sexta-feira, 28 de abril de 2017

Madero Steak House lança novos pratos saudáveis e fitness

Fazia muito tempo que eu estava curiosa para conhecer o famoso hambúrguer do Madero Steak House, uma rede de restaurantes genuinamente brasileira que cresce a todo vapor e vem conquistando muitos corações. Minha curiosidade era ainda maior em razão da origem da rede, que é de Curitiba, pois, afinal de contas, como o Julio é paranaense, a gente fica feliz e orgulhoso por ver uma marca de lá fazer tanto sucesso Brasil afora!




Em Novembro de 2016, quando passamos o feriado em Curitiba, nós finalmente tivemos a oportunidade de conhecer um restaurante da rede, apesar de haver 2 casas no Rio de Janeiro, foi na origem da rede que nós estreamos nosso amor por seus pratos e escolhemos o da rua Comendador, no centro da cidade, porque estávamos com meus sobrinhos e lá tem um espaço Kids grande, repleto de brinquedos para criança nenhuma botar defeito e dar sossego aos pais. 


Daquela vez, comi um hambúrguer divino! Suculento, macio, saboroso, num tamanho muito bom, com pão macio e molho delicioso... hummmm... aprovado! E as batatas fritas também fizeram sucesso, assim como o palmito pupunha assado que estava espetacular. Tudo isso num ambiente muito fofo, com uma pegada retrô, decoração que nos fazia sentir num vilarejo da década de 30... uma gracinha. 

Maaaasssss, esse post aqui não é para falar do hambúrguer nem de nossa experiência em Curitiba, mas sim para trazer a vocês as novidades dos restaurantes Madero que agora também oferecem em seu cardápio uma linha de pratos mais saudáveis e fitness, atendendo a paladares exigentes que não querem ver uma refeição light ou veggie seja sem graça. 

  

E nós fomos conferir de perto o lançamento no Rio desses pratos, no restaurante Madero do Rio Design Leblon (Rua Ataulfo de Paiva, 270), criados pelo Chef Junior Durski em parceria com a Pati Bianco (blog Fru-Fruta @frufruta). 







Na verdade, há pouco mais de um ano que o Madero introduziu em seu menu a linha Fit, apresentando pratos compostos por ingredientes funcionais como trigo integral, grãos, sementes e creme de palmito.




Agora, dentre os pratos trazidos pela dupla, há excelentes harmonizações e muito colorido nas saladas, massas, sanduíches e sobremesas para lá de apetitosos e diferentes! 


Diga-se de passagem que a apresentação dos pratos está super caprichada e já dá para comer com os olhos antes mesmo de experimentar os quitutes rsrs. 

Dessa forma, a casa abre um leque de variedades que apetecem aos carnívoros de plantão e aos que estão fazendo alguma dieta ou com restrição alimentar, como intolerância à lactose, glúten e ovos. E o cardápio informa direitinho os ingredientes para não ter erro nem surpresa. 





A Pati Bianco, do blog e instagram @frufruta, contou um pouco da sua história e desta parceria inédita. Ela há alguns anos descobriu-se alérgica à lactose e ovos, e teve que reformular sua alimentação. Contudo, ela cansou de se deparar com pratos pouco apetitosos, sem cor ou sabor, e foi criando suas próprias receitas com base na filosofia de que saudável é a "comida de verdade", preparada com respeito aos ingredientes e sem aditivos químicos". Para uma design, até que a Pati está se saindo bem demais como mestre cuca e, com louvor, ela assumiu esse desafio junto ao Madero e, em breve, lançará seu livro com 50 receitas criadas então a partir da sua releitura e necessidade de retirar o leite da sua alimentação.

Assim, nasceram as novas saladas de acompanhamento de pratos que ganharam rúcula, palmito pupunha em cubos e creme balsâmico.


As novas saladas Caesars foram incrementada se com panzanellas integrais e duas novas versões: camarões grelhados e hambúrguer vegetariano, além das tradicionais Mignon e frango.


Porém, as estrelas da noite e as duas maiores novidades do cardápio, assinadas pela Pati Bianco são: as saladas Madero Fit e a Madero Veggie. 


A Madero Fit é uma combinação saborosa e leve de folhas frescas envolvidas em molho pesto sem lactose, servida com parmesão, tomate cereja, quinoa com creme de palmito, amêndoas laminadas e frango grelhado. Essa foi a minha favorita. É uma salada sem glúten, com pouco sódio, low carb e proteica. No caso de quem tem intolerância à lactose, basta pedir para servir sem o parmesão. 




Já a Madero Veggie combina folhas frescas servidas com creme balsâmico, grãos de bico salteado no azeite extravirgem, com azeitona roxa e tomate cereja, queijo coalho grelhado e é finalizada com amêndoas laminadas. É livre de glúten, rica em proteína vegetal e também pode ser servida sem o queijo coalho aos intolerantes à lactose.



Ambas são bem saborosas, vieram em pratos com uma apresentação impecável e em quantidade suficiente para ser uma refeição principal para uma pessoa ou para dividir, se mais outro prato for pedido.


Também experimentamos o carpaccio de Mignon com rúcula e queijo parmegiano que estava delicioso!




Outra grande novidade é a substituição do Fettuccine pelo Penne Italiano nos pratos de massa e como opção de acompanhamento. São 4 molhos para escolher o seu preferido: do chef  (Mignon), com peito de frango, camarões ou à Primavera. Ou também o Penne Fit, à base de massa integral e molhos de pesto, ou peito de frango, ou camarões, ou ainda o Fusilli sem glúten com molho de camarões ou peito de frango. 




Por fim, dentre os salgados, provamos o Sandwich Gourmet, feito com queijo coalho, rúcula e tomate seco, acompanhado de batatas fritas. Muito saboroso, como tudo que nos foi apresentado. 




Todos esses pratos novos já estão incorporados ao cardápio de todos os restaurantes da rede. E vale lembrar que o restaurante Madero já conta com 90 casas no Brasil e 1 em Miami!


Encerrando a noite, as sobremesas não ficaram para trás e deram um show: petit gateau de doce de leite, brownie e sorvete de frutas vermelhas. 




Foi difícil escolher qual estava mais gostoso porque todos surpreenderam. Vou dizer que sofri, viu? rsrs... viram a minha cara de tristeza??



Mas para paladares como o do Julio que preferem algo menos doce, o sorvete agradou mais. Já para as formiguinhas de plantão como eu, foi amor à primeira vista com o petit gateau. 







Acompanhando os pratos, Julio escolheu um chope e eu experimentei 2 drinks.



Você sabia que o dono do Madero, o chef Durski, é do Paraná e abriu seu primeiro restaurante em 1999 em Curitiba, chamado Durski? Mas o primeiro Madero mesmo é de 2005. E sabem o que é mais incrível disso tudo? É que não a rede de restaurantes não trabalha com franquias! Isso mesmo... é o mesmo dono que cuida de todas! Uma verdadeira e deliciosa história de sucesso, não acham?


Nenhum comentário:

Postar um comentário