sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Tiradentes, uma pérola mineira! Por Vanessa do Blog Dicas da Carioca

Tenho o prazer de publicar mais um post em colaboração com o Apaixonados por Viagens!

Apresento a vocês a Vanessa, do blog Dicas da Carioca. E já estão todos convidados a conhecer o blog dela que, assim como nós, é apaixonada por viagens! Mas, além disso, ela gosta muito de animais, de decoração, culinária e, é claro, da Cidade Maravilhosa, onde vivemos e, portanto, tem sempre ótimas dicas e informações sobre o Rio de Janeiro.

Vamos conferir as dicas da Vanessa para uma das cidades mineiras mais belas, charmosas, românticas e, ao mesmo tempo, badaladas, com festivais, carnaval, muita gastronomia excelente e história do nosso Brasil Colonial e suas jóias barrocas! Muito obrigada por seu carinho e por compartilhar conosco suas experiências! E que venham muitas viagens e muitos posts/relatos pela frente! Sucesso para você, Vanessa!


Igreja da Matriz de Santo Antônio


** TIRADENTES, por Vanessa do Blog Dicas da Carioca **



Oi Pessoal,



Eu sou Vanessa do blog Dicas da Carioca e estou começando minha parceria com o blog Apaixonados por Viagens. Meu blog é novo (existe desde março/2014) e fala sobre vários assuntos entre eles, dicas de viagens.

Em abril/2014, aproveitei o feriadão para conhecer as cidades históricas de Minas Gerais. Apesar da proximidade com o Rio, foi a primeira vez que fui a MG. Vou dizer uma coisa, foi uma experiência muito legal! Uma verdadeira viagem no tempo.

Meu roteiro de viagem foi perfeito! Fiz o seguinte: peguei um avião do Rio para Belo Horizonte. Fiquei hospedada em BH durante a Páscoa. De lá visitei Inhotim e Ouro Preto. No dia 21/04 (feriado de Tiradentes), fui para Tiradentes passando por Congonhas. Fiquei hospedada em Tiradentes até dia 23/04 e voltei para o Rio de ônibus. Foi muito tranquilo!!! Aproveitei bastante!!!





Nesse post vou escrever para vocês um pouco da minha experiência em Tiradentes. Se eu tiver que descrever Tiradentes com uma única palavra eu diria: Charme. É uma cidade pequena e não tem muitos pontos turísticos como Ouro Preto, porém é um lugar muito charmoso. É um local gostoso de andar, passear pelas ruas sem pressa, admirando o cenário encantador marcado pelas calçadas de pé-de-moleque, sobrados antigos que abrigam restaurantes, pousadas, lojas e antiquários.

Com relação à hospedagem, fiquei no Hotel Ponta do Morro. Simples, porém muito agradável. Coloco em destaque a localização do hotel (não vi nenhum melhor que esse). Fica bem na praça principal, que é o Largo das Forras.


Hotel Ponta do Morro no Largo das Forras


O hotel possui um jardim grande e decoração rústica combinando bem com o clima bucólico da cidade.



Quarto do hotel

Esse é o Largo das Forras. Uma pracinha típica de cidade de interior. Muito charmosa!!! Nela ficam estacionadas as charretes que convidam a circular pela cidade com direito a paradas nas principais atrações turísticas.


Largo das Forras

Saindo do Largo das Forras em direção à igreja Matriz de Santo Antônio, podemos observar uma série de ateliês e lojas.  Uma coisa que achei interessante é a criatividade das janelas das casas. Olha que barato, é um show de rendas, fuxicos e aramados.


janelas de Tiradentes

Decoração nas janelas


Seguindo mais um pouco, olha quem eu encontrei:


É o cara!! Estátua de Tiradentes
Seguindo nossa caminhada, chegamos na Igreja Matriz de Santo Antonio. Muito linda!!!  Eu achei esta igreja a mais bonita que visitei na viagem à Minas Gerais (parte interior).  Em relação à parte externa, achei a de Congonhas a mais bonita.

Descendo a rua visitamos a igreja Nossa Senhora do Rosário. A história da igreja é muito interessante. Ela foi construída pelos escravos, pois eles não podiam frequentar as outras igrejas. Eles a construíram à noite (durante o dia eles trabalhavam) e utilizavam o ouro roubado e trazido através dos seus cabelos ou camuflados no rabo dos cavalos (daí vem a famosa expressão “lavar a égua”). Finalmente consegui uma igreja onde era permitido tirar foto do seu interior.


Igreja Nossa Senhora do Rosário

A cidade é bem pequena, podendo ser visitada toda a pé. 

Antes de viajar eu já sabia que o artesanato de Tiradentes era forte. Depois de conhecer, posso dizer que fiquei encantada!!! Separei um dia inteiro para andar na cidade de bobeira só para ficar entrando de loja em loja. Existe uma variedade muito grande de lojas de bordado (rendas, roupa de cama, banho e mesa), louças, quadros, esculturas, móveis, brinquedos educativos, bijuteria, enfeites para casa. É tanta coisa legal que não caberia nesse post tanta foto. 

O que mais me chamou atenção foram as esculturas em ferro. Belíssimas! Rodei em várias lojas, mas a que eu mais gostei foi a loja abaixo, pois é a única que apresenta peças coloridas. A impressão que me passou é que ela possui fabricação própria ou o fornecedor é diferente das outras. De qualquer forma, a beleza das peças é um diferencial.


Loja de artesanato em ferro



Artesanato em Tiradentes

Com relação à comida, Tiradentes vem deixando de ser um destino meramente histórico para se tornar um pólo gastronômico. Motivo: a comida é mineiríssima e servida com fartura nos restaurantes. Foi em Tiradentes que eu comi a refeição mais gostosa da viagem... Após um passeio, que tal a refeição da foto abaixo? É de comer rezando... 

Dicas de restaurantes: Dona Xepa, Mandalun, Panela de Minas e Monastério (uma ótima opção para um foundue).


A deliciosa comida mineira

Agora, uma das coisas que mais gostei foi o passeio que fiz de Maria Fumaça que vai de Tiradentes até São João Del Rei. O trajeto tem duração aproximadamente de 40 minutos. O trem anda bem devagar, sendo um passeio feito para curtir a paisagem e relaxar. 

Chegando em São João, na própria estação tem alguns atrativos. Você pode tirar fotografia com roupas antigas simulando a época em que a Maria Fumaça inaugurou. Infelizmente, havia uma fila grande para isso e eu tinha apenas meia hora antes do último trem de volta retornar. Que pena, fica para próxima. Então optei em visitar o museu do trem que também fica na estação. O museu ferroviário ocupa um galpão no fundo da estação e conta um pouco da história do transporte ferroviário.


Maria Fumaça de Tiradentes para São João del Rey

Bem pessoal, esse foi o resumo das minhas dicas sobre Tiradentes. Quem quiser ver mais detalhes sobre a minha viagem completa para as cidades históricas é só entrar no blog Dicas da Carioca. Lembrando que aqui no Apaixonados por Viagens também tem dicas legais sobre outras cidades mineiras (veja aqui algumas dicas sobre Belo Horizonte, Inhotim, Ouro Preto e Mariana).

Beijos,
Vanessita.

Texto e  Fotos: Vanessa Cunha



2 comentários: