quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Chile... Estações de Esqui!!

Brasileira, carioca, acostumada com um clima super ameno e agradável de 40 graus no verão e com um inverno que dificilmente traz temperaturas mais baixas que 15 graus, dá para perceber, portanto, a minha alegria em visitar as estações de esqui, brincar com a neve, admirar aquela paisagem maravilhosa, embora eu confesse faltar habilidade e competência para praticar qualquer esporte de neve (eu juro que tentei!!! rsrs...).


Visitei, em 2008, as estações de esqui de Farellones e El Colorado. Devido a uma forte tempestade de neve, a estrada para Valle Nevado estava interditada e o jeito foi pegar a outra direção e seguir para El Colorado.

Já em 2011, estive novamente em Farellones e, dessa vez, como nem havia uma quantidade de neve tão extremada assim, chegar em Valle Nevado foi tranquilo.

Essas três estações de esqui ficam próximas a Santiago. O trajeto todo, sem paradas, leva uma média de 1 hora.

Das duas vezes eu contratei uma agência de turismo local para realizar o passeio, indicada pelo staff do hotel. Como eu não dirijo e como já li que a estrada é perigosa e que há muitas curvas (parece que são mais de 60 curvas), jamais arriscaria alugar carro para que outra pessoa fosse dirigindo. Inclusive, na subida, pela estrada, se prestar atenção, vai reparar que há algumas cruzes nos acostamentos. E tem uma fiscalização no meio do caminho que analisa o carro e, algumas vezes, determina a colocação de correntes nos pneus.


Na primeira vez foi ótimo porque era um grupo muito pequeno, de 4 pessoas, em uma micro van. O passeio acabou sendo bem personalizado e pude aproveitar muito mais. Além disso, alugamos roupas para neve e equipamentos de esqui já quase chegando em El Colorado, em uma loja que estava super tranquila, meio vazia até.

Na segunda vez, todavia, era um mini ônibus lotado e houve atraso na hora de sair, para buscar cada turista, e também foi bastante tumultuado no momento em que pararam, ainda em Santiago, para que alugássemos roupas apropriadas para neve.

Com relação aos preços de aluguel de roupa de neve/esqui, não são tão baratinhos assim. Um conjunto completo de calça, casaco e sapato pode custar uns R$100,00. Se alugar algum equipamento (esqui ou snowboard), então fica ainda mais caro. Quem já tiver as roupas e calçados apropriados, impermeáveis e térmicos, sugiro levar.

Em 2008 eu fui em plena temporada de esqui e as estações estavam bombando de gente, super lotadas. Já em 2011, infelizmente, a temporada de esqui demorou a começar e, mesmo indo em meados de junho, Valle Nevado ainda estava fechado para a prática do esporte. Soube que esse ano a temporada só começou em meados de julho.

De modo geral, o normal é que a temporada de esqui comece em meados junho e vá até quase final de setembro. Mas isso pode variar em razão da qualidade da neve que estiver caindo e também por fenômenos meteorológicos. Em junho de 2011, mesmo havendo neve, essa não era boa para o esqui. Precisava nevar mais e que fosse de melhor qualidade. Soube que esse ano a temporada de esqui atrasou quase um mês para começar.

O ideal, para quem quiser se programar para curtir as estações de esqui, e para garantir que vai realmente aproveitar tudo nelas, é deixar para viajar em agosto e início de setembro, épocas mais garantidas. Lembro a todos que julho e agosto são meses de alta temporada para esse tipo de viagem. E que julho, em razão das férias escolares, é pior ainda.

O caminho da subida, por si só, já é um espetáculo a parte!! Como são muitas curvas, para quem sofre de enjôos, é bom se prevenir com remédios para evitar passar mal.



Na subida, para mim, o mais lindo é ver a mudança da paisagem, pois, à medida que se sobe, o contraste da montanha e sua cor marrom, com um pouco de vegetação, e a neve que vai aparecendo, ganha contornos belíssimos!!

Essas excursões costumam fazer pelo menos uma parada na subida para se contemple melhor a paisagem e para poder fotografar também.

A estação de esqui Farellones é a primeira a ser visitada. Não pude "brincar" lá porque a excursão depois seguia para El Colorado ou para Valle Nevado. Para quem quiser ficar nela, como é a primeira, também é a mais próxima de Santiago, e tem como principal atração o tubing!! Nessa brincadeira, senta-se em uma bóia e vai descendo uma rampa de neve. Parece divertido!!



Em El Colorado, como estava em plena temporada de esqui, é claro que eu ia tentar esquiar!!! Achei prudente, para uma iniciante e sem jeito como eu, contratar uma aula particular que dura 1 hora (sem prorrogação!!). Contratei lá mesmo na escolinha de esqui da estação. Foi caro!! Tudo por lá é meio dolarizado e, por isso, fica mais caro. Mas as aulas coletivas para iniciantes são bem mais baratas.


Meu professor de esqui era um dinamarquês, perdido lá no Chile!! rsrs... Pobre coitado!! E haja paciência para me ensinar alguma coisa e tirar as minhas fotos ao mesmo tempo!! Considerando que eu subi a pista por 3 vezes e que devo ter caído umas 6 vezes, acho que nem fui tão ruim assim para uma iniciante hehehe...



Achei muuuuuito difícil subir no teleférico com a bota de esqui e o esqui propriamente dito já acoplado nos pés e pior ainda descer do teleférico já esquiando. Aliás, o pior era a bota que parecia pesar uns 30 quilos em cada pé, principalmente quando enchia de neve. E meu joelho sofreu muito também... doía pacas!!!



Mas, tirando tudo isso, valeu a pena!! Fiquei exausta, mortinha com farofa no final do dia, mas estava bastante satisfeita com a experiência!!!

Depois larguei o esqui em algum canto e fui andar de teleférico pela estação de esqui para admirar a paisagem.

Havia lanchonetes e cafés em El Colorado, mas os preços estavam salgadíssimos!!

E, como era alta temporada, em agosto, a estação estava lotada de gente!!

Em Valle Nevado, quando fui, a experiência foi bem diferente. Com a estação de esqui estava fechada para a prática de esportes, como não havia iniciado a temporada de esqui, nem mesmo os teleféricos estavam funcionando. Logo, minha visita a Valle Nevado serviu apenas para ver a estação, o hotel/resorte, brincar com a neve, admirar a paisagem e tirar muitas fotos, muitas fotos mesmo (alguém duvida disso?? rsrs). Também havia lanchonetes, restaurantes e cafés.





Espero retornar a Valle Nevado com mais sorte, da próxima vez, e encontrar a estação de esqui aberta, funcionando, para poder aproveitar mais e, quem sabe, ficar expert no esqui (duviiiiiido!! rsrsrs... levo jeito não!!!).


Existem várias outras estações de esqui no Chile. Próximas a Santiago, e também famosas, são as estações de Portillo e La Parva.

Distante de Santiago e muito famosa também pela qualidade das pistas é a estação de Chillán.

8 comentários:

  1. Adorei o post!! Tenho duas semanas de férias no final de agosto...vamos esquiar??

    ResponderExcluir
  2. E não é que você realmente vai??? rsrsrs... Parece até que já estava premeditando!!! Sexto sentido??? Quero dicas de lá, viu?? =)) Tenho certeza de que você vai gostar bastante!! Aproveite por mim!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lili,
    tomara que eu pegue neve boa. Vou no início de Setembro.
    Aconteceu isso comigo em Bariloche e não conseguimos esquiar. Fiz toooooodos os passeios possíveis na cidade sem neve.. hehehe

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís! Você é rápida no gatilho! kkkk...
      Que maravilha receber seu comentário aqui! Muito obrigada!
      Espero que tenha gostado do post.
      Pois é... existe esse fator "sorte" em matérias climáticas. A tendência é que tenha sim neve boa em setembro, viu? Vou torcer por você! E curta muito a neve!
      Beijinhos,
      seja sempre bem vinda!
      Lily

      Excluir
    2. Adorei seu post!! Além do mais você parece ser uma pessoa leve e que tenta sempre ver o lado bom das coisas e isso para viagens eh fundamental. Fiquei mais ansiosa ainda para conhecer a neve no Chile depois do seu texto =) Parabéns 😤 e obrigada por compartilhar com a gente sua experiência *.*

      Excluir
    3. Oi Samantha,
      que fofo o seu comentário! Fiquei muito feliz mesmo! Muito obrigada!
      Eu adoro o Chile e voltarei em breve, sabia?
      Seja sempre bem vinda aqui no blog e volte para nos contar como foi a sua experiência por lá, tá?
      Beijinhos e um lindo e feliz 2016 para você!
      Lily

      Excluir
  4. Amei tudo que você escreveu .. e claro as fotos. Estou de viagem marcada com meu marido e minha filhinha de 8 anos para julho. Querida você se importaria de nos informar o valor que as agências cobram para nos levar até Farellones? Muito obrigada bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee, Betânia!
      Tudo bom com você?
      Então, esse passeio que fiz até Farellones foi em 2008, há muitos anos. Se minha memória não estiver me traindo, acho que ficou em torno de 100 dólares para duas pessoas, incluindo o aluguel da roupa. Mas não posso afirmar com certeza.

      Veja esses sites que fazem esse passeio com preços mais atuais:

      http://www.visitchile.com.br/pacotes/precos-tour-panoramico-valle-nevado-e-farellones.htm

      http://sousastour.com/tours/cordilheira/valle-nevado-farellones/

      http://www.transferchilean.com.br/index.php/features/48-uncategorised/375-transporte-e-tour-a-farellones.html

      http://www.chileanski.com/por/ski-tours/precos-excursion-tres-valles-valle-nevado-el-colorado-la-parva.htm

      Depois me conte como foi a experiência, tá?
      Beijo grande,
      Lily

      Excluir