13 janeiro 2020

Roteiro de 1 dia em Joanesburgo

Roteiro de 1 dia em Joanesburgo

Pronto, cheguei em Joanesburgo!

Depois contarei para vocês como foi meu voo com a Fly Saa, mas adianto rapidamente que gostei de todos os trechos voados. Eu viajei em assentos na classe econômica e achei que havia mais espaço  que o normal (na minha impressão). Ou seja, considerando a classe econômica, foi confortável.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Aeronaves novas, serviço de bordo atencioso, entretenimento com filmes atuais e outros antigos, séries, acompanhamento do voo, música, jogos... o entretenimento de bordo era completo, inclusive, muitos dos filmes ofereciam a opção dublada em português.

As refeições servidas eram gostosas (é claro que dentro do contexto clichê da classe econômica, como famoso "chicken or pasta"), os lanches também eram bem servidos e gostei de ver que eles usam talheres de um material diferente de plástico, o que torna a experiência melhor (menos classe econômica rsrs). Vinhos da África do Sul, alguns, inclusive, de uma das vinícolas que eu visitei depois num dos passeios que fiz a partir da Cidade do Cabo.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Ou seja, no geral, aprovei a Fly Saa (https://www.flysaa.com/)!

Mas vamos lá... após as fortes - fortíssimas - emoções da chegada no aeroporto internacional de Joanesburgo, ou Joburg (para os íntimos), eu saí finalmente e fui recebida pelo guia local que fala português e me orientou a fazer um pouco de câmbio no aeroporto, mesmo sabendo que a cotação não era das melhores, pelo simples fato de ficar livre disso por ora e poder fazer essa operação em um ambiente seguro.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

  • Nota sobre o aeroporto de Joanesburgo: este é o maior e mais movimentado aeroporto da África do Sul e de todo o continente africano - Aeroporto Internacional de Joanesburgo. Situado nas proximidades da cidade, serve como principal portal de entrada para toda a parte meridional do continente africano.

Vejam aqui as matérias anteriores:


Assim procedi e realizei o câmbio, já sabendo que não seria a melhor cotação. No dia em que cheguei em Joanesburgo, a cotação do aeroporto estava assim:

  • 1usd = 12 Rands (com a tx de comissão+ iva)
  • 1 eu = 13 Rands (com a tx de comissão + iva)

Mas, a cotação oficial, na data de hoje (publicação da matéria), está assim:

  • R$1,00 = 3,51 Rands
  • 1 USD = 14,37 Rands
  • 1 Euro = 15,98 Rands

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Ou seja, como podem ver, eu perdi dinheiro, mas eu não ia trocar muito mesmo, pois era para passar 6 dias e já estava com quase todos os passeios agendados, além de ter café da manhã todo dia incluído e dois jantares também no meu roteiro.

Assim, para esses 6 dias de África do Sul, se você já saiu do Brasil com um roteiro praticamente pronto e organizado pela TGK Travel (https://www.tgkturismo.com.br/) e com os passeios incluídos no seu pacote, eu não recomendo trocar mais que 300 dólares no aeroporto, logo que chegar, justamente por conta da cotação ruim e também porque os cartões de crédito são amplamente aceitos na África do Sul, que é um país já bem modernizado.

Bem, saí do aeroporto com o transfer já incluído no meu roteiro e pelo caminho já fiz amizade com o casal mineiro Aline e Felipe, que fariam o mesmo roteiro que o meu - por coincidência - e ficaríamos nos mesmos hotéis. Após contar para eles o que aconteceu comigo logo que cheguei e o nada amistoso interrogatório pelo qual passei, eu me vali de toda a minha cara de pau e pedi mesmo para que eles me fizessem companhia no primeiro dia de viagem que era justamente um dos poucos dias livres do roteiro.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Dica de Hospedagem em Joburg:


Fomos direto para o hotel hotel The Maslow (clique aqui e veja mais sobre o hotel), que fica na região de Sandton, uma das melhores regiões para se hospedar para quem visita Joanesburgo.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Localizado no centro financeiro de Sandton, que é a área hoteleira mais famosa, o The Maslow Hotel fica a 10 minutos a pé da Praça Nelson Mandela e do shopping Sandton City. Mas o melhor de tudo é que você não precisa se deslocar a pé para esse centro comercial, pois o hotel oferece um transfer gratuito de 30 em 30 minutos para a Mandela Square.

  • Obs: não é recomendado ficar andando sozinho em Joanesburgo, especialmente se for mulher viajando sozinha. Evite andar sozinho e, mesmo em grupos ou acompanhado, evite andar em ruas escuras e vazias, em qualquer situação, evite expor itens de valor. Infelizmente, trata-se de uma das cidades mais violentas do mundo e não se pode dar mole. É claro que eu moro no Rio de Janeiro, que também é uma das cidades mais violentas do mundo, mas aqui eu sei exatamente onde ir, como ir, até que horas ir... quando visitamos outros países, é melhor pecar pelos cuidados e evitar problemas do que achar que é exagero dos outros e não se precaver. 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

A falta de informação também prejudica nesses casos. Portanto, já sabem, né? Se forem sozinhas, cerquem-se desses cuidados. Mas Sandton é considerado um dos melhores lugares para se hospedar e passear justamente porque está repleto de restaurantes, shoppings centers, tem o Sandton City, a Mandela Square, lugares onde se pode caminhar com tranquilidade e escolher o restaurante onde se fará a refeição.

O The Maslow hotel é enorme, moderno, com staff simpático e muito atencioso. Fui recebida com muita educação e sorrisos por todos.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Com destaque ao concierge, sempre muito cuidadoso. Apesar de ter ficado pouquíssimo tempo no hotel, o que nem me permitiu curtir melhor suas instalações - e eu estava morrendo de vontade de vontade de me jogar na sua piscina - eu posso afirmar que o The Maslow é uma ótima opção para quem estiver de passagem por Joburg ou que precise ficar mais dias. 
Todos os ambientes do hotel são espaçosos e aconchegantes com decoração moderna e clean, o paisagismo da sua área aberta é uma graça e a piscina era altamente convidativa. Pena que não deu tempo.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O hotel conta com bistrô, bar, restaurante, piscina, spa e acomodações decoradas em estilo contemporâneo, com piso em carpete e tudo muito bem equipado.

Meu quarto era enorme, com varanda e vista para a cidade, ótimo sinal de wi-fi e absolutamente completo, com:

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

  • banheiro com ducha e banheira, amenities e secador de cabelo
  • cama king size
  • ótima iluminação do quarto
  • ar condicionado potente
  • toalhas de banho e roupas de cama de ótima qualidade e macias
  • tomadas para plugar e carregar seus aparelhos em padrões internacionais (pois as tomadas padrões da África do Sul são totalmente diferentes, mas não precisei pedir adaptador)

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Apenas não gostei do carpete porque tenho cisma com a limpeza e higiene deles. Mas logo que cheguei eu abri a porta da varanda, deixei ventilando bem para evitar problemas com o carpete e realmente não senti nada como rinite, por exemplo. 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O café da manhã do hotel é um capítulo à parte!

Super completo, dividido em estações de pães, frios, quentes, num ambiente fofamente decoração com motivos natalinos, o café da manhã era muito farto, daqueles que começamos com o pé direito.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

  • Pães diversos salgados e doces, muffins
  • Vários queijos e demais frios
  • Geléias
  • Frutas
  • Cereais
  • Sucos, cafés, águas, iogurtes
  • Saladas
  • Ovos, bacon, cogumelos, feijões...

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Impossível não sair deste café da manhã muito satisfeito! Perfeito para quem quer bater perna o dia todo e deixar para fazer uma refeição mais completa somente ao final do dia.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Roteiro de 1 dia em Joburg


Com todos os contratempos ocorridos logo que cheguei no aeroporto, a brincadeira toda (policiais na aeronave + interrogatório + câmbio + tempo normal que já se perde ao chegar no aeroporto com imigração, retirada de bagagem e banheiro) levou do meu dia cerca de 1:30 que prejudicou bastante a minha ideia de passeio em Joburg.

Meu tempo já era reduzidíssimo e depois disso tudo eu já sabia que não conseguiria fazer tudo o que eu tinha planejado. A verdade é que já estava feliz demais da conta sô por ter a companhia dos queridos mineiros Aline e Felipe e de não ficar no hotel com medo de passear. 

Assim, fomos explorar Joburg, essa cidade gigante, capital financeira do país, com o tempo que tínhamos e a melhor opção diante de tudo - tempo curto e receios de ficar andando sozinhos pelas ruas - escolhemos o tour de ônibus City Sightseeing para otimizar o nosso tempo, porque achamos o custo x benefício justo, e porque nos sentimos seguros assim.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Não há motivos para não visitar a cidade nem é necessário ficar dentro do hotel o dia inteiro (eu confesso que cheguei a considerar ficar no hotel, curtindo a piscina, que tinha uma cara ótima, mas principalmente por conta de tudo que aconteceu no aeroporto quando eu cheguei - clique aqui e veja o que aconteceu).

Apenas é preciso ter mais cuidados até porque, em Joburg, com o calor que faz (eu fui no início do verão e o calor já era literalmente de lascar) caminhar está fora de cogitação como forma de explorar a cidade. Não é seguro nem eficiente ficar andando pela cidade, que é enorme, com distâncias grandes entre os locais de interesse.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Uma outra possibilidade, a depender da quantidade de pessoas, é contratar um motorista de segurança para guiar pela cidade. Pode ser prático e interessante. Ou contratar um tour privado de city tour ou tour coletivo com alguma agência local.

Porém, com os atrasos da manhã, apenas às 12h que conseguimos ficar prontos para sair (isso porque nosso voo desembarcou no aeroporto de Joanesburgo às 7:30 e, se tivesse dado tudo certo, a ideia era sair para passear por volta das 10h), o ideal foi realmente optar pelo City Sightseeing, cujo serviço de ônibus de dois andares eu já conheço de outros países e confio no método deles de percorrer os principais lugares da cidade, com opções de descer, visitar um ponto de interesse e depois pegar o próximo ônibus, o formato conhecido como hop on-hop off - https://www.citysightseeing.co.za/en/joburg

  • Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul, o principal núcleo urbano, industrial, comercial e cultural do país, abriga o maior e mais movimentado aeroporto do país, a Corte Constitucional e está a 55km de Pretória, que é capital executiva do país. Movimentada, Joburg, ou apenas Jozi, forma mais carinhosa de se referir à cidade, é moderna, agitada e em constante crescimento. 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Obs.: o centro, conhecido como CBD, é o lugar onde não se deve mesmo andar sozinho, ainda que durante o dia. Cheguei a passar por lá com o ônibus do City Sightseeing e pude constatar a razão de não se aconselhar a passear pela região: muita gente nas ruas, muito comércio, trânsito complicado, sujeira e falta de segurança. Lembre-se de que você certamente terá "cara de gringo" e chamará atenção mesmo não querendo, sendo alvo fácil.

Em Joanesburgo, 70% da população é negra, 20% é branca e 10% são outras etnias.

  • Como se deslocar pela cidade: após tantas recomendações acerca da segurança pública na cidade, sabendo também que o hotel fornecia o transfer gratuito até a Praça Mandela, eu escolhi usar o Uber porque estava na companhia da Aline e Felipe. Mas acho também que, se não estivesse, acabaria arriscando andar de Uber ou me valendo do transfer do hotel. 

Se você resolver andar de táxi seja pelo motivo que for, saiba que os "cabs" de Joanesburgo são os táxis particulares já os "taxis" são os carros coletivos, que levam pessoas que não se conhecem a destinos diferentes. Esses "taxis" também são conhecidos como "meter taxi", o que seria o taxímetro, só que lá eles não usam o aparelho e a maioria trabalha com corridas tabeladas.

Em resumo, seja qual for a sua situação (mas recomendamos andar nos que são privados mesmo, particulares, ou seja, os "cabs"), pergunte antes se vão ligar o taxímetro (meter taxi). Em caso negativo, negocie o preço antes mesmo de entrar no carro para não se surpreendido depois nem se aborrecer. Além disso, dê preferência aos carros novos, que são mais confortáveis. O concierge do hotel poderá ajudar ao solicitar um taxista de confiança.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Como só andei de Uber, com a companhia do casal que conheci, não tenho do que reclamar. Os carros eram muito bons, muito novos e todos os motoristas fizeram a corrida conforme sugeria o Google Maps, que eu fui acompanhando no meu celular para ver se eles estavam indo pelo caminho correto (sou dessas!).

Preços que gastamos nas corridas do Uber:

  • 74R Uber do hotel The Maslow até The Zone
  • 94R Uber The Zone pro hotel The Maslow
  • 26R do hotel pra Mandela Square
  • 62R do Mandela Square pra Melrose Arch
  • 82,50R do Melrose Arch ao Hotel The Maslow

  • Dicas: O Hotel The Maslow oferece o transfer gratuito ao Mandela Square e, para quem quiser também fazer o mesmo passeio de City Sightseeing, há um transfer gratuito que leva os hóspedes do The Maslow para o escritório de onde sai o passeio, no The Zone Shopping, localizado em Rosenbank. Apenas precisa ficar atento aos horários deste serviço de shuttle, pois, esses podem variar. Pergunte ao concierge, se tiver dúvidas. O City Sightseeing oferece esse serviço para outros hotéis em Sandton também.

Assim fomos nós de Uber até o The Zone Shopping Center, que, aliás, é um shopping bem bacaninha, com várias opções gastronômicas e lojas/comércio também.

  • Nota: Rosenbank é outra região altamente recomendada para hospedagem, junto com Sandton.

Compramos os tickets do City Sightseeing para apenas 1 dia, incluindo o tour de 2 horas no Soweto, que custou 565 Rands (se comprar pela internet, tem um descontinho). Eles aceitam cartão de crédito ou rands para pagamento.

Nosso tempo era curto, como mencionei, então, apesar de ter colocado como uma das minhas prioridades visitar o Museu do Apartheid. Infelizmente, como inciamos o tour às 13:10, sabendo que o Museu do Apartheid precisa de pelo menos umas 2 horas para visita, abrimos mão dele para incluir o Soweto e fazer as demais atrações turísticas do tour que fossem possíveis ou ao menos avistá-las do ônibus.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O primeiro ônibus sai do The Zone Rosebank às 9h da manhã e o último ônibus a chegar de volta no mesmo lugar é às 18:20. Portanto, a gente tinha cerca de 5 horas apenas para explorar o que desse.

A decisão de incluir o Soweto não foi muito planejada porque não havia reparado também no horário de funcionamento do Museu do Apartheid. Na verdade, eu não incluí o Soweto para substituir o Museu do Apartheid, mas sim, na esperança de fazer os dois. Só que não fiz esses cálculos certinhos e, pior ainda, esqueci de verificar o horário de funcionamento do Museu do Apartheid, que abre às 9h e fecha às 17h.

Considerando que todos indicam deixar ao menos 2 horas para percorrê-lo, eu teria que chegar nele às 15h ou, no máximo, às 15:30 e foi aí que dei mole porque realmente não tinha como combinar tudo isso no mesmo dia em apenas 5 horas de tour.

Enfim, ficou para uma próxima vez, mas confesso que fiquei com aquela dor no coração por não ter dado tempo. Para quem quiser saber mais sobre o Museu do Apartheid, segue aqui o link - https://www.apartheidmuseum.org/

Vantagens do City Sightseeing:

  • Passeio realizado com segurança
  • Apresenta o principal da cidade
  • São 2 linhas percorrendo vários pontos turísticos
  • Possibilidade de descer onde quiser, visitar a atração de perto, pegar o próximo ônibus e seguir para a próxima atração.
  • Horários dos ônibus são bem respeitados, tudo bem organizado.
  • Áudio-guia incluído com muitas informações (muitas mesmo), em vários idiomas, inclusive em português.

Desvantagens do City Sightseeing:

  • O valor do tour não inclui as atrações, que devem ser pagas à parte. Por exemplo, o Museu do Apartheid custa 100 rands.
  • O tour do Soweto apresenta da região, mas não dá tempo de visitar a Casa de Nelson Mandela por dentro, mas somente por fora. 
  • O ônibus double deck no verão é um pouco sofrido, pois, o melhor dele é poder ficar em cima, no segundo andar, mas o calor e o sol são de rachar. Reforce o filtro solar no passeio para não torrar como eu.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Valeu a pena fazer o City Sightseeing? Com certeza! Recomendo bastante.

É um passeio muito completo mesmo que mostra todas as facetas desta grande cidade. A Joburg bucólica, a Joburg moderna, a Joburg agitada (seu centro), a Joburg pobre e repleta de favelas, no Soweto.

Achei muito interessante conhecer todas essas versões da cidade e confesso que me impressionou ver a quantidade de arranha-céus, shoppings centers, mansões... eu não imaginava a cidade dessa forma.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

E o áudio-guia em português tornou a experiência ainda mais enriquecedora, com uma verdadeira enxurrada de informações, curiosidades, fatos históricos. Tudo bem que era o português de Portugal, mas foi perfeitamente compreensível, didático, super coordenado com os lugares e paradas que fizemos.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Um pouco da História de Joanesburgo e do Apartheid:


A cidade de Joanesburgo recebeu os primeiros assentamentos de europeus no final do século XIX, quando o ouro foi descoberto na região e desencadeou uma verdadeira corrida à pedra preciosa o que fez com que a cidade despertasse interesse e curiosidade, além de ganância e ambição de quem para lá se dirigiu.

Oficialmente encontrado em Barberton e posteriormente em Witwatersrand, o ouro foi o grande impulsionador da formação da cidade, seu crescimento com a chegada de mineradores de todos os cantos foi acelerado, causando também uma supervalorização das terras e tensões entre os africânders, aqueles que controlavam a região durante o século XIX, e os britânicos, recém chegados para a prática do extrativismo mineral (ouro em Joanesburgo e também ouro e diamante na Cidade do Cabo).

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

A cidade cresceu como um pequeno assentamento de mineradores, mas com a notícia do ouro se espalhando, milhares de pessoas de outras regiões estabeleceram-se na área, vindas principalmente da América do Norte, Reino Unido e do resto da Europa. Com a supervalorização das terras, as tensões cresceram entre os africânders, que controlavam a região durante o século XIX, e os britânicos, culminando na Segunda Guerra dos Bôeres. Os bôeres perderam a guerra e o controle da área foi cedido aos britânicos.

O resultado foi a segunda Guerra dos Bôeres, travada entre 1899 e 1902, quando os bôeres, descendentes dos colonizadores de origem holandesa, francesa e alemã, venceram a guerra, mas perderam o controle de áreas que foram cedidas aos britânicos. Dentro do país, as políticas antibritânicas entre brancos sul-africanos focavam na independência. Durante os períodos coloniais holandês e britânico, a segregação racial era majoritariamente informal, apesar de algumas legislações terem sido promulgadas para controlar o estabelecimento e a livre circulação de povos nativos.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Com a União Sul-africana declarada em 1910, que abrangia as antigas colônias holandesas do Cabo e de Natal, bem como as repúblicas do Estado Livre de Orange e de Transvaal, o governo passou a controlar mais as áreas de extração e a partir de então que foi instituído o sistema racial em que negros e indianos seriam pesadamente taxados e barrados na contratação de trabalhos não-braçais. Por exemplo, a Lei das Terras dos Nativos de 1913 restringiu severamente a propriedade de terra por negros: nessa época, os nativos controlavam apenas 7% do território do país.

Em atos seguintes, o governo ordenou a mudança forçada das populações não-europeias para as áreas delimitadas e foi exatamente assim que surgiu a Township de South Western, sendo mais conhecida como Soweto, onde Nelson Mandela viveu por diversos anos.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O que muita gente não sabe é que, apesar de a segregação racial na África do Sul existir desde o período colonial, o Apartheid em si foi introduzido como política oficial após as eleições gerais de 1948. O regime de segregação racial foi implementado pelo pastor protestante Daniel François Malan, então primeiro-ministro, estendendo-se até 1994, mantido pelos sucessivos governos do Partino Nacional, em que os direitos da maioria da população eram cerceados pela minoria branca no poder.

A nova legislação dividia os habitantes em grupos raciais: "negros", "brancos", "de cor" e "indianos", segregando as áreas residenciais, muitas vezes através de remoções forçadas. A partir de finais da década de 1970, os negros foram privados de sua cidadania, tornando-se legalmente cidadãos de uma das dez pátrias tribais autônomas chamadas de bantustões. Nessa altura, o governo já havia segregado a saúde, a educação e outros serviços públicos, fornecendo aos negros serviços inferiores em relação aos dos brancos.

Para quem conhece um pouco da história sabe bem que esse regime trouxe muita violência e um crescente movimento de resistência. O mundo inteiro também se rebelou em forma de embargos comerciais contra a África do Sul. Revoltas, protestos e outros atos foram intensos no Soweto, estourando em 1976, quando o houve uma série de protestos contra o ensino da língua africâner, considerada como língua opressora, mas que era obrigatória nas escolas negras. A repressão às manifestações foi com muita violência, desproporcional, e a polícia simplesmente respondeu com tiros.

Como resultado, 1000 pessoas morreram nos doze meses seguintes. Um dos mártires mais famosos foi Hector Pieterson, uma criança que passou pela manifestação na hora errada, porque estava indo buscar a irmã na escola. Sua morte ganhou forte repercussão internacional e hoje no local do verdadeiro massacre que ocorreu há uma praça, um memorial e um museu, que relembra sua história, o contexto histórico e mostra um pouco dos fatos ocorridos, localizado no coração do Soweto.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Infelizmente, na minha visita ao Soweto, como coloquei lá em cima nas desvantagens do City Sightseeing, eu não tive tempo de entrar no museu Hector Pieterson nem na Casa de Nelson Mandela.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

  • Nota: Soweto é enorme! Com cerca de 2 milhões de habitantes, esta township com 200 km², que se declarou independente de Joanesburgo de 1970 a 1990, foi o reduto da comunidade negra durante o regime do Apartheid, representa o grande símbolo da resistência contra as leis segregacionistas e discriminatórias. O tour guiado do City Sightseeing apenas mostra um pouco, muito pouco mesmo, desta região. Daria para ficar um dia inteiro por lá. Mas não recomendo ir sem guia, alguém da comunidade, para você ficar seguro. Nosso guia mora lá, é nascido e criado e, quando criança, chegou a apertar a mão de Nelson Mandela quando ele foi libertado da prisão. o que é mais interessante de observar no Soweto é que não se trata apenas de uma "grande favela". Há sim muitas favelas dentro do Soweto, mas também há muitas residências boas, bem estruturadas, onde reside uma classe média alta, que prefere ficar por ali. Ou seja, há muitas casas bem bonitas no Soweto também! Lá, você encontrará tudo: shoppings, hospitais, escolas, restaurantes... Um dos pontos altos é a Casa do Nelson Mandela, que estava lotada de pessoas do lado de fora. Nós paramos em frente a ela e ouvimos as explicações do guia, mas não entramos. 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Bem... falar de África do Sul, de Joanesburgo, de Apartheid e de Soweto sem falar de Nelson Mandela, o Madiba, é quase impossível, mas isso renderia um post bem grande.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Em resumo, ele tinha formação jurídica, foi líder rebelde e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África Negra, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993, e pai da moderna nação sul-africana, onde é carinhosamente chamado de Madiba (nome do seu clã) ou "Tata" ("Pai").

Passou 27 anos na prisão após um julgamento ridículo e basicamente de cunho político. Inicialmente confinado na Robben Island, na Cidade do Cabo, e, mais tarde, nas prisões de Pollsmoor e Victor Verster, Mandela foi sem dúvidas o prisioneiro mais famoso do mundo. Depois de uma forte campanha internacional, Mandela foi libertado em 1990, mesmo ano em que foram abolidas as regras do Apartheid. 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Em sua Casa-Museu, localizada no Soweto, quem visita poderá observar como ele viveu com sua primeira esposa, Winnie Madikizela-Mandela, e depois com sua segunda esposa. Encontrará alguns artigos pessoais e fotos de família. Não sei se vale a pena entrar porque eu não entrei, mas se você tiver tempo sobrando, por que não, né?

Tour do City Sightseeing:


O tour é tranquilo e vale a pena fazer. Suas paradas para descidas são assim:

Linha Verde: 

  • The Zone Rosebank
  • Zoo Lake
  • Military Museum
  • Constitution Hill

Desses todos, eu queria muito descer no Constitution Hill, mas não deu tempo. Justamente lá onde Mandela e Gandhi, além de outras personalidades, ficaram presos. Mas o ideal é fazer uma visita guiada por lá. Eu só vi mesmo do ônibus.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

No Constitution Hill, você desce e troca de ônibus, para a Linha Vermelha, que segue para os seguintes pontos turísticos:

  • Mining District (centro)
  • Carlton Centre
  • James Hall Transport Museum
  • Gold Reef City Casino Hotel
  • Apartheid Museum
  • Sab World of Beer
  • The Grove, Braamfontein

No caso de quem compra o combo com Soweto, tem que descer no Gold Reef City Casino Hotel e pegar uma van que leva para o city tour no bairro, que fica bem afastado do centro de Joanesburgo.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Pelo caminho, passamos pelo Estádio de Futebol Ellis Park, que sediou jogos da Copa do Mundo na África do Sul em 2010.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O tour pelo Soweto, no total, considerando os deslocamentos, dura 2 horas. Mas lá mesmo, dentro do Soweto, é algo como 1 hora apenas. Poderia até ser mais. Essas 2 horas consideram também o tempo de deslocamento (ida e volta até o Cassino).

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Da Linha Vermelha, meu coração doeu por não conseguir visitar o Museu do Apartheid (que já comentei com vocês). Se você tiver a oportunidade de visitá-lo, por favor, não deixe de fazer. O museu é moderno, dinâmico e realmente deve ser uma visita fantástica. Uma pena mesmo eu ter deixado de ir por falta de tempo.

Ainda, se você tiver curiosidade, dentre essas paradas do City Sightseeing, encontra-se o Carlson Centre, que é um dos maiores edifícios de Joanesburgo com cerca de 223 metros de altura. Nele há um shopping, mas sua fama vem mesmo do título de Top of Africa, ou seja, o topo da África por conta da vista que oferece de seu 50º andar. Dizem que o pôr do sol visto de lá vale a pena. Eu, como vocês já sabem, apenas passei por ele e vi do alto do ônibus. Não desci porque não daria tempo.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Uma das coisas que me impressionou foi o Cassino, onde descemos para fazer a troca para a van para o tour no Soweto.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Primeiro, porque eu não sabia que o cassino era permitido por lá. Segundo, porque o espaço é bem bonito, tanto fora, quanto por dentro. Rende fotos lindas no seu espaço externo. Uma outra faceta de Joburg que eu não esperava encontrar.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Onde comer em Joburg:


Neste ponto dei muito azar! O único dia livre para passeios em Joburg coincidiu com um feriado, que foi o Dia da Reconciliação, um feriado público na África do Sul, realizado anualmente em 16 de dezembro.

É uma data muito importante para eles, pois entrou em vigor em 1994, após o fim do apartheid, com a intenção de promover a reconciliação entre brancos e negros e a unidade nacional do país.

Mas por que azar? Bem, se por um lado foi bom porque, apesar de ser plena segunda feira, não pegamos trânsito durante o passeio com o City Sightseeing, nem mesmo na hora de retornar, quando normalmente seria hora do rush (é engraçado porque eles até falam sobre isso no áudio guia, quando passamos pelo centro na volta, eles avisam que o trânsito é normal por causa do horário... mas não tinha trânsito), por outro lado o azar foi pelo desconhecimento que, em dias de feriados, tudo fecha bem cedo, inclusive restaurantes.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Assim, não sabia que os restaurantes, em sua grande maioria, fechariam às 21:30 e me lasquei nessa porque, juntamente com Aline e Felipe, a gente foi em uns 4 restaurantes para tentar jantar e demos de cara com a cozinha fechada. Essa parte foi bem chata, especialmente considerando que estávamos cansados do dia da chegada, de todo o estresse que eu tinha passado pela manhã, no desembarque e, somado a tudo isso, o fato de que no dia seguinte a gente já sabia que teria acordar mega cedo porque o tour sairia às 8h, rumo ao White River e Kruger Park.

A verdade é que a gente queria explorar um pouco mais -  nosso tempo em Joburg foi muito curto - e fomos direto para a Praça do Mandela (Mandela's Square), que estava super animada, cheia de vida, pessoas nos restaurantes e uma fofa decoração natalina.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Nesta praça há uma grande estátua de Nelson Mandela que parece estar ali abraçando a gente. Mas não é a maior estátua dele, pois esta encontra-se em Pretória, em frente aos Union Buildings. 

Eu olhei rapidamente ao redor da praça e entramos em um dos restaurantes que parecia bem legal, mas a cozinha estava fechada. O que me impressionou é que, como um lugar muito turístico e conhecido, não achei que os restaurantes fossem tão bons, mas quando lancei os nomes no site TripAdvisor, que sempre consulto para ler os comentários sobre o restaurante e sua pontuação, fiquei admirada em ver que vários ali tinham nota 9 ou 9,5, com Certificado de Excelência.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Porém, no intuito de conhecer lugares novos, a gente seguiu para o Melrose Arch, outro lugar muito bem indicado para passear com segurança em Joburg, onde há vários restaurantes, shoppings...

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Valeu a pena porque a decoração de Natal do Melrose Arch estava sensacional! Coisa mais linda de ver! Super ganhou no quesito fofura! 

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Lá no Melrose Arch, por conta dos horários do feriado, a gente realmente penou para encontrar um restaurante aberto. Super cansados e com muita fome, passamos no restaurante Pigalle, mas já estava fechado...

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

O desespero bateu e finalmente encontramos o Mr. George, onde jantamos. Foi honesto! Nada extraordinário, mas, diante das circunstâncias, foi ótimo! Pedi um poke de salmão bem gostoso e tomamos um vinho branco.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

A sorte é que, mais cedo, quando voltamos do passeio do City Sightseeing, no The Zone Shopping, em Rosebank, fizemos um lanche no Mugg & Bean, que é um rede de cafés bem famosa na África do Sul, que você encontrará em vários lugares. Isso foi o que segurou mais a fome e adorei conhecer o café local de lá.

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Outros lugares em Joburg que não conheceram, mas que me indicaram e ficaram para a próxima vez:

  • Montecasino: um complexo inspirado em uma vila italiana e oferece aos visitantes a experiência de caminhar pelas ruas, escolher um dentre os vários restaurantes do lugar, tentar a sorte num cassino, fazer compras nas lojas no shopping... toda uma estrutura montada, num estilo Las Vegas, com direito a edifícios antigos, chão de pedra, chafariz e um cenário que recria o céu rsrs... 
  • Fish Market para frutos do mar
  • Marble e o Saint para bons drinks, petiscos e jantar 
  • Moyo, famoso pela cozinha africana
  • Tashas e Green Peppercorn, para algo descontraído
  • Pigalle, para um jantar mais elegante

E assim foi a minha experiência em Joburg! Graças a Deus, apesar de ter ficado muito preocupada com a questão da segurança, deu tudo certo e sou muito grata ao carinho do casal Aline e Felipe, que me fizeram companhia e tornaram a minha experiência na cidade ainda melhor!

Blog Apaixonados por Viagens - Roteiro 1 dia - Joanesburgo - Joburg

Em resumo, sobre Joburg:

  • A cidade é violenta sim e vale a pena tomar todos os cuidados.
  • Não precisa ficar mais do que 1 dia inteiro de passeios. Se tiver 2 dias, fará tudo com mais calma.
  • A cidade em si não é atrativa por belezas naturais. É uma cidade bem grande e eu diria até que é feia, mas é riquíssima em história e, como Joanesburgo é a principal porta de entrada do país, vale encaixar uma conexão larga por lá, uma pernoite para entender melhor como foi o Apartheid e tanta coisa que aconteceu que a gente nem ficou sabendo.

  • Chip Internacional para ficar sempre conectado. Recomendo o Chip da Brasil Roaming, que funciona em mais de 80 países (https://www.brasilroaming.com.br/ - aproveite nosso cupom de desconto #APAIXONADOS10)

  1. Quanta coisinha boa e quanto lugar bonito! Adorei!

    ___________

    - Conhece meu cantinho? Te encontro lá, hein?

    Blog Meu Baú de Estrelas
    Assista o último vídeo do canal
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bom?
      Feliz por ter curtido!
      Seja sempre bem vindo aqui.
      Abraços,

      Excluir

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar