sexta-feira, 22 de julho de 2016

Arraial Vip Turismo: o Caribe é logo ali... em Arraial do Cabo!

Nós sempre recomendamos a todos que vão a Arraial do Cabo que façam o passeio de barcos pelas suas belíssimas praias!!



Peeeeeensem naquele mar incrivelmente transparente, de cor azul turquesa a verde esmeralda na versão daqueles comerciais de antigamente da marca Kolynos?? Bem... espero que vocês lembrem dos comerciais ou eu me sentirei muito velha rsrs...


Então, pensou??? Prooonto! Se você sempre sonhou em ir ao Caribe mas lhe faltam recursos financeiros para chegar lá, que tal um destino mais próximo,  mais acessível e com praias que não deixam em nada a desejar se comparadas com as do Caribe? Pois aqui, neste Post,  vou mostrar a vocês que o Caribe é Logo Ali, em Arraial do Cabo e, nesta nossa quarta visita à cidade, aproveitamos a oportunidade para fazer mais um passeio de barco pela região!


Tem apenas um porém: a água costuma ser bem gelada! Se você não tiver medo de água fria, vai se dar bem!



Fomos convidados pelo super simpático João que realiza os passeios com o Arraial Vip.

No dia anterior de tarde também tínhamos feito passeio de barco, mas o vento não ajudou muito. Já no domingo de manhã, o vento deu uma trégua e cooperou com o passeio.

O Arraial Vip tem seu embarque e desembarque na Praia dos Anjos. É bem na praia mesmo, na areia, onde há um píer. A taxa de embarque é de R$3,00.



O barco do Arraial Vip comporta confortavelmente até umas 25 pessoas que se dividem entre a parte da frente do barco, onde bate sol e é bem gostoso de ficar, e a parte dos fundos, que é coberta.

Nossa turma de blogueiros ficou na frente, que é o melhor lugar para apreciar a paisagem, embora não tenha lugar para todos sentarem-se embaixo e alguns, como nós, ficamos sentados no "capô" do barco.

 

Além disso, outro porém importante é que neste local, na frente do barco, molha-se mais e não raros foram os jatos d'água na gente rsrs... era até engraçado! Cada susto que a gente tomava... Como fazia sol e ventava, a gente secava rápido. Mas se for um dia muito frio, esses espirros de água podem ser incômodos.

Dica: vale a pena levar uma toalha, roupão, canga ou casaco próprio para passeios de barco, principalmente os que são resistentes à água.



Mas não se preocupe com seus pertences, pois você poderá deixá-los na cabine do capitão, que é fechadinha e protegida da água.

Outra desvantagem de ficar na frente diz respeito ao fato de se sentir mais intensamente o balanceio das ondas. Como disse, não fomos num bom final de semana em termos de ventos. Tanto que no dia anterior nem conseguimos fazer o passeio completo. E, apesar de o vento ter sido menos forte no domingo, quando fizemos o passeio com o Arraial Vip, ainda assim ventava muito e o João deixou bem claro para a gente desde o início que o nosso roteiro seria definido na hora a depender das condições do tempo e do mar, a partir da percepção do capitão que sentiria se o vento deixaria a gente fazer o passeio completo, principalmente na direção do Mar Aberto, ou não. Então, se você pressentir que vai enjoar, o ideal é ficar na parte de trás do barco, mais estável nesse sentido dos balanceios e você sentirá um pouco menos o efeito das ondas. 



O barco tem um tamanho mediano, possui um banheiro, não tem cozinha, mas o João oferece água a todos e vende outras bebidas à bordo (R$7,00 a Cerveja - Bud, Heineken e Stella - e R$5,00 o refri).

Uma grande vantagem é o fato de o João não ser o capitão do barco e poder dar uma atenção bem especial e personalizada a todos os seus passageiros, conversando com as pessoas, explicando um pouco sobre a região, sobre sua própria vida, que é bem interessante, pois pensar que esse gaúcho, engenheiro mecânico, que trabalhava há anos em empresa, largou tudo, foi para Arraial do Cabo, casou-se com uma pessoa de lá e mudou completamente a sua vida ao comprar o barco e viver dos passeios turísticos... é de se admirar a coragem dele em busca por qualidade de vida e felicidade! Gostei muito de saber e achei bastante inspirador! 

Em relação ainda ao passeio, vale informar que o Arraial Vip não é Pet Friendly, salvo no caso de passeios exclusivos. Nos passeios regulares, como o espaço é pequeno, eles preferem que não sejam levados os animais de estimação.

Também vale dizer que não tinha música no passeio do Arraial Vip. Ao menos, lá na frente do barco, onde ficamos, eu não ouvi música. De repente até tem, mas só consegue ouvir quem fica atrás. 

** TripAdvisor: em 4º lugar, dentre os 18 passeios listados no ranking do site, com cerca de 50 avaliações e nota 10 - clique aqui e confira os comentários.

** TripAdvisor: clique aqui e veja o perfil do Arraial Vip Turismo 


**Whatsapp: 022 99819-8183 (Virgínia) 99766-6027

Então, embarcamos na Praia dos Anjos, de ondem saem todos os passeios de barco de Arraial do Cabo, e fomos por um caminho diferente para a gente, em direção à Ilha do Farol, passando em frente à entrada da trilha que leva para o farol antigo. 



Seguimos margeando a Ilha do Farol, que é sempre importante dizer que se trata de uma ilha sob administração da Marinha do Brasil e, por isso mesmo, há controle de quantidade máxima de pessoas por hora, na praia da Ilha do Farol, controle este que é feito pela própria Marinha que autoriza o desembarque dos passageiros. 




Não paramos ali e fomos adiante pela Praia da Ilha do Farol no sentido do mar aberto, passando pelo Boqueirão, que é a passagem que liga a baía formada entre o continente e a Ilha do Farol e o mar aberto. Logo, nem sempre dá para ir para lá, especialmente em época muito ventosas. 


A ideia primordial era tentar avistar as baleias e orcas que foram vistas aos montes ao longo da semana que antecedeu nossa ida. No entanto, por mais que nos esforçássemos, com muito empenho, no máximo um dos funcionários do João disse que viu, bem ao longe, uma baleia mergulhando. 

Contudo, ninguém conseguiu essa proeza e todos ficaram frustrados mesmo por não termos vistos... ai que puxa... as bichinhas lá dando mole a semana inteira, mas justo no final de semana elas se recusaram a aparecer.


E o pior vocês não sabem? Na segunda feira, ou seja, um dia após termos feito o passeio, não é que as danadas resolveram da o ar de sua graça??? Gente, definitivamente, eu desisto! rsrsrs... 

Mas valeu muito a pena termos ido para aquelas bandas, pois, aproveitando que o vento estava tranquilo e favorável - mentiiiiiiiiira!! Pouco favorável! kkk... era cada ondão que alguns, como eu, acabaram enjoando. 

Dica: LEVE DRAMIN (ou consulte seu médico para saber quais remédios contra enjoo você pode tomar). 


Passando pelo Boqueirão, reparem na estátua de Nossa Senhora, de um lado, dentro de uma fenda. De outro lado, observem também a pedra do Macaco, cuja silhueta, voltada para o mar aberto, é igualzinha a de um macaco. 

Já no mar aberto, fomos na direção da Gruta Azul! Antigamente, era permitido entrar na gruta, se o barco fosse pequeno e estável para isso. Acontece que começou a ficar muito perigoso porque ali bate muito o vento e as ondas. Nem consigo imaginar como faziam para entrar lá... e dou graças a Deus por ter sido proibido. 


O legal dessa vez, e isso porque foi o nosso quinto passeio de barco em Arraial do Cabo (fizemos em 2013, 2014, 2015 e 2016!!!), o Arraial Vip conseguiu ir mais para frente, até os Ninhos dos Mergulhões, sobre o qual eu nunca tinha ouvido falar. 

Achei bem curioso e havia tantos pássaros (ah sim, mergulhões são pássaros rsrs) que ficamos ali com aquele sentimento de ornitólogos, observando um pouco do comportamento deles. Mas cuidado: atenção para não ser atingido pelas fezes deles que mais parecem jatos no mar. Até isso nos impressionou.

Também avistamos o Farol Novo, da Ilha do Farol, que não tem esse nome à toa, certo? Nunca tínhamos ido tão longe assim, margeando a Ilha do Farol.



Por fim, antes de voltarmos para a baía, a gente passou pela enseada formada de rochas que alguns dizem terem esse formato entrecortado por conta da ação de um meteorito. Acontece que não foi comprovado.


Regressamos para a Praia da Ilha do Farol e, agora sim, desembarcamos lá. Demos muita sorte em pegar a praia praticamente deserta ao chegarmos. É claro que o fato de ser domingo e já ser um pouco mais tarde, em final de semana de inverno, portanto, baixa temporada, acabou contribuindo bastante. 




Que bom então! Pudemos curtir bastante a Praia da Ilha do Farol, aquela mesma que sempre aparece nos rankings das 10 Praias mais Lindas do Brasil, que acabou por elevar Arraial do Cabo como um destino turístico de alta relevância no cenário nacional e é, hoje em dia, o verdadeiro cartão postal da cidade, com seu  mar de águas cristalinas, um azul, ou talvez um verde, maravilhoso, de deixar qualquer um admirado com tanta beleza!



A praia da Ilha do Farol, conforme já dito, tem o acesso controlado pela Marinha do Brasil. Como o barco do Arraial Vip Turismo é de médio a pequeno porte, ele consegue desembarcar mais perto da areia. Mas não é tão perto assim ao ponto de não se molhar. 




Quando descemos, a água batia mais ou menos na cintura. Então, cuidado com seus pertences, principalmente aparelhos eletrônicos que não podem ser molhados. 



Ficamos lá na praia da Ilha do Farol por um bom tempo. Até o João desceu e ficou conosco lá. 


Foi ótimo porque por quase todo o período em que ficamos lá, a praia era praticamente só nossa e isso é raro! Sorte merecida, já que não vimos as baleias, não acham? Tinha que compensar de alguma forma rsrsrs...




Pois bem, após curtirmos bastante lá, voltamos para o barco e seguimos para a Praia do Forno. 

Não paramos pelas Prainhas do Pontal do Atalaia porque todos já tinham ido lá no dia anterior e também porque, à essa altura, o tempo estava curto e, afinal de contas, era domingo e tínhamos que fazer check out na Pousada da Prainha, onde estávamos hospedados, bem como almoçar e ainda encarar a estrada de volta para o Rio. 

Assim, nossa última parada foi na Praia do Forno!



A Praia do Forno somente pode ser acessada de duas formas: a pé, por meio de uma trilha de cerca de 15/20 minutos que começa na Praia dos Anjos, um pouco antes de entrar no píer. Super indicamos que façam a trilha, pois, através dela, vocês poderão parar no mirante que dá para a Praia, o qual confere uma vista maravilhosa!


Ou de barco! Não se chega na Praia do Forno de carro, graças a Deus!

Porém, lamentavelmente, avistamos diversas construções no topo do morro que margeia a Praia do Forno e isso é muito triste de ver. 



Ficamos lá um cadinho a mais. Metade do grupo desembarcou e resolveu ficar por lá. Os demais, como nós, ficaram no barco e depois retornarmos para a Praia dos Anjos, onde finalizamos o passeio.


Muito obrigada ao João pelo convite, pela oportunidade de mais uma vez podermos apreciar essas praias belíssimas de Arraial do Cabo. A gente nunca se cansa dessa região agraciada e linda e torcemos muito para que as pessoas aprendam a cuidar da natureza e compreendam que realmente isso aí é um paraíso que merece muitos cuidados e proteção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário