quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Travel Mobile: chip internacional para celular testado no México

Em junho de 2017, eu tive a oportunidade de testar novamente o chip internacional pré pago da Travel Mobile, na viagem que fiz para o para o México. Há quase 3 anos, em outra viagem, na época para os EUA, eu usei o chip da Travel Mobile para uma viagem que fiz para NY e havia gostado bastante do serviço oferecido. Inclusive, eu contei AQUI para vocês como foi essa experiência e como o chip me ajudou na situação em que eu perdi minha mãe em plena hora do rush, na 5th Avenida, em Nova Iorque e que me causou bastante agonia na hora e arrancou boas gargalhadas depois que tudo se resolveu.


Eu conheci a empresa em 2014, quando fui contactada pelo Rogério Cunha, co-fundador da Travel Mobile, empresa Americana com sede em Washington DC, criada em 2012 com o propósito de melhorar a experiência de acesso à telefonia móvel para turistas estrangeiros, estudantes e viajantes de negócios visitando os EUA, reduzindo a complexidade na aquisição, ativação dos planos pré-pagos de telefonia móvel. Para a minha alegria, de lá para cá, a Travel Mobile cresceu e expandiu-se para vários outros destinos, além dos Estados Unidos, operando agora também no Canadá e em diversos países da América Latina, Caribe, Europa e da Ásia.

A Travel Mobile agora trabalha com planos pré-pagos que incluem pacotes de voz, texto e internet em mais de 100 países!!

Portanto, nada mais oportuno do que experimentar mais uma vez o chip que tão bem me atendeu em 2014 e verificar como anda a cobertura dele no México. Já adianto uma coisa: foi em disparado o melhor chip com a melhor cobertura, velocidade na transmissão de dados e sinal, se comparado com os demais simcards internacionais que os colegas que participaram da press trip levaram.



Eu fiquei conectada o tempo todo! Para absolutamente tudo o que eu precisava, ele estava lá sem furos: whatsapp, compartilhamento de fotos e vídeos, assistir a videos no youtube, fazer pesquisas no Google, receber e enviar emails, postar fotos e vídeos em redes sociais (Instagram e Facebook), fazer Stories no Instagram... a única coisa que eu não fiz foi o vídeo ao vivo na ferramenta do Live do Instagram. De resto, super aprovado e recomendado, sem problemas! 



Não tive problema por ter acabado o pacote de dados. Ele foi bem adequado para todo o período da viagem, durou 1 semana.

Dessa vez, em parceria novamente com o Travel Mobile, o Rogério que me orientou a fazer assim: ele adicionou USD 135,00 em minha conta no site e me pediu para acessá-lo e escolher o plano e a data da ativação. É bem fácil e tranquilo de fazer.

Para vocês terem uma ideia, eu fiz a ativação do chip no mesmo dia que viajei, mas é claro que eu  já estava com o chip em mãos, porque recebi em minha residência uma semana antes de viajar. 

Coloquei como opção América Latina e ativei o OneSimCard, operadora que foi a escolhida e que tem cobertura no México.


Pouco tempo depois eu recebi um email com os detalhes do meu pedido e depois outro email com a confirmação. Tudo muito eficiente. 

DETALHES DA MINHA ATIVAÇÃO: Chip & Plano - OneSimCard 

 SUA ATIVAÇÃO

Chip & Plano

OneSimCard 8937201016060002951

Ativar em 17 de Junho de 2017
2 GB + 20USD 135,00
SubtotalUSD 135,00
CreditUSD 135,00
TotalUSD 0,00
























Para a minha surpresa, esse mesmo simcard funcionou nos EUA, o que eu achei ótimo porque eu fiz conexões tanto na ida quanto na volta em Houston que foram longas, com cerca de 5h, e a minha internet estava funcionando maravilhosamente bem, permitindo-me ficar conectada e acompanhando o mundo virtual durante o tempo de espera. Super!

