16 setembro 2021

Chile Anuncia a reabertura da fronteira

Chile Anuncia a reabertura da fronteira

CHILE ANUNCIA ABERTURA DE FRONTEIRAS PARA VIAJANTES ESTRANGEIROS


A caminho de Piedras Rojas


Uma ótima notícia para todos que estão acompanhando avidamente e ansiosos as reaberturas das fronteiras mundo afora: a partir de 1º de outubro, o Chile passará a receber estrangeiros não residentes! 


Vejam como isso vai acontecer e quais os protocolos sanitários que deverão ser seguidos para entrar no país, como, por exemplo, o PCR negativo e apresentação de passe de mobilidade


  • CLIQUE AQUI e veja todas as matérias já publicadas no blog sobre o Chile. Temos Atacama, Santiago, Vinícolas, Valle Nevado e muito mais.

 

O Chile voltará a receber viajantes internacionais após mais de um ano e meio de fronteiras fechadas ou sob restrições de mobilidade. A modificação do Plano de Fronteiras Protegidas, que começará a vigorar a partir de 1º de outubro, permitirá que qualquer estrangeiro não residente, que apresentar comprovante de vacinação completa e atender a diferentes requisitos, entre no território nacional por meio dos aeroportos de Santiago, Iquique ou Antofagasta.

 

Requisitos de entrada

 

Para entrar no país, o viajante deve preencher digitalmente - até 72 horas antes da viagem -, o formulário "Declaração para Viajantes" disponível em: www.c19.cl.  


O formulário inclui informações de contato, histórico de saúde e viagem.

 

Para os estrangeiros não residentes, também será exigido um seguro de viagem que cubra quaisquer despesas médicas causadas pela Covid-19. A cobertura mínima para benefícios de saúde deve ser de US$ 30.000. 

 

Além disso, deverá ser apresentado o exame de PCR negativo, realizado com pelo menos 72 horas de antecedência à viagem. 

 

Soma-se a esses requisitos a obrigação do comprovante de vacinação completa que permita a obtenção do Passe de Mobilidade, o qual será entregue pelo Ministério da Saúde do Chile.  Este documento pode ser solicitado em mevacuno.gob.cl

 

  • Em relação à quarentena, a partir de 1º de outubro deve ser realizado um isolamento obrigatório de 5 dias, no endereço declarado pelo viajante, em um hotel ou residência, que deverá ser informado em seu formulário de entrada.  

 

Esse requisito acima é muito importante, especialmente para quem pensa em visitar o país a turismo, devendo pensar direitinho se valerá a pena fazer a quarentena e, se for o caso, escolher bem o hotel onde passará os primeiros 5 dias da viagem. Claro que isso desanima um pouco, porém, se pararmos para pensar que o país ficou fechado por um ano e meio, eu acredito que muito em breve algumas dessas regras deverão ser flexibilizadas à medida que os números relacionados ao controle da pandemia forem mostrando-se mais otimistas com o avanço da campanha de vacinação. 


Mas, se perguntarem: Lily, e aí, você vai garantir logo a sua passagem para o Chile? Eu responderia que acho melhor aguardar um pouco mais para acompanhar a reabertura, na torcida para que corra tudo bem e para que em breve eles revejam as restrições e exigências para flexibilizá-las e facilitar a vida do visitante turista. 


Além do isolamento, todos os viajantes deverão cumprir o processo de rastreamento, que consiste no envio de um autorrelato diário sobre o estado de saúde, localização e testes via e-mail durante 14 dias. 

 

  • Todas as informações sobre a atualização do Plano de Fronteiras Protegidas e a entrada de estrangeiros não residentes no Chile estão disponíveis em www.chile.travel.cl/planviajarachile.




Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar