terça-feira, 28 de outubro de 2014

Paraty: Balacobacco Beach Bar e Centro Histórico de Dia!

Baco foi nome que os romanos deram para o deus grego Dionísio. Segundo a mitologia greco-romana, Baco era o deus do vinho, dos excessos, das festas, da ebriedade ... apropriado, portanto, o nome desse restaurante em Paraty que faz jus a alguns dos pecados capitais; a gula! rsrs... Sim, irresistível e surpreendente, o Quiosque Balacobacco Beach Bar é um convite a deliciar seus pratos saborosos em um ambiente super agradável.

Balacobacco Beach Bar


E o dono tinha que ser italiano, né? Alex Gregori sabe muito bem como administrar sua casa!


A fora decoração do quiosque, com traços caiçaras e muitas cores

Localizado na Praia de Jabaquara (Avenida da Jabaquara), em Paraty (o acesso é bem fácil, basta atravessar a ponte que passa pelo rio Perequê, saindo do Centro Histórico, e seguindo sentido praia - veja as placas que indicam praia - e o GPS do Google Maps sabe chegar direitinho também!), o restaurante fica em um cantinho lindo, de frente para a praia, onde você pode optar entre ficar com o pé na areia ou em ambiente de tablado de madeira.

Praia de Jabaquara, com Cris (@crispelomundo) e Di (@históriasdadi)

Brinde com a Cerveja Caborê Weiss

Pé na Areia

Vamos combinar que ficar com o pé na areia em um lugar assim é nada mal, hein? Uma delícia para passar o tempo, curtir a praia, que é própria para banho, embora não seja das mais bonitas em Paraty, porque sua areia é um pouco mais escura (boa parte da região urbana de Paraty era um manguezal e, por isso, as praias do centro e próximas a este não são de águas tão claras azuis/verdes).


Os ambientes são bem diferenciados e todos muito agradáveis! Mas devo confessar que os lounges com sofás e cobertos por tendas realmente me encantaram!



O restaurante encontra-se no número 14 dentre 828 estabelecimentos gastronômicos de Paraty elencados no ranking do TripAdvisor. Merecidamente! E alguém ainda duvida da força gastronômica de Paraty?? Dá para ir várias vezes lá e descobrir sempre um novo restaurante... =))

E agora, a melhor parte deste post: o cardápio!

Com muita influência italiana do seu dono, o Alex, os pratos do Balacobacco são simplesmente divinos no tocante ao tempero! E que tempero!

Uma mistura de tempero italiano com brasileiro, frutas, a especialidade, além de pastas/massas, são os frutos do mar!

Nós pedimos a maior tábua de frutos do mar grelhados que estava maravilhosa! Ela, acompanhada de arroz de brócolis e salada, foi perfeita para dividir entre 4 pessoas não famintas rsrs. Foi na medida certa.


Também experimentamos a cerveja local Caborê, de trigo/weiss, artesanal, cuja fábrica fica perto do Rio Perequê, do outro lado do Centro Histórico de Paraty (não deu para visitar dessa vez, mas é um lugar que vale a pena conhecer!).

Ou seja, em resumo, um cardápio perfeito para refeições mais elaboradas e, diria até, bem sofisticadas, à beira mar, mas que também oferece petiscos que não pude experimentar, mas pareceram-me bastante apetitosos.

E de sobremesa, porque o Baco estava lá pedindo por isso (os excessos! rsrs), não resisti ao petit gateau que estava, literalmente, dos deuses!


Valeu muito a pena ter conhecido o Restaurante, um lugar novo para mim em Paraty (e olha que já estive em Paraty 7 vezes!), pois é bom demais poder sempre conhecer algo novo!

A praia de Jabaquara, como disse, não é a das mais bonitas, mas atende muito bem aos que não desejarem fazer passeio barco e, principalmente, às crianças, por ser uma praia bem calminha, e aos que desejarem praticar SUP - Stand Up Paddle e Wind Surf, pois essa praia é bem flat, bem plana, quase sem onda.







Obs: Nossa visita ao Restaurante Balacobacco foi apoiada, mas todas as nossas impressões estão fiéis ao que vimos e experimentamos.

Localização: Praia de Jabaquara
Recomendado: Todas as idades. Durante o dia, para crianças e prática de esportes. À noite, um clima mais romântico.
Preços: Justos e Acessíveis. $$
Pagamento: cartões de crédito e dinheiro

Veja mais sobre o Restaurante nos blogs das amigas blogueiras que estiveram comigo conhecendo o Balacobacco:

- Histórias da Di
- Cris pelo Mundo

E, encerrando mais uma ida a Paraty, não poderia deixar de falar um pouquinho do Centro Histórico da Cidade, que também visitamos durante o dia.

Com Cris (@crispelomundo) e Di (@historiasdadi)

Eu amo o Centro de Histórico de Paraty, tanto de dia quanto à noite, pois o seu charme é imenso e inigualável.




Se você tiver a oportunidade de passear pela cidade, nem que seja por 1 hora, pois o Centro Histórico é bem pequeno e 1h é bem suficiente para você percorrer praticamente tudo, dê um pulinho lá para apreciar seu calçamento pé-de-moleque, suas igrejas, seus casarios antigos, seus inúmeros restaurantes, cafés, sorveterias, Casa de Cultura...





Observar o tradicional artesanato de rua de Paraty... um grande contraste, com convívio harmonioso, com grifes renomadas e famosas que têm suas lojas na cidade. 



Caminhar nas margens do Rio Perequê também é uma delícia!







Tem muito o que ver e admirar no Centro Histórico de Paraty! Uma quase viagem no tempo, a um Brasil colonial e no apogeu do ciclo do ouro e dos alambiques de cachaça.




Por falar em cachaça, para quem curte e não estiver dirigindo (lembrando da Lei Seca), eu recomendo fazer uma degustação de cachaças e licores no Empório da Cachaça.




Degustação sensacional, assistida, bem orientada pelas funcionárias da casa que são muito simpáticas... será difícil sair de lá sem carregar uma garrafa da branquinha! Ou rosinha, ou marrom ou caramelo... rsrs... são tantas as cores hoje em dia das cachaças e licores que não dá mais para generalizar na branquinha!

E assim terminou nossa viagem por Paraty, regressando pela linda estrada Rio-Santos, que vai margeando a Costa Verde e descortinando muitas paisagens belas do encontro da serra e Mata Atlântica com o mar.







4 comentários:

  1. Ai meu deus, que gracinha de restaurante!!! O ambiente parece tão agradável, deu muita vontade de sentar naquele lounge pra tomar um vinho de noite. E aquela tábua de frutos do mar... nossa, preciso nem falar que fiquei babando aqui, né! :D
    Adorei o post!
    Beijos
    Thaís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís, tudo bom?
      Nossa, vale muito a pena ir lá, viu? Lugar mega fofo e o dono, Alex, é muito simpático!
      Também fiquei com vontade de voltar um dia à noite... .ficar ali vendo o mar ... delícia!
      Que bom que gostou do post! Muito obrigada!
      beijinhos,
      Lily

      Excluir
  2. Nossa, faz tantos anos que fui para Paraty, e não conheci metade do que queria. Depois de ver sua foto e das meninas, estou doidinha para voltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eloah, tudo bom?
      Eu amo Paraty! Mas mesmo sendo esta a minha sétima ida à cidade, ainda não conheci os famosos alambiques, ou as cachoeiras da região, nem a Estrada Real... mas é sempre bom termos motivos para voltar, né?
      Amo muito essa cidade!
      Beijinhos,
      Lily

      Excluir