Foi uma maravilha chegar no meu destino com o Chip pré-pago já ativado e pronto para ser usado! Nem perdi tempo com isso de comprar lá um chip, coisa que aconteceu com alguns colegas na viagem, que optaram por comprar simcards internacionais durante a viagem... até perdemos um tempo com isso, esperando por eles e você tem que assinar contrato, entender um pouco de espanhol ou inglês para adquirir um plano que seja adequado aos seus propósitos... ou outros colegas que ficaram na mão e tiveram que fazer várias recargas ao longo da viagem.

Enquanto eu estava lá, com meu celular funcionando muito bem, sem precisar fazer qualquer recarga, com ótima conexão na internet 4g... e mesmo que eu porventura precisasse, poderia perfeitamente gerenciar o uso do meu chip e fazer recargas adicionais, durante a viagem, tudo pela internet, diretamente pelo site deles, sem dificuldade.



Achei bem prático e posso afirmar, de quem usou pela primeira vez o chip há quase 3 anos e voltou a usar, que a TravelMobile segue como ótima opção e que seus serviços acompanharam a evolução tecnológica, ficando mais eficientes, mais práticos e nada com otimizar seu tempo poque a vida já está corrida demais, não acham?

Portanto, mais uma vez, usei e aproveitei bastante o chip internacional que recebi do Travel Mobile! Sei que à primeira vista, talvez comparando com outros planos de outras empresas que vendem chi

**PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A TRAVEL MOBILE**

Como entrar em contato com o atendimento?

Em Português - através do e-mail suporte.brasil@travelmobile.biz
Em Inglês - através do e-mail support@travelmobile.biz

Qual o tipo de telefone? Você precisa de um aparelho celular GSM desbloqueado que suporte 1700 MHz e 2100 MHz nos EUA, de preferencia telefones GSM com múltipla frequência.

Como posso saber se o meu telefone é desbloqueado? Você saberá se o seu telefone é desbloqueado indo até a loja/operadora onde comprou e perguntando, ou instalando um chip de operadora diferente e verificando se ele funciona.

Quais são as formas de pagamento? Somente aceitamos cartões de crédito (Visa, MasterCard, American Express, Discover) e PayPal.

Quanto custa do CHIP? O valor do chip é de USD 20,00

Qual é a validade do chip? A validade do CHIP começa a contar a partir da data de ativação do plano.

. ONESIM expira seus SIMs depois de 1 ano com um saldo zero.
. JT expira seus SIMs depois de 3 meses com um saldo zero.
. Os CHIPs pré-pagos dos EUA (LYCA e Red Pocket) expiram após 30 dias sem recargas, quando perdem a validade e são cancelados pela operadora.

O chip funciona no Brasil ou em algum outro país?

. O CHIP dos Estados Unidos não funciona no Brasil ou em qualquer outro país, somente dentro dos Estados Unidos.

. O CHIP da Europa funciona na Europa, Brasil ou em qualquer outro país.

. Somente os CHIPs das operadoras ONESIM e JT funcionam no Brasil.

Eu terei algum custo por receber ligações de outros países durante uma viagem aos Estados Unidos?

Não haverá nenhum custo adicional para receber chamadas de outros países.

Posso falar ilimitado para qualquer telefone nos Estados Unidos?

Sim, você pode falar ilimitado com qualquer número de telefone dos Estados Unidos seja fixo ou celular e de qualquer operadora.

A internet é ilimitada?

Algumas operadoras oferecem planos com internet ilimitada e com uma franquia de dados em alta velocidade, mas somente nos EUA.

O que acontece quando a franquia de dados em alta velocidade é atingida?

Você continua acessando a internet, mas com velocidade reduzida, no caso com conexão 2G.

Existe algum plano com chamadas internacionais ilimitadas?

Não temos essa opção, mas em geral um viajante utiliza cerca de 100 minutos fazendo e recebendo chamadas internacionais.

Qual é a validade dos créditos/planos?

A validade é de 30 dias a contar da data de ativação.

Existe algum plano com menos de 30 dias?

Todos os planos pré-pagos são válidos por 30 dias, o que muda de um plano para o outro é somente o pacote de dados.

Existe algum plano somente com pacote de dados?

Todos os planos possuem créditos para chamadas locais e internacionais.

Por questões de segurança um CHIP ativado para um estrangeiro precisa poder fazer chamadas em caso de emergência, seja para entrar em contato com o seguro viagem, locadora de carro e embaixadas.

Viajarei para vários países da América do Sul, Ásia e Europa, preciso comprar um CHIP para cada país?

Não, com apenas um CHIP você consegue visitar todos os países.

Preciso configurar o telefone sempre que estiver em deslocamento entre cidades e países?

Você só precisa configurar o telefone uma única vez, depois não mais. Pode ser necessário configurar o APN da operadora para que a rede de dados do seu telefone funcione.

Posso fazer recargas adicionais durante a viagem?

Sim, nossa plataforma permite que você faça recargas adicionais a qualquer hora.

Como faço a recarga?

É bem simples, você só precisa acessar sua conta em nosso site, identificar o CHIP que deseja recarregar e entao escolher pelo tipo de recarga (Mensal, Pacote de Dados, Créditos para Chamadas internacionais).

Os pacotes de dados e créditos para chamadas internacionais são acumulativos nas recargas?

Sim, mas somente os créditos para as chamadas internacionais.

Posso reutilizar o mesmo CHIP em outras viagens?

Sim, desde que você faça recargas mensais, caso contrário o CHIP e número são cancelados pela operadora.

Existe algum prazo para fazer as recargas antes que o CHIP e número seja cancelado pela operadora?

Sim, os prazos são:

Até 30 dias após a ativação ou ultima recarga mensal para as operadoras LYCA e Red Pocket
Até 3 meses após a ativação ou ultima recarga para a operadora JT
Até 1 ano após a ativação ou ultima recarga para a operadora ONESIM


** INFORMAÇÕES ÚTEIS E CURIOSIDADES **

- Sobre Banda de Frequência ou Faixas de Frequência

Nos Estados Unidos, a rede 4G opera nas faixas de 1.700 Mhz a 2.100 Mhz. Portanto, aparelhos como o iPhone 5, com suporte à internet móvel ultraveloz, não são compatíveis à rede brasileira.

A incompatibilidade também ocorre na via contrária: um aparelho 4G comprado no Brasil não funcionará na rede 4G no exterior. No Brasil, a faixa do 4G, vai de 2.500 a 2.600 Mhz.

- Sobre Celulares DUAL CHIP

Se o seu telefone for de modelo dual-chip, tipo aqueles que funcionam com dois CHIPs, por favor, remova o CHIP do Brasil (ou do seu país) e deixe somente o CHIP da Travel Mobile e no slot 1 (Gavetinha 1) para não correr o risco de pagar também pelo roaming internacional no caso do CHIP brasileiro.

- Sobre o uso do WhatsApp

Você não precisa cadastrar seu novo número do chip internacional para usar o WhatsApp. Aguarde até que você chegue país do seu destino e, quando for utilizar o WhatsApp, o aplicativo vai identificar uma nova rede e um novo número. Em seguida, perguntará se você deseja atualizar o número de telefone. Nós recomendamos que você escolha a opção NÃO ATUALIZAR, pois assim todas as conversas e grupos serão mantidos e você não precisará enviar seu novo número para as pessoas manterem contato com você.

- Controle do pacote de dados

Você pode instalar um aplicativo que permita acompanhar o consumo do seu pacote de dados e até mesmo identificar quais são os aplicativos que mais consomem dados sem o seu conhecimento. Existem várias opções disponíveis como, por exemplo o My Data Manager, que tem a interface mais amigável e suporta vários idiomas.

No meu caso - Samsung Galaxy S6 - o próprio gerenciador de arquivos do aparelho me mostra quanto que cada aplicativo instalado consome e também ele tem uma ferramenta que disponibiliza o consumo de gigas bites por períodos e é lá que eu faço o meu controle de quanto que eu estou consumindo.

- Google Maps no modo offline

É possível usar o Google Maps no modo Off-line e poupar o pacote de dados, especialmente quando você estiver dirigindo por horas, utilizando seu celular como gps, sem a menor necessidade de deixar o Google Maps ligado, consumindo dados, além de outros aplicativos que estarão ativos, enquanto você estiver dirigindo sem poder dar aquela espiada. A dica é baixar antes os mapas, quando tiver internet/wifi, já traçar as rotas que deseja e iniciar a corrida, para só depois colocar seu celular no modo avião.

- Sobre os Aplicativos de Navegação - GPS

O uso de aplicativos de navegação no smartphone é uma das principais funcionalidades exploradas por viajantes, entre os aplicativos mais populares destacam-se o Waze e o Google Maps.

Google Maps - É o meu preferido, o mais popular e quase insuperável por seus serviços de GPS. Dentre seus atrativos estão uma eficiente pesquisa de rotas, busca por voz, pontos de interesse em locais próximos, informações sobre o trânsito em tempo real e detalhes sobre as linhas de transportes públicos. É funcional para quem usa carro, ônibus ou até para aqueles que preferem andar de bicicleta.

Waze - Funciona como um GPS colaborativo e quem tem o aplicativo pode enviar informações sobre o trânsito para todos acessarem. Com um toque mais social, o serviço tem foco na participação coletiva: as pessoas têm perfis, ganham pontos por seu progresso e podem customizar avatares. O aplicativo facilita o acesso às informações de forma interessante e tem quase tudo o que o Google Maps tem.

Qual é o melhor? Os dois são bons, MAS para as viagens internacionais e no dia a dia, eu prefiro usar o Google Maps, pelas seguintes razões: primeiro, porque consome menos bateria do que o Waze, segundo, porque facilita o uso de transportes públicos e, por último, mas não menos importante, o uso no modo Off-line, sem a necessidade de usar o pacote de dados.

- Sobre as operadoras do chip com plano pré-pago internacional 

Essa é uma questão que sempre surge quando se fala sobre comprar um chip e plano pré-pago internacional. O que podemos adiantar é que depende de uma série de variáveis. Você vai ficar na mesma cidade ou vai se deslocar muito? Quais os serviços que para você são fundamentais?

Caso tenha tempo, o ideal dos mundos é que você analise as operadoras existentes no seu país de destino com cautela e veja o que os seus consumidores dizem a respeito em sites como o TripAdvisor (eu costumo colocar no Google e ver o que aparece de bom e ruim, em termos de recomendação).

Fato é que a maioria das pessoas que opta por usar um chip e plano pré-pago internacional está mais interessada mesmo no uso de dados móveis, ou seja, internet, redes sociais, whatsapp.

Acontece que, em se tratando de uma viagem internacional, é bom garantir ao menos alguma possibilidade de fazer ligações, sejam via Skype ou Whatsapp, pois nem sempre as mensagens são lidas e às vezes você pode enfrentar uma situação mais urgente que demande uma resposta mais imediata. Ou se você precisar fazer uma ligação que não seja por essas vias (se você não tiver Skype com crédito, por exemplo) mas sim uma ligação convencional para um Seguro Viagem, em caso mais sério, ou informar para a locadora do carro que o veículo apresenta algum problema ou, até mesmo, em caso de furto ou roubo de documentos em que se faça necessário ligar para o consulado ou ligar para o Cartão de Crédito (isso já aconteceu comigo no Peru, quando meu cartão de crédito foi engolido pela máquina, que não o devolveu, e eu fiquei sem saber se poderia ser erro da máquina, se seria golpe estilo "chupa-cabra" que já teve no Brasil... por sorte, Julio tinha crédito no skype e consegui ligar para a operadora do cartão que efetuou o seu cancelamento)... enfim, situações assim em que faz diferença ter algum crédito para fazer uma ligação e isso pode ajudar também na hora de definir qual chip e qual plano adquirir.

- Roaming Internacional ou CHIP pré-pago internacional?

Se você fará uma viagem internacional, sem dúvidas precisará planejar tudo quanto for necessário para o sucesso da sua aventura e uma dessas etapas provavelmente passará pela questão da comunicação. Há quem tenha espírito evoluído e não se preocupe com isso. Conecta a internet quando tem wifi, manda mensagem quando consegue, utiliza os computadores que às vezes são disponibilizados pelos hotéis... enfim, se você for como eu e não tiver alcançado essa evolução espiritual nem esteja à procura de um detox do mundo virtual, vale a pena então pensar se você vai se valer de pacotes de dados oferecidos por sua própria operadora do Brasil, o que chamamos de roaming internacional, ou se vai comprar um chip internacional com um plano pré-pago, que pode ser adquirido aqui no Brasil mesmo, antes de viajar, para já chegar no destino conectado, ou se deixará para comprar lá no lugar para onde irá.

O roaming internacional, portanto, é um serviço que é ativado quando saímos de nosso país e usamos a rede da operadora que atende o lugar onde estamos, o que seria perfeito, sem precisar comprar chip internacional, trocar o chip, ativar um chip nem nada disso, se fosse um serviço com um valor justo. Acontece que a taxa cobrada pelo roaming internacional é sempre bem alta, muitas vezes abusiva, ao  ponto de não justificar para nós meros mortais ativar esse serviço, esse serviço tem uma taxa muito alta, a ponto de ser abusiva. Além de cobrar por acesso, transferências e ligações realizadas, o roaming também cobra pelas ligações e os dados RECEBIDOS pelo seu celular. Entendeu? Eu explico: em 2007, quando eu estava na Europa, eu recebi uma ligação que eu não atendi. Vejam bem... eu não atendi! E, mesmo assim, eu paguei naquela época, há 10 anos, cerca de R$15,00. Quero nem imaginar quanto que custaria hoje em dia.

Fiquei furiosa e contestei junto à operadora naquela época, porém, a resposta cretina que recebi foi a de que eu estaria pagando o valor pelo simples fato de o serviço estar à minha disposição para uso se eu precisasse, mesmo que eu nem tenha atendido a ligação.

Por isso mesmo que é importante você conhecer a sua operadora antes de solicitar qualquer tipo de serviço a ser usado fora do Brasil e tire todas as suas dúvidas e busque saber exatamente quanto pagará para cada serviço do pacote de roamning, se optar por isso. Se você é do tipo de cliente que não abre mão da sua operadora de celular, temos que te dar a triste notícia de que você será cobrado por taxas altíssimas após sua viagem.

- Descubra aqui quais são os riscos das redes de Wi-Fi livre

Que alívio que dá quando você precisa urgentemente falar com alguém, está sem 3G e de repente surge uma rede de Wi-Fi aberta em seu radar. Mas você sabe quais são os riscos de acessar essas redes de Wi-Fi livre?

Através de alguns protocolos de segurança, os roteadores e os pontos de acesso conseguem controlar uma rede. Através de portas como WEP, WPA e WPA2, é possível monitorar que somente pessoas autorizadas consigam acessar.

Contudo, quando falamos de rede de Wi-Fi livre, não existe controle algum sobre os acessos. No máximo, o navegador vai migrar o usuário para uma página simples para criação de login.A grosso modo funciona como se a porta de sua casa estivesse sempre aberta e qualquer passante pudesse entrar. As redes públicas de Wi-Fi não possuem firewall adequado o que significa que, se um usuário mal intencionado e com algum conhecimento de sistemas conseguir identificar o seu IP (ou de qualquer outro computador conectado a essa rede), ele poderá invadir o computador referente.

A verdade é que a partir do momento que você fornece dados e senhas em um protocolo da web, não consegue mais ter absoluto controle sobre essas informações. E numa rede de Wi-Fi livre esse risco é ainda mais elevado. Calma... não entre pânico! Eu ainda uso bastante as redes de Wi-Fi livre até mesmo porque não é possível se manter 100% alheio às ameaças cibernéticas. No fundo no fundo, nós podemos facilitar a vida dos hackers ou não. Porém, mesmo com vários obstáculos, se alguém quiser muito muito acessar seus dados, é bem provável que consiga. Uma das maneiras de minimizar essa situação é frequentemente atualizar o sistema operacional de seu celular e tentar, na medida do possível, conectar-se somente em redes confiáveis.

** Contatos Travel Mobile **

- E-mail: suporte.brasil@travelmobile.biz.




- Reclame Aqui: o Travel Mobile recebeu apenas 1 reclamação nos últimos 12 meses - https://www.reclameaqui.com.br/empresa/travel-mobile/






Nenhum comentário:

Postar um comentário