quinta-feira, 19 de março de 2015

Buenos Aires: Guia e Post-Índice

Um post-índice de Buenos Aires, para ajudar nas pesquisas, com dicas resumidas ao final e o passeio ao Zoo de Luján

Casa Rosada
 -->> BUENOS AIRES


** Dicas de Segurança - atenção com os aeroportos de Buenos Aires



Jardim Japonês

** Melhor época para ir a Buenos Aires: o ano inteiro! Eu já fui em 2006 na Páscoa, em 2008 era agosto, em 2010 era Corpus Christi, em 2012 foi um feridinho de abril que caiu em uma sexta.

No verão, faz muito calor.

No inverno, faz um frio digno.

[Esconder] Dados climatológicos para Buenos Aires 
MêsJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDezAno
Temperatura máxima registrada (°C)43,338,737,93631,628,530,234,43434,536,840,543,3
Temperatura máxima média (°C)30,428,726,422,71915,614,917,318,922,525,328,122,5
Temperatura média (°C)25,123,721,417,714,311,210,912,714,217,720,623,217,7
Temperatura mínima média (°C)20,419,41713,710,37,67,48,99,91315,918,413,5
Temperatura mínima registrada (°C)5,94,22,8-2,3-4-5,3-5,4-4-2,4-21,63,7-5,4
Precipitação (mm)121,6122,6153,9106,992,15052,963,277,7139,3131,2103,21 214,6
Dias com precipitação (≥ 1 mm)99998678710109101
Umidade relativa (%)65707277767979747169696472
Horas de sol251,1238226,3192161,2123133,3170,5189217231241,82 374,2
Fonte: Serviço Meteorológico Nacional da Argentina (médias climatológicas de 1981 a 1990; recordes absolutos de temperatura desde 1906).1819
Fonte #2: National Oceanic and Atmospheric Administration (horas de sol, 1961-1990)

** Melhor forma de deslocamento interno: a pé!

Não aconselho o aluguel de carro. O táxi é bem barato, mas esteja atento aos golpes dos taxistas.

** Imperdíveis: 

Pôr do sol em Puerto Madero

. tomar um café com churros ou alfajor
. caminhar pelo bairro de Palermo, ir à feira da Plaza Serrano e contemplar as praças e jardins
. Café Tortoni
. Jardim Japonês

Show de Tango no Café Tortoni

. andar pela Recoleta e comer uma empanada no El Sanjuanino
. Plaza de Mayo e Casa Rosada
. Congresso Nacional
. Almoçar no La Cabrera, em Palermo

Galerías Pacífico

. Jantar no Cabaña Las Lilas, em Puerto Madero
. Conhecer San Telmo e sua feira dos domingos
. Passear em La Boca e em El Caminito (é beeeem turistão, mas vale a visita)
. Entrar na Livraria El Ateneo El Splendid 
. tomar um bom vinho
. comer uma parrilla e carne - minha predileta é o ojo de chorizo

Pôr do sol na Recoleta
. passear pela Plaza San Martín
. caminhar na Calle Florida (mas atenção aos golpes... é muito turistão e quase sempre cheia de camelôs... vale para uma voltinha para dizer que foi).
. Galerías Pacífico, pelo belíssimo prédio 
. tomar sorvete Freddo (o meu predileto é o dulce de leche tentación)

El Caminito, em La Boca

. comer empanadas
. ouvir um tango
. ir a um show de tango: Piazzola Tango, Café Tortoni, Señor Tango

E se tiver com um tempinho sobrando, você pode querer ir até o Zoo de Luján


O Zoo de Luján é bastante polêmico, pois há muitos que fazem campanhas para que turistas deixem de visitá-lo, alegando maus tratos aos animais que, supostamente, ficariam sedados para que os turistas possam entrar nas jaulas.


Eu estive lá por duas vezes,  em 2008 e 2010. Na primeira vez, vivenciei um episódio que me fez perceber o quão atentos e espertos estavam os leões, pois entrei em uma jaula de leões e leoas e, por causa de uma briga de cachorros que começou do lado de fora da jaula, os animais ficaram alvoroçados, nervosos e não paravam de andar em círculos e com rugidos que faziam meus órgãos internos tremerem.


É claro que eu ali, em meio a animais selvagens e nervosos, pensei logo que ia morrer! Ou seja, eles não estavam letárgicos coisa alguma! 

Graças a Deus, nada aconteceu comigo e pedi para sair da jaula, já que seria impossível chegar perto deles -  mais perto rsrs - para tirar foto, pois eles não paravam quietos e estavam nervosos com a briga de cachorros. Mas eu confesso que depois que tudo se acalmou, eu retornei para entrar e tirar foto kkk... sim, eu sou louca! E continuo viva =)


As jaulas dos felinos costumam até formar filas! Chegar perto de um leão ou tigre é muito emocionante.


Eu confesso que voltaria a Luján uma terceira vez. Acho a proposta bem interessante de poder entrar nas jaulas, andar de dromedário, andar de elefante (em 2008 eu pude andar de elefante, mas em 2010 não foi possível porque eles estavam no cio), dar comida a carneiros e cabritos, fazer carinho em tigres e leões, pegar no colo um bebê leão... são emoções únicas!

Para chegar no Zoo de Luján: 2008, eu fui de ônibus que peguei na Plaza Itália (metrô linha D ou verde, estação Plaza Itália), em Palermo - Linha 57, empresa Atlántida. Cerca de 1:40 entre Buenos e o ponto de descida para o Zoo, que é na estrada, antes de entrar na cidade de Luján. Por isso é sempre recomendado avisar ao motorista que você quer ir ao Zoológico para ele te deixar no ponto certo.


Se for de ônibus, não se esqueça de comprar a passagem de volta já quando comprar a de ida, pois como o  ponto de ônibus para o Zoo é em plena estrada, não há como comprar antes o bilhete, ou ter as moedas (e só valem moedas, para pagar na volta).

. Em 2010, alugamos carro para ir lá. Não gostei muito dessa opção porque acabamos nos perdendo na volta e andar de carro em Buenos Aires é totalmente desnecessário.


. Outra opção são os passeios contratados. Há várias agências de turismo e remís (taxistas) que fazem o passeio a Luján. Na própria Calle Florida, onde ser abordado por alguém tentando te vender algo é bem comum, você com certeza saberá de alguma agência que faça ou passeio. Ou, ainda, mais recomendável, é pedir ao staff do hotel onde estiver hospedado alguma indicação de agência de turismo de confiança.



Eu não indico a visita ao zoo para crianças muito pequenas, a não ser que elas não se importem em entrar em todas as jaulas, porque há limite etário para entrar nas jaulas, que era de 12 anos, quando fui. E também penso ser muito perigoso mesmo expor crianças novas a animais que são selvagens. Mas há outras atrações que atendem bem a crianças, como uma mini fazendinha, macacos, pássaros diversos. Então é algo a considerar.

4 comentários:

  1. Gosto muito da Argentina. Para quem também se interessa pelo destino, sugiro visitar o site Brasileiros na Argentina, com informações sobre hotéis, passeios, atrações e restaurantes. Se tiver planejando sua viagem, vale a pena dar uma olhada! :) Bjs
    http://www.brasileirosnargentina.com.br/buenos-aires

    ResponderExcluir
  2. Adorei suas dicas! Elas me ajudaram muito na minha primeira ida a BA

    Fiz um post sobre o Free Walking Tour, espero que goste https://porondeagabifor.wordpress.com/2017/06/05/free-walking-tour-buenos-aires/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabi, por compartilhar a sua experiência!
      Beijos,
      Lily

      Excluir