08 maio 2020

Bocas del Toro: Roteiro de 3 dias

Bocas del Toro: Roteiro de 3 dias

Quando decidimos visitar o Panamá, em 2018, resolvemos que não seria só de passagem para uma conexão rápida pela Cidade do Panamá até porque, desde 2016 que eu já estava de olho em conhecer San Blás e, aproveitando a oportunidade das féris, montamos um roteiro pelo país de 8 dias inteiros, distribuídos assim: 3 noites na Cidade do Panamá, 2 noites em Bocas del Toro e 3 noites em San Blás. Porém, apesar de termos ficado 3 noites na Cidade do Panama, na verdade só tivemos 1 dia cheio de passeio pela cidade e as demais noites usufruídas basicamente para jantar e arrumar malas rsrs.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Não nego que o motivo principal em visitar o Panamá era San Blás, além de poder ver de perto toda a espetacular engenharia do Canal do Panamá. Então por que acrescentamos Bocas del Toro? Aprofundando as pesquisas sobre os destinos turísticos do país, percebi que Bocas foi o primeiro local a se destacar no cenário turístico, a se organizar com infraestrutura para receber os turistas, sendo um dos principais destinos do país.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Claro que fiquei curiosa e tratei de inserir Bocas del Toro no nosso roteiro! Não me arrependi, mas foi providencial ter ido primeiro para Bocas del Toro e depois San Blás, porque San Blás é mais bonito em termos de beleza natural. Ok... San Blás perde em termos de conforto, infraestrutura, logística, pois tudo lá é mais complicado, enquanto que, em Bocas del Toro, que também banhado pelo mar do Caribe, toda essa outra parte é mais fácil, mais tranquila de resolver. Além disso, Bocas del Toro fica bem perto da fronteira com a Costa Rica e muita gente aproveita a proximidade para avançar a viagem para o país vizinho ou faz o caminho inverso.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Seja como for, valeu a pena conhecer Bocas del Toro, um destino bem autêntico, com muita personalidade panamenha, descontraído, animado, super jovem, bem fotogênico também com seu vilarejo repleto de palafitas coloridas... um lugar com vibe leve, perfeito para relaxar no Panamá!


Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como chegar em Bocas del Toro


Localizada no extremo oeste do país, próxima à fronteira com a Costa Rica, Bocas del Toro é um arquipélago caribenho, banhado pelo Atlântico com aproximadamente 125 mil habitantes, formado por mais ou menos 200 ilhas, ilhotas e cayos, famoso por suas praias de águas claras, esverdeadas e calmas. Bocas Town, que é a capital da província de Bocas del Toro, fica na extremidade sul da Isla Colón, onde está também o aeroporto da região.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

As principais ilhas são:

  • Isla Colón
  • Isla Carenero
  • Isla Bastimentos
  • Cayo Zapatilla

Partindo da Cidade do Panamá, é possível chegar em Bocas del Toro pela via terrestre, de ônibus ou carro, mas esteja preparado para uma longa viagem de cerca de 10h ou mais. Se a grana estiver curta, o ônibus será a escolha certa para economizar. Algumas pessoas que conhecemos por lá disseram, no entanto, que o ônibus que faz esse trajeto é tipo parado e, pouco confortável.

Como nosso objetivo era otimizar o tempo, optamos pelo voo nacional operado pela Air Panamá (https://www.airpanama.com/index.php), um voo direto que sai do aeroporto de Albrook, na Cidade do Panamá, e em 45 nminutos chega em Bocas del Toro.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Acabou custando caro, porque pagamos quase 250 USD o total ida e volta para cada um (cerca de 500 dólares no total, para o casal), mas era isso ou perder muito tempo com outros meios.

  • Observação: nós compramos as passagens aéreas com pouca antecedência, bem em cima da hora. Não sei dizer se isso influenciou tanto o valor porque fomos na alta temporada. Só que já li em blogs que o preço normal é de 80usd por trecho. Nós não faríamos diferente porque ou era isso ou perderíamos dois dias de viagem se fôssemos de ônibus (1 pra ir 1 pra voltar) o que estava fora de cogitação, já que não tínhamos tanto tempo assim.

Fique bastante atento ao nome do aeroporto, pois há dois na Cidade do Panamá, para você não se confundir e ir para o errado. Esses voos curtos e nacionais costumam sair do aeroporto de Albrook. Nós usamos o aplicativo Uber no deslocamento do hotel para o aeroporto e foi bem tranquilo. A viagem entre o Hotel Hilton e o aeroporto ficou em torno de 6 dólares.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Fomos no dia 25 de fevereiro de 2018, no voo mais cedo que conseguimos, às 9h da manhã. Para tanto, saímos super cedo do hotel e até vimos o sol nascer lá do aeroporto! Como sabíamos que a maioria dos chips de internet não funcionava direito em San Blás, deixamos para comprar os chips lá mesmo no Panamá. Eu comprei o chip da +Movil e o Julio comprou o da Digicel, para a gente comparar. O meu foi o que melhor funcionou durante os nossos 8 dias pelo Panamá.

O voo foi bem tranquilo e realmente bem rápido. A aeronave era pequena, um bimotor. Chegamos às 10h em Bocas Town e tínhamos o dia inteiro para aproveitar. A vantagem de irmos em um voo pela manhã e de retornarmos no voo no final do dia foi justamente poder ganhar esse dia da chegada e o dia do retorno como dias de passeios.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Assim, apesar de termos ficado 2 noites em Bocas del Toro, no final das contas a gente aproveitou bem 3 dias de passeios e conhecemos alguns dos principais lugares.

  • Dica: a franquia de bagagem para despachar no voo da Air Panama era pequena, de 15 kg. Como a nossa viagem no total foi de 22 dias, nossas malas eram um pouco robustas para serem levadas e combinamos de deixar no bagageiro do hotel, que as guardou para a gente. Já saímos do Brasil pensando nisso e por isso mesmo que levamos uma bolsa extra, leve, fácil para dobrar e guardar na mala e super prática para carregar os itens necessários tanto para Bocas del Toro quanto para San Blás. Assim, viajamos bem leves para Bocas, com duas mochilas e essa bolsa, contendo o suficiente e necessário para os 3 dias - CLIQUE AQUI e veja como foi a nossa Hospedagem no Hotel Hilton Garden Inn 

O nosso voo de retorno foi às 18:10. Com isso, ganhamos o último dia praticamente inteiro para curtir em Bocas del Toro. 

  • Dinheiros: Balboa é a moeda oficial do Panamá, mas a moeda mesmo em circulação é o Dólar Americano (USD). Melhor não considerar usar o cartão de crédito. O ideal é ter consigo o $$ em espécie para efetuar os pagamentos e parece só haver 1 banco em Bocas.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Quantos dias em Bocas del Toro


Essa é uma pergunta bem difícil porque nem todo mundo se apaixona por Bocas del Toro enquanto há outros que, depois que descobrem o lugar, voltam sempre ou até mesmo se mudam para lá.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O legal de Bocas del Toro é que atende a vários perfis de viajantes! Serve muito bem para quem gosta de praias com ondas e quer surfar (sim, você consegue encontrar por lá, mesmo sendo mar caribenho, praias com ondas), serve para quem gosta de mergulhar e explorar o fundo do mar, para quem gosta de ficar relaxando em praias de águas calmas e cristalinas, para quem gosta de gastronomia, com ótimos restaurantes... ou seja, é um destino muito bem equipado e preparado para o turismo.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como já adiantei, nós ficamos 2 noites que, na verdade, por conta dos horários dos voos, se transformaram em 3 dias de passeios por lá. Acho que tem que ser esse o mínimo em Bocas, ou seja, programe-se para ficar pelo menos 3 dias. Se puder ficar 4 dias, também estará ótimo. Muito mais do isso, só se você estiver em um ritmo bem relax e contemplativo e quiser fazer tudo com muita calma... o que também é muito bom, certo?

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Em resumo, 3 dias são suficientes para ver o principal. 4 dias serão ótimos para ver tudo que importa. 5 dias serão também perfeitos para ver tudo, repetir algum lugar, ir num ritmo mais tranquilo. Mas tudo isso dependerá bastante da previsão do tempo... vejam a seguir.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Quando ir para Bocas del Toro


Programar a quantidade de dias em Bocas del Toro na verdade é quase que combinar com São Pedro para ele dar uma forcinha na previsão do tempo. 

Eita lugar chuvoso, viu? Infelizmente, o que tenho para dizer não é muito animador: com clima bem úmido, em meio a uma floresta tropical, as chances de pegar chuva em qualquer época do ano são grandes.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Contudo, eu penso que, se é para arriscar conhecer Bocas del Toro, melhor planejar ir na temporada mais seca, ou seja, de dezembro a março. 

Mas, nem por isso você estará assegurado de ter escapado das chuvas, viu? É só uma tendência. Daí a gente recomendar que se leve o guarda-chuva e repelente (com quanta chuva, perto de floresta, é claro que a região teria muitos mosquitos).

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Nós fomos no final do mês de fevereiro, lembram? Pois bem, o saldo ficou assim: 2 dias com sol e 1 nublado com alguns chuviscos. Dá para dizer que saímos no lucro porque, pelo que leio sobre o destino, muita gente só pega 1 dia de sol, às vezes nem vê o sol.

Desde que você vá com o espírito preparado para isso para não se aborrecer se pegar chuva e, eventualmente, com certa margem e flexibilidade no seu roteiro para mudar as passagens e de repente ficar mais um dia para aproveitar a previsão de sol, eu garanto que o destino valerá a pena. Inclusive, a galera do aeroporto já está super acostumado com isso de mudar as passagens porque é muito normal mesmo pegar chuva em Bocas del Toro.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

  • Quanto ao repelente... é sério! Eu usei bastante! Não se esqueçam dele.

Onde ficar em Bocas del Toro


Aposto que agora vou surpreender a maioria, hein? Quem nos acompanha tanto aqui no blog quanto no instagram sabe muito bem que eu e Julio gostamos de boas hospedagens, com certo conforto e aconchego. Não fazemos questão necessariamente de luxo (é óbvio que amamos um luxo, um requinte... quem não ama?), mas não é pré-requisito na escolha das nossas hospedagens.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como critérios na hora de escolher a nossa estada, valorizamos bastante a localização, as avaliações nos fóruns e sites especializados em reserva de hotéis, como o Booking.com e o TripAdvisor, bem como o conforto do quarto, o tamanho, ter banheiro privativo, na medida do possível, ter uma vista, uma varanda e, melhor ainda, se tiver uma piscina, além do café da manhã. Essas são as premissas mais importantes para a gente.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Assim, escolhemos ficar em Bocas Town, o centrinho de Bocas del Toro, pela facilidade de acesso a restaurantes, bares e, principalmente, aos barcos de passeios.

Até porque, se tem uma coisa gostosa para fazer em Bocas del Toro, é conhecer pessoas, trocar ideias, fechar passeios de barco com a galera que você conhece lá... nós fizemos isso (sim, somos super jovens, ora bolas! kkkk) e tomamos drinks com as gringas que conhecemos, saímos para jantar e também fizemos um passeio de barco com as gringas e brasileiros que estavam no mesmo voo que a gente! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Pesquisando sobre as opções de hotéis e hostels, considerando também que depois iríamos para San Blás, na sequência de Bocas del Toro, para um momento mais tranquilo e zen da vigem, escolhemos ficar no Hostel Selina de Bocas Town por alguns motivos:

  1. localização central, perto de tudo, do aeroporto, de mercados, de restaurantes, de oficinas de turismo
  2. boa avaliação e considerado por muitos como ótimo lugar para conhecer pessoas, bastante animado, onde rolam até festinhas à noite
  3. é uma rede de hostel bem famosa na América Central (inclusive já chegou no Brasil e em Portugal)
  4. tinha um balanço lindo de frente para o mar (sim, já que não tinha piscina de água doce, ao menos tinha esse balanço e, para os mais animados, dava também para descer e mergulhar ali)
  5. havia opções de quartos de casal com banheiro privativo e café da manhã, pago à parte
  6. o preço, apesar de não ser uma barganha, especialmente em se tratando de hotel, estava dentro dos nosso orçamento: Total para 2 noites ficou em US$214,20 + 10% de ISS + USD 4 por pessoa pelo café da manhã

Lá fomos nós para uma experiência diferente! E como foi?

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Logo que desembarcamos no aeroporto, que é bem bem pequeno, a gente já se orientou e caminhou cerca de 5 minutos até chegarmos no Selina.

Muita gente chegou junto, daí tivemos que aguardar o nosso check in. Nós viajamos leve, com pouca bagagem (lembram que deixamos lá na Cidade do Panamá, no hotel Hilton?) para termos um aproveitamento máximo. Assim, como já sabia que o check in propriamente, para ingresso nos quartos, seria só de tarde, às 15h, mas como chegamos cedo, por volta das 10h da manhã, a gente se arrumou ali mesmo na recepção (não tinha muito o que arrumar porque eu já viajei com o body que usaria naquele dia para ir à praia... era mais arrumar a mochila que levaríamos à praia, passar filtro solar, trancar as coisas e deixar o que não seria levado conosco guardado no quarto de malas), sem perder muito tempo, e tratamos de seguir para a praia. 

Quando voltamos, já estava anoitecendo e aí sim fomos para o nosso quarto que não correspondia às fotos da suíte deluxe que havíamos reservado pelo site Booking.com. Aí veio o problema: nós fizemos a reserva da suíte deluxe com base na descrição e das fotos que constavam lá no site, mas eles falaram que, na verdade, as fotos estavam erradas porque eram de outra suíte, da Unique, que era mais cara e não estava disponível. 

Isso foi bem chato, principalmente porque o quarto onde nos colocaram tinha uma varanda de porta de vidro, mas o espaço da varanda era como se fosse um cantinho reservado dentro de outra grande varanda cujo acesso era aberto a todos os hóspedes. Isso foi péssimo porque havia bebidas na varanda, além de retirar totalmente a nossa privacidade. É claro que reclamei muito e, apesar de num primeiro momento não terem sido tão simpáticos, depois chegou outro funcionário que foi mais sensível e me mostrou outros 3 quartos para que eu escolhesse onde queria ficar. Assim, a situação foi remediada e  colocaram a gente em uma suíte bem silenciosa e finalmente com privacidade rsrs. Afinal de contas, tudo bem que estávamos em um hostel, mas a partir do momento em que eu estou pagando por um quarto de casal com banheiro privativo, presume-se que eu quero privacidade, certo?

Bem, isso foi resolvido, porém o banho na primeira noite foi gelado, mas, graças a Deus, nos dias seguintes esquentou kkkk... 

Nosso quarto até que era bem fofo, com uma decoração gostosa, com um toque vintage, móveis adequados, cama confortável, bom tamanho (o banheiro era um pouco pequeno, mas ok... tínhamos um banheiro privativo com amenities, mas recomendo que levem as suas porque as do hostel eram de qualidade inferior... se puderem levar seu shampoo, condicionador e sabonete, tanto melhor). 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

E tínhamos uma varanda, ou melhor, uma sacada, bem estreita, mas com vista direta para o mar, sem invasão de privacidade rsrs... uma delícia ter esse balcão para contemplar a paisagem, acompanhar o vai e vem dos barcos... adorei! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O café da manhã era bem simples, mas digamos que honesto para começar o dia... não dá para esperar uma fartura por 4 dólares. Em todo caso, como é um hostel, ele também conta com cozinha comunitária onde você pode cozinhar o seu café da manhã, almoço e jantar.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O bar é animado praticamente o dia todo. Mas, mais para o final da tarde, ficava mais agitado, com direito a alguns showzinhos à noite. Cumpriu seu papel de agitar nossas noites, mas garantimos noites de sono tranquilo pela posição do nosso quarto... não posso dizer que todos os quartos sejam assim silenciosos e muito provavelmente não devem ser. Demos sorte.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O pessoal da recepção auxilia com tudo, desde indicação de restaurnte, até como se locomover, dicas de passeios e tudo mais que seja necessário.

No final das contas, a experiência de ficar no hostel foi positiva. O Selina é descolado, com vibe bacana, bem animado, ótimo para conhecer pessoas, para tomar bons drinks e ouvir boa música. Valeu a experiência de ficar num assim para fazer amizades, trocar ideias, formar grupos para passeios. Mas sigo preferindo o conforto e a paz de um hotel. Não me julguem rsrs... 

A dica é fazer a reserva da hospedagem o quanto antes você decidir ir para lá porque o lugar é bem turístico e enche muito nas altas temporadas.

  • A Hospedagem em Bocas del Toro de 25 a 27 de Fevereiro (duas noites) foi feita pelo Booking.com no Hostel Selina (www.selina.com
  • Endereço: Calle 1 B Isla colon Del Toro Bocas del Toro, Bocas del Toro, Bocas Town
  • Tipo de Acomodação: Deluxe Room (banheiro privativo, ar condicionado, varanda com vista mar e wifi grátis)
  • Valor da Reserva: US$214,20 + 10% de ISS + USD 4 por pessoa pelo café da manhã
  • Contato: amalias@selina.com

Principais Passeios em Bocas del Toro


Para começo de conversa, em Bocas Town propriamente não há uma praia para curtir. A capital da região tem seu charme nas palafitas coloridas que avançam no mar e, no máximo, você conseguirá um tibum na água se o lugar da sua hospedagem tiver esse cantinho como o Selina tem. Assim, para curtir praia e vida marinha, você, se estiver hospedado em Bocas Town como a gente, terá que buscar alternativas de passeios. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Para ajudar, listamos aqui os principais passeios que podem ser feitos em Bocas del Toro: 

  • Playa Estrella, que fica na Isla Colón, onde também se encontra Bocas Town, lugar certo de encontrar muitas estrelas do mar
  • Boca del Drago, uma praia pequena, com um restaurante famosinho e que serve como local de chegada da van ou ônibus para ter acesso, via caminhada, à Playa Estrella
  • Isla de los Pájaros, ou Cayo Cisne, é uma formação rochosa em mar aberto que serve de habitat de várias espécies de pássaros e é um dos passeios mais difíceis de fazer, pois depende de sorte de ter o mar favorável, por ser mar aberto
  • Red Frog Beach, outra boa opção de hospedagem também, com praias mais selvagens, ondas e uma vibe ainda mais relax
  • Cayos Zapatillas, provavelmente o passeio mais desejado, onde só se chega de barco
  • Cayo Coral, para snorkeling
  • Bahia de los Delfines, para avistar os gofinhos que chegam bem perto do barco
  • Paki Point (ou Playa Paunch) e Playa Bluff, também na Isla Colón, com restaurantes descolados e acesso relativamente fácil de bicicleta, é o point dos surfistas por causa das ondas
  • Isla Carenero, mais fora da rota dos passeios, com mar bem caribenho e tranquilo e ótimos restaurantes


Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como se deslocar em Bocas del Toro? 


Se for dentro da própria Isla Colón ou para alguma outra ilha próxima, você pode optar pelo water táxi, van, ônibus, a depender do lugar para onde você vai. Se for para outra ilha, tem que ser de barco mesmo. Mas nem sempre o melhor são os passeios turísticos para conhecer o arquipélago. 

Por exemplo, para ir até a Red Frog ou Isla Carenero, vale muito mais a pena pegar um water táxi e ficar mais livre no seu horário, além de gastar menos. Se for para a Playa Estrella, também tem como ir de water táxi ou de van ou ônibus. A depender da praia, se for para Playa Bluff, dá para ir de bike. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Já em relação às exursões, em geral elas têm uma duração de 7 horas e, sem dúvidas, o principal destino são os Cayos Zapatilha. Apesar de ser praticamente tudo já meio tabelado, você pode pesquisar junto às oficinas de turismo locais para ver a flexibilidade de cada uma para alterar um pouco o itinerário que te atenda melhor, personalizando um pouco mais o passeio. Nós conseguimos, por exemplo, retirar do passeio que fizemos a Baía dos Golfinhos e distribuímos melhor o tempo entre os outros lugares. É claro que isso foi possível porque fizemos amizade com a galera do hostel e fechamos o barco para a gente. Daí foi fácil negociar essa alteração no itinerário, sem prejuízo para ninguém.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O ideal é agendar o seu passeio com alguma antecedência. Se fizer no dia anterior, já será suficiente. Se deixar para o mesmo dia, o que às vezes pode ser bom por causa da previsão do tempo, lembrando que chove muito em Bocas, só tenha em mente de que os passeios costumam sair até umas 10h da manhã. Assim, se deixar para resolver no mesmo dia, saia antes disso para buscar a agência de turismo.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Sugestão de agências de turismo para passeios em Bocas:

  1. Kamania Tours: fica em frente do Hotel El Limbo
  2. Jampan Tours: a maior de Bocas. Vendem o passeio “ferry express” para Red Frog Beach
  3. Cooperativa de Barqueiros: uma boa alternativa também
  4. Valores: variam de US$20 a US$40 por pessoa, a depender do tour. A dica é barganhar sempre e tentar uns descontos. O taxi-boat para Carenero custa de US$1 a US$3.


Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Primeiro Dia em Bocas del Toro


Em nosso primeiro dia em Bocas del Toro, como já adiantei um pouquinho, a gente chegou de avião cedo, fez o chek in no Selina, guardou a bagagem e já foi bater perna pela região. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O dia estava bonito! Começamos bem! Para esse primeiro dia, eu tinha planejado de irmos ou à Playa Estrella ou à Isla Carenero. No final, escollhemos a Playa Estrella pela praticidade de irmos de van, que pegamos na pracinha bem perto do Selina (se tiver dúvidas, basta perguntar a qualquer um de onde sai a van que leva a Bocas del Drago. Custou 2.50 usd por pessoa e levou cerca de 40 minutos para chegarmos ao destino final, que é Bocas del Drago.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A partir de Bocas del Drago, onde tem um restaurante famoso de frutos do mar para quem tiver interesse, que não era o nosso caso, a gentec caminhou uns 20 a 30 minutos, em uma caminhada contemplativa com muitas pausas para fotos, até finalmente chegarmos à Playa Estrella. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O caminho em si já é muito lindo! Impossível não tirar muitas fotos. Poucas pesosas, enseadas com o mar bem calminho, palmeiras emoldurando um cenário perfeito para fotos! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Se você não quiser caminhar, também tem como chegar na Playa Estrella de lancha, por mais 2.50 usd cada. Nós preferimos a caminhada e não nos arrependemos.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como é a vibe da Playa Estrella? Muito boa! Mas tinha mais gente por lá... não é bem uma praia deserta, tampouco muvucada. Dá para dizer que tem movimento. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Alguns restaurantes na areia, estilo quiosques, cadeiras e mesas de plástico... mas a gente ficou mesmo foi na água! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Praia de mar bem calminho, água cristalina em tons mais esmeralda, muitas palmeiras... lugar prefeito para relaxar. A areia não é branquíssima, nível propaganda de pasta de dente. Até achei a areia mais amarelinha e grossinha, mas tudo bem... isso não desabona a beleza da praia.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Levamos o snorkel e nos divertimos "caçando" as estrelas do mar! Aliás, o nome não decepciona! Há sim muitas estrelas do mar. No passado, havia muito mais. Porém, com a chegada de muitos turistas, muitas estrelas foram retiradas dali e levadas para mais fundo como medida de preservação.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

  • Atenção: não toquem nas estrelas do mar nem as retire da água! Elas morrem se fizer isso

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Quanto à segurança, nós não tivemos problema algum. Levei canga, deixamos as coisas na areia enquanto ficamos na água, jiboiando.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

E a temperatura da água? Poderia ser mais caliente, confesso. Eu adoro mar de água morna. Só que, talvez por ser ainda inverno no Hemisfério Norte, a água estava fresca, gostosa o suficiente para a gente ficar horas dentro dela, mas não era quentinha. Como boa carioca acostumada com a água gélida do Rio de Janeiro, para mim estava ótimo! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Ficamos algumas horinhas na Playa Estrella, curtindo o dia, que passou super rápido e logo já estava na hora de voltar para Bocas Town. Cansaço mais fome bateram e optamos pelo retorno mais rápido, de lancha. Pegamos uma lancha que retornou diretamente para Bocas Town e combinamos co o barqueiro para ele deixar a gente no píer (uma escada) do Selina. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A lancha custou 7 dólares por pessoa e levou cerca de 40 minutos. O esquema da lancha é bem prático: lotou, saiu. Por isso vale a pena ficar de olho nos barqueiros, conversar com eles e meio que reservar ou deixar claro que deseja voltar de barco.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Neste trajeto, é impossível não observar o belíssimo hotel Punta Caracol Acqua Lodge, que deve ser perfeito para uma viagem bem romântica, uma lua de mel, pois recria todo um cenário da Polinésia ou Maldivas, com palafitas que adentram o mar. É realmente paradisíaco - clique aqui para saber mais sobre o hotel Punta Caracol. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

E esse foi o nosso primeiro dia de aventura em Bocas del Toro.

Segundo Dia em Bocas del Toro


Em nosso segundo dia de passeios em Bocas del Toro, por ser efetivamente o único dia cheio por lá (no dia anterior, tínhamos chegado de manhã e no dia seguinte a gente iria embora no início da noite), optamos por fazer um passeio de barco até Cayo Zapatilha, que na verdade considerado como o passeio mais bonito em Bocas del Toro, mas infelizmente não temos muita sorte com o sol. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Bem, não dá para ganhar todas e eu já estava psicologicamente preparada para pegar algum dia de chuva ou templo nublado por lá. Como estava só nublado e não impediu de fazer o passeio, ainda estávamos no lucro.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O passeio foi realizado pela Jampa Tours, que oferece essa flexibilidade de fazer um tour diretoO tour regular custava, na época, em torno de 35 usd por pessoa (a dica é barganhar e pedir desconto). Só que esse tour inclui uma parada na enseada da Baía dos Golfinhos (que não nos interessavat anto e acabamos até vendo alguns golfinhos quando, no dia seguinte, retornamos da Red Frog Beach), além de almoço em Cayo Coral. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como conhecemos uma turma bacana no Hostel Selina, fechamos o tour só para a gente, indo direto para Cayo Zapatilla 2. Na época, não estavam cobrando o imposto de 10usd, mas vale a pena procurar se informar se o imposto é ou não devido.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Nosso passeio saiu por volta das 10h e ficamos as 11h às 14:30 em Zapatilla 2, tempo suficiente para dar a volta à Ilha com calma e curtir seus cantinhos lindos, mesmo sem sol. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Fizemos o Sendero de las Bromélias, que é uma trilha bem fácil e tranquila que leva em meio à vegetação e, é claro, às bromélias, para o outro lado da ilha. Ou seja, em vez de darmos a volta literalmente pela praia, a gente cortou esse caminho pelo sendero que é bem bonito também.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

E eu só fiquei imaginando o quão lindo Cayo Zapatilla deve ser com sol! Aquele caribe bem das fotos que a gente quer ver.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Na sequência, às 14:30, fomos para o Cayo Coral, onde fizemos snorkeling com calma, que durou algo de 1h. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O sol apareceu e ajudou bastante a deixar os corais ainda mais incríveis e coloridos! Que aquário, gente!!! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A visibilidade é sensacional, os corais são muito coloridos... é lindo de viver!!! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como abrimos mão da pausa do almoço (até porque, na verdade, o almoço em si não está incluído, mas sim a pausa no restaurante em Cayo Coral, que fica em uma palafita até muito bonita, mas a gente queria mesmo era aproveitar ao máximo e nadar com os peixinhos e não fez diferença para a gente deixar de almoçar porque somos do time que leva sempre um lanchinho nos passeios e depis almojanta ao final do dia em um bom restaurante).

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

E assim foi o nosso segundo dia em Bocas del Toro!

Terceiro Dia em Bocas del Toro


Em nosso terceiro e último dia em Bocas del Toro, fomos agraciados com sol!!! Isso também acontece com vocês, de justamente no último dia fazer aquele sol de lascar e o céu azul só para judiar e ficar com o gostinho de quero mais?? 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Como tínhamos o voo no final do dia, já fizemos o check out cedo do Hostel Selinas, logo após o café da manhã, deixamos tudo bem organizado e esquematizado para que, no retorno, a gente tomasse um banho rápido, tirasse o sal do corpo e fosse para o aeroporto, que ficava a apenas 5 minutos de caminhada do hostel. Ainda assim, mesmo sendo muito pertinho, não dava para dar mole e perder o voo, né? 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Por isso mesmo, para este último dia, a gente optou por visitar a famosa Red Frog Beach, que fica em outra ilha, ou seja, o acesso tem que ser barco, mas dá para pegar um water táxi e ficar mais à vontade quanto aos horários, sem precisar se preocupar com as excursões. A verdade é que eu queria ter conseguido administrar melhor o tempo para fazer Carenero e Reg Frog Beach, mas aí já seria muito arriscado, além de ficar também corrido. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Uma peninha quando a gente tem que escolher assim... sempre bate aquela dúvida se fizemos a melhor escolha, mas, ao final, mesmo não tendo conhecido a também famosa Carenero, a gente cutiu muito ter ido até a Red Frog Beach e tivemos um último dia muito gostoso em Bocas del Toro, daqueles que realmente fazem o destino valer muito a pena e, com sol, ficou ainda melhor. Demos sorte de poder aproveitar muito.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Para chegar lá na Red Frog Beach, que fica na ilha de Bastimentos, pegamos um barco em frente ao hostel Selina - basta esperar no "píer" do hostel que logo aparece algum. Custou 10usd por pessoa porque combinamos ida e volta com o mesmo barqueiro. Se fosse só um trecho, seriam 7 ou 8usd por trecho (a depender do seu poder de negociação).

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

São uns 15 min de navegação que passam bem rápido porque todo o cenário é encantador, podendo-se observar as palafitas e os vilarejos até chegarmos no píer que dá acesso à Red Frog. Logo na chegada, tem que afzer uma trilha para chegar à Praia. Pagam-se 5usd por pessoa de taxa. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Nesta trilha pelo mangue e floresta, vimos Bicho Preguiça (Perezoso) e um Jacaré!! É nesta floresta que vivem as estrelas da praia: as rãs vermelhas. São elas que dão o nome à praia. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A trilha é curta, fácil, tranquila e bem marcada. Em 5 min de caminhada já estamos com o pé na areia da praia, que é enorme! 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Bem diferente das outras praias que conhecemos na região, o cenário repleto de palmeiras e um mar um pouco mais agitado com ondas me lembrou muito as praias do Nordeste Brasileiro. Sendo muito sinceros, se vocês vissem essas fotos sem saber que se tratavam do Panamá, aposto que facilmente poderiam dizer que eram praias brasileiras.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A vibe da Red Frog Beach é bem gostosa, bem tranquila, não é à toa que ela atrai muita gente jovem e famílias que vão a passeio ou para se hospedar nela. Como há um outra propriedade do grupo Selina lá, a gente usou sua infraestrutura sem precisar pagar por isso. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Quem se hospeda e um Selina pode usar a infraestrutura do outro. Mas se não for hóspede, basta consumir algo e fica tudo bem também.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Nós aproveitamos para fazer um lanche por lá porque já sabiamos que, no retorno para a Bocas Town, não teríamos tanto tempo assim antes de irmos para o aeroporto. Fomos de empanadas... ou algo parecido com isso rsrs...

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Fizemos caminhadas pelas enseadas, Julio pegou ondinhas (jacaré), curtimos a praia bastante e ainda conseguimos ver a famosa Red Frog, a rã vermelha que dá nome à praia e é bem pequenina. Ficamos das 11:30 às 15:30 e achamos suficiente.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Voltamos para Bocas Town de lancha (nosso barqueiro atrasou um pouco e já estávamos preparados para entrar em outro barco porque tínhamos o voo para pegar e não dava para correr o risco de perder, por isso mesmo é bom pegar o nome do seu barqueiro ou o telefone para evitar esse desencontro) e nos arrumamos no Selina, com banho no banheiro coletivo porque já tínhamos entregado o quarto mais cedo, já que não rolou late check out e também não iríamos pagar uma diária a mais para ficar umas horas apenas. Minha frescura não chega a tanto e encarei o banho no banheiro coletivo. Ao menos eles liberaram as toalhas para a gente, o que foi legal da parte do hostel.

Nosso voo com a Air Panama estava marcado para às 18h, mas quase 1h! Tomar chá de aeroporto que é tão pequeno que lembra mais uma estação rodoviária não é tão legal. Mas, enfim... deu tudo certo, mais um voo tranquilo para a Cidade do Panamá e mais um destino que tivemos a oportunidade de desbravar.  

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Gastronomia em Bocas del Toro


Ficamos apenas 2 noites e, obviamente, não deu para explorar tanto assim essa parte da região, que também é bem famosa por ter bons restaurantes que agradam a todos os paladares e bolsos. A variedade de cozinhas internacionais que podem ser encontradas em Bocas Town é incrível! Uma caminhada pelas 3 ruas principais já dá uma boa noção disso: Calle Primera, Calle Segunda e Calle Tercera (são bem criativos, né? kkk).

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Em nossa primeira noite, estávamos muito cansados e com muita fome. Acabamos comendo no Restaurante The Piratas porque tinha algum movimento nele, mas a comida estava Ok... era honesta, com bom preço, mas nada demais, nada de extraordinário. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Cumpriu o propósito de nos alimentar kkkk...

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O ambiente é gostoso e dia deve ser mais interessante, já que ele fica em uma das palafitas sobre o mar. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Na segunda noite, nós jantamos no OM, antigo restaurante Maracuya. Aí sim... que experiência sensacional!

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Aliás, experiência sensorial também! O restaurante é fora de série! Especializado na gastronomia indiana, sua decoração é super rica e também fica em uma das palafitas sobre o mar. Mais uma vez, nós estivemos nele à noite, mas acredito que deva ser mais bonito durate o dia ou no final do dia, com um pôr do sol. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

A comida indiana é muito temperada, mas eu me dei bem com a da casa e não tive problemas (sou apreciadora de temperos e de pimenta, mas tenho um limite para isso).

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

O único problema é que a casa estaava lotada e o serviço foi muito enrolado e super demorado. 

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Também tomamos drinks no próprio Hostel Selina, que contam com um ambiente muito chamroso e vale a pena para um after praia, para um sunset e até mesmo para curtir as festas que rolam por lá.

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Blog Apaixonados por Viagens - Panamá - Bocas del Toro

Algumas outras sugestões de restaurantes para quem tiver mais tempo ou interesse em explorar melhor a gastronomia de Bocas Town

  • Barracuda Ristorante Italiano
  • Indi Lounge, que fica anexo ao Hotel El Limbo
  • La Mariposa, para fãs da gastronomia asiática
  • La Buguita, para drinks e petiscos

E assim encerramos nossa experiência em Bocas del Toro. Esperamos que tenham gostado e se inspriado a um dia incluir esse destino na lista de desejos de vocês!

Viaje já do Brasil conectado com o Chip Internacional para ficar sempre online, desde o momento do seu desembarque no país. Recomendo o Chip da Brasil Roaming, que funciona em mais de 80 países (https://www.brasilroaming.com.br/ - garanta o seu e aproveite nosso cupom de desconto #APAIXONADOS10 na compra).


Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar