quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Praga e suas Atrações Turísticas/PARTE I

Não é a toa que Praga é chamada de "Cidade de Ouro", pois essa é exatamente a impressão que nos dá quando se tem uma visão panorâmica da cidade e de seus telhados alaranjados a dourados. Belíssima visão, diga-se de passagem!! Aliás, todas as possibilidades de se ter uma visão panorâmica da cidade devem ser exploradas pelo turista visitante porque é simplesmente fascinante!!

Vou mencionar aqui algumas das principais atrações turísticas da cidade. Não estive em todas, infelizmente. Não consegui visitar os museus, por exmplo. Mas é um bom motivo para visitar novamente essa cidade tão linda!!

O Centro Histórico da cidade, como expliquei no post anterior, é dividido em 4 regiões principais: Cidade Velha (Old Town/Stare Mesto), Cidade Nova (New Town/Nove Mesto), Bairro Pequeno (Lesser Quarter/Mala Strana) e Bairro Judeu (Jewish Quarter/Josefov).

--> Explorando CIDADE NOVA/NOVE MESTO:

- CASTELO DE PRAGA: é a antiga sede dos príncipes e reis checos e desde 1918 também dos Presidentes da República. Os inícios do Castelo remontam aos anos 80 do século IX. É um enorme complexo que compreende palácios, igrejas, torres, museus, galerias de arte, cafés, monastério e fortificações que se estende  por aproximadamente 7 hectares.




Sem dúvida alguma, a grande jóia desse complexo é a Catedral Gótica de S. Vito, S. Wenceslau e Sto. Adalberto.

Fica localizado no alto de uma colina de onde se tem uma visão panorâmica belíssima da cidade.




A troca da guarda ocorre a cada hora  e é algo interessante a ser visto pela cerimônia e formalidade.

- CATEDRAL GÓTICA DE S. VITO: é a maior igreja da República Checa. Essa espetacular igreja gótica foi construída junto com o Castelo de Praga, é também uma das principais atrações turísticas da cidade.

Observar sua fachada em estilo gótico é algo impressionante. Tentei de todas as formas tirar fotos em que pudesse captar sua fachada por inteiro, mas era impossível (eu não tinha câmera com foto panorâmica na época e também não sei se daria certo). Mas é algo realmente deslumbrante para os amantes do estilo gótico!! Uma jóia de fato!!

Sua construção foi iniciada por Carlos IV em meados do século XIV e somente foi terminada nos finais dos anos 20 do século passado.

Os destaques dessa catedral são: o coral ao alto e as abóbadas, o mausoléu real no primeiro plano, os vitrais (todos são fascinantes!!), a Capela de S. Venceslau com a sua coroa e parte das jóias de coração checas que remontam a 1346 e o Sepulcro de prata de S. João Nepomuceno com o santo ajoelhado.

Catedral vista pelos fundos

Vitrais

Mausoléu Real

Capela de S. Venceslau

Sepulcro de Prata de S. João Nepomuceno
- BASÍLICA DE S. JORGE: Essa basílica românica com típicas torres brancas e com a fachada em barroco inicial é a igreja mais antiga do complexo do Castelo de Praga e também é a mais bem preservada igreja em estilo românico em Praga.


- BECO DO OURO/GOLDEN LANE: Esse pitoresco beco pertence à imagem do Castelo de Praga. Data do século XV, consistindo em uma pequena rua em que há exibição de armaduras medievais, artefatos têxteis, bem como venda de lanches e souvenirs para turistas.

- PALÁCIO REAL DE VERÃO/BELVEDERE: Construído nos anos de 1538-1561 pelo rei Ferndinando I, em estilo renascentista italiano, é a jóia dos jardins reais. A fonte de bronze, no jardim em frente ao Palácio Real, devido ao som das gotas de água que caem sobre o fundo do sino, chama-se Fonte Cantante.

- LORETO: Construído nos inícios do século XVIII, trata-se de uma cópia da casa em que se acredita ter vivido a Virgem Maria. A Sala do Tesouro é bastante famosa.


- PETRÍN: Desde 1891, encontra-se sobre o Petrín a Torre de Observação de 60 metros de altura (uma cópia diminuída da Torre Eiffel), onde há um elevador que leva ao alto fornecendo uma visão panorâmica excelente da cidade. O jardim da encosta da colina e o chamado Labirinto com o corredor de espelhos atrai também os turistas. A Igreja de S. Lourenço fica perto da Torre de Observação e remonta a 1135, mas foi reconstruída em estilo barroco nos anos de 1735-1740. 

- BAIRRO PEQUENO: As construções renascentistas e barrocas dos séculos XVI até XVIII remodelaram essa região da cidade, criando-se o aspecto hoje conhecido: palácios dos nobres com jardins, templos majestosos, parques, cantos românticos e igrejas. Quando anoitece e os lampiões são acesos, cessa-se o tumulto do dia e as luzes dão às ruas um encanto ainda maior nesse cenário medieval tão bem conservado.

Caminhei bastante pelas ruas do Bairro Pequeno e é extremamente charmoso tudo ao redor. Contemplar as fachadas das casas é algo imperdível. Antigamente não havia numeração nas ruas e as casas e seus moradores eram identificados por brasões que ainda podem ser observados nas casas.

Da Rua Klárov até o Castelo de Praga há uma escadaria de 101 degraus  que termina junto a um mirante da cidade. Essa escadaria existia desde o século XVI.






- IGREJA DE S. NICOLAU: Existem 3 igrejas ao Santo em Praga. Fica na praça principal, em Lesser Town Square. A construção desta, localizada na Cidade Pequena, foi iniciada em 1704 e possui estilo barroco. Seu interior é repleto de estátuas e pinturas. É possível subir na torre do sino para ter outra visão panorâmica da cidade.


- LESSER TOWN SQUARE/PRAÇA PRINCIPAL DA CIDADE PEQUENA: Nessa praça fica a magnífica Igreja de S. Nicolau. É rodeada de restaurantes, pubs, pequenas lojas, embaixadas internacionais e belos edifícios barrocos. Além disso, é uma das paradas do tem/bonde e de lá pode-se tomar outras direções, como Castelo de Praga e Praça Wenceslau.


- IGREJA NOSSA SENHORA VITORIOSA: É de 1723. Em seu altar encontra-se a estátua de cera do Menino Jesus de Praga.

- RUA NERUDOVA: A rua que é a porta de entrada do Bairro Pequeno saindo da Ponte Carlos que leva até o Palácio Real/Castelo de Praga, fazendo parte do caminho real. Também repleta de lindas e antigas casas burguesas transformadas em chiques restaurantes, lojas e hotéis.



**PONTE CARLOS/CHARLE`S BRIDGE: A mais conhecida ponte que atravessa o Rio Vltava em Praga, e também a mais antiga, essa ponte de pedra para pedestres foi fundada em 1357 pelo rei Carlos IV. Passaram sobre ela as marchas de coroação dos reis checos. Ela liga a Cidade Velha ao Bairro Pequeno. Há duas torres na ponte que delimitam sua entrada e saída, uma maior, do lado da Cidade Velha, e uma menor, do lado do Bairro Pequeno. Hoje em dia, existem várias estátuas na ponte, sendo a maioria cópia das originais que foram destruídas ao longo dos anos por catástrofes e guerras e lutas travadas na ponte.



Tive a oportunidade de subir na Torre Maior, do lado da Cidade Velha, e a vista lá de cima da Ponte Carlos, Castelo de Praga e parte da Cidade Velha é maravilhosa!! Vale muito a pena subir!!






--> Explorando o BAIRRO JUDEU/JOSEFOV:

Os judeus residiam embaixo do Castelo de Praga já desde o século X. Após a criação da Cidade Velha, o Bairro Judeu passou a ser um bairro fechado, ficando entre a Praça da Cidade Velha e o Rio Vltava. Caminhar por suas ruas e ver os edifícios é imaginar como era a rotina da comunidade em seus primórdios, nos períodos medievais.



As principais atrações são:

- CEMITÉRIO JUDEU: repleto de sepulcros históricos, inclusive Franz Kafka. Fundado em 1478, é o mais antigo cemitério judeu sobrevivente.

- ANTIGA-NOVA SINAGOGA: construída aproximadamente em 1270. É a mais antiga e bem preservada sinagoga da Europa Central.


- OUTRAS SINAGOGAS: Sinagoga Pinkas, Klausen, Maisel e Sinagoga Espanhola.



- MUSEU JUDAICO: A entrada para o museu abrange também a entrada para as sinagogas. Fundado em 1906, é o maior da Europa desse estilo, possuindo um enorme acervo de artefatos sagrados judaicos.

- MUSEU FRANZ KAFKA: Primeiras edições de suas obras, fotografias, cartas, diários, manuscritos, tudo isso leva o visitante a vivenciar um pouco do mundo dessa grande figura do munto literário.

PRÓXIMO POST: Cidade Velha e Cidade Nova. Acompanhem!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário