12 março 2020

O Macarrão: qualidade, sabor e bons preços, em Botafogo

O Macarrão: qualidade, sabor e bons preços, em Botafogo

Finalmente conhecemos o já famoso O Macarrão, restaurante especializado nesta iguaria que nós amamos - a pasta italiana - localizado no bairro mais pop e dinâmico da cidade, Botafogo, com uma proposta super bacana:

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Ser simples, descomplicando a gastronomia italiana, sem se descuidar da qualidade dos seus pratos, com preços muito acessíveis.

Receita do sucesso? Basta aparecer por lá durante o horário do almoço ou aos finais de semana para conferir a loucura em que a casa se transforma, com filas na porta dos seus já fãs. 

Sabendo que aos finais de semana anda super agitado, optamos por conhecer a casa em uma terça, na esperança de ser mais tranquilo. Demos sorte!

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Aberto em setembro de 2019, o espaço é pequeno e conta com um modesto salão interno e uma "varanda" na calçada, super informal, no melhor estilo boteco carioca (pé-limpo). A cozinha também é pequena e não para um minuto sequer, pois, mesmo com movimento mais tranquilo numa noite de terça, a casa também atende aos inúmeros pedidos que chegam do aplicativo iFood. 

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Como já adiantei, a fórmula de sucesso promovida pelos proprietários Dan Porreti, natural de Lugano, parte italiana da Suíça, ex gerente de alimentos e bebidas do Terraço Itália (São Paulo) e Casa Camolese, no Jardim Botânico, e o também italiano Marco Mombelli, foi a de descomplicar a forma de servir e apresentar a comida italiana, com ingredientes selecionados, sendo muitos, inclusive, importados e artesanais, ou seja, priorizando a qualidade de seus insumos e os pequenos produtores que são seus fornecedores, trazendo para o cliente um resultado final surpreendente em sabor por um preço que eu ouso dizer ser imbatível hoje em dia na Zona Sul.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Há tempos que todo mundo já se deu conta de como o custo de vida no Rio de Janeiro encareceu horrores, portanto, encontrar um lugar como O Macarrão, no coração do bairro de Botafogo, é realmente um alento.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

A inspiração, segundo o chef Ricardo, que foi quem nos recebeu, pois o Dan não estava presente no dia, foi trazida da própria Itália e de suas cantinas que servem pratos das mais diversas pastas de modo prático e rápido, quase como se fosse um fast food. Não à toa que a casa se chama no instagram O Macarrão, Comida Rápida, pois esta é a ideia. 

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Ou seja, não espere por um ambiente gourmet, sofisticado ou um lugar para você passar horas e horas explorando o seu cardápio, ou vai se decepcionar. A casa não tem essa proposta, por isso insisto em dizer que se trata de um espaço simples, com mesas e cadeiras de plástico, cardápio escrito nas paredes.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Mas vá por mim: abra o seu coração (se você for do tipo muito gourmetizado) e vá lá conhecer. Aposto que sairá encantado com a explosão de sabores preparados por eles com tanto carinho. Agora, se não quiser passar raiva com o lugar mega ultra cheio e lotado, evite sexta e sábado para ter uma experiência melhor, inclusive quanto ao serviço. É claro que, em dias de casa cheia, o serviço também fica um pouco prejudicado.

Por falar no serviço, O Macarrão não cobra serviço! Sim, pois, como tudo é simples, você faz o seu pedido no balcão (não fique esperando um garçom na mesa) e depois você retira o seu pedido, quando estiver pronto.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

A cozinha aberta, no modelo de aquário, é também um convite aos curiosos para acompanharem o preparo dos pratos. E o cheirinho é inebriante...

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Com muitos ingredientes importados, as massas, em grande maioria caseiras (menos a de grano duro), são o carro chefe do cardápio, que também conta com outras opções para entradas, como bruschettas, tartare de mignon, tábuas de frios, sanduíches e saladas.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Nós experimentamos 3 bruschettas, devidamente compartilhadas por 3 pessoas, até mesmo para ter espaço para saborear mais pratos do cardápio.

  • Shitake, queijo da Canastra, alho e salsinha - R$21
  • Parma, muzzarela, tomatinho grape e rúcula - R$25
  • Pesto, nozes e burrata - R$27

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Os três sabores que escolhemos estavam deliciosos! Só o pão que estava um pouco duro na versão de shitake e parma. Mas nada que comprometesse o sabor.

Também experimentamos o Tartare de Mignon (R$28), preparado na ponta da faca que é servido com torradas de pão natural fermentado, em quantidade satisfatória e é perfeito para compartilhar como entrada. Bastante saboroso também, estava muito gostoso.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

No quesito bebidas, no time dos não alcoólicos, a casa serve mate, refrigerantes e água. Senti falta de um suco de uva ou um suco natural, então já fica aqui a minha sugestão para a casa.

Na parte alcoólica, o cardápio de Vinhos da casa, também na parede, segue a mesma proposta das refeições: preços muito muito em conta! A garrafa mais barata custa R$59 enquanto a mais cara custa R$79, um achado no Rio de Janeiro. Agora o melhor de tudo: não quer beber uma garrafa e prefere apenas um copo? Sim, a casa também oferece essa opção por módicos R$9,50!!

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Como tudo é simples, o vinho é servido em copo de boteco mesmo. Mas se você preferir levar seu vinho, não é cobrada a Taxa de Rolha!

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

E, obviamente, não poderíamos deixar de provar o carro-chefe da casa: as pastas!

Ravioli, Spaghetti, Lasanha, Nhoque, Cannelloni, Penne, Rigatoni, Linguine, Risotto... ou seja, vários tipos de pastas, para todos os gostos e todas muito bem servidas. Qual a sua preferida?

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Umas são mais bem servidas que outras. Se a sua fome for grande, aposte no Linguine, Risotto ou Spaghetti, pois, pelo que pude perceber, são os pratos mais fartos. Se sua fome for média, sugiro a Lasanha ou o Ravioli, que foram as massas que eu pude acompanhar o preparo enquanto estive por lá cuja quantidade é satisfatória para quem não está morrendo de fome rsrs..

Nossas escolhas foram:

  • Para o Julio, Linguine com Cogumelos e Camarões - R$36
  • Para a Lily, Ravioli de Carne, com Tomate Seco e Burrata - R$32
  • Para a Lu, que estava conosco no dia, Spaghetti a La Carbonara - R$25

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Obs: a Lu pediu para trocar a massa do prato dela, pois, originalmente, seria Rigatoni a la Carbonara, mas ela pediu que fosse o Spaghetti, opção que não havia no cardápio e o chef Ricardo explicou que seria possível porque era uma massa compatível com aquele molho. Assim, algumas substituições de pastas e molhos serão possíveis, respeitando as combinações e tipos de massas.

Um detalhe importante é que o Molho Carbonara é preparado à moda italiana, ou seja, sem creme de leite!

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Nós acertamos em nossas escolhas! No final, acabei dividindo o prato com o Julio (comi um pouco do Linguine dele e ele comeu um pouco do meu Ravioli). Mas, apesar de eu amar shitake e camarões, confesso aqui que gostei mais do Ravioli, com sabores mais marcantes e um toque muito especial com a finalização com a burrata.

Não conseguimos comer tudo e pedimos para levar para casa... uma boa estratégia para seguir degustando depois, hein? rsrs... Mas já dá para ter ideia de quão bem servidos são os pratos.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Repararam nos preços? O que acharam? E se eu te disser que o prato mais econômico, que é o Spaghetti ao molho de Tomate e Manjericão custa apenas R$19??? E os mais caros custam R$36? Muito bons os valores, não acharam? Mas não pense em hipótese alguma que o preço reduzido signifique perda da qualidade. Não mesmo! Nós adoramos tudo o que nos foi apresentado e recomendamos, com as ressalvas já mencionadas (casa muito cheia aos finais de semana, com filas nos horários de pico).

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Por fim, eu, Dona Formiga declarada, já estava desde o início de olho nas sobremesas da casa e é claro que pedimos a Mousse de Limão Siciliano (R$12) e o Tiramisu (R$15).

Julio simplesmente amou o Tiramisu! E olhem que ele é mega chato para sobremesas. Comeu praticamente sozinho (eu só provei). Já a Mousse de Limão, ele não curtiu muito por ser mais doce. Doces muito doces não agradam o paladar dele tanto quanto o meu. Obviamente, eu gostei!

Ambiente informal, descontraído, no melhor estilo carioca... vale a pena conferir! Nós gostamos e recomendamos. 

  • Obs: A partir das 17h, rola o Festival da Bruschetta. O Happy Hour conta com 8 sabores, como a de salame e queijo do Onésio, frutos do mar, tartare, dentre outras, custando R$12 cada bruschetta.

Blog Apaixonados por Viagens - Onde comer no Rio - O Macarrão - Botafogo

Mais Informações sobre O Macarrão



Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar