segunda-feira, 30 de maio de 2016

Alta Gastronomia no Rio de Janeiro: Restaurante Galani

No mês de maio deste ano, no final de semana do meu aniversário, estivemos no Hotel Caesar Park, a convite, localizado no badalado e super fashion bairro de Ipanema. Aliás, a localização não poderia ser melhor: de frente para o mar!



E um hotel com o padrão 5 estrelas não poderia ficar sem um restaurante à altura, que também tivemos a honra de conhecer: Restaurante Galani.

O restaurante fica no segundo andar do hotel e possui uma vista linda e privilegiada para a orla de Ipanema. Fomos convidados a jantar e o sub Chef João, na ausência do Chef Willian Halles, que assina o cardápio do Galani, nos apresentou um menu de degustação com algumas entradas, pratos principais e sobremesas, que harmonizaram perfeitamente com a nossa noite, que já estava especial pela experiência de uma hospedagem tão incrível, e ficou mais especial ainda.


O restaurante Galani é aberto ao público não hóspede do hotel e, por isso mesmo, bem como pela oportunidade de vislumbrar uma bela paisagem de suas janelas, que nós recomendamos. Sugiro uma mesa próxima à janela por ser bem romântico e mais bacana para apreciar a vista. Neste caso, a depender do dia, vale a fazer uma reserva.


O ambiente do Restaurante Galani possui uma decoração bem clean, com traços modernos, adornos em madeira e referências à cultura brasileira, muito requinte e sofisticação, totalmente de acordo com o estilo elegante do hotel Caesar Park, com iluminação adequada, música ambiente baixa, seguindo uma tendência mais low profile.


São dois salões, sendo um, o principal, com janelas com vista para o mar e outro, mais reservado, composto por uma grande mesa retangular, que é muito apropriado para reuniões ou ocasiões outras que requerem um ambiente mais exclusivo.



O menu a la carte, elaborado pelo Chef Willians Halles, que trouxe para o Galani técnicas da culinária internacional adquiridas durante seus anos de experiência em grandes restaurantes, como o Le Pré Catelan em Paris, é uma mistura de ingredientes contemporâneos, compondo uma variedade gastronômica que atende a todos gostos, abrangendo releituras de pratos conhecidos a partir da simples substituição de ingredientes, inclusive com menu kids e um menu light, bem fitness. 


Este restaurante também é o local onde é servido todas as manhãs o famoso, farto, maravilhoso café da manhã do hotel Caesar Park. E que café da manhã... dos deuses!! Fiquei encantada com a diversidade oferecida... um verdadeiro brunch, com frutas da estação, diversos tipos de pães, frios, sanduíches, sopas, pizzas, quiches, pães de queijos, doces, iogurtes, tapiocas, omeletes, waffle... incrível! Vejam algumas fotos do café da manhã que tomamos lá: 




Uma boa pedida também é o almoço dos sábados, quando o Restaurante Galani abre suas portas para a já tradicional e famosa feijoada com 11 tipos de carnes servidas separadamente! Às quintas, há ainda o Chá da Tarde, com buffet de cafés, chás, chocolate, sucos, pães, bolos, salgados e doces... Nas tardes de domingo, o restaurante oferece também buffet mediterrâneo, composto por saladas variadas, antepastos, peixes, queijos finos, frutos do mar e massas.



Muitas opções para visitar o Galani, não acham? Mas voltemos a falar do nosso jantar e da excelente cozinha brasileira contemporânea que serviu de inspiração para as criações do Chef Willians Halles.

  


Para começar, foi-nos servida uma cesta de pães feitos na casa, frescos e quentinhos, acompanhada de azeite e manteiga.


Após, como sugestão do do subchef que estava presente, pedimos para entradas os seguintes pratos, que compuseram a opção "Pequena Degustação" do cardápio, na qual você pode escolher 4 meias porções das entradas, por R$90,00:

- Ovo Loco: ovo poche, purê de inhame e pata negra. Embora seja uma porção pequena porque foi servida a sua meia porção, ele é muito interessante e saboroso e, por conta do inhame ser algo mais denso, é uma opção que sacia bastante. 


Destaque para a apresentação do prato, especialmente pela delicadeza da flor que foi colocada.

- Carpaccio: embora seja um prato comum e facilmente encontrado em qualquer restaurante, o carpaccio servido no Galani vem com um toque diferenciado pela casquinha que lembra um harumaki, além da carne temperada ser muito saborosa e o acompanhamento de rúcula. Adoramos!


- Niçoise: salmão, vagem, anchovas e ovo. Uma releitura da receita original que é de inspiração francesa, ganhou salmão temperado por curry no lugar do atum original e ficou quase sem vestígio da anchova. Não foi o nosso prato 


- Endívia: torta de endívia com massa de pão de queijo, que foi um prato super diferente pelo qual eu estava bastante curiosa em ver e experimentar. Achei saboroso e com uma apresentação que eu nem poderia imaginar como seria, mas me surpreendeu positivamente.


Difícil dizer qual foi a nossa entrada preferida. O carpaccio foi uma grata surpresa, assim como a endívia, pelo fato de ser tão diferente do que poderíamos sequer pensar. O ovo loco também foi super interessante, até porque eu adoro purê de inhame. Até mesmo a niçoise, que não arrebatou o meu coração, foi algo novo para a gente e a apresentação de todas as entradas foi um quê à parte, super bem elaborados e belos! Adorei as flores que foram colocadas.

Na sequência, experimentamos alguns pratos principais, que foram servidos para a gente em versões diminutas em relação aos pratos originais para que pudéssemos experimentar no formato de degustação e fazer um passeio pelo cardápio.

- Palmito: uma espécie de tagliatelle de palmito, em que o palmito fez as vezes da pasta, com molho carbonara, que é um molho branco com cubos de carne seca, foi o meu prato preferido! Simplesmente perfeito, leve, saboroso, muito diferente, muito bem apresentado e muito fino.


- Pirarucu: servido no coco, foi o prato mais bonito em termos de apresentação, na minha opinião. O peixe veio cozido, em cima de um purê de batata baroa, acompanhado de camarões e ervas. O tempero do pirarucu estava perfeito, assim como o seu ponto, fazendo-o desmanchar na boca. Uma excelente pedida.


- Cordeiro: um carré grelhado e paleta confitada, acompanhado de moussaka de berinjela, além de pimenta biquinho, tomates e um creme muito suave. Outra apresentação mais que perfeita do prato que, além de bonito, era extremamente saboroso. O carré estava perfeito no ponto, muito bem temperado, desmanchava na boca. A moussaka também estava deliciosa e me fez lembrar de nossa lua de mel na Grécia, onde comemos moussaka quase todos os dias. Que maravilha! Outro prato que vale a pena pedir e experimentar.


Como disse antes, esses pratos foram feitos em versões menores do que seria a apresentação normal deles. Portanto, creio que baste um deles para cada pessoa para ficar satisfeito, ou se pode complementar com uma entrada e uma sobremesa também.


E como não poderia deixar de ter, finalizamos essa linda noite no Restaurante Galani com uma sobremesa criada pelo confeiteiro argentino Pablo Peralta, que foi um crème brûlée de doce de leite, servido frio, simplesmente divino, com excelente consistência e delicioso sabor de doce de leite argentino, acompanhado de macarron e um chocolate

  

Eu não poderia ter encerrado esse verdadeiro passeio gastronômico pelo cardápio do Restaurante Galani de melhor maneira! Encerramos com chave de ouro!



Muito obrigada ao Restaurante Galani pelo convite e pela maravilhosa experiência que nos foi proporcionada.





** FICHA TÉCNICA RESTAURANTE GALANI **

- Localização: Avenida Vieira Souto, 460, 2° andar - Hotel Caesar Park
- Contato: (21) 2525-2525 / (21) 2525-2560
- TripAdvisor: 175ª colocação dentre mais de 12.000 restaurantes avaliados, com 134 comentários e nota 9
- Funcionamento: todos os dias, 12h30 - 15h30 para almoço, e também 19h - 00h para jantar
- Acesso para Deficientes: Sim
- WiFi: sim
- Ar condicionado: Sim
- Estacionamento: Valet/Manobrista 
- Permite Levar Vinhos: Sim, mediante cobrança de rolha (R$80,00)
- Serve Vinho em Taça: Sim
- Capacidade: 120 pessoas
- Reserva: faça a sua reserva clicando aqui
- Preço médio de um jantar: R$140,00 por pessoa
- Tipo de cozinha: Contemporânea e Internacional




Nenhum comentário:

Postar um comentário