04 dezembro 2019

Como é o Natal e Ano Novo na República Tcheca?

Como é o Natal e Ano Novo na República Tcheca?

Se tem uma das épocas mais lindas do ano em termos de decoração é o Natal, não acham? Eu já tive a sorte de visitar a cidade de Praga toda enfeitada para o Natal com seus mercados espalhados pelas principais praças, repletos de gastronomia, artesanato e muita animação... e frio também! Muito frio! Mas é tudo tão lindo, tão encantador, que você até se esquece do frio! 

Mas a verdade é que em toda a República Tcheca a magia do Natal é festejada com uma atmosfera mágica que envolve boa comida, belas paisagens, árvores naturais adornadas com artesanato, canções e brincadeiras nas ruas e inúmeras atividades. E agora, quem quiser saber mais sobre o Natal tcheco, pode ver informações detalhadas em uma página web totalmente em português. Não é o máximo? Ficou ainda mais fácil planejar a sua viagem ou simplesmente sonhar com ela...
Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo
Praga - República Tcheca


Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

O escritório de Turismo da República Tcheca lançou recentemente uma página na web dedicada ao Natal. São dicas, costumes, curiosidades e agenda de eventos tudo 100% em português. Para acessar basta ir ao link 


Mas para matar um cadinho da curiosidade de vocês, vamos apresentar alguns destaques do Natal na Tchéquia.

A atmosfera das festividades de Natal começa já no final de novembro, quando os mercados do Advento animam todas as praças do país. Nas barracas atraentes, você pode provar as iguarias tradicionais, como o rolo de amêndoa (trdelník) ou a bebida antiga de hidromel, ou comprar decorações de Natal. Ao som das canções natalinas, você mergulhará na atmosfera festiva.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Este ano, o mercado do Advento de Praga na praça da Cidade Velha, já está todo montado e preparado para o Natal desde o dia 29 de novembro, quando então foram acesas as luzes da árvore de Natal. 

Os mercados da histórica cidade de Olomouc, a única cidade da República Tcheca onde é servido o autêntico Ponche de Nuremberg, são muito visitados. Você não vai se arrepender se colocar no seu roteiro Olomouc, pois esta cidade da Morávia transborda de charme no inverno e já foi premiada pela prestigiada revista Lonely Planet com o título de pérola escondida da Europa

Uma outra tradição muito interessante na República Tcheca é observar que nas ruas surgem diabos e anjos quando os tchecos celebram São Nicolau e foi justamente nesta época que visitei a cidade em 2007, há 12 anos, pois era o Dia de São Nicolau e eu não compreendia direito as fantasias das pessoas, não entendia as razões de se fantasiarem com roupas de diabos e anjos rsrs... lembro bem que minha primeira reação foi de surpresa, mas é que na República Tcheca, na véspera de sua data onomástica, em 5 de dezembro, antes de as crianças abrirem seus presentes de Natal, São Nicolau os presenteará com um pequeno presente. 

Vestido de vermelho e com o bastão pastoral na mão, acompanhado por sua comitiva de anjo e demônio, você o encontrará andando pelas ruas e entrando de casa em casa. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

As crianças que foram boas ao longo do ano receberão guloseimas e o diabo assustará aos travessos e lhes dará carvão e batatas. A tradição dos doces baseia-se na lenda de São Nicolau que morava na cidade de Myra (na atual Turquia) e, de acordo com a história, jogou de uma janela dinheiro para uma família pobre, que assim livrou-se das suas dívidas.

Em 5 de dezembro, na véspera da festa de São Nicolau, há programas especiais nas praças onde as crianças podem cantar uma música ou dizer um verso para receber uma doce recompensa.

Ou seja, se você não puder visitar a região propriamente na semana do Natal e Ano Novo, já fica aí anotada a dica de que a decoração de Natal costuma estar toda prontinha já no final do mês de novembro e, além disso, nos dias 05 e 06 de dezembro eles festejam São Nicolau com muita animação!

E como é a Noite de Natal? Na Noite Feliz não pode faltar a árvore, a carpa e o Menino Jesus


O período natalino culmina com o jantar da véspera de Natal, em 24 de dezembro, parecido com a tradição brasileira, quando toda a família se reúne em volta da mesa. 

Ao lado da árvore com as luzes ou velas acesas, os convidados cantam canções de natal, cortam maçãs para dar sorte ou o futuro é adivinhado de acordo com a imagem que o chumbo derretido deixa na água. Na mesa, não pode faltar a carpa fresca à milanesa ou frita. Nos últimos tempos, legumes e nozes prevalecem. Você pode saborear o menu especial de Natal em muitos restaurantes. Outra tradição está em jejuar ao longo do dia que termina com o farto jantar. Diz-se que, se alguém aguentar ficar sem comer, verá o porquinho de ouro. No entanto, não é fácil, porque todos os cantos da casa exalam o perfume de biscoitos e especiarias de Natal.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Na República Tcheca, não é Natal se não houver presentes que o Menino Jesus traz para as crianças tchecas. Eles não precisam esperar para abrir os presentes até o dia seguinte e, por esse motivo, a véspera de Natal se torna uma noite de alegria, riso e emoção. Quando chega a meia-noite, as famílias costumam assistir à missa do galo e desejam a seus conhecidos e amigos um feriado cheio de paz.

E algumas das atividades que a cidade de Praga prepara para esses feriados são:

  • Teatro Nacional prepara diferentes funções, entre as quais o balé “Quebra-Nozes” 
  • O Castelo de Praga e todo o seu imenso recinto é aberto ao público. 
  • Os atletas e corajosos podem patinar no gelo nas pistas de patinação ou esquiar na estação de esqui de Monínec.

Curtindo o Natal nos castelos e palácios da Tchéquia


E que tal aproveitar a viagem para a República Tcheca para percorrer alguns de seus belíssimos castelos? Quando o Natal se aproxima e os primeiros flocos de neve caem, os castelos e palácios tchecos se vestem de gala. Alguns preparam para seus visitantes um programa especial de Advento e Natal: visitas a trajes históricos, mercados, interiores decorados e muito mais. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Mercado do Advento no palácio Dobříš


O palácio Dobříš fica na Boêmia Central, ao sul de Praga. É famoso pelas visitas tradicionais do Advento ao seu interior, ricamente enfeitado com decorações de Natal. Durante a visita, você pode aprender mais sobre a história das festividades e saber mais sobre o significado do Advento e seus costumes, além de visitar a exposição de presépios. 

O mercado de Natal deste ano acontecerá no sábado, 7 de dezembro, no pátio do palácio. Durante todo o dia haverá pinheiros de Natal no pátio, o qual à noite será iluminado com tochas e lanternas venezianas. As visitas ao palácio acontecem todo fim de semana do Advento, até 22 de dezembro.

Árvores de Natal no palácio de Loučeň


Os visitantes do palácio Loučeň, na Boêmia Central, perceberão com todos os sentidos a magia do Natal; seja nos quartos decorados ou enquanto passearem pelo parque do palácio, decorado com uma gigantesca coroa do Advento. 

Este ano, o visitante conhecerá a história da árvore de Natal em uma exposição temática do palácio. Nos quartos da residência principesca, poderá conhecer os detalhes da vida da família Thurn, no início do século XX, e ver 18 árvores de Natal, uma diferente da outra. Guias vestidos como membros da nobre família mostrarão o palácio.

Castelo real de Křivoklát ao estilo natalino


A paz e tranquilidade da atmosfera natalina tomarão conta de quem chegar às portas do castelo de Křivoklát. Do período medieval, na Boêmia Central, este é e um dos castelos mais importantes e majestosos, patrimônio dos príncipes e reis tchecos. Nos fins de semana, nos dias 7 e 8 de dezembro e 14 e 15 de dezembro, o visitante verá quiosques de vários artesãos e fabricantes demonstrando seu trabalho e habilidades. Padeiros, tecelões de vime, fabricantes de velas, cultivadores de ervas e ferreiros trabalharão na área natalina do castelo. 

Uma boa oportunidade para experimentar doces tradicionais tchecos, frutas secas, vinho quente, doces ou salsichas. O programa cultural incluirá, é claro, canções de Natal, teatro, apresentações de mágicos ou comediantes.

Advento em Loket


A poucos quilômetros da mundialmente famosa cidade termal, Karlovy Vary, localizada na Boêmia Ocidental, fica a cidade de Loket com seu castelo gótico de mesmo nome. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

O castelo fica em uma rocha acima do rio. Este castelo pode ser visitado o ano inteiro, não fecha as portas no inverno, o que é uma grande vantagem. Além disso, no final de semana de 7 a 8 de dezembro, acontecerá o tradicional mercado onde os visitantes poderão respirar o aroma tradicional de vinho quente e licor de mel. E mais: decorações de palha, produtos de renda e muitos artesãos tradicionais estarão presentes.

Ratibořice na Boêmia do leste


A cidade de Ratibořice, na Boêmia Oriental, está relacionada com a escritora tcheca do século XIX, Božena Němcová, e com sua obra A avó. De 6 a 8 de dezembro, o palácio da cidade, decorado em estilo natalino, retornará cerca de 200 anos ao passado. Os trabalhadores do palácio se tornarão servos do palácio e mostrarão aos visitantes como era o Natal nos tempos antigos. Um pequeno mercado de Natal será instalado no edifício.

O Advento no castelo de Bouzov


O Castelo Bouzov, na Morávia, será aberto ao público de 1 a 8 de dezembro para que os visitantes possam apreciar sua decoração de gala. Os guias explicarão as tradições medievais do Advento que foram seguidas não apenas nas cortes aristocráticas, nos castelos e palácios, mas também nas casas dos vassalos.

Visitas ao palácio de Hluboká


Aprecie a atmosfera mágica que reinará no palácio Hluboká, no sul da Boêmia, onde se poderá visitar seus interiores. É um dos poucos palácios abertos ao público durante todo o ano. No inverno, você pode visitar as suítes privadas das últimas gerações de proprietários de palácios. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

São vários quartos e salas onde o tema da caça irá acompanhá-lo durante toda a visita. Você entrará na portentosa sala de jantar dos caçadores, no recinto de preparação de alimentos, no escritório, visitará a sala de estar e o quarto do último proprietário particular do palácio, Adolfo Schwarzenberg.

A cozinha negra em Jindřichův Hradec


No fim de semana de 7 a 8 de dezembro, você também poderá visitar o Palácio da Boêmia do Sul, em Jindřichův Hradec. O fim de semana será repleto de programas musicais, de dança e teatro. As crianças apreciarão demonstrações de aves de rapina e todos certamente apreciarão a visita excepcional à cozinha negra, com 500 anos de idade e funcionando perfeitamente. 

Durante o Advento você poderá visitar a Casa da Tapeçaria, onde haverá demonstrações de artesanato e uma oficina para crianças e adultos. É imperdível o maior presépio mecânico popular do mundo, inscrito no livro de recordes do Guinness, ou o Nascimento de Krýza, no Museu Jindřichův Hradec.

Sabores de Natal na Tchéquia


E já que estamos falando sobre as festas de fim de ano, é impossível não destacarmos aqui um tópico que é simplesmente uma delícia: a gastronomia tradicional do Natal na República Tcheca!

Quem estiver no país nesta época do ano certamente  vai provar os biscoitinhos de Natal bem como o prato tradicional da véspera de Natal - sopa de peixe e carpa frita com salada de batata.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

De acordo com as tradições locais, o jantar da véspera de Natal deve incluir sete ou até nove pratos. Neste ponto, é bem diferente da tradição brasileira, não acham? Aliás, no Brasil não tem muita regra para a ceia de Natal, salvo alguns pratos mais tradicionais como chester, peru, tender e rabanadas rsrs... acho que lá República Tcheca eles nem devem imaginar que a nossa ceia seja tão diferente da deles. 

Vejamos aqui alguns dos pratos tradicionais servidos na Ceia de Natal da República Tcheca


  • Sopa de peixe: O jantar na véspera de Natal, tanto no restaurante quanto na casa dos amigos, sempre começa com sopa de peixe. Esta sopa é feita com a cabeça e a carne de carpa, vegetais, água e especiarias. De acordo com as superstições locais, você não deve deixar a mesa antes que todos terminem de comer, pois isso garante a unidade familiar por mais um ano. Uma escama de peixe embaixo do seu prato é outro costume tcheco. A lenda diz que, se fizer isso, o ano inteiro não lhe faltará dinheiro.

  • Carpa como prato principal: O prato principal típico da República Tcheca é a carpa frita com salada de batata. O peixe tem seu lugar na mesa de Natal há várias centenas de anos, com base nos costumes cristãos. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Antes, havia várias maneiras de preparar a carpa - “a la azul” (fervida com vinagre diluído ou vinho branco com vegetais de raiz) ou “a la negra” (em um molho doce de geleia e pão de mel). Mas a carpa frita é a mais popular. A requintada salada de batata tcheca é o melhor acompanhamento.

Onde em Praga você pode saborear o cardápio de Natal? Experimente o restaurante do palácio em Krč Chateau St. Havel, o restaurante U Modré kachničky, localizado numa ruela estreita em Malá Strana, ou o restaurante francês que fica na Casa Municipal e tem mais de cem anos de tradição.

  • Adoce seu Natal: o que seria do Natal sem os doces preparados durante o Advento? Você pode experimentá-los não apenas nos mercados de Natal, mas também em vários cafés, confeitarias e padarias. As pequenas meias-luas de baunilha e biscoitos linzer são os mais populares. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

  • A trança de Natal "vánočka" é um pão doce especial preparado a partir da massa levedada com passas e amêndoas. A forma do "vánočka" copia a imagem do menino Jesus enrolado em um cobertor e é um símbolo de nova vida e fertilidade. O "vánočka" é muito popular não apenas no Natal, mas também para acompanhar o café com leite, lanche ou no café da manhã.

E se você quiser reproduzir em sua casa uma receita muito tradicional tcheca, vejam abaixo como fazer os doces thecos chifrinhos / meia-lua de baunilha.

  • 280 g de farinha refinada
  • 200 g de manteiga
  • 100 g de açúcar
  • 120 g de nozes moídas
  • Açúcar de baunilha e açúcar de confeiteiro para cobrir os chifrinhos.

  1. Adicione a manteiga derretida, o açúcar normal e o açúcar de baunilha à farinha refinada. No final, adicione as nozes raladas. Faça uma massa e deixe descansar um pouco na geladeira.
  2. Forme com essa massa um cilindro com 2 cm de diâmetro e corte fatias uniformes. Com a mão, prepare as meias-luas e coloque-os na assadeira com papel manteiga. Asse por 10 ou 15 minutos no forno previamente aquecido a 150 ° C até que os biscoitos fiquem dourados. Ainda quentes, passe açúcar neles.

Quer um Reveillon diferente? Veja 5 alternativas inesquecíveis na Tchéquia


E já que contamos tudo sobre o Natal, não podemos deixar o Ano Novo de fora! Até porque, vai que você tenha a sorte de passar Natal e Ano Novo na República Tcheca?? Que sonho!!! Eu adoraria! 

Uma coisa é certa: se você estiver por lá, vai desfrutar de boa comida, belas paisagens e inúmeras aventuras para se despedir do ano e receber 2020 em grande estilo!

Entre algumas atividades, vejam aqui algumas selecionadas para inspirar vocês!

Fogos de artifício em Praga


Se você gosta de fogos de artifício, não perca os tradicionais fogos de artifício do Ano Novo no centro de Praga. Os fogos de artifício serão disparados no dia 1º de janeiro às 18 horas do parque Letná. É bem visível da margem do rio na Cidade Velha de Praga. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

No entanto, procure um lugar em uma das pontes ou na margem do rio com antecedência e não deixe para chegar na última hora porque você perderá a beleza do céu. O show de fogos de artifício dura cerca de dez minutos.

Despedida do ano com Mozart


Aproveite a última noite do ano com as melhores peças de Mozart e um jantar de gala no impressionante Boccaccio Hall.

A partir das 19hs, começa uma noite mágica no GrandHotel Bohemia. O concerto será realizado por Lucie Vágenknechtová - soprano, Daniel Klánský - barítono e pelo Quintet Amadeus Prague: formado por 5 instrumentistas da Orquestra Sinfônica da Rádio Praga e solistas da Câmara de Salzburgo, que se apresentam vestidos com trajes de época.

Espere uma noite repleta das famosas composições de Mozart, executadas por aclamados músicos tchecos e, depois da meia-noite, mergulhe nas mais belas polcas e valsas de Johann Strauss II, Franz Lehar e outros compositores famosos. A pista de dança é sua!

Concerto de Ano Novo na Casa Municipal


A Orquestra de Música de Câmara de Praga, composta por membros das melhores orquestras sinfônicas tchecas, como a Orquestra Sinfônica da Rádio Tcheca ou a Filarmônica Tcheca, oferece um concerto tradicional de Ano Novo, em 1º de janeiro, às 16hs, na Casa Municipal de Praga. O programa é composto por peças de Mozart, Dvorak e Strauss. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Você não pode perder esta oportunidade de receber o ano com as melhores execuções de peças clássicas na cidade.

Visita ao castelo Karlštejn


Foi o imperador Carlos IV quem ordenou a construção do majestoso castelo Karlštejn como um lugar digno para guardar as joias das coroações dos soberanos tchecos e as coleções das relíquias sagradas, além de receber convidados ilustres. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Você pode visitar o castelo tanto no último dia do ano quanto no primeiro dia do ano novo, das 10 às 15 horas.

Trilha pelas copas das árvores em Lipno


A primeira e única trilha pelas copas das árvores na República Tcheca, próxima ao reservatório de Lipno, fica aberta durante todo o ano, incluindo o último dia do ano e também o primeiro dia do Ano Novo. Em 1º de janeiro, por ocasião do Ano Novo, é comemorada a tradicional escalada do caminho pelas copas das árvores. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Quando o tempo está bom, a vista é fantástica dos picos dos Alpes, quase toda a área de Lipno, os magníficos arredores das montanhas Šumava e as montanhas Novohradské hory. A subida ao primeiro andar do mirante da torre de 37 metros é absolutamente livre de obstáculos. Os organizadores da escalada preparam pequenos presentes e folhas comemorativas para todos os participantes. No caminho pelas copas das árvores, será oferecido gratuitamente um ponche de Natal para se aquecer. Nos meses de inverno, fica aberto das 10 às 16 horas.

Venha fazer compras na República Tcheca e descubra marcas e produtos locais


Por fim, aproveitando a sua viagem para a República Tcheca, mesmo com o euro nas alturas para nós brasileiros, existem alguns produtos locais que são tão maravilhosos que valem o investimento. Afinal de contas, todos nós gostamos de fazer compras, mais ainda quando viajamos. Buscamos sempre trazer um pouco das grandes experiências que vivemos nos destinos que visitamos. No meu caso, além da minha coleção de ímãs, eu tento comprar produtos locais bem característicos. No caso da República Tcheca, comprei ímãs das cidades que visitei, canecas e xícaras para a minha mais nova coleção e alguns cristais, pois estamos falando da terra dos cristais, certo? Já o Julio, focou nas cervejas rsrs... se ele pudesse, traria várias para o Brasil! 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Para ajudar na sua seleção de presentes, trazemos as dicas que foram compartilhadas conosco pelo site Czech.cz, que selecionou alguns dos mais importantes e interessantes produtos que são fabricados na República Tcheca.

Cristal Tcheco


A indústria de cristal na República Tcheca tem uma longa tradição e o "cristal da Boêmia" tem até hoje um nome famoso. O material de vidro foi desenvolvido no século XIII, principalmente nas regiões montanhosas dos Montes de Jizera e Montes de Lusacia, graças a matérias-primas locais acessíveis. O vidro e a porcelana decorativos também são produzidos em outras regiões, por exemplo, na cidade de Dubí e em Nová Role.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Cristal de chumbo


O cristal é mais brilhante, ressoa mais alto e é mais forte que o melhor vidro, porque seus componentes são de maior qualidade. 

Por exemplo, o cristal boêmio, de acordo com a lei, contém pelo menos 24% de óxido de chumbo. A qualidade do cristal também é afetada pelos métodos de fabricação; não apenas a matéria prima é cuidadosamente escolhida, mas também cada etapa do processo de produção é estritamente controlada. 

Dentro das decorações típicas tchecas estão, por exemplo. as chamadas decorações de marcas d'água, que ilustram o trabalho da escola de escultura tcheca. Centenas e milhares de labirintos complexos, como se fossem teias de aranha de sulcos finos, adornam produtos de formas diferentes com figuras perfeitas e tudo isso vem das mãos de seus criadores por meio da gravação de discos. Essas decorações destacam totalmente a beleza cintilante do cristal de chumbo.

Os produtos com o rico entalhe tcheco são um sinal da habilidade e sensibilidade do trabalho manual que não pode ser substituído por nenhuma máquina. O resultado é um produto perfeito admirado em todos os continentes.

A Moser fabrica vidros e vidros decorativos de luxo há mais de 140 anos, em formas clássicas e modernas.

A fábrica de cristais foi fundada em meados do século XIX pelo escultor de cristais Ludwig Moser. Seus descendentes continuaram seu trabalho e lhe deram renome mundial.

Porcelana


A porcelana de marca, na República Tcheca, tem uma longa tradição. Entre as mais conhecidas estão a porcelana modelo de cebola, das marcas Thu,n de Karlovy Vary, e da marca Dubí.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

A Sociedade Anônima Porcelana Tcheca de Dubí é um dos fabricantes da tão procurada "porcelana para todas as gerações", a porcelana do tipo cebola. A Dubí mantém a tradição cujas raízes remontam a 1864. A marca, registrada desde o ano de 1993, é complementada com os dados do país de origem desde 1997.

Aproximadamente 70% da produção da Porcelana Karlovy Vary S.A. é exportada para mais de 90 países nos cinco continentes. A produção é realizada em nove fábricas, das quais cada uma é especializada em um determinado tipo. 

O tipo tradicional é a porcelana rosa, fabricada desde 1811, na fábrica original de Chodov. Ao contrário de outros produtos, a cor rosa não é obtida pelo esmalte, mas pelo próprio material de porcelana. Desde o período do Presidente Havel, essa porcelana, com uma decoração especial, é usada em eventos cerimoniais organizados pelo governo.

Granada tcheca


A granada tcheca, pedra preciosa que só tem nas minas da Boêmia, sempre gozou de uma posição privilegiada entre as outras granadas, devido à sua bela cor avermelhada e refração da luz. Inclusive, a ela até se atribuía poderes de cura. 

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Desde a época do imperador Rodolfo II, que também estava entre os amantes da granada tcheca (em suas coleções possuía inúmeras cópias únicas) há uma crença de que a granada ajuda emocionalmente nos estados de melancolia e que transmite força vital, audácia e gênio alegre. 

Ao longo do tempo, cresceu a preferência por granadas e joias tchecas feitas com ela, não apenas no país de origem, mas também fora dos limites da Boêmia. Por exemplo, sabe-se que as damas de corte do czar russo, no Congresso de Viena, após a queda de Napoleão em 1815, foram adornadas com joias de granadas tchecas. Nos anos 90 do século XIX, as joias de granadas tchecas predominaram como objetos pessoais, nas quais a pedra se destacava sobre o metal. Esta característica da joia granada tcheca foi mantida até agora.

A tradição de fabricar essas joias puramente tchecas e a difusão de sua fama no mundo são preservadas pelo trabalho altamente qualificado de escultores e joalheiros e coleções de joias de granada de variedade contínua, contendo aproximadamente 3.500 modelos, que, mediante solicitação dos clientes, são feitas de prata, prata dourada ou ouro de 14 ou 18 quilates.

Amostras de joias de granada tchecas podem ser vistas nas vitrines de lojas renomadas na Europa e no mundo.

Cerveja Tcheca


Impossível não destacar a cerveja tcheca! Ela é uma das mais conhecidas e solicitadas em todo o mundo. Entre as cervejarias mais importantes estão 

  • Plzeňský Prazdroj, 
  • Pivovary Staropramen, 
  • Budvar, 
  • Bernard, 
  • PMS Přerov, 
  • Drinks Union
  • Starobrno

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Além disso, em todo o território da República Tcheca, existem várias dezenas de pequenas cervejarias, muitas vezes familiares, a maioria delas conectadas a um restaurante, onde você pode saborear sua cerveja no mesmo lugar. Você pode fazer excursões com degustação a diversas cervejarias.

Prazdroj


A Plzeňský Prazdroj é uma empresa líder em cervejas na Europa Central e Oriental. Ele organiza as maiores apresentações e é o maior exportador de cerveja tcheca para quase 50 países em todo o mundo. A Plzeňský Prazdroj, com suas marcas Pilsner Urquell, Gambrinus, Radegast e Velkopopovický Kozel, está no mercado tcheco em primeiro lugar, em termos de volume de produção e exportação de cerveja. A Plzeňský Prazdroj, a.s., é membro do grupo internacional SABMiller plc, que é a segunda maior empresa de cerveja do mundo.

Budvar


O antecessor direto de Budějovický Budvar (Budvar de Budějovice) foi a cervejaria tcheca fundada em 1895 pelos tchecos com permissão para fabricar cerveja, diretamente ligada à tradição histórica da fermentação de cerveja, em České Budějovice, e que remonta ao século XIII, quando a cerveja começou a ser produzida.

Competindo com a Cervejaria Alemã e duas cervejarias Schwarzenbergský de Trebon e Protivin, a empresa Cervejaria Tcheca prevaleceu, principalmente graças à sua alta qualidade e ao sabor excepcional de sua cerveja, que já havia sido premiada no ano de 1896, na Exposição Industrial de Praga. Já em 1913, a cerveja envelhecida da empresa Czech Brewery era conhecida no exterior. Precisamente, graças à exportação desenvolvida, sua renovação após a Primeira Guerra Mundial aconteceu muito rapidamente.

No período entre guerras, a cervejaria passou por extensa modernização e eletrificação. No ano de 1922, foi perfurado o primeiro poço artesiano. Dessa forma, a cervejaria obteve uma fonte de alta qualidade de água, o que compõe as excelentes propriedades de sabor da cerveja Budějovice, envelhecida  até o presente. 

Durante a Segunda Guerra Mundial, a cervejaria foi colocada sob o governo nazista e, no final, foi nacionalizada. Em 1967, parte da propriedade das Cervejarias de Budějovice, Companhia Nacional, foi separada e uma entidade legal independente foi fundada, a Budějovický Budvar, n. p. (Budvar de Budějovice, Companhia Nacional), orientada para a exportação, graças à sua tradição, marcas valiosas e à qualidade da cerveja de exportação. 

Em particular, após 1989, houve um desenvolvimento maior no mercado local e no exterior, quando a atual administração quase triplicou as exposições da cervejaria. A variedade de cervejas é ampla, incluindo: Budweiser Budvar premium envelhecida, cerveja clara Budějovický Budvar, Bud Super Strong, cerveja sem álcool Budweiser Budvar Free e cerveja Budweiser Budvar escura.

Pilsen e a experiência cervejeira


E se estamos falando de cerveja, impossível não falar de Pilsen, o berço do tipo de cerveja mais bebida do mundo! 

A chamada “cerveja ao estilo pilsen” é uma bebida loira pálida com um aroma floral, baixo teor alcoólico e um forte sabor de malte, que é bebida com espuma. 

Suas características distintivas são dadas pelo uso de lúpulo Saaz, maceração por decocção e o tipo de água com baixo teor mineral de Pilsen. A cervejaria Pilsner Urquell, herdeira da receita original dos criadores deste estilo de cerveja, hoje produz milhões de litros que são exportados para todo o mundo e oferece um passeio de 100 minutos pela sua fábrica, quando se pode aprender tudo sobre a mais famosa pivo, que é a inspiração de dois terços de todas as cervejas feitas no mundo.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Tradição cervejeira


A cidade de Pilsen tem uma longa história na fabricação de cerveja. As primeiras tentativas foram feitas no final do século 13 e ainda há testemunhos da época nos porões que funcionam abaixo do Museu da Cerveja. Embora, ao que tudo indica, os resultados naquele momento não eram ótimos.

Algum tempo depois, por volta de 1839, os moradores de Pilsen obtiveram uma licença para fundar a cervejaria Burgess e construir a fábrica. Assim, em 1842 foi fabricada a primeira cerveja lager pale; em 1859, a marca Pilsner Bier foi registrada e, em 1898, mudou seu nome para o que possui até hoje. 

Desde aquele começo até os dias atuais, seguiram-se as mudanças administrativas e os proprietários da empresa, que não parou de crescer, sempre produzindo sua bem-sucedida cerveja loira.

O passeio na Cervejaria


Portanto, ao visitar a cidade de Pilsen, é essencial deixar algumas horas disponíveis para fazer o tour das instalações da Pilsner Urquell. O circuito completo dura 100 minutos e começa quando o grupo entra em um ônibus para percorrer alguns metros até a fábrica com capacidade para engarrafamento, 120 mil garrafas por hora.

  • CLIQUE AQUI E LEIA O RELATO COMPLETO DA NOSSA VISITA À PILSNER URQUELL

Em seguida, visita-se a antiga e interessante sala de cozimento, com seus tanques de cobre, e também a moderna, inaugurada em 2004. 

Os visitantes são levados a um pequeno museu onde são explicadas as características dos diferentes ingredientes (cevada, malte, lúpulo, etc. e água) que tornam a cerveja Pilsen tão especial. Na sequência, adentra-se ao maior elevador da República Tcheca, com capacidade para 72 pessoas ou cinco toneladas de peso, que leva o grupo a um cinema rotativo, para uma experiência única.

Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

Para a última etapa da rota, você tem que se aquecer um pouco, já que a temperatura nos extensos túneis - que funcionavam como armazéns e geladeiras - cai consideravelmente. A cereja do bolo é quando você chega na sala de degustação, onde é hora de experimentar uma cerveja não filtrada ou pasteurizada de edição especial, exclusivamente para visitantes, tirada diretamente dos barris de carvalho. 

Assim, é possível saber que este tipo de cerveja é o mais saudável, pois contém mais vitaminas e bacilos, que são sempre perdidos durante a pasteurização. É uma cerveja difícil de se obter mesmo na República Tcheca, já que apenas cervejarias que estão em alta demanda podem oferecer cerveja não pasteurizada, porque seu tempo de expiração é muito menor. Então é uma oportunidade para experimentar algo realmente diferente.

No final do passeio, os visitantes podem comprar algumas lembranças para levar para casa, incluindo os icônicos jarros da marca. Também pode ser uma boa ideia fazer uma parada no restaurante Na Spilce, com capacidade para 550 pessoas (a maior cervejaria da Boêmia), onde a cerveja é acompanhada por pratos típicos tchecos.

A festa da cerveja Pilsen que nenhum amante da bebida dourada deve perder.


Blog Apaixonados por Viagens - República Tcheca - Natal e Ano Novo

A festa é realizada nas instalações da cervejaria Pilsen e comemora todos os anos - em 4 de outubro, um famoso aniversário: o dia em que a primeira cerveja Pilsner Urquell foi preparada. Comerciantes tradicionais de cervejaria se apresentarão vestidos com roupas de época. É possível desfrutar de um programa musical atraente e excursões na cervejaria Pilsen, no Museu da Cervejaria ou do subterrâneo histórico.

Mais informações sobre a República Tcheca em www.czechtourism.com


Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar