domingo, 22 de maio de 2016

Restaurante Cortés: mais uma opção gastronômica no Rio de Janeiro

O restaurante Cortés abriu suas portas para o Apaixonados por Viagens e nos mostrou um pouco do seu cardápio que fará qualquer carnívoro morrer de amores pelos cortes de carnes essencialmente argentinos e diversas opções suculentas e macias.



Mais um empreendimento do Grupo Ráscal, o Cortés Asado, após sucesso em São Paulo, chegou ao Rio em 2015 e estabeleceu-se no quarto piso do Shopping Leblon, unindo muito charme e glamour, típicos do bairro mais queridinho das novelas globais, com muita qualidade no serviço e uma seleção apurada das carnes que são servidas.

Além do grupo Ráscal, o figorífico B&B participa do empreendimento e uma equipe de cerca de 50 pessoas dedicadas a atender seu clientes com atenção e cordialidade.

O ambiente do restaurante poderia ser dividido em 3: um bar, na parte mais externa, bem descolado e com ares mais informais onde se pode experimentar drinks clássicos, bem como criações da casa, servidos em jarra, também conta com a varanda, que fica do lado direito e avança um pouco no corredor do Shopping e, por fim, o salão interno, mais reservado, à meia luz, seguindo um estilo low profile, de onde se pode ver o aquário da cozinha e acompanhar as carnes sendo assadas e alguns pratos sendo elaborados.




Eu adoro quando a cozinha é aberta e visível ao público. Isso sempre sugere, para mim, muita segurança e confiança da casa nos quesitos de limpeza e higiene.



A adega da casa, climatizada, é muito interessante e fica bem na entrada no restaurante. Muito variada e com uma seleção incrível e vinhos que os próprios garçons estão aptos a recomendar. São cerca de 120 rótulos de vinhos e 30 de cervejas. Aliás, a casa oferece e prestigia as cervejas mais artesanais e gourmets.




Nós preferimos ficar no salão interno, cuja decoração realmente me agradou bastante, com mesas em madeira, sofás em algumas mesas, um ambiente acolhedor e aconhegante. 


Como fica dentro de um Shopping, o Cortés também se apresenta como uma ótima opção para se conjugar com um cinema ou teatro. Apesar de ser um restaurante de shopping que eu, paricularmente, nem curto muito (prefiro os de rua), eu confesso que me surpreendeu bastante e, como ficamos no salão interno do restaurante, a sensação era de que não estávamos em um shopping. Fora o fato de que o ambiente é muito seguro, contando com a segurança do Shopping também. 




Bem, vamos falar do que mais interessa, certo? O cardápio! Embora seja um cardápio inspirado em uma culinária refinada e contemporânea, oferecendo a casa pratos com frutos do mar, por exemplo, a especialidade do Cortés é efetivamente a parrilla, o famoso churrasco argentino. 

E o grande segredo do restaurante, além de seleção rigorosa e criteriosa das carnes nobres do boi, é o estudo feito da carne, ainda no frigorífico, quando ela é avaliada pela cor, textura e marmoreio, que é o nome da gordura entremeada responsável pelo sabor, suculência e maciez. Só então é separada a carne do restaraurante, que vai em peças grandes para ser porcionada no seu açougue. 

O restaurante optou pelas raças Hereford, Angus, Australian Angus e Wagyu.Você sabe identificar os cortes das carnes no modo argentino?? Ahhh... são diferentes do Brasil!! O Restaurante Cortés nos deu uma colinha e trazemos aqui para vocês entenderem (e eu também) essa diferença. 

Vejam na foto abaixo: 

desenho de boi e pedaços de carnes

Nós iniciamos os trabalhos da noite com duas entradinhas espetaculares: uma dupla de empanadas de carne que estavam simplesmente divinas e acompanhadas de molho chimichuri! Nossa... desejei muito essa empanada agora! 


Vocês sabem o que é uma empanada? É um típico pastel assado da argentina, que também pode ser encontrado no Uruguai, Chile e Peru. Sendo que a versão chilena, que conhecemos este ano em nossa última viagem para o Chile, por tradição, é frita. Os chilenos que me perdoem, mas eu prefiro mil vezes a versão argentina, assada. 


A segunda entrada foi uma linguiça espanhola, que a gente não conhecia, chamada Chistorra, com páprica, portanto, era levemente apimentada - na medida certa para mim, pois eu tenho baixa resistência a comidas muito apimentadas, já o Julio tem altíssima resistência - e achei perfeita como entrada, acompanhada de torradas. 



Bem, os pratos principais não poderiam ser outros, senão o carro-chefe da casa, a grande estrela do restaurante: as carnes! 

No Restaurante Cortés, assim como em alguns outros onde já estivemos, você escolhe a carne (ou seja, o tipo de carne que você deseja) e depois, à parte, você esolhe o acompanhamentoEm outras palavras, a carne somente acompanha os molhos chimichuri e o vinagrete e, se você quiser algo a mais para complementar, terá que escolher no cardápio, em separado, um item para side dish. 



Outra questão é o ponto da casa. O ponto da carne para os argentinos é diferente do ponto da carne para os brasileiros. É bom verificar direitinho essa questão do ponto da carne e confirmar qual seria o seu preferido. Por exemplo, o ponto argentino é um pouco mais vermelho do que o ponto brasileiro. Eu prefiro o ponto argentino e o Julio prefer o ponto argentino para menos um pouco, com a carne ainda mais vermelha. 


Assim, nós pedimos um bije de chorizo, para mim, e um bife ancho, para o Julio. Eu simplesmente amo o corte do Ojo de Chorizo argentino, mas, na falta dele no cardápio, eu sabia que ficaria bem com o Ojo de Chorizo, que é um pedaço mais suculento e macio do contra-filé, com a gordura somente na borda. 


Como eu não gosto da gordura mais entranhada na carne, embora eu saiba que ela é muitas vezes é essencial para deixar a carne ainda mais macia, eu realmente não gosto. Já o Julio, como um autêntico paranaense, adora uma carne bem suculenta e cheia de gordura rsrs... por isso que ele pediu o bife de ancho que, segundo recomendação do gerente Gilvan, seria o melhor corte neste sentido de ser bem macio e saboroso, só que vinha acompanhado de mais gordura. 


Também acolhemos as sugestões de acompanhamentos que nos foram dadas: palmito pupunha e polenta frita! Noooooosssa!!! Eu amei o palmito pupunha!! Dos deuses!! Realmente eu gostei bastante deste palmito pupunha inteiro, muito bem temperado e que estava desmanchando na boca! Super recomendo e ele é ótimo para dividir para pelo menos 2 pessoas. 



Também comemos polenta frita que vinha com um molhinho levemente picante e muito gostoso. A polenta estava incrível! Mega crocante nas bordas e por fora e super macio por dentro. 

Em relação às carnes, o ponto veio certinho do jeito que pedimos, a carne foi extremamente satisfatória, com um pedaço ótimo para uma pessoa e possível de ser dividido entre dois não esfomeados rsrs... A carne é temperada somente com sal grosso e estava com um sabor incrível. Inclusive, o Julio gostou até mais do meu do que do dele. 


E eu adorei o meu e pudemos matar saudades da Argentina! 

Mas a noite não tinha terminado ainda porque vocês já sabem que eu amo um doce e não poderia ir embora sem experimentar essa maravilha chamada Tabletón Mendocino!! 




Gente, que sobremesa é essa?? Pelo amor de Deus!!! Só com muito Hiit nesta vida mesmo, viu? Mas eu morri de amores por esta sobremesa que eu nunca tinha comido antes. O Tabletón Mendocino é uma espécie de torta de biscoitos rústicos, com genuíno doce de leite argentino, merengue e raspas de limão!! 


Olha, era tão maravilhoso e tão gigante (perfeito para dividir para até 4 pessoas), que eu não consegui comer tudo - e isso é sinal de derrota total para mim kkkk - mas eu fui salva pelo gerente Gilvan que cuidadosamente embrulhou o que não conseguimos comer para eu levar para a casa (e foi o meu café da manhã no dia seguinte rsrs...). 

Essa nossa experiência no restaurante Cortés foi excepcional e adoramos tudo o que experimentamos. Também devo mencionar que tomei um coquetel de frutas que estava delicioso, assim como um suco e o Julio optou por uma cerveja mais gourmet. 


Espero que vocês tenham gostado e depois, quando forem lá, venham me contar como foi, ok?


** FICHA TÉCNICA DO RESTAURANTE CORTÉS **

- Endereço: 4° Piso do Shopping Leblon, Av. Afrânio de Melo Franco, 290 - Leblon, RJ
- Site: http://restaurantecortes.com.br/
- Telefone: (21) 3576-9707
- Horário de Funcionamento: 
. Almoço: segunda a sexta, das 12h às 15:15 / sábado e domingo, das 12h às 17:15
. Jantar: domingo a quinta, das 19h às 22:15 / sexta e sábado, das 19h às 23:15
- Cardápio: confira o cardápio clicando aqui
- TripAdvidor: nota 9 e excelentes resenhas. Clique aqui para ler os comentários (de acordo com a data da publicação da matéria)








2 comentários: