sexta-feira, 14 de março de 2014

Trilha do Morro da Urca: Rio de Janeiro


Que tal curtir a Cidade Maravilhosa fazendo mais uma trilha?


Praia Vermelha

Praia Vermelha

Lembram que comecei o ano fazendo a Trilha para a Pedra Bonita? Relembrem aqui essa pequena aventura!!

Depois da Pedra Bonita, eu realmente me empolguei e quis fazer outras trilhas e caminhos que ainda não tinha percorrido. Xô Preguiça!!!

Trecho da Trilha do Morro da Urca

Ainda não consegui fazer todas que eu gostaria, como a da Prainha, que ficará para minha próxima ida à Prainha ou Grumari, mas já deu para fazer a trilha do Parque da Catacumba e esta aqui, a TRILHA DO MORRO DA URCA

Então vamos conhecer um pouco deste cantinho maravilhoso do  Rio de Janeiro? Um programa de graça e ao alcance de todos!! Vamos?

A Pista Claudio Coutinho e a Trilha para o Morro da Urca ficam localizados na Praia Vermelha (até pouco tempo eu desconhecia que a Praia Vermelha fosse bairro. Sempre achei que era parte do bairro da Urca). 




O acesso é bem fácil de táxi, pois o fluxo de turistas que vão para o lugar para subir o Bondinho do Pão de Açúcar é grande. 

Também é possível ir de carro, pois a área de estacionamento no Círculo Militar é enorme e, como já se percebe, a região é bastante militarizada (há várias instituições militares nas redondezas), portanto, dá para se sentir seguro, embora todo cuidado seja interessante sempre no Rio de Janeiro.

Já a ida de ônibus para a Urca não é algo tão fácil. O bairro é guarnecido com poucas linhas de ônibus: 

- 511
- 512
- 513 - Integração com a estação de Metrô de  Botafogo (desça pela saída para a Rua Voluntários da Pátria)
- 107

Indo de ônibus, não entre no Bairro da Urca. Peça para o motorista deixar você ainda na Avenida Pasteur, no ponto mais próximo da entrada para o Bondinho do Pão de Açúcar. Você caminhará um pouco para frente e já vai se deparar com a Praia Vermelha.





O início da Pista Claudio Coutinho, também conhecida como Caminho do Bem-Te-Vi e Estrada do Costão, fica no cantinho esquerdo da Praia Vermelha (olhando de frente para o mar). 

A Pista Claudio Coutinho tem 1,25km de extensão e foi inaugurada bem recentemente, no final da década de 1980, pelo Exército Brasileiro.




A pista circunda o Morro da Urca e é por ela que nós vamos para chegar ao início da trilha para subir ao topo do Morro da Urca. O início da trilha fica mais ou menos no primeiro terço da Pista Claudio Coutinho e é sinalizada (você perceberá a quantidade de pessoas subindo a trilha, principalmente se for em final de semana). Por esta pista, também é possível escalar o Pão de Açúcar, masssssss... isso é para profissionais, viu? E não para amadores, como eu! kkkk...

E lá fomos nós começar então a trilha para o Morro da Urca!

A trilha, em si, é considerada de baixa de dificuldade. Em uma escalar de 1 a 5, ela estaria no nível 2, similar à dificuldade enfrentada para subir a Pedra Bonita.

Eu, sinceramente, depois de já ter subido a Pedra Bonita, posso comparar melhor as duas trilhas e achei a subida da trilha do Morro da Urca beeeeeem mais difícil do que a da Pedra Bonita.

O grande motivo da minha dificuldade foram os enormes "degraus" naturais formados por galhos. 




Como a a trilha estava seca (não chovia há muito tempo no Rio) e repleta de terra, estava de certa forma derrapante. 

O melhor horário para começar a caminhada é cedo. 

Primeiro, para não sofrer muito com o calor, embora a pista seja fechada por árvores e em poucos pontos ficamos expostos ao sol. Mas a falta de vento faz o calor ser sentido intensamente também. 




Minhas dicas são:

1) Vá de manhã cedo ou no final do dia para ver o pôr do sol lá do Morro da Urca.

2) Se for no final da tarde para ver o pôr do sol lá em cima, você poderá descer com o bondinho do Pão de Açúcar gratuitamente. Após às 18:00 (19:00 durante o horário de verão), é gratuita a descida pelo bondinho. Não desça a trilha depois de escurecer. Não acho seguro fazer a trilha à noite.

3) Caso ache muito perrengue subir e descer a trilha ou se não estiver com bom preparo físico, garanta o seu ticket de descida com o bondinho do Pão de Açúcar antes mesmo de subir a trilha. Lá no alto, no Morro da Urca, não tem como comprar os bilhetes do bondinho.





4) Reforce o protetor solar! É Rio de Janeiro, né gente? Calor, sol... mesmo sendo a trilha bem protegida por árvores, lá no alto do Morro da Urca você ficará bastante exposto ao sol.

5) Leve água! MUITA ÁGUA! Hidrate-se, viu?

6) Se quiser comer algo lá no alto do Morro da Urca, tem lanchonetes e também sorveterias que eu recomendo. Os preços são salgados, mas é uma opção para passar mais tempo lá no alto e curtir o dia, contemplar a paisagem. 



Esse nosso sorvete custou em torno de R$15,00


7) Se você não tiver comprado os tickets do bondinho, depois que subir pela trilha do Morro da Urca, sua única opção será descer pela mesma trilha. Não dá para seguir para o Pão de Açúcar sem os bilhetes comprados.

8) Não recomendo subir a trilha em dias chuvosos ou logo após fortes chuvas. Certamente ficará mais escorregadia e enlameada. 

9) O acesso à trilha pela Pista Claudio Coutinho é gratuito, com algumas restrições controladas pelos militares. Por exemplo, não pode entrar com bicicleta na pista Claudio Coutinho (eu falarei mais sobre a pista depois, em outro post, ok?), e também tem restrição quanto ao horário, pois a pista é aberta diariamente das 07h às 18h.



Pista Claudio Coutinho

10) Eu recomendo o uso de tênis ou calçado que tenha uma boa sola antiderrapante. Vi algumas pessoas indo de chinelo, mas eu  não arriscaria. 


Sobre a trilha em si, como já disse, achei um pouco mais difícil do que a da Pedra Bonita.

Eu  não sou grandes parâmetros porque sou meio desajeitada. Juro que tenho boa vontade, viu? Mas reconheço meus limites! kkkk... 

Em outras palavras, eu  não faria a trilha sozinha! Até porque acho que esse é um programa muito legal para fazer em grupos, com amigos. 

Minha maior dificuldade foi não escorregar! kkk... é sério! 

Ao longo da trilha, vi corredores, turistas, gringos, crianças (muitas nos colos e ombros dos pais corajosos) e muitos miquinhos! Macaquinhos sempre se faziam presentes, acompanhando nosso percurso.





Logo no início da trilha, que é íngreme, assusta um pouco. Na verdade, o início da trilha é punk! 

Eu subi bem devagar, tirando fotos, respirando e também parei no mirante durante o caminho, antes mesmo de chegar no topo, para ver do alto a Praia da Urca, dentro do Bairro da Urca.


Praia da Urca


Então, somando tudo isso, acho que gastei cerca de 45 minutos ou pouco mais subindo a trilha.

E finalmente chegamos no platô do Morro da Urca, onde há uma super infraestrutura que recebe centenas de turistas todo dia!!

O Morro da Urca é queridíssimo pelos cariocas e pelas festas maravilhosas que costumam acontecer lá em cima. Foi uma pena este Verão 2014 não ter ocorrido a já tão famosa festa Verão no Morro. 

Lá do alto, as vistas são incríveis!!

Pode-se observar muito bem a enseada da Praia de Botafogo com o Corcovado e o Cristo Redentor, literalmente de braços abertos sobre a Guanabara!


Enseada da Praia de Botafogo






O vai-e-vem de aviões que decolam e aterrissam no no aeroporto Santos Dumont.




A ponte Rio-Niterói e até mesmo um pouco da cidade de Niterói e a entrada da Baía de Guanabara.





Muitas paisagens do Bairro da Urca e da Praia Vermelha





O próprio Pão de Açúcar e o bondinho





Os super aventureiros que desafiam o Morro da Urca e o Pão de Açúcar em suas escaladas.




E depois disso tudo... DESCER A TRILHA! rsrs... sim! Eu desci a pé mesmo! Nem considerei comprar o ticket do bondinho, viu? E gostei bastante da experiência, embora dê uma certa preguiça depois para descer rsrs... A descida eu achei até mais fácil, porém, tive que ter mais cuidado ainda para não escorregar!



É realmente um lugar maravilhoso de onde se pode contemplar vistas lindas da cidade. Vale muito a pena fazer a trilha pelo prazer de fazer um programa saudável e econômico. 




2 comentários:

  1. Suas fotos estão lindas e o post super me ajudou a planejar o meu roteiro. Parabéns. Me desculpa a pergunta, só por curiosidade, que câmera você usou para tirar as suas fotos? Você fez algum curso de fotografia? Eu sou péssima para tirar fotos e sempre admiro as pessoas que sabem como conseguir o "clique" perfeito para suas fotos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Josiane,
      tudo bom?
      Que legal ler seu feedback! Adorei! Seja sempre bem vinda ao blog! Em relação às fotos, de modo geral eu uso a câmera do Celular Samsung Galaxy S4 (a maioria do instagram é de celular), a Canon T5i (que eu nunca levo para trilhas no Rio de Janeiro rsrs) ou a Sony T20 que é aquática, pequena e prática. Não fiz curso de fotografia ainda! Está nos planos para tentar fazer o curso o mais breve possível.
      Mais uma vez, obrigada!
      Beijinhos,
      Lily

      Excluir