quarta-feira, 10 de julho de 2013

Rio de Janeiro: comidinhas e festas!

Para quem quiser aproveitar o feriadão da Jornada Mundial da Juventude aqui no Rio de Janeiro, para além da programação da JMJ, aproveito para indicar alguns programinhas bacanas em que estive recentemente e que super curti!!


** BARZINHO - LAPA: A Lapa ainda é um dos redutos mais boêmios e mais procurados no Rio de Janeiro, principalmente por turistas estrangeiros. O clima de descontração e alegria, repleto de bares, restaurantes, boates e casas de show, o lugar que foi revitalizado no início dos anos 2000, ainda é grande sucesso de público!!

Há quem diga que na Lapa você encontrará de um tudo um pouco, patricinhas e playboys convivendo harmonicamente com bichos grilos e despojados de todas as tribos e cores!!

Com um glamour próprio da região, cuja maioria dos edifícios encontra-se tombada pelo Patrimônio Histórico, desbravar a Lapa pode ser um desafio para muitos.

Eu sempre indico ter cuidado, principalmente para quem atravessa a região dos Arcos da Lapa a pé. Ali mesmo, onde há muitas barraquinhas e, aos finais de semana, costuma estar bastante cheio e, às vezes, tumultuado, não custa nada ter uma atenção maior com seus pertences e evitar depois surpresas com furtos.

Agora, isso também vale para muitos lugares no Rio, inclusive, para quem vai à praia no Leblon, por exemplo. Eu sempre recomendo não deixar seus pertences sozinhos na barraca durante o banho de mar... ou, pelo menos, que peça para o "vizinho" dar aquela olhadinha básica.

Então... falemos sobre o Barzinho!!!

Trata-se de um pé-limpo bem moderninho e estilizado. Inaugurado em setembro de 2012, a casa pertence ao já famoso DJ Rodrigo Penna, conhecido pela produção da festa Bailinho (essa festa é muito famosa e badala entre os cariocas, mas costuma acontecer mais durante os verões).

A programação da casa inclui muita música, DJs convidados, stand up comedy, esquetes teatrais, entre outros.

Eu achei a decoração, que em grande parte remete ao sucesso da Festa Bailinho, muito interessante e bonita!! Até os banheiros contam com uma decoração de cortes e colagem na parede bem bacana.

Definitivamente, a definição de pé-limpo lhe cai muito bem!

Quanto aos petiscos, experimentei o bolinho de arroz com carne seca e catupiry, que estava muito bom, e a batata frita com queijo, bastante gostosa também. Já sobre os bons drinks, adorei as caipirinhas de maracujá e de lichia (acho que foi lichia, mas também poderia ter sido kiwi rsrs... essa segunda eu não me lembro direito... ).

Tudo muito bonito e agradável, com o esquema de comandas individuais (o que facilita bastante e, para quem pensa em comemorar aniversário por lá, o fato de ter a comanda faz bastante diferença para não ter aquela dor de cabeça em fechar a conta ... cada um por si e salve-se quem puder!!), mas o serviço é meio enrolado. Por exemplo, a minha segunda caipirinha veio com uma fruta diferente da que eu pedi (talvez por isso mesmo eu não me lembre agora... kkk... ). Algumas pessoas também reclamaram da falta de alguns itens no cardápio e da demora no atendimento.

Tirando esses contratempos, com um pouco de paciência, o lugar é bem legal e vale a pena conhecer.

Os preços dos petiscos estão em torno dos R$25,00 e dos drinks em torno dos R$15,00.

Fica na Rua do Lavradio, n. 170, Lapa.

Um bom site que contém a programação inteira (se não for inteira, é praticamente inteira) da Lapa é o Lá Na Lapa. Aos interessados, basta conferir a programação da Lapa e escolher o seu destino.






** RESTAURANTE SIRI - BARRA DA TIJUCA: localizado na Praça Euvaldo Lodi, n. 65, esse restaurante é famoso pelas quantidades indecentes e monstruosas de comida que são servidas a preços super acessíveis e qualidade boa.

Especializado principalmente em frutos do mar (tal como já sugere o nome do restaurante), foi minha primeira vez dentro de um dos restaurantes da rede (tem também na Ilha do Governador, Vila Isabel, Nova América, Niterói, Nova Iguaçu, Jacarepaguá), depois de passar anos e anos ouvindo comentários ao seu respeito, pude comprovar que a tal da fartura dos pratos servidos é pura verdade!!

Para terem ideia, pedimos um MEIO risoto de frutos do mar que, na teoria, serve duas pessoas. Na prática, serviu muito bem 4 pessoas e ainda sobrou!!! Juro que sobrou, viu??? Mas, tudo bem que pedimos de entrada a suculenta e famosa casquinha de siri (grande também!!). 

Os gulosos que não dão conta do recado podem levar para casa o que sobra em embalagens que o próprio restaurante oferece. 

O atendimento foi extremamente eficiente, com direito a fotos e rapidez. O risoto de frutos do mar e a casquinha de siri, para o meu gosto, estavam perfeitos e muito saborosos. Pedi também um suco de abacaxi com hortelã. A conta, no final do rateio por 4 pessoas, ficou em torno dos R$65,00 para cada pessoa.

Se o seu desejo é se lambuzar de boas e fartas comidas com frutos do mar, este é sem dúvidas o lugar!





Casquinha de Siri

Risoto de frutos do mar

** RESTAURANTE DON CAMILLO - COPACABANA: Esse é um dos meus prediletos na Orla de Copa.

Com 20 anos de estrada, o Don Camillo fica na Avenida Atlântica, n. 3056, possuindo ambiente interno e externo, na área do deck.

Eu fui, da última vez, justamente no Dia dos Namorados!! E não poderia ter sido melhor a escolha do boyfriend!! Amei!! A fila estava razoável para a data e ficamos cerca de 35 minutos esperando. Do lado de fora há bancos para aguardar sua vez.

O restaurante estava bem cheio e animado com as músicas italianas executadas pelo quarteto de músicos italianos da casa. Quem já foi ao Don Camillo, conhece bem esses músicos bem velhinhos que fazem a alegria dos clientes, embalados por sucessos como a Tarantella e Volare. É bonitinho de ver e o clima da casa é bem agradável.

A mesa era pequena, mas, depois de ficar apenas 35 minutos aguardando, eu não poderia sequer reclamar. Em dias menos movimentados, eu já pude sentar-me em mesa maior, ainda que somente duas pessoas.

Vejam só que luxo: o restaurante DON CAMILLO está em 118º lugar de 1384 restaurantes classificados no site TripAdvisor e, para completar a festa, recebeu Certificado de Excelência de 2013!!!! Com quase 80% de aprovação, o lugar é uma delicinha!!

Romântico, acolhedor, aconchegante, simpático atendimento (percebe-se que os garçons estão na casa há bastante tempo), com música ao vivo, pratos maravilhosos e bom atendimento... tem como não gostar??

Bem, além de especializado na culinária italiana (= massas/pastas/vinhos), a casa arrebenta quando o assunto é frutos do mar!!

Nossos pratos foram Spaghetti Ai Frutti di Mari e Linguine com frutos do mar também!! Tudo absurdamente delicioso!!! De entrada, pedimos o couvert da casa, com antepastos maravilhosos. Para acompanhar, um bom vinho tinto!!

A decoração do restaurantes com motivos romanos e toques mediterrâneos, que também são percebidos nos pratos, é um grande diferencial do lugar!!

Não sei dizer quanto custou a brincadeira porque foi um dos presentes do dia!! rsrsrs... Mas, se quiser conferir a casa e ter uma estimativa de gastos, para entrada + prato principal + vinho, deve ficar em torno dos R$100,00 por pessoa. Eu recomendo!!

Entrada com cesta de pães, antepastos (incluindo um de berinjela fantástico), pasta de ervas

Músicos Italianos embalando o jantar

Vinho que pedimos, um tinto, e as entradas

Decoração

Pratos Principais: pastas e frutos do mar

** OUTBACK - ZONA SUL: O bom e velho Outback sempre é uma pedida agradável e gostosa. Mesmo sendo um dos campões de maiores listas de espera, o lugar permanece sendo um grande sucesso.

O atendimento é diferenciado, com apresentação do garçom, com explicação do funcionamento da casa, com indicação dos pratos (se perguntado), com atenção quase sempre caprichada, o lugar segue conquistando e mantendo seus devotos. 

Eu tenho a impressão de que os Outbacks dos Shoppings Rio Sul e do Gourmet (aquele antigo Rio Off Price) são os mais disputados, com filas praticamente intermináveis. O que você acha de chegar em uma sexta-feira à noite para jantar ou lanchar com amigos ou família e se deparar com uma simplória fila de espera de 30 mesas??? E não é que tem gente que espera?

Algumas informações sobre o Outback, para os iniciantes:
1 - O Happy Hour da Casa, com dose dupla e cardápio diferenciado, dentro do restaurante vai até às 20:00.
2 - Se você estiver do lado de fora do restaurante, em fila de espera, o Happy Hour com dose dupla vale enquanto você não sentar (ao menos no Rio Sul é assim e acredito que funcione igual nos demais).
3 - Se você estiver do lado de fora do restaurante, com seu pager em mãos, mas foi abençoado por achar uma mesa do lado de fora (alguns Outbacks oferecem mesa do lado de fora para espera), nesse caso, se você se sentar, ainda que esteja esperando a sua vez com o pager, não mais valerá o Happy Hour com dose dupla.
4 - Em alguns restaurantes da rede, para quem está na espera de mesa, são servidos alguns aperitivos para acalmar os ânimos e aumentar seu desejo louco por sentar-se no restaurante.
5 - Idosos e crianças de até 2 anos de idade têm prioridade no Outback e entram em uma fila de espera diferente.
6 - Em todos os restaurantes do Outback, a área do bar, com bancos altos e a as mesas que a circundam são "território não marcado", ou seja, não entram na fila de espera para quem adquire o pager. Portanto, é sempre bom dar uma olhada antes nessas mesas e no bar e verificar se não há mesa vagando. Muitas pessoas ficam por perto só esperando para poder sentar no melhor estilo "foi à roça, perdeu a carroça". Tem que ser sagaz, ficar esperto e ser mais rápido na hora de pegar a mesa. Para grupos muito grandes, no entanto, esse esquema das mesas ao redor do bar já complica porque são mesas pequenas que comportam confortavalmente de 2 a 4 pessoas. 
7 - Quando o seu pager tocar e chegar a sua vez de sentar - aleluia! - se o garçom esquecer de trazer seu delicioso pãozinho australiano delicioso com a pastinha que o acompanha, reclame!! É cortesia da casa e esse pão é maravilhoso e merece ser degustado.
8 - Quando os restaurantes estão muito cheios, especialmente aos finais de semana à noite (quinta, sexta e sábado à noite são os dias de casa mais cheia na Zona Sul), tem que reforçar a paciência, não apenas para as filas de espera que vai esperar, mas também com o atendimento que, muitas vezes, deixa a desejar.
9 - Se você pretende comemorar aniversário, com a apresentação da Id, é possível conseguir um brownie para cantar parabéns como cortesia da casa. Prepare-se, contudo, para ouvir o insuportável parabéns "cantado" (melhor seria "gritado" e que causa sempre muitos sustos em vários clientes) pelos garçons.
10 - A casa não oferece comanda individuais e o pagamento é feito pelo total da mesa. Fique atento aos chopes e, principalmente, se você começar a consumir durante o happy hour com dose dupla e continuar na casa depois disso, confira as doses duplas (no caso de caipirinhas, por exemplo, durante a dose dupla, tem que pedir as duas de uma vez só).
11 - A casa não faz reservas e, se você for com um grupo muito grande, a sua mesa só será liberada se estiver presente ao menos a metade do número de pessoas para sentar na mesa solicitada.
12 - Carros chefes da casa são: a giant onion e a batata frita como aperitivos, o ribs on the barbie (costela de porco suculenta com molho barbecue e batata frita), o thunder (um espetacular brownie com sorvete e vários outros complementos). O cardápio é vasto, o chope é uma delícia, os preços não são baratinhos, mas vale a pena. Em média, quando eu vou, considerando umas duas ou três bebidas, entradas + pratos + sobremesas compartilhadas, minha conta fica em torno dos R$70,00. É claro que quanto mais você beber, mais caro fica. 

O que mais tem me chamado a atenção das últimas vezes em que fui ao Outback do Shopping Leblon, Rio Sul ou Plaza/Gourmet/Off Price, é o estado lamentável dos banheiros, quase sempre precários em termos de limpeza, faltando algum item como papel. Acho que os restaurantes da rede merecem dar mais atenção aos seus banheiros.

De resto, como eu disse, é um lugar agradável, com barulho, decoração com motivos australianos, TV sempre com esporte... e um bom programa para a família e/ou amigos!!

Batata Frita com Choppe

Ribs on the Barbie

** BRÁZ PIZZARIA - JARDIM BOTÂNICO: outra casa bastante querida por mim, com casas no Jardim Botânico e Barra da Tijuca, com origens paulistanas, o lugar serve uma das pizzas mais gostosas da cidade e, de quebra, um choppe simplesmente maravilhoso e perfeito!!

Embora sejam dois ambientes bem amplos - nos fundos, com jardim de inverno, em dias claros é possível ver o Cristo Redentor - é bem comum encontrar filas de espera aos finais de semana, principalmente nos horários mais badalados, ou seja, em torno das 20/21h.

Do lado de fora, para esperar a sua mesa, cujo controle é feito com uma comanda numerada, há mesas, bancos e cadeiras para esperar. Também conta com serviço de Valet Park (por R$10,00), que vale a pena se você considerar que arranjar vaga por ali, nesses horários de "rush" para o jantar e o lanche da noite é muito complicado.

As minhas pizzas favoritas são: Funghi, Tacchino, Toscana e Barra Speciale. Mas essas são só as favoritas, porque eu como todas sem problema algum!!

De entrada, tem o famoso Pão de Calabresa está sempre à espera dos fregueses, pronto para ser pedido e consumido. Mas eu achei, da última vez que comi, meio seco para o meu gosto. Estava saboroso, porém seco.

O ambiente amplo com decoração rica em detalhes e atendimento bastante eficiente dos garçons é um convite para as famílias. Dá para ver como as pizzas são feitas, já que o forno à lenha e os ingredientes ficam bem no meio do salão principal, cercados por uma mureta baixa e vidros que permitem espiar todo o processo, desde a abertura da massa, seu recheio e as labaredas do forno.

Ao final, se os olhos falarem mais alto do que o estômago, não se preocupe! Se quiser continuar a degustar as pizzas em casa depois, basta pedir para levar para viagem o que tiver sobrado que eles embrulham em embalagem própria.

Em média, consumindo uma entrada, dividindo em dois uma pizza grande e tomando uns dois choppes, a conta fica em torno dos R$55/70,00 reais por pessoa (depende muito da quantidade de choppes). 


Salão Principal

Pão de Calabreza

Pão de Calabreza

Metade Funghi e Metade Barra Specialle






** BOTECO BELMONTE - EM QUALQUER LUGAR: A rede Belmonte de botecos pés-limpos é sucesso há tempos no Rio de Janeiro. 

Além dos choppes, seu carro chefe são as deliciosas empadas abertas, recheadas de maneira generosa e suculenta.

O Belmonte da Praia do Flamengo passou por uma reforma recente e foi reinaugurado. Estive por lá para conferir e realmente melhorou bastante. Os banheiros são a grande diferença da reforma. O bar continua pequeno e as calçadas permanecem lotadas de fregueses nos dias e horários mais disputados, com o quarta, quinta e sexta à noite, sábado e domingo na hora do almoço. Quando tem evento no Aterro do Flamengo, como corridas, maratonas, shows e outros, o bar também fica super movimentado. Em outras palavras, conseguir uma mesa pode não ser tarefa fácil, mas os fregueses são cativos e gostam mesmo é de ficar em pé na rua, como manda a tradição do lugar.


Empada Aberta de Siri, as minhas prediletas!!


** FESTA COORDENADAS: Eu sou simplesmente apaixonada por essa festa, por seu repertório, pelo público e tento, na medida do possível, marcar presença.

A última edição ocorreu no MAM - Museu de Arte Moderna, no dia 22 de junho e foi muito animada!

Uma pena que eu não pude ficar até o final. 

Esse tipo de festa - assim como muitas festas pelo Rio - tendem a encher somente lá para 01h da madruga. Se chegar por volta das meia noite, já verá algum movimento. Mas cheio cheio mesmo, só a partir de 01h.

A festa conta com um público um pouco mais velho do que a galera de boates. Como o jet set musical usa e abusa do pop rock nacional e internacional, a média entre os presentes fica entre os 25 e 35 anos de idade.

Ah sim... o estilo musical, próprio, que fez surgir uma série de outras festas "filhas" da Coordenadas, como a Rock Me e a Pessoas do Século Passado, é a sua marca principal, além das projeções no telão, tudo isso comandado por DJs conhecidos como o Ratón e o Dodô. 

Não tem uma regra para saber quando será a próxima festa, só que costuma ser mais ou  menos uma vez ao mês (às vezes demora mais para ter a próxima). 

Portanto, fiquem de olho e aguardem a próxima para conferirem!! 









Nenhum comentário:

Postar um comentário