terça-feira, 7 de junho de 2016

GastroBar de Tapas em Copacabana: Conheça o El Born

No final do mês de maio de 2016, tivemos o enorme prazer de conhecer o delicioso cardápio do restaurante El Born, que trouxe um pouco deste boêmio bairro de Barcelona para Copacabana. A casa recebeu um super divertido encontro de blogueiros cariocaxxxx, que foi animado por muitos drinks saborosos, sangrias e, como não poderia deixar de ser, muitas tapas!

 

Há muito tempo que desejava conhecer esse gastrobar, localizado no carinhosamente apelidado Baixo Copa (uma referência ao Baixo Gávea), um lugar em Copacabana que concentra vários bares, no quadrilátero formado pela Avenida Atlântica,  Rua Bolívar, Rua Barata Ribeiro e Rua Miguel Lemos, com fácil acesso pelo metrô (estação Cantagalo, com saída para a Rua Xavier da Silveira) e perto de uma das orlas mais famosas do mundo!


Da esquerda para a direita: Amanda (blog Prefiro Viajar), eu, Leo (blog Maior Viagem), Lu (instagram Te Vejo pelo Mundo), Tati (instagram Tatty Top Trips), Flávia (Blog Viagens e Outras Histórias), Mauricio (blog Aventureiros), Bianca (instagram 4 Amigas e um Insta Viajante), Monica (Blog Le Touriste) e Erica (blog Nós na Trip)

E a inspiração da casa não poderia ter sido mais original: Barcelona e toda a sua alegria, boemia e cultura! (Clique aqui e também aqui para ver dicas dessa fascinante cidade espanhola que conheci em 2007). Born, portanto, é um dos bairros mais antigos de Barcelona, a partir do século XIII, com a necessidade de se expandir para além dos muros da cidade, nasceu esse bairro de comerciantes e de famílias mais ricas, que seria o conceito primário de subúrbio. Juntamente com o Bairro Gótico, o Born representa ainda hoje o lado medieval da capital da Catalunha, com ruas estreitas que se revelam como verdadeiro labirinto de edifícios com paredes de pedras, no coração da cidade. Com o tempo, estabeleceu-se como um grande centro comercial e isso atraiu muitos estabelecimentos, restaurante, bares, agito, tornando-se um dos bares mais boêmios de Barcelona.


Foi com essa descontraída inspiração que Cris Lefèvre, uma ex-produtora de cinema que largou tudo para estudar gastronomia na Espanha, idealizou o menu e a ambientação da casa, que pertence ao mesmo grupo da rede de Botecos Belmonte, que tem à frente o empresário cearense Antônio Rodrigues. Os drinks ficaram por conta do mixólogo Gustavo Stemler, ex-Meza Bar.



O cardápio, portanto, é na sua essência muito voltado para essas típicas comidinhas espanholas, conhecidas por Tapas! Houve algumas releituras com ingredientes brasileiros.

E o que são Tapas, afinal de contas? Você sabia que, segundo a Real Academia Espanhola, Tapa quer dizer: pequena porção de algum alimento que serve de acompanhamento de uma bebida! E que o verbo Tapar remonta a um costume da Idade Média de servir taças de bebidas com uma fatia de presunto, queijo ou morcela por cima, evitando assim que as moscas caíssem dentro do vinho. Mas também pode esse verbo - Tapar - relacionado a um antigo costume dos espanhóis de servir um tira-gosto aos trabalhadores que iam passando de bar em bar a caminho de casa e, assim, não ficaram borrachos tão rápido! Opaaa... mas ainda tem uma terceira possível origem do verbo Tapar: essa tem a ver com a invasão dos mouros, os árabes do norte da África que ficaram em território espanhol por muitos anos e eles tinham o hábito de servir antepastos - os mezzes - comidos aos bocados para se poder provar uma variedade maior de especiarias.


  
De uma forma ou de outra, seja qual for a origem do verbo Tapar que mais te agradar, fato é que comer tapas também já caiu no gosto dos brasileiros e, aqui no Rio de Janeiro, desde 2013, nós temos mais uma opção onde podemos degustar dessas pequenas porções com muita inspiração espanhola e que são simplesmente perfeitas para acompanhar uma boa charla, ou seja, um bom bate papo entre amigos, um happy hour ou até mesmo um jantar romântico, pois a casa, ricamente decorada com elementos que nos lembram uma típica taverna espanhola, paredes em madeira, luz baixa e velas nas mesas, é também uma ótima opção para os casais apaixonados.


E por falar da decoração, a casa é muito bonita, aconchegante e intimista, apesar de estar sempre cheia - e ficamos impressionados em ver o grande movimento nela em plena segunda feira - e, portanto, até mesmo por causa do agito, acaba sendo um pouco barulhenta. 

Reparem no teto e no seu trabalhado em madeira com as variações de cores!


Também nos chama a atenção, ao olhar para cima, nos objetos que estão pendurados no teto, principalmente os presuntos ibéricos! Quadros nas paredes com imagens do bairro catalão que serviu de grande inspiração - Born, frases divertidas e muitas referências à cultura catalã, como ao renomado e vanguardista Antoni Gaudí... tudo isso junto confere ares super descolados ao ambiente e, como disse, a sensação é de estarmos em uma autêntica taverna barceloneza, repleta da vibe catalã!



Mas que tal falarmos da parte que realmente interessa, hein? As Tapas! Hummmm... só de rever as fotos eu já desejei retornar!! 

O cardápio, tanto de tapas quanto de drinks, é muito vasto e variado! A gente até se perde um pouco. Ainda bem que o El Born preparou um menu especial de degustação para a gente fazer um passeio pelas tapas da casa!


Já de pronto pudemos observar todo o cuidado dispensado pelo El Born em sugerir uma sequência incrível de tapas para o nosso encontro. E todos os pratos são muito bem apresentados e deliciosos! Realmente, não houve um sequer que tivesse me desagradado.


Infelizmente, não conseguirei lembrar os nomes de todas as tapas que degustamos! Foram muitas - MUITAS mesmo! 

E o grande propósito de um bar de tapas é justamente esse: proporcionar ao seus clientes um momento de descontração, com total desapego a pretensas harmonizações de se ter que comer carne com determinada bebida, frutos do mar com outra ou doce depois do salgado. Na verdade, não é para ter ordem, mas sim para se degustar da forma que melhor lhe aprouver.



Esse é o grande charme e a beleza de se estar em um ambiente como o El Born, podendo experimentar várias tapas e conhecer diversos pratos diferentes, já que são servidas em pequenas porções mesmo.

 


Aliás, o divertido cardápio do El Born contempla opções, digamos, a  la carte, com pratos mais completos, e o cliente pode e deve pedir aconselhamentos aos garçons, pois são todos bem educados e solícitos em ajudar na escolha dos pratos e explicar também os ingredientes.

Outra opção mais bacana de curtir o seu  momento no El Born é deliciar-se com algumas das sugestões volantes de tapas que são servidas pelos garçons em bandejas. Vou contar a vocês que é uma verdadeira tentação!! Elas custam R$9,00 cada um e são marcadas em uma cartela na mesa.


Nossa viagem a Barcelona dentro do El Born teve bolinho de feijoada e de catupiry com carne seca, cabelinho de anjo (uma nova apresentação da velha e conhecida das festinhas de crianças, a bolinha de queijo, mas, na verdade, trata-se de uma mistura de queijos incrivelmente derretidos e maravilhosos!)...


Kafta de cordeiro servido com geleia de hortelã, salmão no shoyo, polvo ao vinagrete, ceviche, pães com jamón serrano, pães com queijo gorgonzola e nozes, pão com linguiça, lulas à dorê... 




Batatas bravas, que são cozidas e recheadas de molho picante, acompanhadas de aïoli também fizeram sucesso!


Percebam que o menu é super criativo, pois, não apenas traz muitos elementos do que seria um típico bar de tapas espanhol, mas também acrescenta diversos ingredientes brasileiros, recheando com muita brasilidade o que se chama de "tapas de autor", repletas de personalidade.



Experimentem também o "buraco-quente". O nome é engraçado e gerou muitas brincadeiras e piadas no grupo rsrs... mas, à parte disso, é super saboroso! Um pequeno sanduíche de pão fresco, aquecido e crocante, com recheios que podem ser camarões, frango, pernil desfiado e calabresa ou carne seca. 


Eu gostei de tudo que experimentei e é muito difícil eleger a minha tapa predileta. Adorei o polvo, gostei muito do ceviche, amei o bolinho de feijoada, o cabelinho de anjo também era sensacional, o buraco-quente estava muito bom e bem servido... nossa, é difícil mesmo! E o mais bacana dessa variedade toda é que dificilmente esse cardápio deixará de agradar alguém porque atende a muitos paladares e gostos.

No quesito drinks e bebidas, o carro chefe são as sangrias, por supuesto! Afinal de contar, não tem como degustar essas tapas maravilhosas sem provar algumas das maravilhosas criações do cardápio de drinks da casa, certo? Sangrias de vinhos brancos, rosés, tintos ou cavas com frutas brasileiras... vale muito a pena provar todas! A minha preferida foi a sangria blanc, de vinho branco e frutas variadas, mas também amei a de vinho rosé! 


Não sei vocês, mas eu adoro sangrias! Normalmente, são servidas em jarras que servem até 4 taças. Considero o preço super justo e honesto, além de se poder, ao final, comer as deliciosas frutinhas que acompanham o drink. Tudo a ver com o clima tropical do Rio de Janeiro por ser uma bebida muito leve e refrescante.


Mas também experimentei outros drinks, como o Coucher du  Soleil, cuja apresentação é linda e igualmente delicioso e refrescante. Também tomei o Mojito de Rapadura e adorei! A rapadura quebra o cítrico do mojito e achei incrível a combinação. Acabei experimentando outros dois ou três drinks, mas infelizmente esqueci o nome deles, pois o cardápio é tão grande e variado que muitas vezes eu deixava o garçom escolher para mim, dizendo para ele qual era a minha preferência de sabores e de bebidas alcoólicas. 


Para finalizar essa noite maravilhosa de encontro com meus amigos blogueiros e instagrammers, fechamos com chave de ouro e experimentamos essa sobremesa dos deuses - deuses espanhóis, é claro!
 

OMG!!! Como ter maturidade com esses churros acompanhados de um potinho de doce de leite molinho, cremoso e delicioso? Não tive escapatória e comi tudinho - sim, comi tudo mesmo e sozinha, porque o Julio não quis (ele não sabe o que perdeu!) e eu fiz esse sacrifício kkkk... 

Assim encerramos essa noite linda, de muitas risadas, muitas comidinhas deliciosas, muitas trocas de experiências, na qual pudemos conversar mais ainda sobre nossa assunto predileto, pois somos todos apaixonados por viagens e, agora descobrimos que também somos apaixonados por Tapas!



Muito obrigada ao El Born pelo carinho e por ter nos recebido. Esperamos voltar muito em breve!


  

** FICHA TÉCNICA DO EL BORN **

- Endereço: Rua Bolívar, 17 - Copacabana, RJ

- Telefone: 21 3496-1781

- Horário de  Funcionamento: de segunda à sexta, das 17h às 2h. Sábado e domingo, das 15h às 2h

- Estacionamento: não tem

- Como chegar: metrô (estação Cantagalo, saída para a Rua Xavier da Silveira), táxi/Uber

- TripAdvisor: clique aqui e veja os comentários. Mais de 350 avaliações, encontrando-se na 76ª colocação dentre mais de 12.000 restaurantes avaliados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário