quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Hospedagem em Campos do Jordão: Pousada Là Bas

Estivemos em Campos do Jordão no mês de agosto e curtimos bastante o frio da serra da Mantiqueira.

Fomos convidados pela Pousada Là Bas Suites de Montagne a nos hospedarmos lá para conhecer sua infraestrutura e instalações.



A Pousada, que possui um conceito de hospedagem Boutique, sofisticada e charmosa, fica a cerca de 1,5km do centrinho do bairro de Capivari, que é o burburinho, a parte mais charmosa e movimentada da cidade.

Em um bairro muito calmo e tranquilo, em meio a outras pousadas também, ou seja, um local mais residencial, sem comércio, a Pousada fica de frente para um vale e confere vistas lindas e muito agradáveis da montanha.

A ideia é que você realmente se sinta em uma verdadeira casa de montanha!




Em menos de 5 minutos de carro, estávamos lá no burburinho da Baden Baden, da Rua Djalma Forjaz! 

Também é possível fazer caminhadas da Pousada Là Bas até o centrinho de Capivari, mas existe uma ladeirinha que pode desanimar alguns. 




Fora que o frio que fez à noite foi razão suficiente para sermos "preguiçosos" e andarmos de carro. Gente, 6ºC de madrugada é só para os fortes! kkkk.. não dava para fazer caminhadas longas e contemplativas com essa temperatura amena. Mas durante o dia, era plenamente possível e muito convidativo.



Achar a pousada foi fácil, com o auxílio do Google Maps. Sem mapa nem aplicativos de celular, acho que pode complicar um pouco. Neste caso, sugiro pedir informações pela rua ou subir a ladeirinha do Posto Shell que fica na  Avenida Doutor Januário Miraglia e identificar as placas para as Pousadas Kaliman, Santha Serra e Matsubara.

A Pousada Là Bas fica na Rua Professor José Ketnicoff, n. 160 e conta com estacionamento próprio para todos os  hóspedes.

Já de início, ganhou destaque a simpatia e cordialidade do funcionário da noite que nos recepcionou muito bem, o Lucas, acompanhando-nos ao quarto e oferecendo algumas informações.

Diga-se de passagem que, embora seja uma pousada, há um elevador muito novo e muito high tech! 

Aliás, tudo na pousada é bem novo!

Fomos encaminhados para o quarto 43 que me surpreendeu pelo tamanho (é maior do que meu cafofinho onde moro kkk).


Uma ampla cozinha muito bem equipada, com todos os utensílios necessários, tais como taças, talheres, pratos, panelas, xícaras, dentre outros, incluisve, com máquina de café expresso abastecida com blends que são repostos a pedidos e também o rechaud para fazer fondue de queijo

É para se sentir em casa mesmo!






Na geladeira, água, refrigerante cobrados à parte e, também, havia uma garrafa de vinho, do lado de fora, para já iniciar os trabalhos da noite.

A sala é extremamente confortável! Com decoração moderna, arejada pela presença de várias janelas, ótima iluminação, sofá, poltrona, abajures, TV, varanda... É tudo feito para o hóspede realmente aproveitar o conforto da serra.


Eu achei ótimo ter também uma TV na sala porque não curto muito a ideia de assistir à televisão no quarto. Gosto de assistir aos programas sentada no sofá e confortável. Mas também tem um aparelho de TV no quarto, para quem prefere ver os programas deitado. As TVs são de Tela Plana e novas.


A varanda, então, é um caso à parte porque a vista é uma delícia! 

O vale, a serra, outros edifícios em estilo suíço ... extremamente relaxante! Sinta o clima da montanha, respire um ar mais puro, esqueça da rotina e descanse! Essa é, sem dúvida, a grande proposta!

O quarto, em si, é pequeno, mas isso não prejudica em nada porque ele tem o espaço suficiente para colocar roupas no armário, com uma cama confortável, lençóis e cobertores macios.

Havia também um aquecedor pequeno, portátil, dentro do armário, para o caso de desejar levá-lo para o banheiro, por exemplo.







Também, com uma sala ampla, o quarto não precisava ser grande.

Como tenho muita alergia e rinite, estava preocupada com os cobertores. Mas deu tudo certo e não tive problemas.

O banheiro também tem um bom espaço onde podíamos nos locomover sem dificuldades e as amenities eram cheirosas, além de toalhas grandes e macias.





Tive um pouco de dificuldade em temperar a água, que era quente demais até para o meu gosto (quem gosta de água muito quente vai dar pulinhos de alegria! kkk). Eu não estou acostumada a banhos ferventes, então isso acabou sendo um pouco complicado, mas também não era o fim do mundo. 

O aquecedor funcionou perfeitamente! Inclusive, apesar de ficar no corredor entre a porta de entrada e a saleta, ele foi tão potente e eficiente que tivemos que abrir um pouco a janela porque sentimos até um pouquinho de calor de madrugada. Bem... com os 6º C (ou menos até!) lá fora, nem foi tão ruim sentir um pouquinho de calor, né? Estava bem gostoso!

Todas as suítes da Là Bas são emolduradas com uma vista de tirar o fôlego!




As varandas podem variar um pouco, mas todas são um convite ao relax com um bom vinho em mãos. Ou seja, você vai se sentir em uma autêntica suíte na montanha!

Vista da varanda, o entorno da Pousada Là Bas

Vista da varanda da suíte 43

Em termos de área de lazer, esse não é o forte da Là Bas. Ela não tem piscina ou salão de jogos. Mas, honestamente falando, acredito que a maioria das pessoas que vai para Campos do Jordão não está atrás desses atrativos.

Creio que descansar, aproveitar a excelente gastronomia, dar umas voltas pelo centrinho de Capivari, tomar um belo choconhaque, comer fondue com friozinho, tomar um bom vinho... ahhh... são muitos os prazeres, os passeios e as possibilidades de se divertir em Campos do Jordão que eu só perderia tempo em uma piscina se realmente estive quente para tanto e eu já tivesse curtido tudo de gostoso que a cidade tem para oferecer.

Por fim, vamos falar sobre o café da manhã?



É muito comum as pessoas me perguntarem sobre o café da manhã nas pousadas e hotéis. Afinal de contas, devemos tomar um café da manhã como um Rei, almoçar como um Príncipe e jantar como um plebeu rsrs... 

Fato é que o café da manhã é a refeição mais importante do dia!

E na Là Bas, que preza pelo conceito de relax, não poderia ser mais gostoso: o café da manhã é servido no quarto das 8h às 13h.

Sim, até às 13h da tarde! Que mordomia, não acham?

Os ingredientes para o café da manhã vêm em uma cesta muito fofa, onde os itens estão separados em pratinhos embalados, contendo frutas (mamão, uva), bolo de cenoura com chocolate, leite, queijo e presunto, polenguinho, queijo processado, dois tipos de pães, suco de caixinha, iogurte dentre outros. 



Ou seja, tudo do que precisamos para começar bem o dia! 

Sim, não é aquele banquete de algumas pousadas. Mas é muito mais do que eu como no meu dia a dia e, além disso, com toda a flexibilidade para você poder dormir até mais tarde e não perder o café da manhã. 

Eu apenas senti falta de algo quentinho, como um pão de queijo. Mas havia tudo na cozinha, que é super equipada (lembram?) para preparar, por exemplo, o café, pois havia a máquina de café expresso, ou uma torrada, porque tinha torradeira, além de microondas... logo, embora fosse mais simples, o café da manhã atendeu bem aos nossos anseios matinais.

Bastava ligar para a recepção e pedir e, em mais ou menos 10/15 minutos, a camareira levou a cestinha para a gente.

No segundo dia de hospedagem, também nos foi oferecido o café da manhã nos mesmos moldes. Mas como fomos convidados a tomar café da manhã na Pousada Via Campos, a gente não solicitou.

A recepção da pousada funciona 24h, mas o seu cartão-chave do quarto também funciona para abrir a porta da recepção da pousada.


A Pousada Là Bas tem nota 9 no site TripAdvisor, estando na 21º colocação dentre 79 hotéis especializados em Campos do Jordão. E possui nota 8,9 no site Booking.com. (dados consultados hoje e sujeitos a variações com o passar dos meses).

Em resumo, nós gostamos muito da Pousada Là Bas e recomendamos a hospedagem nela. 

Obs.: O Blog Apaixonados por Viagens não recebeu qualquer remuneração para a elaboração desta matéria, mas tão somente foi convidado a hospedar-se na Pousada, o que não influencia em nossa imparcialidade e idoneidade em elaborar a matéria. Realmente gostamos do que vimos e da experiência que tivemos nela. 

Mas para quem não gosta de dirigir muito e prefere ir para um local e estacionar o carro e fazer tudo a pé, sugerimos uma hospedagem mais perto ainda do burburinho, como a Pousada Via Campos, onde eu - Lily - me hospedei há 11 anos, quando eu fui com minhas amigas, sem carro (fomos de ônibus para Campos do Jordão naquela época) e ficamos muito bem acomodadas e localizadas, fazendo tudo que podíamos a pé. É claro que deixamos de conhecer alguns lugares que são acessíveis somente de carro. 

Hoje em dia, por exemplo, para ir ao Horto Florestal, Fábrica da Baden Baden, Palácio Boa Vista, Museu Felícia Leirner, ao Amantikir, ou o Tarundu, sem carro fica realmente difícil. Mas é uma questão de opção e há quem prefira ficar só relaxando mesmo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário