terça-feira, 21 de maio de 2013

Aracaju: Restaurantes!!

Hummm... adoooro fazer meus tours gastronômicos!! No Nordeste, então, fico ainda mais animada com os preços oferecidos, no geral, suuuuuper mais em conta do que os preços que vemos no Rio de Janeiro, por exemplo. Ou seja, além da fartura, da gostosura, ainda não pesa no bolso!!!

Ir a Aracaju e não comer caranguejo é quase uma heresia. Por isso, tratei logo de resolver essa pendência no início da viagem e aproveitei minha ida à barraca de praia Com Amor Beach para isso. Aliás, para os mais frescos (como eu), aviso logo que comer caranguejo, com os instrumentos tradicionais, ou seja, martelo, pode causar bastante sujeira. Logo, ou não use sua melhor roupa ou deixe para comer na praia, como eu fiz, pois os estragos são bem reduzidos rsrsrs... A brincadeira vale a pena, mas é trabalhoso comer e, no final, o que se extrai de carne é bem pouco. A conta saiu por R$42,00 pelos caranguejos, cerveja e água de côco, para três.

Conclusão: prefiro pedir a casquinha de caranguejo, siri ou aratu!! Beeem mais prático!! rsrs...

No Restaurante Karrancas, em Canindé do São Francisco, local de embarque e desembarque do catamarã que faz o passeio para o Cânion do Xingó, o valor do buffet foi R$30,00 por pessoa, podendo repetir quantas vezes quisesse, com bebidas à parte.

No Restaurante Asa Branca, em Mangue Seco, a conta saiu por R$93,00, para duas vezes, para duas águas de côco, umas três long necks de cerveja e o prato principal (peixe frito e acompanhamento!!)... eu achei bem caro para o lugar e itens pedidos e foi o único que realmente me surpreendeu, mas, pelo menos aceitava cartão de crédito!!

É sempre bom lembrar que, no Nordeste, principalmente em lugares mais afastados das capitais, o turista deve estar precavido, levando além de cartões de crédito, dinheiro e cheque, pois, é super comum os estabelecimentos apresentarem problemas em aceitar cartão de crédito.

Então, vamos falar dos restaurantes de Aracaju??

** RESTAURANTE CARIRI: fica na Passarela do Caranguejo, lugar bem famoso entre os turistas... sim! É local de turista mesmo!! A decoração é super incrementada com motivos nordestinos, tem música ao vivo (bem estranha no dia...), tem salão para rastapé, tem muito movimento.

Cheguei por volta das 20:00 e esperei pouco por uma mesa, mas, logo depois a fila foi aumentando.

Quanto ao salão de forró, fica separado e é cobrado um valor separado, o que não me agradou. Não adianta se você já consumiu no restaurante que terá que pagar para entrar no salão de forró. Até fui conferir para ver se valia a pena entrar. Aliás, fui conferir duas vezes: a primeira logo que cheguei e o salão estava vazio, pois aí eu teria a opção de ficar lá dentro e pagar um valor que poderia incluir consumação. No segundo momento, antes de ir embora, já por volta das 23:00, até havia um certo movimento no salão e o trio nordestino mandando ver no forró pé de serra... mas... parecia um baile da terceira idade!!! É claro que fui embora porque não ia pagar uns R$50,00 por pessoa para ficar um pouco. Achei caro.

E sobre a comida, pedimos camarão no abacaxi, que estava bem gostoso!! O prato principal e bebidas custaram R$116,00 para duas pessoas. Destaque para a área reservada para crianças, com brinquedos e lazer.












** RESTAURANTE REPÚBLICA DOS CAMARÕES: ótimo restaurante que foi indicado por um casal de amigos que reside em Aracaju. Fica praticamente ao lado do Centro de Arte e Cultura. Não é enorme e, a depender do dia, pode ter fila. Quando eu fui, por ser domingo, o movimento estava tranquilo. É claro que comi camarão e estava muito gostoso!! Pedi um prato de camarão com batatas gratinadas e queijo (amoooo queijo!!). Não vou dizer que foi o melhor camarão que já comi na minha vida, porque eu me esbaldei em comer camarões em Maceió, das 3 vezes em que lá estive, especialmente na última, que foi o carnaval de 2013. Lá em Maceió, no carnaval desse ano, eu simplesmente lambi os beiços depois de comer o camarão na moranga do Imperador dos Camarões. Enfim... a briga é de cachorro grande... o camarão lá é bem barato... para quem gosta do crustáceo, vá sem medo de ser feliz!! Aproveite!! 

O preço para duas pessoas pelo prato principal e jarra de suco de abacaxi (fui bem light dessa vez) foi R$64,00.




** RESTAURANTE CARRO DE BOIS: depois de ser torturada pelo aroma que saía de suas chaminés e invadia meu quarto na Pousada dos Caminhos, todo santo dia, é claro que eu tinha que conferir esse restaurante, localizado ao lado da Pousada, bem pertinho da orla do Atalaia e da Passarela do Caranguejo.

Nem preciso dizer que dessa vez abri mão dos frutos do mar para comer carne!! Afinal, é o carro chefe da casa. Pedi uma entrada de linguiça e depois o prato principal que era um mignon de picanha na chapa e acompanhamentos (vejam a foto!!). Para beber, pedi de entrada um drink e depois uma jarra de suco de abacaxi.

A brincadeira ficou por R$90,00 para duas pessoas. O atendimento foi muito bom. Era uma segunda feira e a casa estava praticamente vazia. Pude conversar com o gerente, ser apresentada ao dono, trocar algumas ideias e figurinhas. Tudo bem tranquilo, alto nível e requinte. Aprovado e recomendo!











** RESTAURANTE BADA GRILL: na orla do Atalaia, quase no final da Passarela do Caranguejo (na verdade, não sei dizer se é final ou início, porque depende do referencial rsrsrs... mas é no sentido do Centro de Arte e Cultura e Oceanário). 

Tinha música ao vivo e área reservada para as crianças brincarem. Outro restaurante que me agradou bastante e onde comi uma picanha de porco que foi simplesmente maravilhosa!! Na verdade, os pratos foram super diferentes: uma chapa de frutos do mar e uma chapa de picanha de porco e mignon. Hummmmm... delícia!!! Adorei!!

Os dois pratos principais e bebidas (duas caipirinhas e duas ou três cervejas - não lembro), dividido para 4 pessoas - tudo isso ficou por R$74,00 para cada casal. 

A decoração do lugar é um charme e me agradou bastante.  









** RESTAURANTE PITÚ COM PIRÃO DA ELIANE: outro restaurante sempre muiiiiiito bem indicado pelos blogs especializados em gastronomia e viagens. Fica na Orla do Atalaia e com certeza merece uma visita. Como cheguei cedo, no pós praia, estava meio vazio. Não sei dizer como fica à noite, mas li muito a respeito do lugar antes de viajar e, por isso, ele é conhecido. 

Comemos uma entrada que parecia uma casquinha de siri ou aratu (não lembro agora) e uma super caldeirada de frutos do mar muito bem farta de prato principal. Tudo isso foi dividido por três pessoas e a fartura foi tanta que no final pedimos arrego. Para acompanhar, os meninos foram de cerva e eu de caipirinha. A conta deu R$100,00 para o casal. 

O lugar é muito fofo e o atendimento foi bacana (também, o lugar estava praticamente vazio... rsrsrs). Confesso que nessa viagem, tirando o Com Amor Beach, onde tive dificuldade até para pagar, nos demais lugares o atendimento foi bem acima da média do que estou acostumada no Nordeste e, para minha surpresa, bastante eficiente e simpático.






** VILLA BOTEQUIM: podia ser mais um barzinho da Lapa, no Rio de Janeiro, ou da Vila Madalena, em São Paulo, mas era um botequim nada pé sujo, bem arrumadinho, de Aracaju.

O lugar me agradou bastante e as comidinhas não poderiam ser melhores para petiscar e beber minha caipirinha de lichia.  

Por falar em caipirinhas, uma vez no Nordeste, não deixe de experimentar caipifrutas com frutas típicas, como siriguela, caju, mangaba, tangerina, cajá, graviola, carambola, buriti, açaí, kiwi, entre outras...  

Foram dois pratos de entrada, uma espécie de escondidinho com torradas e um tomate gratinado recheado, mais duas casquinhas de caranguejo (ou siri?), e as bebidas (não lembro quanto que cada um bebeu, mas sei que bebi duas capifrutas). Estávamos em 4 e a conta para cada casal ficou em R$74,00



4 comentários:

  1. como estou sozinha em aracaju gostaria de saber se tem lugares com valor acessivel ara uma pessoa apenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leticia!
      Olha, como eu moro no Rio de Janeiro, onde tudo é absurdamente caro, eu achei os preços dos restaurantes de Aracaju bem acessíveis, viu? O Villa Botequim era bem em conta, o Bada Grill também... dê uma olhadinha no post acima e nos valores que eu coloquei para você ter uma ideia dos preços... é claro que esses valores são referentes à viagem que fizemos em 2012, então é bom considerar que seja um pouco mais caro do que isso, porque a inflação dos últimos 4 anos foi cruel, né?
      Beijinhos e curta muito!
      Coma um caranguejo por mim e uma casquinha de aratu que eu amei!!!
      Lily

      Excluir
  2. Excelentes postagens, seja sempre bem vinda a Aracaju

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada!! Sergipe é um estado incrível que merece mais divulgação!
    Abraços,
    Lily

    ResponderExcluir