terça-feira, 7 de maio de 2013

Londres: Dicas Rápidas!!

Aproveitando que alguns parentes vão para Londres e me pediram umas dicas sobre o local, resolvi adaptar o e-mail encaminhado para eles aqui no blog e reproduzir aqui algumas dicas rápidas para quem vai para Londres.

Em primeiro lugar, eu fui em outubro de 2010, bem no final do mês. Fiquei 5 noites, hospedada próximo a Trafalgar Square, local que adorei pela facilidade de deslocamento para várias atrações turísticas, museus, teatros, praças bem movimentadas, restaurantes, lojas... ou seja, eu certamente ficaria hospedada de novo nessa região. 

Fiquei no Citadines Prestige Trafalgar Square, em quarto triplo, com meus pais. O hotel é muito bem avaliado e, tirando o fato de não ter serviço de quarto/limpeza diariamente (a não ser que se pague um valor extra por isso), o hotel é fantástico mesmo!! Como de praxe, fiz a reserva pelo Booking.com e deu tudo certo. Aliás, nunca tive problemas com o Booking.com e sempre indico o site para fazer reservas pela praticidade e por oferecer muitos hotéis que não cobram antecipadamente pela reserva e que permitem cancelamentos gratuitos.

Muito bem localizado, com recepção 24 horas, apartamento bem equipado e pronto para pequenas refeições, que aproveitamos bastante, pois não contratamos café da manhã e próximo ao hotel havia um pequeno mercado onde comprávamos todos os itens necessários para tomar um café da manhã bem caprichado por menos da metade do preço que era cobrado pelo hotel. Como fiquei no sofá-cama da sala, só não indico dormir nele aqueles que têm problemas de coluna. O quarto com cama de casal, que fica em ambiente separado, pareceu bastante confortável. 

A verdade é que hospedagem em Londres é algo mais caro, comparado com demais cidades europeias. Principalmente se pensarmos na conversão para a libra (tudo bem que "quem converte não se diverte"... rsrsrs). Tive que considerar as facilidades que o apart-hotel oferecia, a localização super central e ter elevador e recepção 24 horas sempre ajuda bastante!! Perto de Trafalgar Square, onde onde está a Coluna de Nelson e os museus National Gallery e o National Portrait Gallery... próximo a praça Leicester Square, a passos caminhando do Rio Tâmisa e também 

Então, vamos às dicas!!! (eu prometo escrever detalhadamente sobre a viagem a Londres, em algum momento futuro.. rsrsrs... ). 

1) Museus:
- Museu de História Natural - eu gostei, mas o de NY é beeeem melhor (não é à toa que foi cenário de filme!!). É um excelente passeio para as crianças e famílias. Museu muito instrutivo e interativo. O seu edifício é belíssimo!! 
- British Museum - gostei bastante e a caminhada até o museu, desde Trafalgar Square, foi muito legal. 
- National Gallery e o Portrait Gallery - adorei o National Gallery.

Dica: verificar os horários de funcionamento dos museus e se/quando não há cobrança de entradas. É muito comum na Europa haver horários de funcionamentos estendidos, até mais tarde, em determinados dias da semana e mais comum ainda não cobrar entradas dos museus para as exposições permanentes. Se a grana estiver curta, vale a pena conferir esses dados antes e se programar para ir no dia/horário de visitação gratuita. 

2) London Eye - tem que andar na roda gigante!! É sensacional a vista que se tem de lá!! Eu fui no final da tarde, com o sol se pondo. E não é que tinha sol no dia?? rsrsrs... Londres é uma cidade famosa pelas neblinas, os famosos "fogs", nevoeiros e chuvas. Mas eu até que dei sorte e não peguei muita chuva. Quando choveu o dia inteiro, eu corri para os museus!! 

3) Andar à beira do Rio Thames/Tâmisa, tirar fotos do Parlamento e Big Ben, também são programas muito bacanas. Entrar no Parlamento, todavia, não é tarefa mais fácil. Gostaria de ter assistido a uma sessão dos Lordes ou Comuns (tem que verificar qual das duas que permite acesso, fazer reserva, enfrentar fila... para quem está com o tempo corrido, não compensa). 

4) Ônibus de turismo no esquema Hop-On Hop-Off, com bilhete válido por 48 horas, que dava direito a passeio de barco também pelo Tâmisa. Achei ótimo para ter uma noção ampla da cidade. Havia um ponto  bem perto do hotel, na Trafalgar Square e, ali mesmo na praça, compramos os bilhetes (a praça é bem movimentada e nela também há lojas de turismo e de venda de ingressos para as peças e musicais). Com o ônibus, fomos até a Catedral de St. Paul, passamos pelas Cortes de Julgamento, pelo Hide Park... dava para ir até Notting Hill, mas, infelizmente, para depois voltar de Notting Hill, ficou complicado porque o ônibus turístico tem hora certa de passar e para encerrar os passeios. Justamente quando fui, peguei uma greve de metrô!! Os transportes estavam confusos e táxis sempre muito cheios. 

Dicas: Achei mais válido o bilhete de 48 horas para conhecer bem a cidade. O ônibus oferece linhas diferentes, a depender da sua preferência. Se quiser se programar com antecedência, basta olhar o mapa para saber direitinho quais são os pontos turísticos por onde ele passa e para. O esquema Hop-On Hop-Off permite que você desça quantas vezes quiser ao longo do passeio, nos pontos certos de parada do ônibus, de acordo com as atrações turísticas e itinerário traçado. 

O ônibus segue seu caminho, depois que as pessoas descem e o tempo médio entre um ônibus e outro costumava ser em torno de 30 minutos. Mas é claro que isso pode variar a depender do horário e trânsito. Outra questão a observar é o horário de funcionamento. Também varia a depender das estações do ano. Quando eu fui, o ônibus começava a circular por volta das 10:00 e terminava às 18:00. Por fim, eu usei o ônibus principalmente para chegar nas atrações turísticas mais distantes do hotel, como a Catedral de St. Paul e Tower of London. Com o barco, fui até Greenwich, onde desci para brincar de passar do leste para o oeste, "pulando" o meridiano rsrsrs... Portanto, para atrações próximas ao seu local de hospedagem, não use o bus para descer nelas, pois perde-se tempo e deixa-se de conhecer melhor outras mais distantes (por exemplo, dentro da St. Paul's Cathedral, eu devo ter ficado em torno de 2 horas, pois subi até a Cúpula, de onde se tem uma linda vista da cidade). Eu achei muito eficiente e válido, especialmente para tirar fotografias do alto, ver melhor os prédios e dar uma folga para as pernas!! =))

5) Londres é tão agitada em termos teatrais quanto NY. Assisti ao musical "Mamma Mia", que foi super animado!! Sugiro verificar a programação dos teatros e musicais. Vale muito a pena! As produções são espetaculares, não deixando nada a desejar frente aos musicais da Broadway. O nível é o mesmo!! Eu comprei os ingressos para ver "Mamma Mia" em uma agência de turismo em frente a Trafalgar Square. Mas também há um quiosque do TKTS (para quem já foi a Nova Iorque, sabe como o TKTS é famoso por vender ingressos a preços bem reduzidos, se comprados para o mesmo dia do espetáculo). O TKTS de Londres fica em Leicester Square

6) No passeio de barco pelo Rio Thames, como já disse, fomos até Greenwich!! Legal pelo simbolismo do lugar e de poder "pisar" onde passa o meridiano!! O parque é bem bonito e oferece museus, observatório e outras atrações. Mas eu só curti mesmo o parque e fiquei nem uma hora por lá para voltar logo de barco. Ao longo do passeio, além de poder admirar o Parlamento, Big Ben, London Eye, Tower Bridge, o Teatro de Shakespeare (Globe Theatre), entre outras atrações, ganha-se nova perspectiva da cidade, vista do rio. Eu gostei!! 

7) IMPERDÍVEIS (na minha opinião): 
. Tower of London e Tower Bridge!!! Tem que visitar a Tower of London e tirar foto com os fofíssimos e simpáticos soldados que fazem a sua guarda!! Ver os tesouros reais, coroas e jóias é impressionante também. Isso sem contar as exposições com armaduras medievais!! Sensacional!! O lugar, em si, é fantástico! Antigo Castelo Real oficial (que depois foi mudado para Buckingham), funcionou também como presídio e câmaras de tortura!! Reparem nos corvos que circundam por lá... 

Com relação a Tower Bridge, eu tanto passei em cima, como embaixo dela. Só faltou caminhar por ela e tirar uma bela foto de Tower of London. Quando eu voltar, farei isso!! =))

. Abadia de Westminster - façam uma visita interna e peguem o audioguia!! É maravilhosa a Abadia e seu interior é uma aula de história com tantos túmulos de reis!! Afinal, construída no século X, a mais antiga igreja de Londres, cenário de diversos casamentos reais e coroações, não foi a toa que eu devo ter passado umas 2 a 3 horas percorrendo seus interiores e prestando atenção no audioguia. É muita história mesmo!!! E belíssima!! Atenção para seu horário de funcionamento para visita, pois ela fecha cedo, às 15:30.

. Troca da guarda na frente do Palácio de Buckingham - é uma grande atração que reúne centenas/milhares de turistas!! É bonitinho ver os guardinhas vestidos de "paquitos", desfilando para fazer a troca! Verifiquem o HORÁRIO (agora em maio de 2013, começa às 11:15)!!! Quando eu fui, não tinha todo dia (era dia sim e dia não) e ocorria às 10:00!! A multidão chega a assustar e se você quiser garantir o seu lugar pertinho das grades em frente ao Palácio, chegue antes do horário marcado para começar. Nos arredores do Palácio, há váááários parques lindos e maravilhosos que valem uma visita também, como o St. James e o Green Park

Eu fiquei apaixonada pela paisagem do outono e, por isso, explorei bastante os parques, que estavam cobertos de folhas secas e esquilos!! Lindo demais!! 

8) Ficamos, como já disse, hospedados muito perto da Trafalgar Square, ao lado do Pub Sherlock Holmes, lugar super turístico e bacana para conhecer, para beber excelentes cervejas e comer o famoso prato FISH AND CHIPS!! A combinação pode parecer estranha, em primeiro momento, mas eu confesso que adorei!! Comi tanto no pub, como andando, na rua, pois há barraquinhas que vendem a combinação pelas ruas (comprei em frente a Tower of London, onde há barraquinhas e restaurantes no seu entorno).

Também ali na Trafalgar Square havia um restaurante tailandês maravilhoso!! Outro lugar ótimo para comer, passear, cheio de restaurantes das mais diversas gastronomias (comi em dois italianos por lá!!) e onde costuma ter muita gente circulando, estreias de cinema (pude ver o agito causado pela premier de um filme do ator hollywoodiano Robert Downey Jr. (acho que foi do filme "Due Date"), tendo sido montado um palco onde o ator se apresentou antes de entrar no cinema que tem na praça para divulgar seu trabalho, badalação, é a Leicester Square, perto da Trafalgar Square. Vale a pena dar uma circulada por lá!! Também ali perto da Leicester Square, a caminho do British Museum, está a Chinatown de Londres, outro lugar pitoresco e curioso para conhecer, para jantar (os restaurantes chineses são bem baratos!!), para fazer ótimas comprinhas no estilo "made in China"... é super pequena se comparada a de NY, mas merece uma visita também.

9) Galeria Harrods - A MAIOR GALERIA MULTIMARCAS DA EUROPA!!! Preciso dizer algo mais?? Sim, claro que merece uma visita. Além de ser enooooooorme, ela é linda!! A sua arquitetura já chama atenção de longe. Alerto que não achei nada em conta, mas não resisti em comprar um creminho da Clinique lá dentro. O lugar é super movimentado e tem estação de metrô ao lado... Fica razoavelmente perto do Museu de História Natural e dá para ir caminhando (conjugar as visitas é ideal, aproveitando a proximidade entre os lugares!!). 

10) Andamos muito de metrô em Londres, antes de começar a greve, e achei fácil, simples, eficiente e melhor do que táxi e ônibus. Invistam no metrô!! Tinha uma grande estação bem perto de Trafalgar Square, que se chama Charing Cross (dentro dela há cafés e lanchonetes também!!). Com a greve, tudo ficou confuso, táxis e ônibus sempre cheios/lotados... acabei investindo nas caminhadas e no bus turístico. 

11) As melhores ruas para compras de Londres (e ficavam próximas ao nosso hotel) são as Oxford e a Regent Streets. Tudo bem que a libra tá cara pra chuchu, mas se quiserem souvenirs, chás ingleses, entre outros, esse é o lugar de compras!!! Vai encontrar facilmente lojas conhecidas como Zara, Mango, H&M, entre outras... Aliás, tem uma loja de chás maravilhosa na Regent Street, quase chegando na Piccadilly Circus, que se chama Whittard of Chelsea. Na própria Piccadilly Circus, outro lugar famoso de Londres, onde há uma estação de metrô também, além do agito comum da praça, há restaurantes, bares e lojas nos arredores e tem o famoso prédio Trocadero, espécie de Shopping Center.

12) Eu não fui ao Madame Tussauds de Londres, embora seja o PRIMEIRO de todos os museus de cera da rede. Meus pais não quiseram ir e eu já havia conhecido o Madame Tussauds de NY e de Amsterdam. Então, para quem nunca foi a um Madame Tussauds, TEM QUE IR!! É bem legal, engraçado ver a perfeição com que fazem os sósias de cera de celebridades e personalidades mundiais!! Uma excelente pedida para diversão em família e para quem está com crianças. 

Eu acho que resumi bem a viagem. Adorei Londres e voltarei um dia, com certeza, para explorar mais os bairros e também fazer programas não turísticos, mais locais. Conhecer o Shekeaspere's Globe Theatre, que não tive tempo de entrar (passei em frente com o ônibus), entrar no Imperial War Museum (também não deu tempo), ou o Victoria and Albert Museum (museu relacionado às modas... passei na frente, muito perto do Natural History Museum, a caminho da Harrods)...  Dizem que os bairros Covent Garden e o Soho são descolados, fashions e da moda para badalações!! Quero conhecer Notting Hill também, sem que seja para passar em frente à famosa livraria do filme... rsrsrs... 

O próprio bus turístico dá uma ótima noção das atrações turísticas!!! Eu achei muito válido andar no bus e por isso aproveito para ressaltar... Olha que eu sou super adepta a CAMINHADAS!!!! Prefiro mil vezes caminhar a andar de metrô/táxi/ônibus, porém, achei bem bacana o bus turístico, pela noção que tive da cidade, pela possibilidade de descer nas atrações turísticas e depois voltar para o bus, já que o esquema era hop-on hop-off e, principalmente, pelo passeio de barco que fizemos pelo rio Thames. 

Poder observar a cidade, admirar as casas baixinhas e geminadas, famosas COTTAGES, ver de perto os famosos ônibus double deck vermelhos, tão característicos de Londres, ou também os conhecidíssimos táxis pretos com bancos duplos atrás, além das emblemáticas cabines vermelhas de telefones públicos... puxa, eu confesso aqui que realizei um sonho de infância!!! Como fiz 8 anos e meio de Cultura Inglesa (instituto que me inspirou sempre a querer falar inglês e a conhecer e admirar a cultura inglesa), passei anos lendo textos sobre Piccadily Circus, Trocadero, Trafalgar Square, vendo vídeos... e anos mais tarde, ver tudo isso ao vivo, foi emocionante para mim!!! 

E, é claro, não poderia faltar: MÃO INGLESA!!! É realmente estranho adaptar-se à mão inglesa rsrsrs... Por várias vezes, ao atravessar a rua, eu me confundia e olhava automaticamente para o lado a que estou acostumada... por sorte, nada me aconteceu!!! O engraçado da mão inglesa é observar que ela vale para tudo, para caminhadas pela rua nas calçadas (de modo geral), para subidas e descidas em escadas normais ou rolantes... PORTANTO, ATENÇÃO com isso para não ser atropelado, viu??? Façam um trabalho mental de inversão dos lados e estejam atentos.

Uma curiosidade que constatei e é sempre muito divulgada sobre a cidade é que fica até difícil dizer onde estão os londrinos rsrsrs... Há muitos imigrantes na cidade, principalmente indianos e paquistaneses, trabalhando na parte de serviços. Senti falta de ouvir mais o sotaque britânico próprio dos londrinos. Mas essa parece ser uma realidade. Voltei para casa pensando onde será que os londrinos se escondem?? rsrs...

Agora, com os valores e prestígio da Monarquia Britânica sendo resgatados pós casamento real, principalmente com a chegada de mais um herdeiro real, visitar a Inglaterra, ainda mais Londres, ganha também esse encanto que muitos nutrem pela Família Real... Ver o rosto da Rainha Elizabeth nas cédulas é bem engraçado!! 

Afinal... na terra do "God save the Queen", todas as reverências são para ela que se mantém firme e forte e bem bonitinha no poder, comemorando, em 2013, o 60º ano da sua coroação como Rainha!!! 


Harrods e os emblemáticos Telefones Públicos Londrinos

O Parlamento e Big Ben

Parques nos arredores do Palácio de Buckingham e o London Eye

Troca da Guarda do Palácio de Buckingham


Nenhum comentário:

Postar um comentário