sábado, 30 de setembro de 2017

Hilton Bogotá: sua hospedagem na capital colombiana

Adoro hotéis bem localizados e com infraestrutura que vão além de uma boa cama para uma boa noite de sono e o Hotel Hilton Bogotá dá show neste quesito. Estive lá em maio deste ano com minha amiga Sy, do instagram e blog Viajando com Sy, onde ficamos por 2 noites aproveitando um stopover com a companhia aérea Avianca, em nosso retorno ao Brasil da viagem que fizemos para Barbados.



Foi uma ótima combinação fazer essa pausa em Bogotá porque todos os voos para Barbados com a Avianca passam obrigatoriamente por Bogotá para uma conexão. Portanto, aproveitei a oportunidade para conhecer a capital colombiana, que eu ainda não conhecia e a Sy, que já conhecia a cidade, quis fazer uma nova tentativa porque, quando lá esteve em outra ocasião, pegou muita chuva.

Já adianto que também não demos muita sorte, viu? Que cidade chuvosa! kkkk... eu não sabia, mas até que faz sentido, porque o país está na faixa da linha do Equador. Assim, com clima tropical e temperaturas constantes quase o ano inteiro, o clima acaba sendo mais determinado pela altitude e, no caso, Bogotá está a 2.640 metros acima do mar, ou pelos fenômenos do El Niño e La Niña.


Podemos dizer que a temporada de chuvas, que seria o inverno deles, é de abril a junho e de setembro a novembro, com chuvas concentradas mais no final do dia. Já a temporada de verão que é a seca vai de dezembro a março e de julho a agosto. Porém, apesar disso, Bogotá tem chuvas bem dispersas por todo o ano, com uma média de 180 dias de chuva por ano.



Como fui em Maio de 2017, sem saber, acabei pegando uma temporada mais chuvosa na cidade, apesar de que não se anime muito porque as chuvas por lá podem acontecer o ano inteiro de maneira bem distribuída. O foco da viagem era Barbados e não Bogotá, que entrou na história para aproveitar a oportunidade do voo com a Avianca e a conexão / stop over pela cidade.

Assim, localizada num planalto na Cordilheira dos Andes, o Altiplano Cundiboyacense, Bogotá apresenta uma temperatura média de 14ºC, sendo julho o mês mais frio e fevereiro o mais quente. Em resumo, não pegar chuva em Bogotá é uma missão difícil e também é bom se preparar para um pouco de frio. Massssss, se você estiver planejando uma visita à capital colombiana como foco da sua viagem, para aproveitar, de repente, um feriado, aí vale a pena investir numa época que possa ser mais seca, como os meses de julho e agosto, os quais também são meses mais frios.


Agora, se você não estiver preocupado com isso, pode ir em qualquer época porque, como Bogotá não tem essa proposta de passeio de praia, que necessite de sol e tempo firme, e como a cidade é repleta de museus, dá para ir sem essa preocupação porque, a bem da verdade, a chuva em si não atrapalha tanto... as fotos não ficarão lindas e maravilhosas, mas você conseguirá fazer vários passeios mesmo assim.

Então, lá fomos nós, eu e Sy, passarmos 2 noites, que corresponderam a praticamente 2 dias inteiros, em Bogotá!


Como já adiantei, fomos com a Avianca, cujo destino final do voo e da viagem era Barbados. Contudo, já que o voo tinha que passar por Bogotá, ficamos lá por esse período. Eu conhecia nada e a Sy conhecia um pouco.

A programação foi intensa mesmo! Tentamos otimizar ao máximo o nosso curto tempo de estada e acho que foi super produtivo. Contamos com o apoio e ótima acolhida do Hotel Hilton Bogotá e com a eficiência da empresa de turismo local Colombia4u, que programou nossos passeios para esses dois dias! Rendeu um bocado!



Para terem ideia, em dois dias, nós fizemos o City Tour com a Colombia4u no primeiro dia, em que visitamos Parque Nacional, Bairro Inglês, Centro Histórico (Candelária, local de fundação da cidade, Plaza Bolivar); Museus do Ouro, Botero e de Arte Moderna; subimos o Cerro Montserrate (percorremos sua via Crucis); Igreja da Candelária, Calle de Embudo (funil) que foi a primeira rua de Bogotá, passamos pela Zona T ou Rosa, repleta de lojas e shoppings modernos e tomamos um chocolate quente com queijo e pão de milho no Café Balcones de la Candelaria.



E no segundo dia, fomos à Zipaquirá com a Colombia4u e tivemos um passeio incrível pela Catedral de Sal e seu centro histórico.


Ainda conseguimos conhecer o restaurante The Market do Hotel Marriott e curtimos muuuuito a nossa hospedagem no Hotel Hilton Bogotá, onde desfrutamos de seu Lounge Executivo e seu restaurante La Ventana.

Do aeroporto até o hotel, foram uns 25 minutos com trânsito bom e custou 45.000 cop. Optamos por fazer o câmbio no aeroporto numa cotação ruim que foi de 1 usd para 2.600 cop, mas o ideal seriam 2.900 cop na época em que fomos - mês de maio de 2017. Câmbios nos aeroportos raramente são bons, mas foi necessário para poder pagar o Seu Luis, que fez nosso transfer do aeroporto ao hotel. Ele é uma simpatia, cuidadoso e atencioso. Cobrou da gente 45.000 cops (cerca de 45 reais) para cada trecho (tel: +57 312 3038502).

Fomos muito bem recebidas pelo Hilton, um luxuoso hotel 5 estrelas que está muito bem localizado, no coração do bairro financeiro e mais fashion, mais descolado, da moda, do comércio da cidade, próximo a vários restaurantes, lojas e shoppings, e que conta com uma ótima infraestrutura e instalações com alto padrão de qualidade, oferecendo ao hóspede piscina, restaurante Ventana que é um dos melhores de Bogotá, de acordo com o TripAdvisor (clique aqui), Café, Bar, Fitness center e Spa, quartos amplos e confortáveis, café da manhã maravilhoso e um atendimento que te faz sentir muito VIP mesmo.


** O HOTEL **

Bogotá é uma cidade que pode ser dividida em 4 áreas bem distintas: Sul, Centro, Ocidente e o Norte. No caso, o Hotel Hilton Bogota está estrategicamente localizado no distrito Norte, numa área mais financeira, mais moderna da cidade, sendo um ótimo ponto de partida para visitar a cidade e imergir-se na sua rica cultura, sem contar que o hotel está a minutos de caminhada de restaurantes e ótimos lugares de entretenimento numa região chique e muito prestigiada na cidade, como as Zonas G e T.



Como não poderia deixar de ser, fazendo jus à bandeira Hilton, o hotel apresenta-se logo de imediato ao seu hóspede, pela sua recepção elegante, com ambientes sofisticados e ao mesmo tempo bastante acolhedores.



Com instalações modernas e versáteis que utilizam alta tecnologia, inclusive no que tange à acessibilidade, quando chegamos no hotel e nos deparamos com seu belíssimo e estiloso hall de entrada, num sábado à noite, já logo percebemos que ali era um lugar diferente: estava rolando uma festa no seu Lounge super animada, bem movimentada e com ótimas músicas. Adorei, né?



Pena que estávamos muito cansadas e sabíamos que no dia seguinte teríamos que acordar cedo para fazer nosso curto tempo de estada render bastante.

O atendimento foi o tempo todo muito prestativo, do início ao fim da nossa hospedagem. Como a gente só embarcaria na segunda à noite e nossa diária terminaria na segunda às 14h, quando retornamos do passeio à Catedral de Sal de Zipaquirá, eles nos disponibilizaram toda a área do Spa, que fica ao lado da academia, para tomarmos banho, se precisássemos, oferecendo toalhas e amenities.




Achei bem legal observar no domingo que a Avenida na frente do hotel ficou fechada, tal como ocorre nas ruas da orla do Rio de Janeiro, sendo destina à prática de esportes. Fiquei encantada em ver que, mesmo com muchas esporádicas, havia um grande movimento de pessoas correndo, pedalando ou apenas passeando e caminhando na frente do hotel.


Sobre Segurança Pública: esse assunto é sempre muito delicado. Como boa carioca que sou, dificilmente eu relaxo e penso que nada vai acontecer por eu estar fora da cidade. A verdade é que estou o tempo todo sempre em estado de alerta. Então, não seria diferente em Bogotá. Não gosto de ficar andando com a minha câmera Canon na mão ou pescoço o tempo todo, por exemplo. Mas como estávamos com um guia da Colombia4u, eu sempre perguntava para ele se tinha problema. De modo geral, ele me deu a entender que bastava tomar certos cuidados e que a questão da segurança púbica por lá não era uma crise grave como aqui no Brasil. Perguntando o mesmo para os funcionários do hotel, eles recomendaram não andar ostentando bens de valor e tomar cuidados.

** QUARTO **



Ficamos em um quarto executivo com duas camas - twin. Bem, em tese era twin, mas as camas eram bem maiores do que uma casa de solteiro e eu poderia dizer com certeza que se tratavam de duas camas de casal.




Com padrão internacional da rede e o conforto que já conhecemos, a experiência foi ótima! Decoração elegante, com um quê de retrô, abusando de elementos em madeira e da cor de café, o quarto apresenta uma ambientação sofisticada, seguindo uma linha mais minimalista, com funcionalidades práticas para tornar a hospedagem bem agradável, como mesa de escrivaninha / mesa de trabalho, cadeira, TV de tela plana com canais a cabo, WiFi com boa conexão, apoio para mala, closet com gavetas, cabideiro e cofre, tábua com ferro de passar, frigobar, máquina de café...




São as seguintes categorias: Suítes, Quartos Executivos, Quartos Standards, que podem ser para casal, duplo, triplo ou até quádruplo.



As suítes e quartos executivos dão acesso ao Lounge Executivo, além de oferecerem um espaço maior.

São 35 espaçosos quartos executivos e o nosso com uma decoração moderna e que também incluem banheiros com ducha que tinha ótima pressão e a água esquentava bem rápido, amenities, espelho para maquiagem e secador de cabelo.



O ar condicionado, que no nosso caso funcionou como aquecedor, era ótimo! A luminosidade do quarto durante o dia era bastante satisfatória e, à noite, as cortinas com black out vedaram bem a luz. Nossa noite de sono foi muito gostosa com a roupa de cama macia, limpinha e quentinha das nossas camas. Os lençóis de 400 fios de algodão eram uma delícia. Acordar cedo nos dois dias foi uma missão difícil rsrs...



E a vedação de som é outro diferencial! Funciona muito bem.

Destaque para o janelão maravilhoso do quarto que nos permitia olhar a rua, ver o tempo, se estava chovendo... eu adoro uma vista!

O quarto também conta com um rádio com alarme, rádio com conexão MP3, telefone, abajures/luminárias, detector de fumaça, botão de emergência, chave no formato de cartão magnético para entrar no quarto, "olho mágico" na porta do quarto, modernos avisos de "do not disturb" que são eletrônicos, dentre outras facilidades.




Deve-se ressaltar, igualmente, que os quartos apresentam diversas adaptações para serem acessíveis.

Portanto, como vocês bem podem notar, tivemos uma ótima experiência. Até mesmo o piso do quarto, que era de carpete e eu normalmente não gosto disso porque sempre acho que acumula poeira e sujeira, estava impecável, assim como toda a limpeza do quarto. Em resumo, não temos do que reclamar. 

** LOUNGE EXECUTIVO **

Que tudo esse lounge! Amo, amo, amo muito essa exclusividade, o conforto, a sensação de estar num ambiente diferenciado, mais calmo, mais tranquilo, com mais requinte ainda... uma delícia!




No domingo, ao retornarmos do passeio City Tour com a Colombia4u, chegamos a tempo de curtir um pouco do happy hour no Lounge Executivo, que é aberto ao acesso dos hóspedes que estejam nos quartos executivos.




Imagine só se eu e a Sy iríamos dispensar um vinho e uns canapés, hein? Claro que não! Ficamos lá curtindo um pouco o ambiente bem agradável do lounge, tomando nosso vinho de forma bem tranquila e favorável, experimentando alguns dos quitutes servidos pelo happy hour, já no limiar de acabar esse momento, mas chegamos a tempo de aproveitar um pouco.



O legal deste lounge, além de tudo que eu já mencionei acima, da sua exclusividade e conforto, excelente para um momento mais tranquilo, para ler uma notícia num jornal ou atualizar seus emails e notícias nas redes sociais, para fazer uma reunião, para conversar de forma mais discreta, para observar o vai e vem das pessoas no hall de entrada (porque a sua parede de vidro permite acompanhar o movimento do lobby), além disso tudo, você ainda tem acesso Wifi e tomar um café da manhã lá e aproveitar o happy hour no final da tarde, que costuma ser das 17h às 19h.



O café da manhã no lounge também costuma ser mais prolongado do que o café da manhã servido no restaurante La Ventana, apesar de ser uma versão mais reduzida, com menos variedade.




Por fim, passar pelo lounge também vale a pena para tomar um café, um chocolate quente e beber uma água, além de refrigerantes e cervejas, pois o lounge fica o dia inteiro aberto para acesso dos hóspedes. Lembrando que só pode entrar quem está em um quarto executivo ou de categoria superior e que o acesso é feito mediante uso do seu cartão magnético, o mesmo que funciona como chave do seu quarto.


** CAFÉ DA MANHÃ **


O café da manhã é servido todas as manhãs, das 6:30 às 11:00, de segunda a sexta, e das 7:00 às 11:00, aos finais de semana. Não sei vocês, mas eu aaaaaamo café da manhã que é servido até um pouco mais tarde. Acho que todo mundo, durante uma viagem, merece ao menos um dia para ter um lazy breakfast, acordar um pouco mais tarde, desacelerar um cadinho para relaxar, descansar e apreciar de verdade esse momento, principalmente quando o café da manhã servido pelo hotel é um verdadeiro banquete, farto e repleto de gostosuras que você deseja experimentar um pouco de cada!




Assim é o café da manhã do Hotel Hilton Bogota, servido no restaurante La Ventana, que te proporciona uma verdadeira experiência gastronômica matinal, para começar o dia com o pé direito de verdade!

Absolutamente completo, o café da manhã é servido em estações que oferecem pratos quentes, frios, laticínios, pães, frutas, sucos, café, chás... uma delícia!




Acho super fofo quanto o hotel coloca à mostra o favo de mel inteirinho para coletar diretamente dele o mel, não acham?



Nem preciso dizer que eu, apreciadora nata de café da manhã de hotéis, que tem zero maturidade para comer educadamente só um pouquinho quando me deparo com essa fartura em variedade de quitutes maravilhosos, esbaldei-me e só fui ter fome novamente lá para às 17h da tarde rsrs.... sou dessas, viu? Como com prazer e gosto mesmo de provar um pouquinho de cada.




Tudo bem fresco e saboroso!



Não deixem de provar as arepas, os pães, o mel (é claro)... o atendimento foi eficiente, como sempre, e os funcionários estavam sempre atenciosos, prestando atenção para perguntar se queríamos mais café, mais suco ou algum outro item não apresentado nas estações.




O ambiente do restaurante La Ventana é outro fator a ser mencionado: único, com uma iluminação magnífica, decoração moderna e um ambiente muito bonito e chique.


Vale mencionar que o La Ventana, de acordo com o TripAdvisor,  encontra-se em 4º lugar no ranking com mais de 2.330 restaurantes classificados, com Certificado de Excelência e mais de 300 comentários. Clique aqui e confira.



Nós também aproveitamos para jantar por lá na noite de domingo, pela praticidade de já estarmos no hotel, pelo fato de que também ficou tarde, após curtirmos o happy hour no Lounge Executivo, mas, principalmente, pela curiosidade de conhecer um dos melhores restaurantes da cidade. Estava acontecendo o Restaurant Week e aproveitamos para explorar alguns sabores tipicamente colombianos e conhecermos um pouco mais da sua aclamada gastronomia. 


Eu optei pelo lomito de res, já que, uma vez em Bogotá, cidade que está em pleno Altiplano Andino, o mais recomendado é comer carne e não peixe nem frutos do mar. Mas se você não come carne, calma que tem jeito, pois o cardápio é bastante diversificado.



Clique aqui e veja o Menu completo, com valores


Dividindo o ambiente com o restaurante La Ventana, há o Devoción Café, para quem prefere espairecer tomando um café num ambiente que parece ter sido tirado de algum filme da década de 40 ou 50. Lindo, com muitos toques vintages, o Devocion Café encantou-me com sua decoração retrô.


Ouvi dizer que lá eles servem o melhor café orgânico Colombiano!



Não sei se vocês sabem, mas a Colômbia é muito famosa pelos cafés! Reconhecida internacionalmente pela qualidade do café, é uma grande exportadora também. Logo, vale a pena experimentar alguns, não acham?



O Devoción Cafe funciona todos os dias das 7:00 às 21:00.

Agora, se a sua "praia" for algo mais animado, mais agitado, mais descolado, então você adorar o ambiente do Levels Bar, que é uma mistura de bar, lounge e boate, localizado nos fundos do lobby, a caminho da piscina.




Com decoração sexy e divertida, é o lugar perfeito para tomar aqueles bons drinks, comer uns snacks e relaxar antes de dormir... bem, isso se você não se empolgar com as músicas do setlist do DJ residente da casa que não vai deixar ninguém ficar com sono à noite.

Ele é enorme, com uns 3 ou 4 níveis e deve ser por isso que se chama Levels Bar rsrs... não deixem de prestar atenção no seu lustre colorido e bem moderno.

O Levels Bar funciona todos os dias das 12:00 às 24:00.



Ah, uma coisa que muita gente às vezes desconhece é que os restaurantes, bares e lounges de hotéis são abertos ao público em geral. Mesmo que você não esteja hospedado no Hilton Bogota, você pode ir lá conhecer o restaurante La Ventana, por exemplo, o café ou curtir a música do Lounge à noite.



** LAZER **

Acabamos não usufruindo das opções de lazer oferecidas pelo hotel pela falta de tempo hábil. Uma peninha, porque a área da piscina era uma gracinha, super harmoniosa, confortável e, se o tempo estivesse só um pouco melhor, eu juro que tinha dado um tibum na piscina rsrs..




A academia também me impressionou! Diferentemente da maioria dos fitness centers de hotel que vemos por aí, a sala de ginástica do Hilton Bogota era bem grande, muito bem equipada com aparelhos de última geração... eu senti uma vontade enooooooooooorme de malhar lá... #sóquenão! kkkk... se tem uma coisa que eu realmente não curto fazer durante as viagens é malhar em academia. Aproveito tudo o que posso fazer ao ar livre, desde caminhada, mergulhos, nadar, corridas, trilhas... mas ao ar livre, explorando o lugar onde estou... só que sei que muita gente realmente aproveita as academias de hotéis, principalmente quem viaja muito a trabalho e muitas vezes não tem tempo de malhar regularmente durante a semana, assim, ter uma boa academia no hotel faz diferença sim para manter a forma e desestressar.




O Spa também parece oferecer ótimas instalações, com aquela vibe de paz e harmonia, música ambiente relaxante e salas de massagem aconchegantes. Mas a única parte que efetivamente utilizamos foi o banheiro, onde a Sy tomou banho antes de irmos embora da cidade.




Bem, como vocês devem ter percebido, apesar do tempo corrido e limitado, a gente se esforçou a máximo para aproveitar cada instante de forma intensa e trazer boas dicas para vocês.

Recomendo com empenho o Hilton Bogotá, inclusive porque não achei as tarifas do hotel caras (clique aqui e simule uma hospedagem lá). Os preços são justos, considerando tudo o que ele oferece e especialmente se você não dispensa luxo, conforto e um ótimo atendimento durante a sua viagem.

Enfim, faltaram coisas a ver e fazer em Bogotá, como o badalado e super famoso dentre os brasileiros Restaurante Andres Carne de Res, que fecha às segundas (por isso não fomos), assim como museus (é sempre importante avaliar o dia em que estará na cidade e verificar antes o que estará funcionando).

A gastronomia colombiana, um dos pontos altos do turismo no país, é sem dúvidas uma delícia! Se estiverem em Bogotá, as carnes são as especialidades da cidade, muito mais apreciadas do que peixes e frutos do mar. Até porque convenhamos... a cidade está a 2.600 m de altura do nível do mar. Não deixem também de experimentar as empanadas de massa de milho, o lomito de res e as tradicioanis arepas. De resto, creio que dois dias ou três dias, no máximo, são suficientes para absorver bem a essência da cidade e visitar seus pontos turísticos principais, juntamente com a gastronomia.

Muito obrigada ao Hilton Bogotá pela oportunidade de ficar num excelente hotel! Adoramos!

** FICHA TÉCNICA DO HOTEL HILTON BOGOTÁ **

- Endereço: Carrera 7 n. 72-41, Bogotá, Colômbia

- Telefone: +57 1 6006100


- Localização: Aproveite a localização central e a atmosfera estilosa do hotel Hilton Bogota. Localizado no coração do distrito financeiro, o hotel fica próximo à Zona Rosa e T – um dos bairros de maior prestígio na cidade em matéria de entretenimento – e à Zona G, a área gourmet, para refeições. Chegue ao hotel em apenas 25 minutos saindo do aeroporto internacional de El Dorado.

- Locais de Interesse próximos ao hotel:

. Teatro Nacional Fanny Mikey: 0,4 km
. Igreja Portiuncula: 0,4 km
. Teatro Hilos Magicos: 0,6 km
. Royal Center: 0,9 km
. Atlantis Shopping Mall: 1,1 km
. El Retiro Shopping Center: 1,2 km
. Restaurante Andres DC de Res: 1,2 km
. Andino Shopping Mall: 1,3 km
. Zona T: 1,4 km
. Teatro Santa Fe: 2 km
. El Chico Museum: 2,5 km
. El Campin Coliseum: 2,5 km
. El Campin Stadium: 2,7 km
. Museo del Oro: 7km
. Cerro de Monserrate: 10 km
. Jardim Botânico Jose Celestino Mutis: 4,9 km
. Unicentro Shopping Mall: 5,5 km
. Praça Bolivar: 6,8 km
. Zona G: 0,3 km
. Catedral de Sal Zipaquirá: 45 km
. Bairro Colonial de La Candelaria: 1,5 km

- Aeroportos mais próximos:

. Aeroporto Internacional El Dorado: 15 km - 25 minutos de carro

. Aeroporto La Vanguardia: 73,1 km

- Do aeroporto El Dorado:

Do aeroporto, pegue a Eldorado Ave. (26th) 13 km até 7th Ave. Vire na direção norte na 71st St., vire à esquerda na 70th St. e vire à direita na Carrera 9th. Siga por 500 metros e vire à direita na 75th St. Siga até a 7th Ave. e vire à direita, seguindo então por 400 metros. Tarifa média do táxi: USD 25

- Fumantes: Não, hotel para não fumantes

- Check in/out: Check in às 15h e Check out ás 12h

- Pet Friendly: Não

- Child Friendly: sim. O restaurante do hotel oferece um cardápio kids, berços, cadeiras altas para crianças.

- Estacionamento/Garagem: sim, porém é self parking (cada um estaciona o seu carro)

- Serviços: 900m² de espaço para eventos, Wi-Fi gratuito por todo o hotel, recepção disponível 24 horas, elevador, cofre na recepção, business center 24h, serviço de lavanderia, lojas, salas de conferência para reuniões, salão de festas com capacidade para 500 pessoas, estacionamento, serviço de Concierge, serviço de impressão, Fax, Serviço de revelação de fotos, Vídeo Conferência disponível, bagageiro na recepção, Bar, Câmbio de dinheiro, Lounge, equipe multilíngue e balcão de turismo com todas as dicas para os hóspedes.


- Lazer: Academia de Ginástica, SPA, Piscina aquecida ao ar livre

- Gastronomia:  Restaurante Mediterrâneo La Ventana, Levels Bar e Coffee Shop Devotion - http://www.laventanarestaurante.com/

- Quartos: são 245 suítes para não fumantes, equipadas com ar condicionado, telefone, TV com canais a cabo, internet de alta velocidade com e sem fio, mesa de escritório, cofre, rádio, mini-bar, frigorífico, máquina de café e chá e sistema Wi-fi. Banheiros completos com ducha, espelho para maquiagem, amenities e secador de cabelo. Há também quartos para pessoas com problemas de mobilidade. Serviço de quarto 24h

- Acessibilidade: quartos acessíveis, business center acessível, mesa do Concierge com acessibilidade, elevadores, restaurante La Ventana com rampa de acessibilidade, Estacionamento acessível, Entrada principal acessível, Recepção do hotel também acessível, piscina com acessibilidade, alarmes audíveis, portas do banheiro largas para passar cadeira de rodas, elevador com informações em Braille... dentre várias outras funcionalidades e adaptações presentes no hotel, pensadas no bem estar de pessoas com dificuldades locomotoras, cadeirantes e com outras restrições.

- No Booking.com: com nota 9.0 e cerca de 600 avaliações. Clique aqui para verificar.

- No TripAdvisor: com nota 4.5 (equivalente ao 9), o hotel tem mais de 1.150 avaliações e encontra-se em décimo lugar no ranking com cerca de 270 hotéis classificados. Ganhou o selo Traveller`s Choice 2017. Clique aqui e veja os comentários.


- Instagram do Restaurante: https://www.instagram.com/laventanabogota/

- No Instagram do Apaixonados por Viagens:

- clique aqui e veja o vídeo da experiência completa em Bogotá

- clique aqui e veja um vídeo do quarto

- clique aqui e veja a foto do café da manhã


CLIQUE AQUI E FAÇA A SUA RESERVA




Nenhum comentário:

Postar um comentário