18 agosto 2021

Estudar e Trabalhar na Europa: um dos grandes benefícios da Cidadania

Estudar e Trabalhar na Europa: um dos grandes benefícios da Cidadania

Estudar e Trabalhar na Europa: um dos grandes benefícios da Cidadania

 

Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Sardenha - Itália


Muito provavelmente em algum momento de sua vida uma pergunta veio à tona: e se eu fosse estudar e trabalhar na Europa?


Pois bem, você sabia que, na grande maioria das vezes, isso é mais fácil do que parece?


O Brasil é um país que foi fortemente colonizado pelos europeus e, por isso, é normal que até hoje existam diversas famílias que sejam descendentes de alemães, italianos, portugueses, holandeses, entre outros.


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Roma - Itália


Dessa forma, essas pessoas podem fazer valer o seu direito de se tornarem cidadãs e cidadãos desses países.



Hoje, nós vamos te explicar como e as principais vantagens que uma cidadania pode trazer ao decidir estudar ou trabalhar na Europa. É um sonho antigo meu - Lily - que nunca morou fora do Brasil e um desejo do Julio, que já morou por 2 anos na Europa. Nós temos a dupla cidadania. Eu tenho a portuguesa e o Julio tem a italiana. 


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Lisboa - Portugal


Portanto, se você também nutre esse sonho, venha conferir aqui com a gente as dicas. Aconchegue-se bem, pegue um café ou água, um bloco para fazer anotações e veja se o que vamos apresentar se encaixa na sua realidade e desejo.

 

Como saber se posso ser um cidadão europeu?


Na grande maioria dos países pertencentes à União Europeia (UE), existem duas possibilidades para que uma pessoa possa fazer valer o seu direito de tornar-se um cidadão daquele local.


O primeiro diz respeito aos laços de sangue, ou, como é conhecido em alguns lugares, jus sanguinis. Dessa forma, é muito importante ter em mãos uma árvore genealógica de sua família, uma vez que será necessário encontrar quem é o parente mais próximo que seja cidadão europeu, ou que já tenha adquirido a sua cidadania.


A segunda forma bastante comum é a que diz respeito sobre o tempo de residência naquele local. Essa regra varia muito de país para país. Na Itália, por exemplo, o tempo é de 10 anos, em Portugal, por sua vez, é de 5 anos. Para isso, é necessário saber como funciona a legislação do país e como ela prevê o direito à cidadania para pessoas de outros país, como o Brasil.


Ainda assim, existem outras possibilidades de fazer valer o direito de ser um cidadão europeu. Caso a pessoa tenha nascido na Europa e, ainda pequeno, tenha voltado a morar no Brasil, ela ainda pode fazer valer o direito.


E, também, a outra maneira é caso tenha se casado com um cidadão de outro país. Com isso, será possível ter o direito à nacionalidade mediante ao casamento. Porém, para fazer valer esse direito, normalmente os países exigem que a comunhão seja de 3 anos ou mais.

 

Direitos e Deveres de um Cidadão Europeu


Talvez, o maior direito de tornar-se um cidadão europeu é a possibilidade de morar, estudar e trabalhar na Europa. E, quando falamos nisso, queremos dizer que existe a possibilidade de escolher entre os 27 países membros da União Europeia.


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Paris


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Madri

Lista de países membros da União Europeia:


Alemanha

Áustria

Bélgica

Bulgária

Chipre

Croácia

Dinamarca

Eslováquia

Eslovênia

Espanha

Estônia

Finlândia

França

Grécia

Hungria

Irlanda

Itália

Letônia

Lituânia

Luxemburgo

Malta

Países Baixos

Polônia

Portugal

República Tcheca

Romênia

Suécia


Da mesma forma, será possível entrar nesses países e, também, nos Estados Unidos, sem precisar de visto ou passar pela imigração. Para isso, será necessário apenas um documento de identificação que comprove que você é cidadão europeu.


No caso específico dos EUA, você precisará também do ESTA, que é um formulário online, simples, barato, que você faz rapidamente, recebe a aprovação em poucos dias e já bastará para entrar em território estadudinense, sem precisar do visto.


Outro direito, que talvez não chame atenção de todos, é que ao adquirir uma cidadania, você poderá entrar na vida pública e política. Em outras palavras, ganha direito a voto e, também, a ser elegível nas eleições locais.


Por outro lado, com os direitos também vêm os deveres, por isso é muito importante entender como funciona a legislação do país em que você estiver fazendo a cidadania, para compreender principalmente a relação de impostos a serem pagos ao governo. E, também, tudo o que é previsto na legislação.

 

Estudar e Trabalhar na Europa: uma vantagem dos cidadãos europeus


Agora que explicamos como saber se você tem direito a se tornar um cidadão europeu, podemos passar ao foco principal de nosso texto: as vantagens de estudar e trabalhar na Europa.


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Florença - Itália


Para conseguir um bom emprego no Velho Continente, não basta somente ter um currículo invejável adquirido no Brasil. Uma das grandes vantagens é ter uma cidadania de algum país como a Itália, Alemanha e Portugal, por exemplo.


Apesar de não existir um controle exato de quantos brasileiros vivem em terras europeias atualmente, estima-se que mais de 600 mil brasileiros estejam hoje situados no continente. Sendo que Portugal, Reino Unido, Alemanha, Espanha e Itália são os principais destinos dos brasileiros.


Outro número que chama muito a atenção é o de brasileiros que obtiveram o direito de se tornarem cidadãos europeus. De 2002 a 2017, mais de 170 mil pessoas conseguiram esse direito. O dado foi divulgado pelo Serviço de Estatística da União Europeia (Eurostat).


Novamente, Portugal e Itália estão à frente da lista, os lusitanos com 32% e o País da Bota com 17,8% das cidadanias.



Conseguir a cidadania é uma vantagem e, ao mesmo tempo, uma liberdade quando o assunto é trabalhar na Europa. Afinal, com isso em mãos, é mais fácil transitar pelo continente em busca de oportunidades e, até mesmo, caso seja necessário fazer reuniões e encontros em outros países.


É claro que não vamos dizer que é extremamente fácil conseguir um emprego na Europa. Porém, com a cidadania de um país europeu, alinhado com um bom currículo e experiências no setor em que deseja, as possibilidades aumentam.


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Sardenha - Itália


Em um primeiro momento, pode ser difícil encontrar uma oportunidade como imaginava, mas, a persistência e a busca por aprendizado pode ser um diferencial. As diferenças culturais podem influenciar no início, mas com uma rápida adaptação você estará pronto.


Do mesmo modo, caso a sua ideia seja apenas por estudar, seja através de um intercâmbio ou indo sozinho, tendo a cidadania europeia o processo pode ser muito mais fácil. Você não precisará de visto e poderá ficar o tempo que quiser por lá. Sendo cidadão europeu, a burocracia reduz bastante e alguns países, inclusive, oferecem planos de isenção total ou parcial das mensalidades nos cursos, dependendo da política da universidade pretendida. Além disso, o aluno conta com acesso facilitado a opções de crédito estudantil. Alunos internacionais não têm tantas vagas de crédito disponíveis.


É importante ressaltar que a Europa conta com diversas universidades públicas, o que pode ser um ponto de grande vantagem para os cidadãos, afinal, sendo um europeu, você terá direito de usufruir delas.

 

Melhores países para Estudar e Trabalhar na Europa


Rapidamente, vamos passar uma lista com os 3 melhores países para estudar e trabalhar na União Europa. Confira:

 

Irlanda


A Irlanda tem apresentado um grande crescimento econômico nos últimos anos. O salário mínimo no país gira em torno de R$7.7 mil, o que pode chegar a quase R$100 mil por ano.


Tendo uma cidadania europeia, é possível trabalhar no país. Além do mais, é um ótimo lugar para praticar o inglês e você pode se sentir em casa, pois atualmente são muitos brasileiros que residem no local.

  

Dinamarca


Certamente você já ouviu falar que a Dinamarca é um dos melhores países do mundo para se trabalhar e estudar. Isso se dá, principalmente, por ele estar entre os que apresentam uma maior qualidade de vida.


Por ser um país extremamente seguro e com uma ótima estabilidade econômica e política, tudo auxilia no processo.


Alemanha


Muito provavelmente o país mais desenvolvido econômica e industrialmente da Europa, a Alemanha desperta muita atenção. Principalmente de quem quer estudar ou trabalhar com tecnologia no Velho Continente.


Blog Apaixonados por Viagens - Estudar e Trabalhar na Europa - Cidadania Europeia
Munique - Alemanha


Com a cidadania de um dos países pertencentes à União Europeu, não é necessário ter um visto para entrar e buscar uma experiência profissional ou de ensino em terras germânicas.

 

Conclusão


A principal chave para abrir portas, seja para estudar ou trabalhar na Europa de uma forma mais tranquila e sem depender de visto, é possuir uma cidadania europeia, principalmente dos países que fazem parte da UE.


O processo de mudar de um continente para o outro pode ser demorado, principalmente na adaptação, porém, uma vez vencida essa barreira, basta desfrutar da experiência.


Por ser um país colonizado por europeus, o Brasil possui diversos descendentes desse continente, descubra se você tem direito a tornar-se um cidadão europeu e desfrute dos direitos que tem.

 

Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar