terça-feira, 18 de março de 2014

Baía do Sancho, em Fernando de Noronha: a melhor praia do mundo, segundo TripAdvisor

Quem acompanha o site TripAdvisor, que eu sempre indico aqui para consulta sobre as avaliações das hospedagens, sabe que o site é famoso pelos rankings que elabora com base nas resenhas, notas e comentários dos internautas. 

Para minhas feliz surpresa, o mais recente ranking das 25 PRAIAS MAIS LINDAS DO MUNDO elencou a BAÍA DO SANCHO, em FERNANDO DE NORONHA, como a mais Bela Praia do Mundo!!

Baía do Sancho







Você concorda com isso? Já esteve em Noronha?

Bem, eu já estive em Noronha e contei tuuuuuudo para vocês aqui neste post - No Paraíso: Fernando de Noronha - que foi um dos primeiros relatos daqui do Apaixonados por Viagens, além das várias opções de passeios por lá, detalhados aqui neste post: Fernando de Noronha: Passeios


Batismo em Noronha

Essa viagem que eu fiz para Noronha foi como realizar um sonho


Vista de Noronha, chegando de avião

Maaaaasssss, com todo o meu coração, devo dizer que, embora a Baía do Sancho seja verdadeiramente linda demais, eu achei a Baía dos Porcos, praia vizinha, aquela do famoso Cartão Postal de Noronha com o Morro Dois Irmãos ao fundo, a mais bonita (na minha humilde opinião!). 




Baía dos Porcos

Baía dos Porcos

O ranking do TripAdvisor trouxe, para a alegria tupiniquim, outras DUAS praias brasileiras dentre as mais belas do mundo: PRAIA DOS CARNEIROS, em 12º lugar, e LOPES MENDES, em 13º lugar. 

Incrível saber que nosso país é tão belo e com paisagens cênicas maravilhosas que são reconhecidas pelo mundo todo, não acham? É motivo de muito orgulho mesmo!!

Destas 3 praias do ranking, eu conheço a Baía do Sancho e a Praia dos Carneiros, ambas no Estado de Pernambuco, já que Fernando de Noronha pertence a Pernambuco.

A Praia de Lopes Mendes, que fica na Ilha Grande, no Estado do Rio de Janeiro, é de acesso mais difícil e só quem dorme na ilha que consegue explorá-la melhor. Como, até hoje, as vezes em que estive em Ilha Grande foram no esquema bate-e-volta, de barco, partindo de Angra dos Reis, não pude explorar essa praia que sei bem que é paradisíaca. Lá em Ilha Grande, para quem tiver interesse, a Vila do Abraão é uma boa base para ficar na Ilha, hospedar-se lá e explorar suas inúmeras trilhas e praias, ou até mesmo reservar os passeios de barco que saem de lá.

Mas voltemos a falar da CAMPEÃ: BAÍA DO SANCHO !!




Sim, eu sei que Fernando de Noronha é um paraíso para poucos. O acesso é difícil. O arquipélago fica no meio do Oceano Atlântico, no topo de uma Cordilheira Meso-Atlântica, e, portanto, sua formação rochosa é deriva de lava vulcânica que fez originar essa cadeia montanhosa, submersa, em razão do afastamento das placas tectônicas entre Brasil e África. 

Uuuuiiii... ficou muito geóloga essa explicação, né?

Mas, a verdade é que é caro sim ir para Noronha! Eu sei que muita gente desiste de ir na hora H e dá preferência a outros destinos, até mesmo internacionais, como o Caribe, porque acabam verificando que fica mais em conta do que conhecer Fernando de Noronha. 

Minha opinião é: todo sacrifício para ir a Noronha vale a pena! 

Acho muito difícil alguém se arrepender. 

Por isso, para quem acumula pontos/milhas em programas de fidelidade, minha dica é ficar de olho em promoções. Eu juro que no final do ano passado, na Black Friday promovida pela Gol, houve oferta de passagens de ida e volta para Noronha, para maio deste ano, por 12 mil milhas no total! Eu vi, eu fiquei tentada em voltar e depois desisti porque maio é um mês com maior possibilidade de chuvas. 

E sabe que depois disso eu conversei com algumas pessoas que foram para lá em maio e não viram uma gota sequer de chuva? Pois é... vale a pena arriscar, ainda mais com apenas 12 mil milhas!


- Como chegar na Baía do Sancho:

 



O acesso ao paraíso não pode ser tão fácil, certo?

Para chegar na Praia Mais Linda do Mundo, você deve ir por uma trilha, que te obriga a descer por uma fenda no meio de uma rocha (um tanto quanto claustrofóbico para não gosta) ou você pode ir de barco, chegando na praia de forma mais confortável.


Meu irmão, descendo pela fenda na pedra

Chegando de Barco no Sancho
A ida pela trilha oferece uma visão magnífica da praia, pelo penhasco! Há mirantes que conferem visões surreais da praia, no melhor estilo "belisque-me para eu ter certeza de que não estou sonhando". rsrs..  É imperdível, ao meu ver.

Já a ida de barco, muito bacana também, tem como limitador o fato de que o banho é cronometrado e a permanência do barco não passa dos 40 minutos.

Lá é um verdadeiro aquário natural, com muita vida marinha para observar. Uma pena que o acesso seja meio complicado, pois, mesmo pela via terrestre, para chegar até esse ponto da trilha onde você vai descer no meio da rocha, tem que ir de buggy, já que fica meio longe da estrada. Eu não arriscaria ir a pé da estrada até lá, mas eu  não sou uma grande aventureira. Prefiro as coisas mais certinhas rsrsrs...



No fundo do mar da Baía do Sancho é assim... um Aquário!


Tive a oportunidade de ir à Baía do Sancho por duas vezes, uma de barco e outra de carro, pela trilha. Aliás, esta  mesma trilha que dá acesso à Baía do Sancho é a que leva para o mirante de onde se vê todo o esplendor da Baía dos Porcos e aquele Cartão Postal Magnífico de Fernando de Noronha!


Baía dos Porcos


- Melhor época para ir:

Depende da sua intenção, se para mergulhar ou para surfar.

. Para mergulhar: seja com snorkel ou com cilindro, a temporada para mergulho é de julho a início de outubro, quando a visibilidade/transparência do mar pode alcançar 50 metros de profundidade.





Eu fui em setembro, mergulhei com cilindro até 12 metros de profundidade (limite imposto para o Batismo - para quem mergulha pela primeira vez) e achei impressionante!! Não choveu em setembro, fez calor, a água estava morninha e absurdamente calma no Mar de Dentro, com verdadeiras piscinas naturais.




. Para surfar: de dezembro a fevereiro costuma ser a temporada para os surfistas e outros esportistas que amam um ventinho.

- Entendendo rapidamente a Ilha principal do Arquipélago:

. Mar de Dentro - voltado para o continente brasileiro, com praias maravilhosas como Baía do Sancho, Baía dos Porcos, Praia do Porto, Praia do Cachorro, Praia da Conceição, entre outras (as principais praias para banhistas estão aqui no Mar de Dentro). 




Praia da  Conceição


Praia da Conceição

O Mar de Dentro fica "calmo", sem ondas, principalmente de junho a outubro.

. Mar de Fora - voltado para o continente africano, com praias que concentram muitas pedras e rochas de origem vulcânica, como a Piscina Natural do Atalaia, Praia do Leão e Enseada do Sueste. 


Caminhada do Alto Atalaia


O Mar de Fora fica "calmo", sem tantas ondas, principalmente de dezembro a março. 


Imagens do Mar de Fora: trilha do Alto Atalaia


- Hospedagem:

A não ser que você seja podre de rico, esteja em lua de mel, seja um artista global ou até internacional para se hospedar em Pousadas mega Tops como a famosa e badalada Zé Maria, a forma mais comum de hospedagem lá em Noronha é em casas de pescadores, adaptadas para receber os turistas. 

A Vila dos Remédios, principal vila de Noronha, reúne várias opções de hospedagens mais "em conta". Lembre-se de que você não vai barganhar muito em Noronha. É sim um destino caro.

Mar de Dentro: praia do Cachorro
Quando eu fui, fiquei hospedada na Vila dos Trinta e achei muito bom. Perto de supermercado, onde eu podia me abastecer com água diariamente (e isso faz diferença porque há poucos pontos de apoio, como bares, em praias de Noronha), e chegada na Vila dos Remédios em cerca de 10 minutos ou menos e na Praia do Cachorro, que é a mais movimentada porque tem um bar perto (Bar do Cachorro) e fica colada na Vila dos Remédios, em cerca de 15 minutos. Ou seja, valeu a pena. 


- Quanto tempo em Noronha:

Eis uma pergunta difícil de responder. Bem... eu fiquei 4,5 dias para passeios e achei pouco.  Cheguei em uma segunda, mas aproveitei pouco, pois logo fomos levados para uma palestra no Centro de Visitantes da Ilha Principal.

Então, para passear, aproveitei mesmo de segunda a sábado. Voltei para o Rio no sábado de tarde e deu tempo de fazer passeio de manhã.

Como sabemos que Fernando de Noronha é um lugar caro, o tempo de estada vai depender muito da sua disponibilidade financeira para gastar. Eu recomendo pelo menos 5 dias inteiros!!

Confesso que eu voltei de lá desejando ter ficado mais 2 dias. Aí sim teria sido perfeito. Mas, naquela época, eu também fiz o que era possível fazer.

O importante é ir!!! Conhecer esse lugar tão deslumbrante!!


- Dicas:

. Para informações sempre atualizadas sobre Fernando de Noronha, sugiro consulta prévia, ao planejar sua viagem, dos seguintes sites:

- www.noronha.pe.gov.br
- www.parnanorona.com.br
- www.noronha.com.br

. Quando eu fui, em 2009, o sinal de celular pegava mal e porcamente.

. Não se descuide do filtro solar nem da hidratação com água. O calor por lá costuma ser intenso.

. Há um fuso horário especial para Fernando de Noronha. Fique atento a isso.

. Deve-se pagar uma taxa de preservação ambiental ao Governo Estadual de Pernambuco responsáveis por isso, com fiscalização feita por órgãos federais - Ibama/IcmBio - que varia de acordo com seu tempo de permanência (veja aqui informações atualizadas sobre o pagamento da taxa)

. O Turismo em Noronha conta com o apoio da empresa concessionária ECONORONHA, que presta serviços de apoio ao turista e cobra o ingresso para acesso a áreas do Parque Nacional. Seu ingresso pode ser comprado ONLINE, mas deve ser validado nos centros de apoio aos visitantes, ou comprado diretamente nos Postos de Informação.

. A grande novidade trazida pela ECONORONHA foram as PICs - Postos de Informação e Controle, centros de apoio aos turistas, com banheiros e lanchonetes. Localizadas nos seguintes lugares:

- Centro de Visitantes do IcmBio
- Quiosque da Praça Flamboyant
- No acesso ao Mirante dos Golfinhos e Praia do Sancho
- No acesso ao Mirante da Praia do Sancho

Veja aqui as informações sobre as PICs e horários de funcionamento.

. Existe uma Rodovia Federal em Noronha, na Ilha Principal, que liga o nada a lugar algum (curioso! rsrs...).

. O transporte principal por lá são os buggys. A entrada de carro é controlada, assim como de turistas por dia. Vale a pena considerar alugar um buggy para explorar as praias, mas lembre-se de o preço do combustível é caro.

. Há poucos bares em praias de Noronha, porque estamos falando de um Parque Nacional, onde as regras de preservação são mais rigorosas. Como pontos de apoio, você encontrará um bar na Praia do Cachorro, um bar na divisão entre a Praia do Meio e a Praia da Conceição e um bar na entrada da Enseada do Sueste (ao menos era assim quando eu fui, em 2009, e espero que continue assim, sinal de que a preservação do lugar está sendo levada a sério).

. Carregue sempre com você água e algum lanchinho, pois há poucos pontos de apoio para se reabastecer e saciar a fome.

. Você encontrará restaurantes na Vila dos Remédios, como a famosa Pizzaria perto da Igreja da Vila, onde costuma ter um samba e/ou forró, ou até mesmo no Bar do Cachorro, lugar onde o agito costuma ser garantido nas madrugadas de Noronha. Como os passeios costumam começar bem cedo em Noronha, é normal as pessoas só saírem à noite para se divertirem mais tarde. Logo, você não encontrará nenhuma festa bombando em Noronha antes das 24:00.

. Palestras no Projeto TAMAR de Fernando de Noronha são altamente esclarecedoras. Eu assisti às palestras sobre Tubarões e Tartarugas Marinhas e adorei!

. Recomendo passeios de barco, de volta a ilha, de mergulho na Piscina Natural do Atalaia, de caminhada do percurso do Alto Atalaia e muito mergulho pelas praias. No meu relato sobre Noronha, você poderá ler os detalhes dos passeios possíveis em Noronha


Piscina Natural do Atalaia


. Não perca jamais o pôr do sol de Noronha, seja de onde for, ele é um espetáculo à parte!!




 Por fim, vá, curta muito esse paraíso, tire muuuuuuuuuuitas fotos e viva esse sonho!!!



Praia do Leão

Passeio de Barco pela Ilha - Mar de Dentro, em setembro


Mar de  Fora: Praia do Leão

Mar de Dentro: Baía dos Porcos

*** OBSERVAÇÕES PARA QUEM VAI NOS PRÓXIMOS DIAS A NORONHA (MARÇO/2014): 


Fernando de Noronha sofre a pior seca dos últimos 50 anos!!

Todos, moradores e turistas, estão sofrendo há semanas com a escassez de água. Inclusive ocorreram, recentemente, protestos organizados pelos moradores pela falta de água, problema este que foi agravado depois do Carnaval, quando o arquipélago recebeu um grande fluxo de turistas.

A Rede Globo divulgou, em seus telejornais, reportagens sobre a falta de água na Ilha e os problemas enfrentados pelas empresas Dessalinizadoras que não conseguem contornar o problema de seca do único manancial que abastece a ilha. 

Para quem está com viagem marcada para lá, sugiro acompanhar as notícias, entrar em contato com sua pousada ou agência para obter orientações e verificar se a viagem poderá ser realizada sem grandes transtornos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário