terça-feira, 12 de junho de 2012

Buenos Aires: 1º Dia!! O que realmente fiz...


******1º DIA EM BUENOS AIRES:

A  ideia era acordar e EXPLORAR os bairros da RECOLETA + PALERMO.

Como só conseguimos sair do Hotel Plaza San Martín Suítes às 12:00, após um farto café da manhã, é claro que eu não ia conseguir fazer tudo que gostaria.... mas eu tentei!! E consegui fazer bastante coisa!! 

Vejam só:

Como estava localizada na esquina entre Avenida Santa Fé e Calle Suipacha, caminhar até a Plaza San Martín era um pulo!! 

Ali na Avenida Santa Fé, entre Suipacha e Plaza San Martín, havia um quiosque do Open 25 HS, ótimo para pequenos lanches, para comprar água e outras bebidas, para comprar Doce Leite de outras marcas (Havanna eu acho que só vende mesmo nas lojas do Café Havanna, mas tem um doce de leite em barras que se chama Vaquita e um cremoso que se chama Salamandra que também são muito gostosos).

Perto do Hotel, ainda na Avenida Santa Fé, a caminho da Plaza San Martín, também havia uma farmácia grande, Café Havanna tipo express, casa de câmbio, Banco Itaú, Café, Bares, ou seja, uma ótima localização!!

Descobri que na calçada em frente ao Círculo Militar (cujo pórtico de entrada teve inspiração nos palácios franceses), bem ao lado da saída do metrô, tem um lugar para aluguel de bicicletas!!! Para quem curte pedalar, fica a dica!!

Depois de caminhar pela Plaza San Martín, observando a Torre Monumental e o Memorial para os soldados mortos na Guerra das Malvinas, retornei pela Avenida Santa Fé e segui até a Avenida 9 de Julio em direção a Recoleta.

Passei pela Embaixada da França, que estava bem movimentada por se tratar de eleições presidenciais.

Caminhei pela Calle Posadas e entrei um pouco no Pátio Bullrich (Calle Posadas, entre a Libertad e Montevideo), para admirar as vitrines de grifes internacionais que estavam fora do meu orçamento e para uma pausa providencial no Freddo, tomando um delicioso sorvete de dulce de leche tentación!!!

Na Calle Posadas, também descobri uma loja especializada em produtos de cabelo e repleta de opções da marca Kerastase.

Infelizmente, não consegui entrar no SanJuanino (Av Callao 1515, esquina com Calle Posadas) para degustar a empanada eleita pelos portenhos como a mais gostosa. Cheguei lá por volta das 14:00 e estava muito cheio - hora do almoço, né?? A espera era de até 30 minutos e, para comer uma empanada, não valia a pena.

De lá, subi até a Calle Alvear, passando pelo chiquérrimo Hotel Plaza. Aliás, a Calle Alvear é maravilhosa!!! Cheia de lojas maravilhosas, daquelas em que você fica desejando, ou melhor, cobiçando os itens expostos nas vitrines... ai ai ai ... como sofro!!! rsrsrs...

Na sequência, passei pelo Café La Biela, mais alguns Freddos (sorveteria) pelo caminho, Farmácias, e entrei na Calle Junín, onde estão o Cemitério da Recoleta (entrei rapidinho, mais para fotografar) e a Basílica de Nuestra Señora del Pilar.

Ali estava acontecendo a feira da Recoleta, que ocorre aos finais de semana, bem em frente à Basílica e naquela descida em direção ao Buenos Aires Design.

Para ser franca, a feira não me agradou. Com muito artesanato e sem grandes fashionismos. Mas... vai que eu  não tive sorte, né??

Então, entrei no Buenos Aires Design, cortando caminho, e fui até a Plaza Francia e ao Museo Nacional de Bellas Artes, onde entrei para admirar as obras de Monet, Renoir, Van Gogh, entre outros artistas impressionistas.

Depois, com intenção de chegar até a Floralis Generica, passando pela Faculdade de Direito, ao atravessar a Avenida Pres. Figueroa Alcorta, percebi que estava acontecendo um evento patrocinado pelo enérgico Red Bull com carros, tipo um rally. Estava lotaaaaado o lugar e mal dava para entender o que realmente estava em disputa. De qualquer forma, pelo pouco que consegui ver, as manobras arrojadas, curvas, roncos de motor, foi bem emocionante!!

E, como estava muito cheio, não deu para chegar até a Floralis Genérica.

Continuei caminhando pela Avenida Figueroa Alcorta, na direção do Jardim Japonês. Passei por jardins, praças, várias embaixadas, pelo Museo de Arte Latinoamericano (MALBA - Av. Figueroa Alcorta 3415), mas não entrei neste último, porque, sinceramente, não me agradou muito nas outras duas vezes que o visitei. 

E finalmente, entrando pela Avenida Casares, cheguei ao Jardim Japonês!! Adoro esse jardim! Um dos meus prediletos! Ótimo local para descanso, para apreciar a paisagem, para um pequeno lanche e para fotos, é claro!!

Já um pouco cansados da "caminhadinha" (Retiro - Recoleta - Palermo), pegamos um táxi e fomos até a Plaza Serrano (são 26 quarteirões do jardim até a praça), em Palermo, onde estava acontecendo a também famosa feira de  fashionistas nos arredores da praça.

A feira em si acontece na Plaza Serrano (Rua Jorge Luis Borges e Honduras). Porém, nos seus arredores há diversas lojas e galerias com muitos quiosques e stands expondo seus produtos!! Eu só não comprei mais coisas porque muitos só trabalhavam com dinheiro e eu dava preferência a quem aceitasse cartão de crédito. Comprei lenços, vestido, saia longa de lã, blusas, entre outros. 

E, para quem estiver em casal, o melhor de tudo é que também nos arredores da praça há uma diversidade de bares e pubs enorme!! Excelente para uma pausa, para um café, ou uma cerveja local, como a Quilmes, com empanadas ou alguma comidinha portenha!!! Muito justo e assim ninguém fica entediado!!!

Depois de literalmente "fechar" a feira, que encerra por volta das 20:00 (algumas barraquinhas e galerias começam a fechar em torno das 19:00), peguei um táxi e voltei para o hotel, para um rápido descanso e uma produção para sair novamente.

O destino noturno escolhido foi Puerto Madero e o maravilhoso restaurante Cabaña Las Lilas!!

Muito fácil achar o Cabaña Las Lilas. O restaurante é sensacional!! O tratamento é super Vip!! O atendimento é fabuloso!! E, mesmo na fila de espera por uma mesa, que durou uns 30 minutos, com empanadinhas, nozes, amendoins, por conta da casa, não tem como não adorar o lugar!!

Chegamos por volta das 22:30, em pleno sábado. Por sorte, não esperamos mais que 30 minutos. Acho que esse horário é aquele em que há a troca entre pessoas que chegam para jantar mais cedo e as que chegam no meu horário. A dica é chegar pela frente que dá para  a Avenida Alicia Moreau de Justo, pois é ali que se faz a reserva de mesa.

Mal deu para comer os quitutes oferecidos na espera. A mesa ficava do lado de fora,  que era o melhor lugar para apreciar Puerto Madero!! É claro que sempre recomendo!! 

Depois, um passeio por Puerto Madero cai muito bem. Pertinho do restaurante ficam o Barco Museu e a Puente de La Mujer.

E assim acabou meu primeiro dia de passeio!!

Vista do Hotel Plaza San Martín Suítes

Círculo Militar
 
Plaza San Martín

Torre Monumental

Memorial Guerras Malvinas

Início da Calle Florida

Farmacity na Av. Santa Fé

Avenida Santa Fé

Avenida 9 de Julio


Recoleta

Embaixada da França



Patio Bullrich


El SanJuanino

El SanJuanino

Hotel Plaza

Calle Alvear

Cafe La Biela

Recoleta

Cemitério

Cemitério

Feira Recoleta

Basílica del Pilar

Buenos Aires Design

Buenos Aires Design

Bs Aires Design

Museo de Bellas Artes

Av. Figueroa Alcorta + Faculdade de Direito e Floralis Generica


Plaza Francia ao fundo

Jardim Japonês




Palermo - Plaza Serrano

Feira da Plaza Serrano

Pub da Budweiser

Plaza Serrano vista do alto

Puerto Madero - Cabaña Las Lilas










Puerto Madero: Puente de la Mujer


2 comentários:

  1. Eu experimentei as empanadas do El San Juanino...são realmente muito boas!! E o lugar é interessante, com aquela cara de coisa velha e cheia de história...rs

    E o doce de leite Salamandra, não deixa nada a desejar ao Havana, acho que é até mais gostoso!!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei triste por não ter comido no SanJuanino dessa vez... A dica é: se for na hora do almoço (como eu fui) prepara-se para uma fila de espera de pelo menos 30 minutos!! Como calculei mal o horário, deixei de saborear as empanadas...

    Ahhh... A marca de doce de leite Salamandra, para nossa alegria, já é encontrada nas prateleiras de mercados cariocas, como o Zona Sul, por exemplo!!! Enquanto o Havanna não chega ao Rio, aproveitem o Salamandra, que é muito gostoso também!!

    ResponderExcluir