16 setembro 2019

O que fazer no Rio: Caminho dos Pescadores e Mirante do Leme

O que fazer no Rio: Caminho dos Pescadores e Mirante do Leme

Se tem um cantinho gostoso para passear e curtir praia ou um fim de tarde é a orla do Leme! Pra quem não sabe, o bairro do Leme, que é um bairro pequeno, com ruas estreitas e arborizadas, com jeitinho provinciano de cidade pequena e ares bem sossegados.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Fica na ponta da praia, mas tem muito mais a oferecer do que ser apenas um bairro que separa o agito de Botafogo e Urca de Copacabana.

O Caminho dos Pescadores, por exemplo, na base do morro do Leme, é um lugar bem prazeroso para uma caminhada, para contemplar a praia, ver a galera que realmente fica por ali pescando, observar as tartarugas marinhas - sim, quase sempre elas dão o ar de sua graça por ali - e também para ver os doidos que se arriscam em suas piruetas e acrobacias ao se jogarem no mar (não é proibido pular ali da pedra, mas é altamente aconselhável não fazer isso pelo risco envolvido de lesões).

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Aliás, o caminho realmente foi construído com a intenção de ser um lugar para estimular a atividade da pesca como lazer para o carioca.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

É seguro andar por ali? Essas perguntas sobre segurança pública são cruéis, principalmente em se tratando de uma cidade como o Rio de Janeiro. Eu diria que não recomendo que se vá sozinho, especialmente à noite.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Além disso, não fique ostentando itens de muito valor e olhe sempre nos arredores, fique atento aos movimentos. Infelizmente, não podemos nos descuidar de certas medidas por precaução.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

O que posso dizer é que nunca tive problemas ali, mas eu também procuro ficar ligada nisso tudo ou, como diriam os cariocas, fico "ixxxxxxperta".

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Quem te recebe logo no início do Caminho dos Pescadores é a Clarice Lispector, escritora e jornalista ucraniana naturalizada brasileira, autora de romances, contos e ensaios, considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Ela dá as boas vindas e apresenta a bela orla de Copacabana, podendo avistar até a outra extremidade, onde se encontra o Forte de Copacabana.


O mais legal do Caminho dos Pescadores, além da paisagem, é poder relaxar em algum de seus quiosques, de camarote para a praia. Melhor ainda se for para apreciar o pôr do sol, não acham?

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Recentemente, estivemos por lá e curtimos o ambiente do Espetto Carioca (https://espettocarioca.com.br/), onde pudemos degustar o seu carro chefe: os espetos!

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

O restaurante é bem estilo praiano, simples e a estrela do cardápio são os espetos. Eu comi o suíno (R$10,95) e o Julio o de costela suína (R$10,95).

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

O atendimento, infelizmente, foi um pouco confuso e demorado. E também fomos embora antes da música ao vivo começar porque a música no quiosque ao lado também já estava rolando e aí seria "guerra" das músicas rsrs...

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Julio perguntou se o espeto de costela suína era sem osso e disseram que sim. Porém, não foi esse o caso e veio sim com osso. Poderia ter vindo com menos gordura. Tirando isso, estava bem saboroso.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Também pedimos o pão de alho tradicional e o pão de alho com calabresa (R$9,95 cada um) e eu, que sou fã de pão de alho, simplesmente amei! Experimentamos os dadinhos de tapioca e o aipim frito, que estavam ambos bem gostosos.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Mas confesso que, apesar de a casa ser especializada nos espetos (e não provamos todos, mas somente estes acima que mencionei), o que mais amei mesmo mesmo foi a Gin Tônica Tangerina (R$24,95) que estava magnífica!

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Perfeita, refrescante, super fotogênica, deliciosa... não poderia ter feito melhor escolha para acompanhar o anoitecer!

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Por falar em anoitecer, que fique claro que o pôr do sol propriamente dito acontece atrás dos prédios. A verdade é que, não importa a época do ano, mas não é possível ver o pôr do sol do Leme nem de Copacabana, salvo atrás dos prédios. Mas a cores do anoitecer são tão especiais que a gente até esquece desse detalhe.

Na última vez que fomos, o céu estava simplesmente uma pintura! Coisa linda de ver!

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

E já que estamos falando sobre o Leme, que tal aproveitar para passear mais pelo bairro? Há tantas coisas legais que podem ser feitas por ali, sabia? Vou mostrar algumas:

  • Onde se Hospedar no Leme: Conheça o Arena Leme Hotel (clique aqui)

O que fazer pelo Leme


É perfeitamente possível passar um dia inteiro pelo bairro com muitas atividades ou simplesmente relaxando na praia.

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Você pode começar seu dia fazendo a trilha no Morro da Babilônia e encantando-se com as vistas espetaculares que se tem de seus mirantes para as praias de Copacabana, mas, principalmente, para a Urca e Botafogo. Em tese, o Morro da Babilônia está pacificado, mas eu sempre sugiro ter muita cautela em passeios por dentro das comunidades, que pergunte para os locais se realmente está tudo bem no lugar, quais são as últimas notícias, para não passar por perrengues.

  • Clique aqui e leia mais sobre a Trilha no Morro da Babilônia

Inclusive, se você já teve coragem de fazer a trilha, aproveite para conhecer o famoso Bar do David, que fica na comunidade vizinha, bem ao lado da Babilônia, no Chapéu Mangueira - Ladeira Ary Barroso.

O Bar do David já ganhou vários prêmios e concursos do Comida di Boteco e atrai a curiosidade de muita gente que gostaria de visitar uma favela. Nós ainda não estivemos lá, mas a sua fama é grande.

Agora, se você não curte esse tipo de turismo de imersão, tem medo de passar por dentro de uma comunidade, um passeio bem legal, menos cansativo e bastante seguro que pode ser feito no Leme é a visita ao Forte do Leme, um forte do Exército que é aberto ao público e que oferece ao visitante não apenas uma aventura, mas também vistas lindas e um pouco da história da cidade.

  • Clique aqui e leia mais sobre o passeio ao Forte Duque de Caxias, no Leme

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

Blog Apaixonados por Viagens - O que fazer no Rio - Leme - Caminho dos Pescadores

E se depois disso tudo você ficar com muita fome, não se preocupe. Além dos quiosques na orla, se tem uma coisa que não falta no bairro do Leme é opção gastronômica! São várias, para todos os bolsos, dos mais simples aos mais luxuosos. Você encontrará no bairro opções simples como o Sindicato do Chopp, Boteco Belmonte ou Vezpa Pizzas... opções mais elaboradas e sofisticadas como o tradicional La Fiorentina, o Restaurante Joaquina, D'Amici Ristorante e o Da Brambini... ou ainda algo mais chique e mais caro ainda, como o tradicional, famoso e único: Marius Degustare.

  • Clique aqui e veja como foi a nossa experiência mais recente no maravilhoso Restaurante Da Brambini


Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar