09 janeiro 2020

Como é ser Viajante Mulher na África do Sul

Como é ser Viajante Mulher na África do Sul

Essa foi a minha primeira vez no continente africano e, por consequência, a primeira vez na África do Sul, mas a expectativa - e ansiedade - eram grandes porque também seria a minha primeira viagem para fora do Brasil totalmente SOZINHA!
  
Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Viajei sozinha, sem conhecer qualquer pessoa, a convite da loja da Le Postiche para promover o sorteio que levará um grande sortudo, mais dois acompanhantes para fazerem uma viagem dos sonhos num roteiro muito parecido como o meu.

Veja mais detalhes sobre o sorteio aqui https://promocaolepostiche.com.br/

Vejam também o primeiro post sobre a viagem à África do Sul aqui


Eu sabia dos desafios de ser uma mulher viajando sozinha para um país diferente, com tudo novo pela frente para ver e encarar.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

É claro que contei com todo o apoio logístico oferecido pela agência de viagens TGK Travel, que organizou minha viagem, montou meu roteiro e meus passeios: https://www.tgkturismo.com.br/pacotes/africa/africa-do-sul

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Mesmo assim, os sentimentos de alegria, ansiedade e um pouco de medo tomaram conta de mim e lá fui eu encarar essa aventura! Dentro do meu roteiro, eu tive 2 dias totalmente livres para passeios  da minhas escolha e algumas noites também livres para jantar. Como seria essa experiência de ficar sozinha por lá? Certo que eu não queria ficar no hotel, mas sim explorar e passear.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Acontece que eu havia lido muitos relatos a respeito dos cuidados que se deve ter na África Sul a quanto à segurança e violência nas principais cidades. Assim... eu moro no Rio de Janeiro a vida inteira e estou, infelizmente, acostumada com a violência urbana. Mas é diferente quando se visita outro país, diferente do seu e quando você tem nitidamente um "cara de gringo" para eles e chama a atenção por isso. 

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Bem, logo ao chegar em Joanesburgo, uma situação estranha e inusitada aconteceu: estavam todos os passageiros já com suas bagagens de bordo em mãos, em pé, preparados para sair, quando ouvimos a mensagem de que era para regressarmos aos nossos assentos. Na sequência, entraram vários policiais armados e, pouco a pouco, retiraram pelo menos uns 5 passageiros (que eu tenha visto), sem qualquer explicação.

Depois, ficaram anunciando o nome de uma pessoa para que se apresentasse. Ao que nada acontecia, pediram para que todos pegassem seus passaportes e ficassem com eles em mãos que passariam revistando um a um, o que efetivamente foi feito. Após uns 30 minutos, fomos liberados para sair da aeronave, sem qualquer tipo de explicação a respeito do ocorrido, mas com um anúncio de agradecimento pela colaboração de todos.

Daí vieram os trâmites normais de chegada, com imigração (e realmente me pediram o comprovante de vacinação da Febre Amarela) e segui para retirar minha bagagem na esteira. Atenção: como demoramos a sair da aeronave, a esteira onde deveria estar as malas do voo já estava anunciando um outro voo. Os funcionários do aeroporto orientaram que procurasse a mala no chão, próximo à esteira, ou que me dirigisse ao escritório da cia aérea. Por sorte, identifiquei alguns passageiros do mesmo voo que o meu retirando suas bagagens e resolvi ficar ali um pouco mais esperando, eis que veio a minha mala! Ufa!

  • Nota sobre o aeroporto de Joanesburgo: este é o maior e mais movimentado aeroporto da África do Sul e de todo o continente africano - Aeroporto Internacional de Joanesburgo. Situado nas proximidades da cidade, serve como principal portal de entrada para toda a parte meridional do continente africano.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Já caminhando para sair da área de retirada das bagagens, fui interceptada por um policial armado que me pediu o passaporte para conferir, perguntou com quem eu estava (eu estava sozinha), e me impediu de seguir adiante para passar minhas bagagens no raio-X. Ele fez o procedimento por duas vezes, depois pediu para eu o acompanhar para um espaço reservado, segurando meu passaporte.

Em tons sempre imperativos e com zero simpatia, ele me mandou abrir a mala e, após puxar meu dedo com a aliança (sim, ele puxou), questionou o fato de eu ser casada e estar viajando sozinha. Sucederam-se várias perguntas em ciclos viciosos, do tipo "o que você está fazendo aqui?", "por que você está sozinha?", "por que seu marido não veio?", "se sou casada, por que estou viajando sozinha?", "onde estava e o que fazia o meu marido?"... ao que eu respondia, quase sempre, as mesmas coisas: meu marido não veio porque está trabalhando e eu estou a turismo, de férias.

Mas o pior estava por vir quando ele ordenou que eu mostrasse o celular. Eu prontamente entreguei. Ele mandou desbloquear e eu o fiz. Daí ele quis ver minhas fotos na câmera. Eu estranhei e questionei. Ele respondeu mais uma vez dando ordens, ao que eu mostrei e ainda expliquei quem era quem em algumas fotos. Ele seguiu fazendo perguntas sobre minha vida, se eu trabalhava, se conhecia alguém que morasse na África do Sul, qual era o roteiro que eu ia fazer... eu tinha o livro que a TGK Travel fez para mim, personalizado, com o meu roteiro bem detalhado, com datas, locais que eu visitaria, nomes dos hotéis. Mostrei para ele, expliquei que estava em português e traduzi algumas coisas. Não satisfeito, ele quis ver as conversas do whatsapp... isso mesmo!! Pasmem!!

Questionei de novo que não fazia sentido porque estava tudo em português. Ele ignorou e seguiu dando as ordens para eu mostrar o whatsapp. Ok. São aqueles milésimos de segundos em que você precisa pensar muito rápido em como reagir, se vale a pena bater de frente, se rebelar (o sujeito estava armado e eu ali sozinha, super vulnerável e com o risco de ser deportada). Daí rapidamente pensei: quem não deve não teme. Desbloqueei o whastsapp e mostrei as conversas para ele, apesar de achar um absurdo. Ele perguntou qual das conversas era com o meu marido e eu mostrei. Falei de novo que estava tudo em português, mas ele foi passando a conversa com o dedo, passando, passando... e não teria fim, pois são muitos anos de conversa, né? rsrsrs... ele cansou de passar, me devolveu o celular, mandou que eu fechasse a mala e falou para eu ir embora.

Foi constrangedor? Sim! Desnecessário esse tratamento rude? Ao meu ver, sim! Eu me senti moralmente lesada por ter uma pessoa desconhecida invadindo minha privacidade? Claro! Mas, o que fazer numa situação dessas quando se está viajando sozinha? Complicado, né? Muitos me perguntaram a razão disso tudo e eu sinceramente não sei explicar. Poderia ser alguma questão relacionada à prostituição ou tráfico de drogas ou simplesmente nada disso, mas tão somente um policial fdp que resolveu implicar comigo. Como descobrir?

E não foi só nesta ocasião em que me aborreci com alguns comportamentos chatos, piadinhas e comentários constrangedores que recebi ao longo da minha semana na África do Sul. 

Infelizmente, o sentimento ao final que me restou é que ser mulher, casada, viajando sozinha para lá é motivo de preconceito para muitos que não entendem que isso é uma besteira. Ouvi piadas do tipo "seu marido é corajoso em te deixar viajar sozinha" ou do tipo "ele não tem medo de você não voltar mais para o Brasil?". Extremamente preconceituosos esses comentários, o que me causou decepção e tristeza, ainda mais por se tratar de um país recém saído de um sistema tão separatista, tão racista, tão preconceituoso. Eu realmente não esperava por isso.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Importante: nesta minha situação, saber falar inglês foi fundamental para conseguir me dialogar com o policial. Se eu não soubesse, nem sei como teria sido.

Além disso, eu já estava conectada em meu celular logo que desembarquei porque já saí do Brasil com o Chip da Brasil Roming em meu celular. Portanto, ao chegar no aeroporto de Joanesburgo, eu já estava com internet e com dados pra fazer ligações, se fosse necessário para pedir alguma ajuda, eventualmente.

  • Chip Internacional para ficar sempre conectado: Recomendo o Chip da Brasil Roaming, que funciona em mais de 80 países (https://www.brasilroaming.com.br/ - aproveite nosso cupom de desconto #APAIXONADOS10). Na África do Sul, durante a semana em que estive por lá, foram pouquíssimas as vezes em que meu celular ficou fora de área, basicamente nos deslocamentos "no meio do nada" a caminho de White River.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Portanto, para quem viaja sozinho, eu acho fundamental já sair do Brasil com um chip internacional até porque, se você deixar para comprar no país destino, você só encontrará as opções de chips depois de já ter desembarcado e, no meu caso, por exemplo, eu estaria desconectada, sem condições de me comunicar, se dependesse do wi-fi do aeroporto (confesso que nem testei o wi-fi do aeroporto de Joanesburgo).

Eu posso ter tido muito azar, mas mesmo assim, se eu não soubesse falar inglês, a situação poderia ter sido outra ou até mais complicada. Por isso, se você for mulher e estiver viajando sozinha para a África do Sul, aprenda a falar um pouco de inglês para se comunicar em casos como este!

  • O que pesou "contra" mim: viajar sozinha, ser casada, estar sem o marido (é ridículo, eu sei), ter um passaporte novo, emitido em 2019, com apenas um carimbo de viagem, não conhecer algum residente na África do Sul e ser a primeira vez no país.
  • Ao meu favor: não ter itens "comprometores na mala", como bebidas alcoólicas, falar inglês pra explicar tudo com calma, saber o meu roteiro e mostrar o material preparado pela TGK Travel, onde constava todo o itinerário com datas e meu nome, pois é personalizado, ter muitas conversas no Whatsapp, inclusive com o Julio, que eles fizeram questão de ver, ter muitas fotos, inclusive recentes com diversas pessoas... 

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Cuidados com os deslocamentos:


É claro que depois desta "recepção calorosa no aeroporto", eu fiquei bastante bolada em andar sozinha por lá e justamente o meu primeiro dia no país era um dia livre para passeios e descansos. Mas fiz amizade com um casal mineiro que estava no mesmo transfer do aeroporto e mesmo hotel que eu e combinamos de passearmos juntos.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha
  
Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

De qualquer forma, eu já havia estudado algumas alternativas seguras para esses dias livres. Tinha o contato de um motorista particular que me foi indicado por amiga da minha irmã que reside por lá, também peguei o contato de uma agência local para fazer um passeio privativo e já havia solicitado à própria TGK Travel, a agência que organizou o meu roteiro, um passeio para esse dia, mas não tinha como encaixar por causa do horário que eu cheguei lá e o passeio privativo estava muito fora do meu orçamento.

Além disso, como mais acessível de todos e também seguro, tinha o City Sighteeing (https://www.citysightseeing.co.za/en/joburg), que acabou sendo a nossa escolha.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

  • Contato do motorista particular: ele não é guia, mas apenas motorista, chama-se Jabu - +27 84 475 1053
  • Contato da agência local com guias que falam português: Kika Ermel - +27 72 390 2232 / +27 11 467 1910
  • Contato da TGK Travel: https://www.tgkturismo.com.br/ / contato@tgkturismo.com.br / +55 (11) 94502-6818

Eu dei sorte de ter encontrado Aline e Felipe e de eles terem me acolhido para passearmos juntos por lá. Como estávamos em 3 pessoas e com um homem junto, escolhemos andar somente de Uber em Joanesburgo.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

A boa notícia é que, ao que parece, o problema gravíssimo que acontecia no passado entre taxistas e motoristas de Uber está minimizado. Ou seja, ainda existe, mas já não é tão crítico como foi um dia. O que percebemos é que os motoristas de Uber pedem para você se locomover para um lugar às vezes diferente de onde você (coisa de andar uns poucos metros às vezes) se houver um ponto de táxi bem na sua frente. Eles evitam parar perto de pontos de táxis para buscar passageiros. Apenas isso que eu reparei tanto em Joanesburgo quanto na Cidade do Cabo.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Inclusive, na Cidade do Cabo eu também optei por andar de Uber em três ocasiões, sendo que em uma delas eu estava acompanhada do casal mineiro e nas outras duas eu estava sozinha. Graças a Deus, correu tudo bem, sem problemas.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Também na Cidade do Cabo eu contratei os serviços da Sofia, uma guia moçambicana que fala português muito bem e que atende a passeios privados personalizados, como foi o meu caso, ou passeios em grupos. Fale com ela que ela também é ótima e otimiza o seu dia de passeios.


Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Entre andar mais uma vez no City Sightseeing (que eu andei em Joanesburgo) ou contratar os serviços da Sofia, achei melhor fazer o tour com ela para fazer render mais o meu dia e não me arrependi. Foi incrível e posso dizer que fiz milagres na Cidade do Cabo com apenas 2 dias passeios... certamente, em dois dias eu fiz mais do que muita gente faz em 3 ou 4 dias de passeios kkkk...

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha
  
Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Alguns cuidados são muito importantes:


  • evite fazer longas caminhadas nas cidades maiores da África do Sul, principalmente se estiver sozinho. A distância do hotel onde fiquei na Cidade do Cabo até o Waterfront era de menos de 10 minutos e mesmo assim eu fui desaconselhada a caminhar, mas sim pegar um táxi ou Uber.
  • em hipótese alguma, sozinho ou em grupo, ande em ruas escuras e/ou vazias.
  • uma boa alternativa é contratar os passeios, sejam coletivos ou particulares, de preferência que te busque e te deixe de volta no hotel ou em algum shopping ou algo parecido.
  • se você resolver andar de táxi, pergunte antes se vão ligar o taxímetro (meter taxi). Em caso negativo, negocie o preço antes mesmo de entrar no carro para não se surpreendido depois nem se aborrecer. 
  • dê preferência aos carros novos, que são mais confortáveis.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Mas, entre entrar num táxi sozinha, negociando valor de corrida e tal, ou andar de Uber, como já falei lá em cima, eu escolhi arriscar o Uber. Efetivamente, eu só usei mesmo sozinha sozinha por duas vezes. Os carros eram muito bons, muito novos e todos os motoristas fizeram a corrida conforme sugeria o Google Maps, que eu fui acompanhando no meu celular para ver se eles estavam indo pelo caminho correto (sou dessas!).

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

A experiência de jantar à noite sozinha também foi boa, apesar de diferente. Acabei saindo para jantar apenas uma noite sozinha, no Waterfront, por onde caminhei e me senti muito segura na Cidade do Cabo. Não tive qualquer problema nesta ocasião e achei toda essa região bem tranquila mesmo para estar sozinha.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha
  
Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Contudo, escolhi um restaurante movimentado, com mesas cheias, e acho que isso também conta. Não jantaria sozinha em um restaurante mais vazio ou com um perfil muito chique e romântico.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Outras experiências sozinhas e bem tranquilas foram em cafés do aeroporto e no café do Hotel Holiday Inn Cape Town, onde pude tomar café e comer um lanche sem ouvir qualquer comentário bobo (ao menos não em inglês).

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Agora, se você me perguntar o que mais me incomodou de viajar sozinha, sem dúvidas foi a questão das fotos kkkk... não me julguem! Mas é sério mesmo. Estou tão acostumada a ter sempre o Julio ou algum parente ou amigo para tirar minhas fotos que realmente adquiri certo pavor de selfies.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha
  
Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Eu confesso que sou péssima para tirar selfies e particularmente não gosto delas! Só que, durante esta viagem para a África do Sul, não tinha como escapar das selfies. Acho que pelo menos consegui aprimorar-me na arte da selfie (quer dizer... eu acho, né? kkk) da mesma forma que exercitei minha cara de pau de pedir para as pessoas tirarem minhas fotos.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

  • Dica 1: sempre que peço para alguém tirar foto minha, eu já entrego o celular mais ou menos na posição que eu desejo, mostro o ângulo e o que eu quero que esteja dentro da foto, seja a paisagem, um edifício... coisas assim que facilitem na hora da pessoa tirar a foto e eu garanto um resultado próximo do que quero e às vezes até me surpreendo com resultados ainda melhores do que eu havia imaginado.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

  • Dica 2: muitas vezes, quando não sei para quem pedir uma foto, eu tento localizar alguém que seja turista também e me ofereço para tirar a foto da pessoa, em troca, peço a minha também. O bom e velho escambo de fotos rsrs... Outra tática é verificar quem tem uma câmera boa, pois, como hoje em dia reinam os aparelhos de celular para fotos, quem ainda carrega câmera fotográfica é porque realmente curte foto e tendem a ser pessoas que fotografam bem. Por último, mas nem sempre funciona, é mirar pessoas mais jovens para tirar minhas fotos. Em tempos de redes sociais, os jovens dominam também as manhas dos ângulos para fotos.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Em resumo, viajar sozinho - e ser mulher num país totalmente diferente do nosso em vários aspectos, com total "cara de gringa" - é um verdadeiro desafio sim. A arte de conversar com pessoas que você nunca viu na vida e provavelmente nunca verá de novo, trocar ideias com pessoas de outros países, trabalhar a timidez, expor-se um pouco também, praticar um idioma (no meu caso, como falo inglês e um dos passeios era para um grupo de língua inglesa, pude praticar um dia inteiro o inglês)... tudo isso é sem sombra de dúvidas enriquecedor!

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

É interessante, é algo que nos leva a muitas reflexões e até mesmo a reconhecer as coisas boas da nossa casa, do lugar onde moramos. 

Foi uma experiência com saldo positivo sim, apesar dos pesares e nada das coisas ruins que eu falei acima me impede de dizer que a África do Sul é um país extraordinário e que eu desejo voltar para explorar mais, pois dá para ficar tranquilamente uns 15 dias por lá e haverá muitas atividades para fazer.

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Blog Apaixonados por Viagens - África do Sul - Mulher Viajando Sozinha

Ou seja, não vi nem a metade, provavelmente e quero muito retornar, mas, de uma coisa tenho certeza: quero voltar acompanhada rsrs... acho que a experiência será melhor na companhia do Julio e/ou amigos!

Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar