa estação de esqui que atrai tantos brasileiros durante a temporada. Todavia, mas uma vez abraçada pela falta de sorte, a neve não era de qualidade e isso fez com que a estação adiasse sua abertura oficial da temporada. O resultado disso foi que os teleféricos não estavam funcionando, as pistas de esqui e snowboard estavam fechadas... tudo bem que eu não ia mesmo esquiar de novo (eu acho que não ia! kkk... mas vai que eu reunisse novamente a coragem para tentar??), mas eu fiquei com vontade muito grande de andar no teleférico e não deu... ai que peninha!


Enfim, pude brincar novamente com a neve, meus pai e irmão, que estavam comigo e minha mãe e nunca tinham visto neve na vida ficaram encantados (eu e mummy já tínhamos tido uma boa cota de neve no inverno novaiorquino em 2010 rsrs). Pudemos fazer anjinho na neve, tirar foto com boneco de neve e meu irmão até brincou de esqui-bunda! 

E tudo isso eu estou dizendo para o que mesmo?? Ahhhhh... é para lembrar que vocês podem seguir algumas dicas para tentar ter mais sorte do que eu tive kkk... E essas dicas preciosas vieram justamente do pessoal do Valle Nevado que compartilhou conosco depois de receber com muita frequência a pergunta se "vai ter neve na data X" e nós vamos contar para vocês:

Diga-se de passagem de que Santiago, aqui na América do Sul, é a cidade com o maior número de estações de esqui próximas, o que permite até mesmo um day trip, ou seja, um bate e volta, passar o dia na montanha e voltar para dormir na cidade, que foi a minha opção em 2008 e 2011. Agora, se você quer realmente aprender a esquiar, não faça a isso! Uma aula serve para nada. O ideal é ficar alguns dias na estação de esqui e praticar todo dia até aprender ou até cansar rsrs... 


Bem, para começo de conversa, é bom deixar claro que ninguém tem o telefone direto de São Pedro para ter a previsão certeira de como estará o clima, mas o Valle Nevado, que segue em temporada até o dia 22 de setembro, separou algumas dicas que vão ajudar o viajante que quer se aventurar na neve a planejar melhor sua viagem.


1- Temporada de Inverno

A primeira dica e a mais óbvia é a de tentar se programar para visitar a estação de esqui durante a temporada de inverno, a qual normalmente acontece de junho a setembro, tendo mais força (e mais neve) entre julho e agosto. Quando São Pedro está de bem com os esquiadores e snowboarders, ele manda as nevascas mais cedo ou continua a mandar outubro adentro. Na temporada de 2016, por exemplo, as pistas abriram duas semanas antes do previsto. E há chances de elas ficarem abertas por mais tempo, mesmo depois que os hotéis fecharem, no dia 22 de setembro. Todos na torcida!

2- Webcam

Caso o viajante esteja em Santiago e tenha flexibilidade na sua programação de passeios para decidir mais em cima da hora qual dia vai subir a montanha, a boa é conferir as duas câmeras ao vivo, instaladas no Valle Nevado Ski Resort, que transmitem em tempo real imagens do deck da piscina aquecida externa do Hotel Puerta del Sol, um dos três hotéis do complexo, e também do teleférico norte. Mesmo para quem não pretende visitar o resort para esquiar, vale dar aquela checada para conferir a paisagem branquinha e tirar aquela tradicional foto deitado no chão fazendo “anjinho” na neve. 

3- Alertas de Nevasca

Diferente do que acontece com moradores de grandes cidades, quando cai uma nevasca no Valle Nevado, os esquiadores e snowboarders comemoram, afinal, quanto mais neve, mais chances de praticar seu esporte favorito. Por isso, sempre que há alerta de nevasca no alto da montanha, o resort compartilha a novidade em sua página no Facebook. A dica é seguir a página e ativar as notificações para ser o primeiro a saber sempre que tiver sinal de neve mais forte por lá. Mas lembrem do que aconteceu comigo em 2008, certo? A nevasca foi tão intensa que fez interditar as pista de subida da montanha para o Valle Nevado por uns 2 dias e eu, que não tinha muita flexibilidade para trocar as datas, acabei sendo prejudicada e não consegui chegar lá. Agora pense em quem estava lá em cima que também não conseguiu descer. Portanto, vale muuuuito a pena ter essa flexibilidade na sua programação, podendo subir uns dias depois ou antes, descer também uns dias depois, se eventualmente houver risco de avalanche. Para quem ama neve e praticar os seus esportes, até que ficar no Valle Nevado uns dias a mais com essa "desculpa" de estrada interdita vem bem a calhar, não é mesmo? Nada mal!

4- Qualidade da neve e quantidade de pistas abertas

Não basta só nevar. A neve tem que ser apropriada e em quantidade suficiente para a prática de esqui e snowboard (vide o que aconteceu comigo em 2011). Em seu site, a estação de esqui preferida dos brasileiros apresenta um relatório sobre o estado da montanha, com informações como quantidade de neve que caiu nas últimas 24h e 48h, velocidade do vento, neve acumulada e o tipo de neve. Ainda nesse relatório, são mostradas quantas das 44 pistas estão abertas e quantos dos 17 teleféricos estão em funcionamento. E isso é incrível, principalmente para quem leva a sério o esporte, podendo se preparar melhor para subir a montanha. 

5- Previsão do tempo

É claro que o item mais simples, mas que não pode ficar de fora da lista, é checar a previsão do tempo. No topo do site do Valle Nevado também é possível conferir a previsão do tempo para a semana, com as temperaturas mínimas e máximas e condições gerais do clima. Mas há também um outro site que o resort indica para conferir a previsão específica para neve. 
Sobre o Valle Nevado – Localizado a cerca de 60km de Santiago a partir do aeroporto, a estação possui três hotéis – Tres Puntas, Puerta del Sol e Valle Nevado -, respectivamente divididos em três, quatro e cinco estrelas, além de seis restaurantes, seis bares e pubs, 44 pistas para esqui ou snowboard, 17 teleféricos, lojas e apartamentos residenciais. Descubra os Andes. Viva Valle -  vallenevado.com/pt
facebook.com/vallenevadobrasil


Inclusive, em 2011, quando finalmente fui ao Valle Nevado, além de fazer anjinho na neve, esqui-bunda e tirar foto com o boneco de neve, eu tomei muito chocolate quente que é uma delícia lá do bar de frente para a montanha!!

Curtiram? Então corram que ainda dá tempo de aproveitar a temporada ou já comecem logo a planejar a do ano que vem! Partiu?





3 comentários:

  1. Parabens pelo blog, to caçando dicas para viagem de última hora, senti falta no menu lateral da direita posts selecionados pela epoca do ano. Ex. O que conhecer no mês de outubro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Igor! Tudo bom?
      Muito obrigada pela dica. Quem sabe no futuro eu não faça assim também.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir