27 setembro 2018

Projeto Turista Cidadão em Santa Teresa

Projeto Turista Cidadão em Santa Teresa

É sempre muito legal divulgar projetos desenvolvidos para trazer conhecimento e valorizar o que nossa cidade tem de melhor, por isso mesmo que vale a pena acompanhar as andanças do Projeto Turista Cidadão, que já esteve no Leme, Copacabana, Leblon, Centro (Praça XV, Largo da Carioca e Praça Tiradentes), Lapa... e agora é a vez do boêmio bairro de Santa Teresa receber essa turma de curiosos ávidos por saber um pouco mais da história da cidade, do bairro, as curiosidades e fazerem juntos uma viagem no tempo, uma oportunidade única de imaginar como era o passado da cidade, seus tempos áureos e ilustres personagens que deixaram suas marcas. 


Subindo as ladeiras de Santa Teresa, os participantes conhecerão as casas e as ruas onde viveram artistas, como Carmem Miranda, Manuel Bandeira, Pixinguinha e o cantor Taiguara, além de poder comparar as paisagens e as construções com o tempo presente. 

No próximo sábado, dia 29 de setembro, a partir das 9h, você já tem seu encontro marcado com mais uma edição do Projeto Turista Cidadão, promovido pelo curso de Turismo da Estácio e coordenado pelo professor e guia de turismo Kadu Guimarães. 

Trata-se de um walking tour, feito com caminhadas, percorrendo a pé as ruas de um dos bairros mais fascinantes do Rio de Janeiro, sempre lembrado pela sua boemia, seu lado artístico e um quê de bucólico também. 


Durante a “viagem” por Santa, os participantes conhecerão as casas e ruas onde viveram artistas como Carmem Miranda, Manuel Bandeira, Pixinguinha e o cantor Taiguara, além do Convento de Santa Teresa (que deu origem ao povoamento do antigo Morro do Desterro); a antiga via do Aqueduto Carioca que desemboca nos Arcos da Lapa; o Largo do Curvelo com o Parque das Ruínas e o Museu Chácara do Céu; o Largo dos Guimarães com seu polo gastronômico e os recantos mais encantadores e secretos do bairro como as Ruas Triunfo e Filadélfia. 

O público também ficará a par das histórias de alguns dos restaurantes e bares mais tradicionais do bairro, como o Armazém São Thiago (o famoso Bar do Gomes), o Bar do Arnaudo e a Adega do Pimenta.

No dia do evento, que é gratuito (porém, os organizadores aceitarão doações de alimentos não-perecíveis), os participantes vão acessar a página do Facebook TURISTA CIDADÃO RJ e, por meio dele, será possível baixar um aplicativo digital com fotos e ilustrações de época, trazendo informações sobre ruas, chácaras, chalés e castelos, fatos históricos, personalidades marcantes e a vida cotidiana da região desde o século XVIII até os nossos dias. 



O ponto de encontro do grupo será na Estação do Bonde de Santa Teresa, que fica na Rua Lélio Gama (transversal à Avenida Chile – ao lado do edifício da Petrobras).  

O Projeto Turista Cidadão é completamente gratuito, mas quem desejar subir e retornar de bondinho terá que pagar o valor do bilhete de bonde à parte e será conduzido por um dos motorneiros mais antigos do bonde: o Marquinhos. 

O Turista Cidadão fará uma homenagem ao motorneiro de bonde que faz parte da vida de Santa Teresa desde 1897. A galera que não quiser seguir de bonde poderá se encontrar com o grupo às 11h, na estação do Largo do Curvelo, subindo a pé a pela escadaria Selarón na Lapa.


Segundo o guia de turismo Kadu Guimarães - idealizador e coordenador do Projeto Turista Cidadão e do curso de Turismo da Estácio – a atração é uma grande oportunidade dos cariocas conhecerem a própria cidade. “O tour virtual fará com que os cidadãos visualizem antigas chácaras, castelos, palacetes, chalés, ateliês de arte e jardins em contraste com os mesmos locais hoje em dia, tipo uma experiência de realidade aumentada”, comenta Kadu Guimarães.

Nós conhecemos vários desses lugares que foram mencionados e temos certeza de que esse passeio será lindo e muito enriquecedor. 

SERVIÇO:

Projeto Turista Cidadão Rio de Janeiro


  • Data: 29 de setembro, sábado
  • Horário: Início às 9h (1º grupo subindo de bonde) e às 11h (2º grupo subindo a pé).
  • GRATUITO: Os organizadores aceitarão um 1 Kg de alimentos não-perecíveis. O transporte opcional de bondinho ida e volta deverá ser pago. Os 50 primeiros a chegarem na Estação do Bonde no Centro terão direito a uma tarifa promocional de R$ 10,00, utilizando-se de bondes exclusivos para o projeto. Os demais pagam o preço regular do bilhete que é R$ 20,00
  • Local: Pontos de encontro – Estação do Bonde de Santa Teresa – que fica na Rua Lélio Gama (transversal à Avenida Chile – ao lado do edifício da Petrobras // Estação do Largo do Curvelo (subindo a pé a partir da Escadaria Selarón ou de carro e encontrando-se com o grupo no Curvelo)


Postar um comentário

Botão do Whatsapp só funciona no celular

Digite o que procura e tecle "enter" para buscar