quarta-feira, 4 de março de 2015

Portugal: conheça um pouco de Évora

É uma casa portuguesa, com certeza! Vocês sabiam que eu tenho a dupla nacionalidade e sou também portuguesa? Pois é, graças aos meus avós, que vieram da Terrinha, diretamente da Ilha da Madeira, para o Brasil, eu tenho essa forte ligação com os queridos patrícios. 

Triste mesmo é só ter ido a Portugal apenas uma vez... e já passou da hora de voltar! Ahhhh... como adorei as terras lusitanas: Viseu, Aveiro, Coimbra, Porto, Serra da Estrela, Buçaco, Fátima... foram 8 dias incríveis passeando com minha família por Portugal.

Por incrível que pareça, o lugar por onde apenas passei e não conheci foi a capital Lisboa, acreditam? Pois é, quando digo que está na hora de voltar... que vergonha!! kkkk...

Maaaasss, enquanto esse momento não chega e enquanto o dólar e o euro ficam aí só assustando a gente (viram que hoje o dólar chegou a R$3,10 para compra em algumas casas de câmbio?? Óh céus!! Onde vamos parar?) ... então, já que não consigo regressar a Portugal agora, para explorar mais esse país tão fascinante, fácil de conhecer, principalmente por ser pequeno (é um pouco maior que o Rio de Janeiro, para vocês terem ideia), com boas estradas, paisagens bucólicas lindíssimas, um litoral no Algarve, famoso e maravilhoso, com muita história e um povo bastante receptivo... bem, só me resta mesmo sonhar e compartilhar aqui com vocês essas dicas de Évora!



Évora

Vamos conhecer um pouco sobre Évora, em Portugal?

10 passeios para descobrir o melhor de Évora, em Portugal
Cidade alentejana promete experiências inesquecíveis
Turismo do Alentejo

No coração do Alentejo, a maior região de Portugal, Évora está rodeada de natureza exuberante, com seus campos verdes e dourados e concentra uma herança arquitetônica esplêndida. Tombada Patrimônio Mundial pela UNESCO, a cidade é uma das mais diversificadas do país, mostrando marcas de diferentes povos, rica cultura e gastronomia variada. 
Parada obrigatória para quem for a Portugal - incluam  no roteiro lusitano! - confiram aqui 10 passeios que você não pode perder em Évora. 
1. Passear de charrete junto ao Templo Romano

Templo Romano

O Templo Romano, também conhecido como Templo de Diana, revela belas colunas coríntias do século 1. É o cartão de visita da cidade de Évora e localiza-se bem no centro histórico. A pedida é fazer um passeio de charrete passando por esta relíquia.



2. Provar os sabores tradicionais


Vocês são como eu, apaixonados por comida portuguesa? Só de pensar no bacalhau com natas, nos doces portugueses, na sardinha assada, nos vinhos... nossa! Já estou sofrendo!!

Pois fiquem sabendo que nos primeiros quatro meses do ano, Évora transforma-se em uma verdadeira festa da gastronomia regional em vários restaurantes, confeitarias e barraquinhas de rua. É a oportunidade ideal para experimentar delícias típicas de Évora, como as sopas, as açordas e também o tradicional e premiado vinho.

Praça Giraldo

3. Surpreender-se na Capela dos Ossos

Monumento que representa a transitoriedade da vida, a capela dos ossos é adornada com os ossos de cinco mil monges que foram retirados dos cemitérios da cidade. Uma atração inusitada e pra lá de interessante (e um tanto quanto macabra, hein?).


Fica dentro do Convento de São Francisco.

Convento de São Francisco
4. Visitar a Sé Catedral e o Convento de São Francisco

Construído por Dom João II e Dom Manuel I nos séculos 15 e 16, o Convento de São Francisco é um valioso destaque da arquitetura gótico-manuelina. 

Já a imponente catedral, dos séculos 12 e 13, foi o local onde as bandeiras da frota de Vasco da Gama foram benzidas antes da sua viagem em 1497. 

A imponente Catedral de Évora


5. Comprar artesanato regional




Ao viajar pela região mais genuína de Portugal, procure por seus produtos típicos. Lembranças perfeitas de viagem incluem acessórios de cortiça (matéria-prima da região), roupas tradicionais como o capote (espécie de capa), cestos e móveis pintados em tinta de esmalte, como a cadeira com assento de vime. 
6. Curtir a Praça do Giraldo

Praça Giraldo

O gracioso centrinho histórico de Évora merece atenção especial. Vale observar todos os detalhes, desde a fabulosa Igreja de Santo Antão, à fonte de mármore, até à iluminação decorada com o brasão da cidade.



7. Viajar ao passado nos Cromeleques de Almendres

Nos arredores da cidade de Évora, as 95 pedras verticais (menires) datadas da Pré-História atestam o rico passado do Alentejo, a única cidade portuguesa membro da rede das cidades europeias mais antigas

O monumento megalítico disposto em círculo foi descoberto apenas em 1964.

Cromeleques de Almendres



8. Caminhar no percurso ambiental do Aqueduto da Água da Prata

O gigante Aqueduto da Água da Prata é uma maravilha arquitetônica do século 16 que continua, até os dias de hoje, a abastecer a cidade de Évora com água (alguém lembrou dos Arcos da Lapa carioca... alguma semelhança? rsrs). 

A trilha bem sinalizada junto ao aqueduto permite conhecer a diversidade natural da região. 

9. Assistir a uma peça no Teatro Garcia de Resende

A sala de teatro que inspirou Eça de Queirós no seu livro Os Maias data de 1892 e tem um magnífico interior revivalista, com influência do barroco italiano. Ela recebe vários espetáculos que ocorrem na cidade, por isso vale a pena visitar o site da companhia residente, a Cendrev (www.cendrev.com), antes de ir.

10. Encante-se no Palácio de Dom Manuel

Viva um conto de fadas dentro do Jardim Público, onde está o Palácio de Dom Manuel, antigo espaço frequentado pela nobreza portuguesa. É um elegante edifício construído no século 19 e que revela influências mouras, naturalistas, manuelinas e detalhes romanos na sua arquitetura e decoração. 


Texto de Divulgação: AFT Comunicação Integrada
Edição: Lily Pestana
Fotos: Turismo de Portugal - Alentejo


Nenhum comentário:

Postar um comentário