terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Aruba: 5 passeios por menos de 15 dólares

Em tempos de crise e de dólar alto, muita gente fala que viajar para fora do Brasil é muito caro por conta da conversão (mas lembre-se de que "quem converte não se diverte"). Ainda assim, nossa intenção é sempre a de ajudar a estimular vocês a viajarem sim, mesmo que seu budget seja mais restrito, você verá que há sempre muito o que ver e fazer em diversos lugares do mundo com um custo pequeno ou até mesmo gratuito.
Letreiro ao lado do Parlamento. Crédio: Lily Pestana
Vocês lembram que nós visitamos Aruba - a Ilha Feliz - em outubro de 2015, certo? Foi a continuidade da nossa lua de mel e nós simplesmente nos divertimos muito por lá. 
Agora, você sabia que para desfrutar da paradisíaca Ilha Feliz, mantendo-se dentro de um orçamento mais enxuto é possível? É sim! E vamos mostrar para vocês algumas atividades baratinhas e super especiais em Aruba!

Parque Nacional Arikok
Parque Nacional Arikok ocupa cerca de 20% do destino e é um habitat protegido com várias espécies da fauna e flora silvestre. Vale uma visita à fazenda Cunucu Arikok, onde se pode ver uma antiga casa tradicional de Aruba. 
Boca Prins. Crédito: ATA

Boca Prins. Crédito: ATA

No roteiro não podem faltar as praias intocadas Boca Prins e Dos Playa, além das fascinantes cavernas Guadirikiri e Fontein.
Caverna Quadririkiri. Crédito: ATA

Dos Playa. Crédito: ATA

Custo: US$ 11 a entrada para adultos e gratuita para menores de 17 anos. Mas para chegar, aconselhamos alugar um carro off road ou ir de bicicleta ou fazer um tour privado com a ABC Tours.

Praticar snorkel
Boca Catalina. Crédito: Lily Pestana
As águas cristalinas da Ilha Feliz são perfeitas para praticar snorkel. Os arrecifes, localizados bem perto da praia, possuem uma vida marinha colorida, exótica e de fácil acesso. Os melhores lugares são as praias de Boca Catalina e Arashi, ao norte da zona hoteleira, e Mangel Hato e Baby Beach, ao sul.
Mangel Halto. Crédito: Lily Pestana


Baby Beach. Crédito: Lily Pestana

Boca Catalina
Custo: aluguel do snorkel por até US$ 15; grátis para hóspedes de diversos hotéis. Você pode chegar nestes lugares de carro, de táxi ou de ônibus. No último caso, indicamos o Arubus. Também recomendamos que você já leve o seu equipamento de snorkel (máscara e respirador) por questões higiênicas, é melhor você ter o seu e não usar um que seja compartilhado, pois, por mais que sejam limpos, nada se compara a você estar com algo seu. Dessa forma, você apenas pagará pelo deslocamento.

Santuário dos Burros
Santuário de Burros. Crédito: ATA
Conheça os bichinhos mais adoráveis de Aruba: os burrinhos. Trazidos pelos espanhóis para o transporte de mercadorias, estes dóceis animais foram soltos na natureza após a chegada dos automóveis na ilha. Foi criado o Donkey Sanctuary Aruba, uma organização não lucrativa que se dedica a proporcionar segurança, refúgio, alimento e atenção médica a cerca de 90 burricos.

Custo: zero! A entrada é gratuita.
Santuário de Burros. Crédito: ATA
Museus de Aruba
Em Oranjestad, há museus interessantes bem perto uns dos outros. A dica é fazer uma verdadeira viagem pelo tempo. 
Museu Arqueológico documenta os três períodos ameríndios em Aruba, entre 2500 a.C. e 1880 d.C., com apresentações audiovisuais e uma ampla mostra de artefatos. 
Museu de Arqueologia. Crédito: ATA

No edifício mais antigo da capital arubana, o Fort Zoutman, encontra-se o Museu Histórico, que exibe coleções sobre os acontecimentos nacionais até a década de 1920. 
Já no museu e fábrica Aruba Aloe, chegamos ao século 20 em diante: é possível conhecer tudo sobre a planta medicinal aloe vera, ou babosa. A Ilha Feliz é uma grande exportadora deste fabuloso produto. Na hora de passar na lojinha que fica na saída, não resista a gastar o que economizou em produtos como hidratantes e loções.
Demonstração no Museu de Aloe e Vera. Crédito: ATA

Plantação de Aloe. Crédito: ATA
Custos: US$ 5, no Museu Histórico. As restantes atrações têm entrada franca.

Vida noturna arubana
Festival Bon Bini. Crédito: ATA

Para se entreter nas noites quentes da Ilha Feliz não faltam opções. As ruas se enchem de turistas e pessoas locais que procuram muita dança e diversão. Todas as semanas, festivais locais promovem o melhor da cultura e costumes arubanos, com muita música, dança, arte e culinária típica. 

Todas as terças-feiras o Festival Bon Bini colore a ilha. Já às quintas-feiras, o Festival Carubbian, em San Nicolás, promove seus encantos com comidas típicas e artesanato.

Festival Carubbian. Crédito ATA
Os arubanos adoram dançar! Alguns bares da ilha oferecem aulas gratuitas de salsa e merengue. Alguns resorts incluem aulas de dança entre as atividades de recreação. A maioria dos bares e hotéis também promovem happy hours, com ofertas especiais de bebidas e pratos, acompanhados de entretenimento ao vivo. 
Música no South Beach Center. Crédito: ATA
Estas são opções ideais para viver as melhores noites da sua vida a preços muito reduzidos.
Custos: US$ 5, no Festival Bon Bini. Entrada gratuita no Festival Carubbian.
Eagle Beach

Então, ficaram mais animados em programar uma viagem para Aruba? Mesmo que você não consiga ver tudo ou explorar a ilha em todas as suas atividades (nem eu consegui fazer isso... seriam necessários uns 8 dias pelo menos para fazer todas as atividades possíveis), você poderá curtir bastante um destino caribenho muito tranquilo, muito seguro, bem estruturado sem precisar morrer em muitas doletas, certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário