quinta-feira, 10 de março de 2016

Bar Urca: tradição, ótima gastronomia e um pôr do sol inesquecível no Rio de Janeiro

No dia 8 de Março é celebrado internacionalmente o Dia da Mulher, data que foi assim estabelecida no final do século XIX, no contexto da segunda Revolução Industrial e 1ª Guerra Mundial, marcadas também pelas lutas femininas por melhores condições de vida, de trabalho, de voto... e, em 1910, na Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, em Copenhagen, foi proposta uma data para celebrar todo ano a luta pelos direitos das mulheres. 






Mas somente em 1917, quando as manifestações de trabalhadoras russas por melhores condições e contra a entrada da Rússia na 1ª GM foram brutalmente reprimidas, por ter sido o dia 08 de março a data da principal manifestação, esse dia ficou marcado como sendo algo a se lembrar pelas próximas gerações. Porém, a partir da década de 20, essa data foi esquecida e somente recuperada pelo movimento feminista da década de 60, sendo celebrada até hoje em todo o mundo (pelo menos no Mundo Ocidental), e tendo sido adotada pela ONU, em 1977, para recordar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo do último século.

Embalada por todo esse idealismo de vitórias, eu - Lily - não poderia ter comemorado em melhor estilo porque estive a convite, no dia 08/03/16, do tradicionalíssimo Bar Urca com minhas amigas blogueiras Cris (Blog Cris pelo Mundo), Day (Blog Seguindo Viagem), Ana Paula  (Blog Viagens Imperdíveis), Amanda (Blog Prefiro Viajar) e Lu (instagram @AventurasDaLu) para muitos bons drinks!



Vamos combinar que bons drinks, de preferência os coloridos, têm tudo a ver com a gente, mulheres maravilhosas, lindas, talentosas, guerreiras, que estamos sempre batalhando por nossos sonhos! Risadas, causos de viagens, desabafos, fotos - muitas fotos - além de um excelente menu degustação de frutos do mar que nos foi oferecido, tornaram a nossa noite única e especial! Provavelmente as mulheres lá da década de 60 dos movimentos feministas ficariam muito orgulhosas da gente =))


Crédito da Foto: Day (Blog Seguindo Viagen)
Eu tentei chegar cedo para assistir ao pôr do sol lá da Mureta da Urca, em frente ao Bar Urca, point já consagrado como sendo uma das carioquices prediletas, mas não consegui, infelizmente. De todo modo, fica a dica para quem quiser uma programação super completa: agora, sem horário de verão, o sol está se pondo por volta das 18:10. Chegue, portanto, até umas 17:40 para segurar seu lugar na mureta mais disputada da cidade, reúna os amigos, pegue uma cerveja, empadinhas de camarão ou queijo, bolinhos de bacalhau, pastel de camarão e prooonto! Seu pôr dol sol será, com certeza, lindo! 


Foto de quando fui em 2014

Em 2014...

E mesmo que não aconteça aqueeeele pôr do sol, não se preocupe porque o visual de lá não decepciona! Aliás, o Bar Urca já foi eleito como o Melhor Visual do Rio de Janeiro pela Revista Veja Rio!

Tradição não falta no Bar Urca, que é gerido pela família Gomes desde 1972 e já são três gerações de Gomes a administrar a casa, mantendo até hoje o clima despojado e, ao mesmo tempo, tradicional.

A casa ficou super conhecida durante a década de 80, nos áureos tempos do Cassino da Urca e da TV Tupi (ao entrar na Urca, logo na altura da Praia da Urca, você passará pela antiga TV Tupi), quando o local era bastante frequentado por célebres artistas.

Também, localizado em um privilegiado bairro da  Zona Sul do Rio de Janeiro, a Urca, de frente para a Baía de Guanabara, o Bar, que conta com um balcão simples e um restaurante no segundo andar, atrai centenas de pessoas que sentam na calçada ou na mureta do outro lado da rua e apreciam uma paisagem deslumbrante, ou que preferem um ambiente climatizado e ficam mais tranquilos, no segundo andar, onde há o restaurante, admirando de um lado o esplendor do Corcovado e Cristo Redendor; de outro, o Forte de São João. 



Foto de 2014

Foto de 2014
Barquinhos ao mar, uma rua calma, a segurança da Urca (ainda acreditamos na segurança do bairro, já que há muitas residências militares e um forte militar) o point dos fins de tarde cariocas, principalmente durante o verão, possui um dos cenários mais convidativos, charmosos e atraentes da Cidade Maravilhosa.

Aliás, nada mais apetitoso do que comer um delicioso bolinho de bacalhau e beber uma sempre geladíssima cerveja, encantando-se com essa deslumbrante paisagem!!



Foto de 2014
O clima de cidade pequena, de informalidade e descontração, com pessoas sentadas no muro, ou melhor, disputando um lugarzinho nem que seja para apoiar os saborosos quitutes na mureta, ou simplesmente em pé na calçada, a segurança e tranquilidade que o lugar inspira a todos, tudo isso reunido faz com que o bar Urca seja um ótimo programa para curtir com amigos, e também para os casais e até mesmo para as famílias com crianças.

Ver o pôr do sol é um espetáculo à parte!! Bem... na verdade não dá para ver direitinho o sol se pondo... Mas sim a sua penumbra e o anoitecer que, aos poucos, vai tomando conta do lugar e cobrindo o Corcovado. Ainda assim, um happy hour com amigos é muito bacana!!

Foto de 2014
Dessa vez, como não deu para chegar cedo e ver o pôr do sol, fui direto para o segundo andar do Bar Urca onde funciona o seu restaurante, e as meninas já estavam lá esperando, juntamente com a assessora de imprensa do Bar Urca. O convite que recebemos foi justamente para conhecermos melhor o restaurante, já que o bar e a mureta são tão famosos e badalados.


Confesso que foi a minha primeira vez no restaurante porque das outras vezes eu só ficava mesmo na mureta rsrs... então foi ótimo para conhecer!

O acesso é pelas escadas da lateral e pode ser um obstáculo para quem tiver dificuldade de locomoção. Se for esse o seu caso, não desista de ir lá porque você já poderá experimentar diversos aperitivos bem gostosos lá da mureta.


De 2014

Crédito da Foto: Day (Blog Seguindo Viagem)

Como cheguei atrasada, as meninas já tinha experimentado algumas das entradas mais pedidas da casa e eu provei um pouco de cada também: empada de camarão, pastel de camarão e bolinho de bacalhau.



Tudo muito apetitoso!!! 

As capirinhas também estavam uma delícia e cada uma pediu uma diferente para que pudéssemos experimentar: abacaxi com pimenta (minha predileta), seriguela, morango e maracujá. 

Estavam tão gostosas que "fomos obrigadas" a pedir depois uma segunda rodada rsrs...

Bem, o melhor ainda estava por vir! A casa reservou para nós alguns dos pratos mais deliciosos de frutos do mar que ela oferece.

O cardápio, na verdade, é grande diversificado. Logo, para quem não curte frutos do mar, não se preocupe porque há muitas outras opções de carnes. 

Como eu simplesmente amo de paixão, fiquei encantada com tanto sabor! 


Os pratos vieram todos juntos:

- Polvo grelhado, acompanhado de batatas assadas e arroz de brócolis: o prato estava maravilhoso. O polvo foi apresentado com ótima consistência e maciez na medida certa - nem macio demais, nem duro. Lembrei bastante da minha lua de mel na Grécia, onde pude comer tanto polvo, de tantas maneiras, que viciei!!



- Bobó de camarão, muito farto, com temperos no ponto que realçaram seu sabor e uma cremosidade do molho deliciosa. O bobó veio acompanhado de arroz e farofa de alho. Um prato realmente bem servido que atende muito bem a 3 pessoas, pelo menos.


Aliás, pelo que pudemos perceber, não se enganem se o cardápio disser que o prato é para dois apenas! rsrs... todos os pratos para dois que nos foram oferecidos eram suficientes para 3 pessoas ficarem bem saciadas.

- Camarão na Moranga, este foi certamente a estrela da noite! A moranga era enorme e manteve o recheio quentinho durante todo o jantar. Inclusive, nós o deixamos por último exatamente por isso. Mesmo após comer os demais pratos, quando fui servida do camarão na moranga, ele ainda estava bem quentinho.



A cremosidade do catupiry também estava incrível! O que mais me impressionou é que os pratos, à medida em que comíamos, estavam leves e não resisti a repetir ao camarão na moranga, que estava muito bem temperado, saboroso e foi um dos melhores que já comi até hoje. 


A apresentação dos pratos é bem simples e de acordo com o local que preza não pelo luxo, mas sim pela boemia carioca, preservando um pouco dos ares dos restaurantes tradicionais e mais antigos do centro da cidade, da Lapa, por exemplo. 


O salão é pequeno e me disseram que aos finais de semana, principalmente no horário do almoço, formam-se filas de espera. 



As melhores mesas são as próximas às janelas, que conferem vistas lindas da Baía de Guanabara e do movimento do pessoal que fica na Mureta. 

Crédito da Foto: Day (blog Seguindo Viagem)
 Os garçons foram todos muito atenciosos e simpáticos conosco! Não tenho absolutamente nada do que reclamar. Só não sei (e peço desculpas a vocês, porque realmente não precisei ir) se há banheiro também no andar de cima ou só no de baixo. Eu conheço do banheiro do bar no primeiro nadar, que é minúsculo era minúsculo e desconfortável da última vez que eu fui. Mas eu acredito que haja sim banheiro em cima, no restaurante.

O restaurante, como já disse, é muito tradicional e já foi premiado diversas vezes, inclusive pela Revista Veja Rio Comer & Beber. 


Com certeza, as três gerações da família Gomes têm muito do que se orgulhar porque o Bar Urca é um sucesso que transcende o tempo e está lá firme e forte, com ou sem crise, no mesmo lugar há anos e fazendo nossa alegria!


Acesso à Urca:

- Táxi (há pontos de táxi na mureta da Urca)

- Ônibus: 

. Linha 107: Central - Urca

. Linha 581 - Linha Circular 1: Leblon x Cosme Velho (via Copacabana, Urca, Largo do Machado)

. Linha 582 - Linha Circular 2: Urca - Leblon (via Jardim Botânico, Rebouças e Laranjeiras) 

- Metrô: não tem estação de metrô na Urca, mas você pode ir até a estação de metrô Botafogo e lá você pega o ônibus de integração da Linha 513 que faz o trajeto Botafogo - Urca (na hora de comprar seu bilhete do metrô, informe que você quer pegar o ônibus de integração para a Urca

Para inspirar...

Horário do Pôr do Sol:

. Verifique nos sites de previsão do tempo, como Accuweather, que informam o horário do nascer e pôr do sol e nascer e pôr da lua.



4 comentários:

  1. Ótimo post Lilly! Fiquei com água na boca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isaaaaaa!! Que honra receber seu comentário!
      Muito obrigada!
      Menina, eu já quero voltar! Esse camarão na moranga é divino!!!
      Vale a pena, viu?
      Beijinhos enormes e obrigada pelo comentário!
      Lily

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi Rafa,
      que legal saber que você curte o Bar Urca!
      Lá é uma delícia, né?
      Um verdadeiro ponto turístico da cidade.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos,
      Lily

      Excluir