quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Brewsil: Bar de Cerveja Artesanal em Botafogo

É tempo de comemoração para a família da cerveja artesanal Brewsil (lê-se "Brilsil", com muita brasilidade mesmo), conhecida no cenário carioca, apesar de pouco tempo de estrada, pois surgiu em 2016 focada na venda de chopes em tuk tuks em eventos de rua pela Cidade Maravilha, a marca lançou seus três rótulos engarrafados e inaugurou recentemente a sua casa fixa no bairro que se consolida a cada ano como o mais boêmio da cidade: Botafogo! 



Aliás, foi-se o tempo em que Botafogo era conhecido como bairro de passagem. Pelo contrário, hoje em dia o bairro é pop, é riquíssimo em excelentes opções gastronômicas que atendem a todos os gostos e perfis (e bolsos!) e está cada vez mais animado, reduto de uma galera jovem, descolada e divertida.

Após o sucesso do Errejota, chope Pilsen Premium não filtrado, que foi o primeiro lançamento da Brewsil com grande aceitação do público, não tardou muito até que os sócios Lucca Soraggi, Bruno Dias e Leonardo Stockler, com desejo de oferecerem produtos de qualidade, que funcionassem muito bem para acompanharem um happy hour, uma confraternização, encontro de amigos com boas risadas, lançassem então os rótulos Sampa (Witbier) e o Floripa (Session Ipa).


Curiosidade: Brewsil é produzida na cidade de Capim Branco, em Minas Gerais, sob o cuidado do mestre cervejeiro Marcelo Toledo.


O negócio embrionário rapidamente ganhou fôlego e a Brewsil lançou, utilizando garrafas de 600ml, os três estilos que fizeram sucesso com os chopes. Detalhe importante da marca é que seus rótulos trazem pontos turísticos marcantes das respectivas cidades homenageadas, com os traços do artista Eduardo Andrade. A Errejota mostra o Pão de Açúcar; a Sampa, o emblemático Museu de Arte de São Paulo, e a ponte Hercílio Luz ilustra a Floripa. Em tom descontraído, o contra rótulo também ganha uma descrição das cervejas com linguagem e expressões dos respectivos locais. E os sócios estão bastante animados porque a ideia é lançar um novo estilo por semestre.

E nós fomos lá conferir a casa nova da Brewsil que está bonita, hein? Eu já conhecia a cerveja porque eles também são parceiros do Hotel Best Western Copacabana, onde, em um coquetel, eu tive o primeiro contato e já curti os produtos oferecidos.

Participamos, portanto, deste grande e importante passo dado pela Brewsil, pois, depois do envase das cervejas, era a vez de conquistar o mercado de vez. Eu super admiro essa alma empreendedora e a coragem de quem realmente acredita no país, acredita na recuperação econômica do Rio de Janeiro, pois, em tempos de crises, investir em novos negócios é sempre algo mais complicado, mais difícil, pois naturalmente os riscos são grandes, por isso mesmo dou muito valor aos que não desistiram porque são eles que vão girar essa roda para a gente seguir caminhando e não ficar parado esperando afundar. Eles estão de parabéns e ganharam meu respeito por isso. Espero de coração que dê certo, porque a casa está muito bonita e está localizada em um pedaço da Rua 19 de Fevereiro que eu nunca tinha ido antes.

Sempre tivemos a vontade de empreender, só não sabíamos em qual mercado. A única certeza era de que precisávamos aliar paixão à oportunidade. Foi quando ocorreu o boom da produção de cervejas artesanais aqui no Brasil e decidimos mergulhar de cabeça. A empatia do público pela nossa Pilsen, a primeira que produzimos, foi rápida e logo sentimos a demanda de ampliar nosso negócio. Criamos então uma Witbier e uma Session Ipa. Agora, com o lançamento das cervejas, alcançamos o nicho do varejo que ajuda a expandir o alcance da marca.”, diz Lucca.


Curiosamente, são vizinhos da Brewsil outras duas cervejarias conhecidas deste crescente e bem sucedido cenário cervejeiro artesanal carioca: a Hocus Pocus e a Mohave. Já estou prevendo que, em breve, esse trecho da rua será mais um novo point do bairro, região que alguns já estão chamando de BotaSoho, uma referência ao badalado bairro Nova Iorquino.

A Brewsil aproveitou a instalação de um galpão onde antes funcionava uma oficina mecânica, com o pé direito alto, o projeto do arquiteto Fabio Cardoso teve inspiração em elementos industriais, com todo o cuidado de não desnaturar a essência do casarão, preservando uma antiga parede de pedras encontrada durante a construção, o que confere todo um charme extra ao lugar. Merece destaque a câmara fria com capacidade para 25 barris, exposta atrás do bar para exibir as estrelas da casa.


Achei muito linda a decoração com lâmpadas... fiquei encantada mesmo! O telão ao fundo, que eu imagino que deverá ser usado para exibir jogos, por exemplo, certamente será outro grande atrativo em dias de partidas clássicas que levam sempre muitos apreciadores de cerveja para os bares.


Como a casa é grande, há várias mesas e cadeiras, o que torna o espaço também bastante adequado para comemorações e reuniões familiares e amigos, por exemplo.

Adorei também saber que a Brewsil dedicará um espaço para exposições de arte, elegendo, a cada temporada, um artista para exibir suas obras por lá, o que eu acho uma iniciativa incrível de apoio à cultura.

Oito torneiras calibram os copos da clientela. Três delas com chopes Brewsil, duas destinadas às marcas convidadas – chamadas de “bicão” - e três para drinques on tap. 


Da cozinha aberta para o salão saem cerca de dez quitutes oferecidos no menu, assinados pela Sabor de Fato, das sócias Monica Cardoso e Daniela Toaldo, bem como do Belga, de André e Gabriel Palatnic.



Antes de eu chegar, foram servidos Linguiça Suína Defumada artesanal que é acompanhada de mostarda escura (R$16,00) e uma Seleção de Antepastos composta por caponata de berinjela, pepino agridoce, patê de fígado da casa e geleia de amora (R$18.00) que eu não cheguei a provar, mas vocês terão que acreditar no Julio que, chegou antes de mim, e disse que estavam bem gostosos. São porções com valor bem honesto, como vocês podem perceber e ótimas para degustar com amigos.



Entre petiscos e hambúrgueres, nós provamos a batata frita acompanhada de molhos de maionese caseira de alho e de amendoim picante, que estavam uma delícia, crocante e salgada na medida. 



Também provamos o Arancini de Riso, um bolinho de risoto de limão siciliano com muçarela (R$19) que estava divino e foi um dos meus preferidos. 


O Brewbelga, hambúrguer artesanal especialmente elaborado para a casa, com bacon caramelizado na Brewsil Floripa, queijo Serra do Salitre e geleia de tomate da casa no pão brioche (R$29) é um carro chefe, sem dúvidas! O valor é honesto, o tamanho é bom e dá até para dividir e ele é bem recheado com uma gramatura de carne ótima, suculenta e saborosa.


Adoramos o Papelote de cogumelos, que vieram embrulhados em uma trouxinha de papel alumínio que os manteve quentinhos (R$22.00). Estavam deliciosos e bem temperados com alho, salsinha e shoyo!



Não deixem também de provar a Burrata com Pesto e Tomate Confitados (R$26.00), que é outra ótima pedida, perfeita para compartilhar e feita na casa. 


Para sobremesa, hummmmm... hit mundial do momento que toca em todos os lugares chegou também na Brewsil com tudo: o Despacito é a sobremesa para você comer literalmente devagarinho, apreciando bastante as 4 unidades churros crocantes, sequinhos e quentinhos com doce de leite, em perfeita harmonia! (R$15.00)



E se você também quiser arrematar e atolar de vez o pé na jaca - por que não? - prove a Mini Torta Mousse de chocolate que também é de respeito, cremosa e rica em sabor. (R$15.00)



Falando em harmonização, vamos falar do que mais interessa, certo? As cervejas!

Nossa dica é pedir a régua de degustações para poder experimentar os chopes servidos na casa e escolher os que mais te agradaram.


Eu comecei com a witbier - Sampa, pois normalmente meu paladar tende mais para esse estilo ou para a weiss. Afinal, são tipos próximos de cerveja. Mas confesso que não morri de amores pela witbier deles (deve ser implicância com São Paulo kkkk) e, após experimentar a régua de chopes, eu acabei gostando mais da Session Ipa - Floripa... será por que? Amo Floripa de paixão! rsrsrs... será que isso influenciou meu julgamento? rsrs...

De todo modo, Julio, que normalmente não costuma gostar das mesmas cervejas que eu - ou seria o contrário? - acabou concordando comigo e também preferiu a Session Ipa, campeã da noite para a gente.


Além de Errejota, Sampa e Floripa, a Brewsil também estava plugada com duas cervejas da cervejaria convidada Lhama Loca, que permanecerá durante o mês de agosto no bicão da casa. Mês que vem já virá outra.

Os dois chopes servidos pela casa da Lhama eram o Irish Red Ale e o Munich Helles:

- Red: malte caramelo, suave amargor e final torrado e seco. Teor alcoólico: 4,9%
- Helles: límpida e dourada, é uma cerveja leve e saborosa. Teor alcoólico: 4,9%

Não poderia deixar de mencionar que os garçons estão super preparados para sugerir harmonizações com os pratos que forem pedidos e as cervejas da casa, além de serem atenciosos e simpáticos.

Então, curtiram a novidade? Aproveitem e vão lá conferir de perto também que está fresquinho fresquinho!

Com Tavinho e Ferd, do blog Maior Viagem

- Cervejas/Chopes oferecidos pela Brewsil:

. Errejota / Pilsen Premium: Não filtrado, de sabor pronunciado e bastante refrescante (Chope 300ml – R$10 / Cerveja 600ml – R$20)
Graduação: 5,0% ABV
Cor: Clara
Amargor: 13 IBU
Harmonização: Pratos leves, frutos do mar

. Floripa / Session IPA: bastante refrescante, com amargor equilibrado e aroma cítrico acentuado. (Chope 300ml – R$14 / Cerveja 600ml – R$28)
Graduação: 4,4% ABV
Cor: Clara
Amargor: 42 IBU
Harmonização: Carnes e pratos mais gordurosos.

. Sampa / Witbier – Witbier no estilo clássico: Base de trigo, semente de coentro, casca de laranja e suco de laranja, que garante o sabor mais adocicado, que é o diferencial desse Wit.  (Chope 300ml R$12 / Cerveja 600ml – R$24)
Graduação: 4,7% ABV
Cor: Clara
Amargor: 14 IBU
Harmonização: Pratos leves, japonês, frutos do mar.

** FICHA TÉCNICA **

- Endereço: Rua 19 de fevereiro, 188 – Botafogo

- Tel: (21) 3819-1989

- Site: https://www.brewsil.com.br/

- Horário de funcionamento: Terça a Sábado, das 18h às 01h  e domingo, das 15h à 23h

- Cartão de crédito: todos menos ELO. Cartão de débito: todos menos ELO. www.brewsil.com.br

- Como Chegar: tem um estacionamento bem na frente, mas se você for para lá para beber (e recomendamos que vá para beber rsrs) melhor ir de metrô, pois a estação de metrô de Botafogo (saída para a Voluntários da Pátria) fica a 6 minutos de caminhada de lá. Ou aproveite as promoções e descontos dos aplicativos Uber, Cabify, Táxi 99, EasyTaxi... 

- Instagram: https://www.instagram.com/brewsil/

- Clique Aqui e veja nosso vídeo da experiência no Instagram do Apaixonados

Um comentário:

  1. Matéria incrível, quando for visitar o Rio de Janeiro você que é de outro estado, faça o seguro viagem com ele você consegui um melhor atendimento!

    ResponderExcluir