segunda-feira, 6 de junho de 2016

Melhores Hotéis RJ: Gerthrudes Bed & Breakfast

Mais um verdadeiro achado para nós e uma grata surpresa foi ter a oportunidade de conhecer a Gerthrudes Bed & Breakfast, uma pousada no estilo europeu, localizada no bairro de Santa Teresa, que é um dos lugares mais charmosos, lúdicos, artísticos e boêmios da cidade!

Fomos recebidos com muito carinho pela proprietária deste belíssimo casarão, a Adriana, que apóia nosso projeto de elaboração do Guia que contemplará algumas das Melhores Opções de Hospedagem do Rio de Janeiro.



Tivemos o grande prazer de conhecer todos os cantinhos deste oásis, cercado de muita vegetação e repleto de muita história.

Por falar em história, a homenageada Dona Gerthrudes, já falecida, residiu na casa até quase completar seus 100 anos. Dona Gerthrudes, avó do marido da Adriana, que hoje em dia cuida integralmente do casarão, veio para o Brasil na década de 30.




Ela e seu marido estabeleceram-se em Santa Teresa, que era na época considerado um local nobre. Construíram o casarão que hoje abriga o Bed & Breakfast com um tamanho que impressiona qualquer visitante. Impossível não pensar em como um casal poderia dar conta de viver em um casarão de 3 andares e vários cômodos. Inclusive, contava com um elevador de tão chique que era para a época.




Adriana, herdeira da propriedade por parte de seu falecido esposo, resolveu investir pesado da reforma do casarão e abriu oficialmente o Gerthrudes Bed & Breakfast em 2015, o qual já possui uma incrível pontuação junto ao site Booking.com.



Vejam só: clique aqui e leia os comentários sobre o Gertrudes Bed & Breakfast, que tem (na data de hoje) nota 9.8, com base em mais de 100 comentários (na data de hoje).

E quantas reformas e ajustes que a Adriana já fez, viram? A gente conseguiu sentir toda a paixão e dedicação dela por este projeto. Atualmente, o lugar já está disponibilizando 7 quartos, sendo 2 com banheiro compartilhados e os demais suítes.




Contudo, a motivação da Adriana vai muito além disso e ela planeja reformar e construir mais pelo menos umas 5 suítes ainda ao longo deste ano.

Acompanhem, abaixo, o lindo anoitecer que vimos lá do Gerthrudes!






Como o casarão é enorme, tem pleno potencial e estrutura para abrigar cerca de 15 suítes, além de salão de festa, que é outra área na qual se envereda o Gertrudes Bed & Breakfast, já tendo sido realizados alguns eventos e pequenas festas por lá. A casa se prepara para receber equipes olímpicas e também pretende se organizar para servir de palco (e que palco!!) para assistir a competições olímpicas que serão realizadas na Baía de Guanabara, como a de vela.

Calma que eu ainda não falei da paisagem de tirar o fôlego que a gente não se cansou de admirar de lá. Ainda falarei mais detidamente sobre isso.






Sobre a estrutura do casarão, acho justo mencionar que todo esse empenho da Adriana se deveu, em grande parte, pelo fato de ter encontrado o lugar muito abandonado e destruído pelos inquilinos que lá residiram durante anos até que a Adriana, paulistana, moradora mesmo de SP, tivesse decidido se dedicar ao Gerthrudes e trocado de lar e de estado. Ela fez alguns pequenos milagres porque nós estivemos em partes da casa que ainda serão reformadas e ficamos impressionados com as transformações que a Adriana já implementou nas partes abertas ao público e também com seus planos futuros, como o de fazer uma cozinha mais industrial, por exemplo, para ter suporte maior aos eventos no salão que fica no andar da piscina.




Bem... sobre o que efetivamente a Adriana pretende fazer já falamos um bocado e ficamos com fortes expectativas de que muita coisa boa virá ainda por lá. Vamos agora falar sobre o que já está pronto, novo e esperando pelos hóspedes??

Primeira coisa a mencionar é a parede grafitada para a rua que não nos permite sequer ter ideia do que tem dentro do muro. Muito colorido e alegre, o muro conta com uma larga cerca de arame que garante a segurança.


Logo que se entra, uma escadaria leva para um plano mais baixo, porque o casarão fica em uma colina. Para o lado esquerdo, duas suítes, inclusive a nossa, onde ficamos. Para o lado direito, o casarão principal, recepção, cozinha, mais suítes e o salão do café da manhã.



Por enquanto, a alma do Gerthrudes é a Adriana, que opera  em todas as pontas e surpreendente com sua disposição e paixão pelo que faz. Ela faz os contatos de Internet, responde email, organiza reservas, recebe os hóspedes, explica o mapa da cidade e dá dicas de atrações turísticas... e vou falar para vocês que, para uma paulistana, ela já conhece mais do Rio de Janeiro do que muito carioca da gema, viram?




E assim foi conosco, recebidos com muita simpatia e alegria da Adriana, que faz questão de cuidar de todos os detalhes e trata todos como filhos. Como ela já morou na Alemanha e trabalhou como tradutora, ela se comunica muito bem em inglês, alemão e espanhol. E não foi à toa que éramos os únicos brasileiros hospedados por lá, dentre os 10 hóspedes que lá se encontravam quando fomos.




Portanto, trata-se de um lugar bastante acolhedor a todos! E isso se pode notar também nos móveis que foram conservados e restaurados pela Adriana. Alguns são originais, em madeira, como a mesa do café da manhã.




Toda a decoração do Gerthrudes Bed & Breakfast faz com que o hóspede sinta-se em casa, ou na casa da avó! E tem coisa mais gostosa do que estar na casa da vovó com aquele gostinho de lugar aconchegante?



Voltemos a falar do casarão principal! A cozinha é atualmente utilizada para preparar o café da manhã que está incluído na diária, mas também pode ser compartilhada e usada pelos hóspedes que desejem cozinhar.




A regra é clara e simples: devolver a cozinha no mesmo estado em que a encontrou,  ou seja, limpa e arrumada! 




Há todos os utensílios necessários para cozinhar. Além disso, na geladeira, é possível guardar seus produtos, pois não há frigobar nos quartos.

Adriana também disponibiliza um galão de água mineral natural na cozinha para quem quiser beber, de forma gratuita, mas também pode-se pagar por garrafas de água e levar para o quarto. Também tem café e chá.




É na cozinha que fica o caderno de controle dos gastos de cada quarto. O sistema é baseado na confiança e é o hóspede que deve registrar lá no caderno o seu consumo que, na ocasião do check out, é conferido e pago.

Achei isso o máximo!

Atrás da cozinha fica a lavanderia da casa que também é disponibilizada ao hóspede para lavar, secar e passar suas roupas (tem todos os aparelhos e equipamentos necessários). Se o hóspede preferir não ter esse trabalho, pode-se pagar pelo serviço também.



Seguindo no corredor depois da cozinha, há um banheiro compartilhado por 2 quartos, uma suíte, sendo uma delas a maior da casa, que comporta facilmente uma família com filhos porque a parte de baixo da cama se transforma em outras 2 camas que são puxadas, já que o quarto é enorme mesmo.



O banheiro é enorme nesta suíte!




Há ainda uma pequena saleta com sofás super convidativa para uma prosa ou um descanso.



De quebra, ainda se pode contemplar a paisagem da janela!! E que paisagem, não é mesmo?



Um verdadeiro cartão postal, os hóspedes têm essa vista espetacular para o Pão de Açúcar e todos os contrates que permeiam a cidade, com favelas.




Obs: essa favela que aparece na foto não fica em Santa Teresa, mas sim no bairro do Catete. Isso não quer dizer que não haja favelas em Santa. Afinal, todos os bairros do Rio de Janeiro têm que conviver essa realidade da cidade e com problemas de segurança pública. Logo, nós sempre recomendamos não andar sozinho, não entrar em ruas escuras e desertas, não ostentar bens de valor, evitar determinados horários para andar e pé e, na dúvida, por mais curta e barata que seja a corrida, pegue um táxi/Uber e minimize seus riscos. Infelizmente, todos nós que moramos no Rio e os que vem turistar aqui acabamos sendo reféns desse gravíssimo problema, mas amamos tanto a cidade, suas belezas, sua história, as pessoas de bem (e são muitas!), que não desistimos de sonhar, torcer, rezar e de ter esperanças por ver novamente nossa Cidade ser plenamente Maravilhosa!


Voltando ao nosso tour pelo casarão, estávamos falando da saleta com sofás e, bem ao lado, há o salão do café da manhã, igualmente com vista de tirar o fôlego para o Pão de Açúcar e a piscina do Guesthouse.




Esse ambiente é uma graça e repleto de móveis que poderiam pertencer a um antiquário, de tão bem conservados e bonitos, com destaque para a grande mesa de madeira e para a cristaleira.

Vejam só alguns elementos de decoração que encontramos lá também! Fofos, não é?



Dentro da casa principal, que possui 3 andares e um elevador que deverá ser reativado, no andar mais alto fica a casa da Adriana.

No andar mais baixo, no nível da piscina, há um salão de festa e outros 2 quartos a serem reformados e a futura cozinha.



Falemos um pouco sobre essa parte da casa. Por enquanto, sem a escada interna da casa nem o elevador, a única forma de se chegar lá é dando a volta por fora da casa e descendo a escada.

Há um jardim com uma fonte bem italiana nesse primeiro espaço, onde também ficam vestiários e banheiros (feminino e masculino) que são muito práticos para quem está na piscina; para quem, mesmo após o check out, já tendo liberado o quarto, mas quer curtir a piscina ou está esperando o horário do voo para ir embora, precisa usar também ou para quem está nos quartos que não têm banheiro dentro e compartilham o banheiro do corredor no casarão principal. Se este estiver ocupado, poderão usar esses banheiros e vestiários.

Neste nível da casa, então, fica tem o salão que vem sendo usado para festas e eventos, com vista direta para a piscina e Pão de Açúcar.



E, na área da piscina, espreguiçadeiras e um bar compõem a paisagem, além de uma mureta que confere mais vistas para a Baía de Guanabara!




Neste bar localizado na área da piscina, a regra é igual a do uso da cozinha: pode-se usar, guardar bebidas na geladeira, preparar drinks, mas tem que deixar da forma como encontrou.



E esses são os principais ambientes comuns da casa.

** NOSSO QUARTO **

Ficamos em uma suíte do lado de fora do casarão em um edifício que faz parte do enorme terreno do Gerthrudes Bed & Breakfast.




Nossa suíte tem um mezanino, onde em cima fica a cama de casal e embaixo uma saleta com uma bicama, além de outras funcionalidades, tais como:

 Uma mesa de escritório com cadeira

- Poltrona

- Dois abajures e tudo bem iluminado

- Ar condicionado (que fica no mezanino)

- Ventilador (que fica na saleta)

- Armário em madeira com gavetas para guardar roupas

- Cabideiro





Obs: Não há frigobar nos quartos, como já foi dito lá em cima. Se você tiver algo que precise gelar ou guardar para não estragar, poderá usar a geladeira e o frigobar que está na cozinha. Achei a ideia bem prática para quem está nos quartos próximos à cozinha, mas para a gente, que estava um pouco mais afastado, no outro edifício, achei complicado, principalmente se fosse tarde da noite e já estivéssemos cansados, provavelmente desistiríamos de pegar qualquer coisa na cozinha, da mesma forma se estivesse chovendo e se a gente não tivesse guarda chuva... por exemplo. Senti falta de um frigobar no quarto.


Obs2: Não há TV no quarto nem em qualquer outro canto da casa. Isso não foi um problema para mim, pois o 3g funcionou bem e o Wifi também, principalmente no casarão, porque no quarto onde fiquei, que é afastado, não pegava muito bem o wifi e acabei ficando só com o 3g. A proposta é estimular um detox, que tem a ver com o lugar e seu conceito de paz e tranquilidade que a Adriana mantém por lá. Tanto que o Gerthrudes tampouco aceita crianças, pois preza bastante pela manutenção de uma vibe bem serena, de descanso para os seus hóspedes. Portanto, deve-se avaliar qual a sua prioridade antes de ir. (por causa dos Jogos Olímpicos, a Adriana pretende colocar uma TV grande no salão perto da piscina para que seus hóspedes, em grande maioria gringos, possam acompanhar os jogos).



Voltando para o nosso quarto, alguns destaques para o "primeiro andar": reparem na parede original, em pedras! Incrível, não é? 

Tenho visto que está super na moda deixar parte da parede original à mostra, principalmente para casarões antigos. Acho que é um resgate da história, além de conferir ares rústicos e chique ao mesmo tempo.


Reparem também na enorme janela que dá vista para parte da Baía de Guanabara! Muito fofa!

Ainda, observem o abajur! Julio até pensou que fosse coral verdadeiro. Não, né? kkk... seria judiação. É um artesanato bem perfeito.

Bora para o banheiro agora? Ele é um retângulo relativamente estreito até. Tive um pouco de dificuldade em ficar com a porta aberta e usar o banheiro. O ideal é entrar e fechar a porta para poder andar mais facilmente ali dentro.


toalhas fornecidas pela Guesthouse e que podem ser trocadas a pedidos. Também são disponibilizadas toalhas para a piscina, em cor azul. As toalhas eram de ótima qualidade. 

Ponto muito positivo para o tamanho da bancada, bem grande, excelente para eu espalhar bastante as minhas coisas por lá rsrs... minha necessaire agradece! O espelho, embora não haja espelho de corpo inteiro no quarto, o que fica dentro do banheiro era bem grande e satisfatório para fazer a maquiagem e para ver o look. 


Uma coisa que achei bem bacana foi a torneira do chuveiro ser na parede oposta à da ducha. Achei incrível a Adriana ter pensado que nem sempre a pessoa quer se molhar para ao abrir ou fechar o chuveiro. Amei! Ou seja, a torneira fica num canto onde, ao abrir, a água não vai cair em você. 

A decoração do banheiro é bem clean, ele é bastante iluminado, a ducha é forte, ótima e esquentou maravilhosamente bem. Pena que a Adriana, com a melhor das intenções, colocou uma flor que começou a atrair formigas. Não sei direito quem chegou primeiro lá, mas deu muita formiga e tiramos a flor no dia seguinte. 


Outra questão do banheiro que quero destacar porque achei super diferente e foi a primeira vez que vi: um pendurador de roupas que também funciona como secador elétrico, bastando ligar na tomada! Sensacional! 

Agora vamos para o mezanino, onde fica a cama queen, em tamanho mais que perfeito, com roupa de cama macia e gostosa, decoração bem estilosa e moderna, com abajures dos dois lados e criados mudos, além de um lindo móvel na frente com outro abajur, mais o ar condicionado. 


Gostei muito do espaço onde estava cama e, embora fosse um mezanino, tinha altura excelente e ainda conta com uma janela para arejar o ambiente.

Gente, esse espaço todo era uma coisa só, vocês acreditam nisso? O pé direito era tão alto que a Adriana resolveu aproveitar e fazer o mezanino com a escada em caracol ligando os dois andares.


De quebra, ela ainda abriu essa janela em cima, que deixou o ambiente mai exclusivo, como se fossem dois e nunca tivesse sido um só. 

Para quem tem dificuldade locomotora, esse quarto não é muito funcional por causa da escada. Por falar nela, tem corrimão e é super segura. Não tivemos problemas. Mas é claro que nem todo mundo gosta de escada, seja pela preguiça de subir e descer, seja por problemas no joelho... então, se for esse o seu caso, evite essa suíte e prefira uma das que estão no casarão principal.


Em termos de espaço, o quarto é incrível! Grande e com vários lugares para colocarmos nossas coisas, ou melhor, espalharmos tudo rsrs... Foi ótimo!

O sono foi absolutamente perfeito e, embora a gente conseguisse escutar a festa que estava rolando lá no Colégio Naval - gente, é incrível e eu mal acreditei que pudéssemos realmente estar ouvindo o barulho da festa de lá, que é muito longe, ao lado do aeroporto Santos Dumont, mas por causa do espaço quase indevassável, o som percorre com facilidade e chegava lá no Gerthrudes com muita nitidez! - então, mesmo sendo possível ouvir a música do lado de fora, ao entrar no quarto, zero barulho! 




Foi um sono de paz e tranquilidade, quase como se estivéssemos em uma cidade pacata do interior.

Dicas: 

- Se quiser algum entretenimento, leve seu notebook ou tablet. 

- Leve também repelente!! Super importante para a área externa. Não havia mosquito no quarto. Mas é bom ter o repelente.

- Em relação às amenities do banheiro, a Adriana oferece dois sabonetes líquidos, um que está em recipiente decorativo na bancada do banheiro e outro que era até hidratante, dentro do banheiro. Portanto, levem seu shampoo e condicionador. Eu até esqueci meu condicionador, acreditam? Mas a Adriana me salvou e deu uma amostra para eu usar.

- Se precisar de secador de cabelo, basta pedir para ela.

- Por fim, devo dizer que amei a quantidade de tomadas no quarto! Já são as tomadas do modelo novo, de "bolinha", mas são tantas, em todos os lugares, que amei! Tem hotel/pousada que coloca às vezes uma ou duas apenas e a gente acaba levando o "T" / Benjamin para conseguir carregar tudo rsrs... no Gerthrudes, não precisa disso!


** CAFÉ DA MANHÃ **



O café da manhã no Gerthrudes Bed & Breakfast segue o estilo continental, servido em parte no buffet e em parte que é levado diretamente ao hóspede pela Adriana, a pedido.



Bem, antes de qualquer coisa, vamos combinar que esse salão do café da manhã é um brinde para a gente! Olha... eu poderia beber só água que já ficaria feliz em poder passar horas contemplando essa paisagem.

E, de fato, ficamos mesmo horas ali neste salão, seja tirando foto, seja tomando um slow breakfast, bem devagar, conversando com a Adriana e observando cada detalhe desta vista.




A mesa grande é compartilhada pelos hóspedes, o que já proporciona um bate papo e uma interação pela manhã. Há uma mesa mais afastada, ao fundo, que pode ser usada  por quem estiver hospedado naquela suíte enorme, comporta até 4 pessoas, que mostrei para vocês lá em cima.




A parte do buffet fica em cima de dois móveis, um mais ao fundo, onde o hóspede pode se servir com frutas, frios, pães, bolos, cereais..


E outro móvel onde são colocados o café, leite e sucos. 

Adriana também ofereceu uma cesta de pães de queijo que fez a alegria dos gringos. 



Também tinha um bolo de banana que era uma delícia, dentre os demais bolos.



Olhando assim, parece bem simples, não é mesmo? Mas você pode pedir alguns itens extras que complementam bem o café da manhã: tapioca recheada, ovo e/ou omelete, geleias que são preparadas com frutas das árvores da casa, super especiais e orgânicas.

Ela também prepara e leva para a mesa, a pedidos, o müslix, um cereal com iogurte que teve um hóspede israelense que pediu umas três vezes de tanto que gostou! rsrs... 



Portanto, não é um brunch, mas é um café da manhã completo, com todos os ingredientes de que gostamos, satisfatório e muito bom para começar o dia com o pé direito.

** SANTA TERESA **



Gerthrudes Bed & Breakfast está localizada a poucos passos do Largo do Curvelo, que é uma das paradas do tradicional bondinho amarelinho que percorre as ruas do bairro.

Também a poucos passos (em menos de 10 minutos), chega-se ao Largo dos Guimarães, que é o burburinho do bairro, repleto de movimento, bares, restaurantes, bistrôs e cafés.

O Largo dos Guimarães também é um dos pontos do Bondinho. Aliás, é o ponto final - ou de início - do passeio, a depender da referência rsrs...

Obs: passear de bondinho já deve ser incrível. Eu nunca fui e ele esteve fechado nos últimos anos após um trágico acidente. Agora voltou com tudo, reformado, com mais regras rigorosas e opera de segunda a sábado, das 11h às 16, com intervalos médios de 20 minutos e três pontos de paradas: Carioca, Largo do Curvelo e Largo dos Guimarães. Para quem nunca fui o filme "Rio" (que vale a pena ver), vale lembrar que o bondinho passa em cima dos Arcos da Lapa e confere vistas lindas da cidade.




Também a poucos passos encontram-se o Parque das Ruínas e o Museu Chácara do Céu!

Vejam aqui alguns posts e dicas de lugares a conhecer em Santa Teresa:

- Parque das Ruínas - clique aqui

- Escadaria Selarón - clique aqui

- Cafecito - clique aqui

- Portella Bar - clique aqui

- Tribas Pizzas Saudáveis - clique aqui

- Café do Alto - clique aqui

Além disso, também a poucos passos, principalmente na Rua Almirante Alexandrino, a caminho do Largo dos Guimarães, há diversas lojas de artesanatos e mercados.





Assim encerramos a nossa visita no Gerthrudes Bed & Breakfast, onde ficamos um final de semana inteiro no mês de maio de 2016, de sexa para domingo, o que nos proporcionou uma experiência bem completa do estabelecimento e redondezas. Portanto, agradecemos a Adriana por todo seu carinho e pela calorosa recepção.

Nós com certeza nos sentimos em casa e amamos a experiência!




**FICHA TÉCNICA GERTHRUDES BED & BREAKFAST**

- Endereço: Rua Bernardino dos Santos, 31, Santa Teresa - Rio de Janeiro

- Site: http://www.gerthrudesrio.com/

- Quartos: 7, sendo 5 suítes e 2 com banheiros compartilhados, para não fumantes

- WiFi: disponível, gratuito e com bom sinal dentro do casarão principal

- Lazer: piscina, jardins e vista contemplativa para a Baía de Guanabara e Pão de Açúcar

- Serviços: café da manhã e serviço de quarto incluídos na diária. Não trabalha com Day Use

- E-mail: gerthrudes.rio@gmail.com

- Telefone: +55 2134379218

- Não aceita crianças nem animais de estimação

- Não há Televisão

- Não há estacionamento

- Como Chegar: sugerimos ir de táxi/Uber, mas há também a estação de metrô Glória a cerca de 15 minutos de caminhada

- Atrativos próximos a pé:



. Largo do Curvelo - 2 minutos
. Estação do Bondinho no Largo do Curvelo - 2 minutos
. Parque das Ruínas - 10 minutos - confira aqui a matéria
. Chácara do Céu - 10 minutos
. Largo dos Guimarães - 10 minutos
. Escadaria Selarón - 15 minutos - confira aqui a matéria
. Convento de Santa Teresa - 7 minutos
. Lapa - 20 minutos

- TripAdvisor: nota 10, com 27 avaliações (na data de hoje), encontra-se na 42ª colocação dentre 611 hotéis especializados no Rio de Janeiro. Clique aqui e confira os comentários.

- Booking.com: nota 9,8 com base em 104 avaliações. Clique aqui e confira os comentários.











Nenhum comentário:

Postar um comentário