12 agosto 2018

Quadrucci, no Leblon, tem novidade no cardápio

Quadrucci, no Leblon, tem novidade no cardápio

Por Julio Paulin

Finalmente fomos juntos, eu e Lily, ao Quadrucci, belo exemplo da alta gastronomia carioca, com inspiração italiana. Eu já estive na casa, início do ano passado, para conhecer o cardápio de verão 2017 



Dessa vez, a Lily pôde matar a curiosidade de conhecer também este charmoso restaurante, localizado em um dos endereços mais badalados da Zona Sul. A novidade, agora, foi a apresentação do cardápio de inverno 2018, numa noite bem agradável, com temperaturas amenas, propiciando o ambiente perfeito na varanda, onde nos sentamos para nos deleitarmos com pratos primoramente bem apresentados e deliciosos. 
Lembrando que Quadrucci é originalmente o nome de uma massa italiana com ovos e aparência de um tijolinho quadrado... daí o nome!




Quem comanda a cozinha é o Chef Ronaldo Canha, há um longo tempo na casa, que nos explicou um pouco do segredo de tanto sucesso desses novos pratos que provamos: entradinha vegana (atendendo a pedidos) e corte especial de cordeiro, assado em baixa temperatura. 


Adicionalmente, os novos pratos trouxeram uma espetacular costela (também assada em baixa temperatura), consomé e crumble de paçoca.



Apesar de muitos esperarem apenas vinhos no cardápio de um restaurante com inspiração italiana, a casa surpreendentemente oferece excelentes drinks para saborear as entradas e até mesmo as refeições principais. Eu acertei em cheio ao escolher o Dry Martini chamado The Botanist e a Lily foi de caipirinha Mulata, que ela curtiu bastante.





Durante um gostoso bate papo com o chef Ronaldo, entendemos o que significa assar a baixa temperatura. A técnica se chama Sous-vide que, em francês, quer dizer “sob vácuo” e refere-se a uma forma de cozinhar o alimento em banho maria, dentro de sacolas plásticas seladas a vácuo, a temperatura mantida estável, normalmente entre 40 a 80ºC (a depender do alimento), por um tempo prolongado, que pode variar entre algumas e até 72 horas. 


Ronaldo explicou que, com temperaturas muito altas, por exemplo da panela ou forno, as fibras de músculo das carnes tendem a enrijecer o corte. Assando a baixa temperatura, isso não acontece e a carne se mantém macia e suculenta, dando um sabor único e refinado. Com o caldo, que se desprende do corte e fica armazenado na embalagem a vácuo, é possível fazer um risoto ou mesmo um molho. Ficamos tão interessados que já procuramos no google como comprar um aparelho desse para casa e brincar de máster chef. rs.

Ronaldo contou também que atendeu a pedidos dos veganos, quando elaborou a entrada de três bolinhos de feijão fradinho, uma releitura do falafel árabe, acompanhados com “tahine” de castanha de caju e saladinha de repolho com cenoura. Crocantes na medida certa e com uma suave “picância”, o prato tem um sabor ousado e marcante.


Nosso prato mais esperado da noite não poderia ser outro: a costela de cordeiro, cozida por quase 24hs em baixa temperatura, pelo revolucionário método Sous Vide, acompanhada de risoto (al dente) puxado no caldinho desprendido da carne e um pouco dessa carne desfiada no risoto. 


Ela se apresenta em forma de um medalhão extremamente macio, tudo isso com agrião e pimenta biquinho. Temos certeza de que a Ana Maria Braga passaria embaixo da mesa se provasse esse prato. Simplesmente divino, a carne desmanchava na boca e atendeu a todas as expectativas! Perfeição!

Na sequência, chegou a paleta também de cordeiro, em corte especial, acompanhado de um raviolão (raviole grande) de cogumelos puxados na manteiga até ficar crocante, bem como de purê de couve flor. Para a minha alegria, que sou muito fã da carne de cordeiro, o cardápio de inverno caprichou no preparo desta iguaria com apresentações distintas, mostrando duas texturas da carne, sendo desfiada em um prato e em pedaço em outro, mas ambos consubstanciando-se em verdadeiras explosões de sabores! 




O diferencial na finalização deste último prato foi o fato de o garçom servir o consomé (caldo), aquele mesmo  oriundo cozimento própria carne, derramando-o aos nossos olhos, que avidamente observam tudo, além do sensacional toque aromatizado com cebola brulée.

De sobremesa, optamos pelo tartalete de banana cozida dentro de caramelo de amendoim, servida com crumble de paçoca e sorvete de iogurte... hummmm... essa parte aí é com a Lily, que de sobremesas entende bem e aprovou!


Outra sobremesa que estava com apresentação impecável e parecia muito saborosa, porém, que não experimentamos (ficou para a próxima) foi o Fondant de Chocolate Belga, em biscoito crocante com morangos frescos... como vocês podem ver na foto abaixo, é do tipo que a gente já come com os olhos e tem certeza de que deve ser delicioso!


Com preços justos, especialmente em se tratando de Rio de Janeiro e, mais ainda, do bairro do Leblon, o Cardápio de Inverno em passos, esbanja criatividade, surpreende do início ao fim!

Nós adoramos e recomendamos! Foi uma noite delicinha, ainda mais com a companhia divertida e leve dos queridos Ju (Vida Carioca), Leo (Maior Viagem) e Nicole (Cariocando no Rio).



E se você gostou dessa novidade, lembre-se de que os cardápios, servidos no jantar diariamente e no almoço dos finais de semana e feriados, ficam por tempo limitado e o próximo Menu Degustação do Chef já tem tema: “Food Porn”.


TODAS AS NOVIDADE DO MENU DE INVERNO

Obs: você pode degustar o Menu de Inverno pedindo os pratos em separado ou pedindo na versão Menu, servida em 4 Passos, que custa R$ 95 por pessoa, o que permite ao cliente aprimorar sua experiência gastronômica, em um menu completo e por um preço único.

Entrada

Bolinho de feijão fradinho com “tahine” de castanha de cajú e saladinha repolho com cenoura – vegano (R$35)

Carnes

Risoto de costela com agrião e pimenta biquinho (R$79)

Paleta de cordeiro acompanhada de ravilolone de cogumelos, purê de couve flor e consomé do assado (R$85)

Sobremesas

Tartelete de banana em caramelo de amendoim com crumble de paçoca e sorvete de iogurte (R$29)



** FICHA TÉCNICA **

Quadrucci Leblon

- Endereço: Rua Dias Ferreira, 233 – Leblon

- Tel: (21) 2512-4551

- Horário de Funcionamento: aberto diariamente, das 12h à 1h.


- TripAdvisor: com Certificado de Excelência, encontra-se na 74ª colocação no ranking de quase 13.100 restaurantes classificados no site, com nota 9 e cerca de 1.000 avaliações (dados de agosto de 2018)


Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar