04 setembro 2018

6ª Edição do Mondial de la Bière está chegando no Rio de Janeiro! Confira aqui a Programação

6ª Edição do Mondial de la Bière está chegando no Rio de Janeiro! Confira aqui a Programação

Amanhã começará no Píer Mauá o MONDIAL DE LA BIÈRE RIO 2018, o grande encontro que une todas as pontas do mercado cervejeiro: as cervejarias que produzem, os consumidores amantes da cerveja, os empresários que investem e as escolas e instituições que promovem conhecimento.


A 6ª Edição do evento no Rio de Janeiro acontecerá entre os dias 05 e 09 de setembro e promete bombar durante o feriado da Independência, sendo a mais completa desde 2013, trazendo mais de 120 cervejarias expositoras, sendo que cerca de 35 expõem pela primeira vez, e mais de 90 marcas já conhecidas pelo público do festival. Isso sem contar que, além dos estandes cervejeiros com cerca de 1200 rótulos para degustação, o evento conta com concurso e premiações, muitas opções gastronômicas, atrações musicais e festas, estúdio de tatuagem e até um espaço para games.


O festival consolida-se como um dos principais eventos para degustação e difusão da cultura cervejeira no mundo e consagra o Brasil como o primeiro país a ter duas edições anuais – este ano aconteceu a primeira edição de São Paulo – confirmando um mercado cervejeiro forte e um público sempre em busca de novidades. Anualmente, novos consumidores procuram o festival como uma porta de entrada para o mundo das artesanais, em ávida expansão. O espaço de 17 mil metros quadrados será tomado por cervejarias de diversos estados do Brasil e outros países, que se preparam para apresentar rótulos já consagrados e lançamentos em primeira mão para os visitantes.



De outros Estados, chegam pela primeira vez ao evento: Dogma (SP), Doktor Brau (SP), Hator (SP), Koala San Brew (MG), Kremer (SP), Leuven (SP); entre as estreantes fluminenses estão: Bierdorf, Born2Brew, Brewlab, Broers Bier, Casa do Fritz, Cerveza Guapa, Doutor Duranz, Dream Bier, Hood, Kurumã, Livre, Matisse, Nossa Cerveja Artesanal, Palma Louca, Pontal, Primata, Rota Imperial, Show de Bola, Soul Tere, Vila de Secretário, Viper, Viquim, Zer09 Cervejas Artesanais. Algumas cruzaram oceanos para voltar ao Mondial de la Bière Rio 2018: 1795, Anthony Martins, Aurum Drinks, Bosteels, Brooklyn Brewery, Chimay, Dellirium, Erdinger, Goose Island, HB, La Trappe, Lupulus, Praga, ST Bernardus, ST Feuillien, Stone Brewing, Straffe Hendrik, Val-Dieu, Van Honsebrouck, Warsteiner e Weltenburger Kloster. A primeira participação da Brugse Zot, Halve Maan, Paulaner, Red Stripe e Weihenstephan está confirmada.

E as veteranas nacionais não ficarão de fora: 4 Estações (RJ), Allegra (RJ), Arariboia (RJ), Beer Underground (RJ), Bella Craft Beer (RJ), Bohemia (RJ), Bottobier (RJ), Brassaria Ampolis (RJ), Brewpoint (RJ), Búzios (RJ), Colibrew (RJ), Donna (RJ), Ethos Ales & Lagers (RJ), Farra Bier (RJ), Gaspar Brewery (RJ), Imperatriz Bier (RJ), Labirinto (RJ), Lótus Cervejaria (RJ), Marmota Brewery (RJ), Mistura Clássica (RJ), Motim (RJ), Oceânica (RJ), Odin (RJ), Old School (RJ), Overhop (RJ), Petra (RJ), Piedade Cervejaria (RJ), Quatro Graus (RJ), Ravache (RJ), Rockbierd Craft Brewery (RJ), Roter (RJ), Suburbana (RJ), Sundog (RJ), Therezópolis (RJ), Thirst Hawks (RJ), Trópica (RJ), W*kattz Cervejaria (RJ), Wonderland Brewery (RJ), Antuérpia (MG), Ashby (SP), Backer (MG), Baden Baden (SP), Barco Brewers (RS), Black Princess (SP), Blondine (SP), Bodebrown (PR), Capa Preta (MG), Coruja (SC), Colorado (SP), Dádiva (SP), Ekäut (PE), Eisenbahn (SC), Krug Bier (MG), Kud (MG), Maniacs Brewing (PR), Matt Bier (BA), Paulistânia (SP), Província (RS), Saint Bier (SC), Seasons (RS) e Wals (MG) já asseguraram seu lugar no elenco do festival. Sindbebidas (MG) e Sebrae RJ agregam um mix de expositores dos respectivos Estados.

O Mondial de la Bière Rio 2018 é uma vitrine de lançamento da produção das cervejas artesanais dos quatro cantos do mundo, que anualmente apresenta um crescimento entre 30% e 40%, sendo o Brasil  o terceiro maior produtor de cerveja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e China. Na primeira edição do festival, em 2013, o Rio de Janeiro contava com menos de 20 bares de cerveja artesanal participantes e  eram poucos os que falavam em dosagens de lúpulo, que giravam copos com o objetivo de buscar aromas e estavam em busca das sensações que a cerveja pode proporcionar para além do álcool.

Hoje em dia esse cenário mudou e os rótulos que são envelhecidos em barris de uísque e outros destilados, além das sours, prometem ser os hits do festival que vem quebrando paradigmas e apresentando ao público um conceito diferente de como se pode apreciar uma boa cerveja.



Uma boa cerveja deve ser acompanhada por uma boa gastronomia até mesmo porque não dá para beber de estômago vazio certo? Afinal de contas, se ficar borracho muito cedo, não vai conseguir degustar tantas cervejas maravilhosas que estarão presentes. Por isso mesmo, já confirmaram presença: Aconchego Carioca, Alemão da Serra, Belga, Burgertopia, Caliente, Cogu, Confraria da Carne, Dogaria, Espírito de Porco, Frites, Hare Burger, Hell’s Burguer, Las Empanadas, Padá, Pappa Jack, Só Coxinhas, Tapí e Vulcano.

O estúdio de tatuagem Lady Luck Tatto, presente na edição passada, não ficará de fora desta. Em 2017, foram mais de 300 tatuagens feitas durante os cinco dias de festival, uma média de 60 por dia.

A programação musical, com cunho democrático, conta com bandas de folk, jazz, reggae, rock, irlandesa, entre outros estilos. Dois palcos serão montados na área externa, privilegiando a vista para a Baía de Guanabara. A festa carioca de rock, Rockcetera, que completa três anos, participa pela primeira vez, animando os cervejeiros, dentre as atrações musicais. 

A organização do Mondial de la Bière Rio 2018 promete ainda uma área reservada para jogos, que chega como novidade ao evento.

Em 2017, 42 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadadas pela organização do evento, que além da meia entrada legal disponibiliza a entrada do cervejeiro solidário. Ou seja, o público paga meia entrada e no dia do evento deve levar 1 kg de alimento não perecível e entregar junto com o ingresso na entrada do evento. Entre as instituições que serão ajudadas estão o Lar Pedro Richards, o Sopão do Alcides de Castro, o Projeto Ruas, a Casa de Apoio à Criança com Câncer Santa Teresa, a Fundação Gol de Letra e o Lar Maria de Lourdes.


Programação completa dos cinco dias de Mondial Rio 2018

Quarta-feira, 05/09/18

Logo no primeiro dia de festa acontece o MBeer Contest Brazil, concurso inovador no qual as qualidades intrínsecas da cerveja são avaliadas.

Sem categorias pré-definidas por estilo, os juízes – que farão as degustações às cegas, sem qualquer informação sobre o produto, identificarão o estilo da cerveja e a avaliarão de acordo com o estilo identificado.

Do júri, sempre altamente qualificado, já estão confirmados: João Becker – Weird Barrel Brewing Co; João Gabriel – Fundador e Head Brewer da 3Cariocas; Juliana Laureano – Instituto da Cerveja - Santa Catarina; Marcelão DuLeblon; Maíra Kimura – Cervejaria 2cabeças; Oscar Garrido – Cervecería Granizo; Ricardo Aftyka – Somos Cerveceros; Rosária Penz Pacheco – Penz Bier; Taiga Cazarine – Beer.com.br; Taís Suhre – sommelière de cervejas; Tommaso Di Martino – Cervejeiro Therezópolis.

Os visitantes também poderão votar em suas preferidas no MBeer Contest Público.

18h10 e entre as bandas – Rockcetera, DJ João Maizena: festa carioca de rock que completa três anos em 2018. Ao longo desses foram 15 edições, sempre com casa cheia. Uma vibe diferente abordando todas as vertentes do rock brasileiro e mundial.

19h – Banda Metais Pesados: tem como proposta mostrar o melhor do rock pesado em arranjos para instrumentos de sopro e percussão. Em seu repertório destacam-se músicas do Rage Against the Machine, Alice in Chains, Twisted Sister, Iron Maiden, Motorhead, Metallica, Black Sabbath e AC/DC.

20h30 – Manni canta Amy: vocalista e compositora de trabalhos autorais, Manni Moritz surpreende a todos ao homenagear uma das maiores vozes da música mundial, a cantora Amy Winehouse. Com todo charme e irreverência, Manni apresenta com sua banda um repertório cheio de sucessos.

21h30 – Corcel Mágico: formada pelos irmãos Vinícius e Dênis Pavani, além de Marcelo e Thiago Presunto, o Corcel Mágico vai mostrar suas músicas autorais e releituras de canções de artistas como Paul Simon e Vance Joy.

Quinta-feira, 06/09/18

17h10 e entre as bandas – Rockcetera, DJ Bruno Caravelos: festa carioca de rock que completa três anos em 2018. Ao longo desses foram 15 edições, sempre com casa cheia. Uma vibe diferente abordando todas as vertentes do rock brasileiro e mundial.

18h – Don Pablito: a banda carioca é formada por oito integrantes com as mais diferentes influências musicais, a banda traz em seus shows versões ska/rock dançantes de clássicos que vão desde os anos 80 até os dias atuais, de A-ha a White Stripes.

19h – Dois ou Dez: repleta de influências que passam pelo rock nacional da década de 80 e pela música popular brasileira.

20h – Jackstone: a banda carioca é um tributo à maior banda de rock de todos os tempos, os Rolling Stones. Formada em janeiro de 2015, seus integrantes têm influências diversas do rock, pop, jazz e blues. Essa mistura confere à banda um som rico em arranjos e pressão, sempre respeitando a sonoridade rock/blues dos ingleses Jagger, Richards, Wood e Watts.

21h30 – Pepper Spray: é uma homenagem a uma das bandas mais influentes da história da música moderna e uma das precursoras da união entre o groove do funk americano, R&B e o peso do rock, a Pepper Spray nasce como o principal tributo a Red Hot Chili Peppers no Rio de Janeiro.

Sexta-feira, 07/09/18

17h10 e entre as bandas – Rockcetera, DJ Bruno Caravelos: festa carioca de rock que completa três anos em 2018. Ao longo desses foram 15 edições, sempre com casa cheia. Uma vibe diferente abordando todas as vertentes do rock brasileiro e mundial.

18h – Banda Animals: a banda carioca, formada em 2016, presta tributo ao grupo californiano Maroon 5, a banda com mais hits no topo da Billboard neste século.

19h – Banda Tailten: movida a sons irlandeses, a Tailten inclui as contagiantes e superaclamadas Drinking Songs – aquelas sempre cantadas em coro e com uma caneca de cerveja na mão. 

20h – Vênus Café: o figurino certamente foi roubado de algum filme de Quentin Tarantino, os pulos e trejeitos são emprestados do Van Halen e uma entrega ao público apanhada do próprio Freddie Mercury, o irresponsável vocalista Dan tem liderado o quarteto que vem batalhando no circuito alternativo carioca.

21h30 – Tchopu: formada em 2001, a banda se consagrou como o tributo ao Pearl Jam que mais levou público a pubs e casas de espetáculo do Rio de Janeiro.

Sábado, 08/09/18

17h10 e entre as bandas – Rockcetera, DJ Bruno Caravelos: festa carioca de rock que completa três anos em 2018. Ao longo desses foram 15 edições, sempre com casa cheia. Uma vibe diferente abordando todas as vertentes do rock brasileiro e mundial.

18h – Papagaio Sabido: a banda nasceu em 2013 reunindo as tribos do cancioneiro nacional e desde então festeja a música brasileira levando o samba, chorinho e MPB ao público de forma única e irreverente. Unindo reportório autoral e revisitando grandes artistas da música brasileira.

19h – Mouse Beer: com releituras de sucessos de bandas e artistas que marcaram época como Barão Vermelho, Paralamas do Sucesso, Titãs, Blitz, Legião Urbana, Lulu Santos, Skank, Jota Quest e Charlie Brown Jr estão presentes assim como o rock gringo representado por Rolling Stones, Dire Straits, The Police, Men at Work, The Cure, Guns N Roses, entre outros.

20h – Black Bird: fundada em 1998, a banda já tocou nos mais badalados palcos cariocas como Canecão, Teatro Rival, Garden Hall, Hard Rock Café, Ballroom, Golden Room do Copacabana Palace e na Praia de Copacabana.

21h30 – Capitão Rob: banda de indie alternativo com influências do rock progressivo até o jazz.

Domingo, 09/09/18

16h10 e entre as bandas – Rockcetera, DJ Mary Dee: festa carioca de rock que completa três anos em 2018. Ao longo desses foram 15 edições, sempre com casa cheia. Uma vibe diferente abordando todas as vertentes do rock brasileiro e mundial.

17h – Banda Fuze: uma banda carioca com energia e groove no pop rock, respiram a arte, o sol, o surf e a alegria. Com um pequeno estúdio na garagem de casa, receberam muita influência de seus pais que, levando som com suas bandas e amigos "casca grossa" da música, despertaram o interesse dos garotos de formar o próprio conjunto.

18h – Baile do Zen: é um baile que mescla ritmos brasileiros, como o samba e o sambarock, a ritmos estrangeiros, como afrobeat, soul, salsa e reggae. No repertório destaque para clássicos de Jorge Ben, Tim Maia, Seu Jorge, Gil, e versões de bandas como O Rappa, Natiruts, Nação Zumbi e autorais do Zen Serrano.

19h – Punching Namard: a banda surgiu em 2013 com a ideia de misturar o peso e a sujeira do punk tradicional com os fraseados melódicos e os diversos instrumentos da música folk irlandesa e celta.

20h – Protocolo B: tem como característica a sonoridade vinda das experiências musicais de cada integrante, passando pelas escolas do rock e MPB, resultando numa identidade sonora. Atualmente a banda além do som autoral apresenta um tributo a uma das maiores bandas do rock brasileiro: o Barão Vermelho.

Sobre o Mondial de la Bière

Realizado anualmente em Montreal, no Canadá, e em Paris, na França, o evento é único, de entretenimento e degustação. Ele é considerado a porta de entrada para muitas indústrias de cervejas estrangeiras nos países de realização. No Brasil, o Mondial de la Bière é promovido e organizado pela Fagga | GL events Exhibitions.


Serviço:

Data: 05 a 09 de setembro.
Horário: Quarta e quinta das 16h à 00h; sexta e sábado das 14h à 00h; e domingo das 14h às 21h.  Local: Píer Mauá, Armazéns 2, 3 e 4 | Av. Rodrigues Alves, n° 10, Saúde, Rio de Janeiro.
Vendas pelo site www.mondialdelabiererio.com

O Mondial de la Bière apoia a Lei Seca e adverte aos visitantes que utilizem o transporte público.[wide]



Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar