sexta-feira, 6 de março de 2015

Cancun, por Dani Almeida do Blog D&D Mundo Afora

*** CANCUN, O CARIBE MEXICANO, POR DANI ALMEIDA ***

É com prazer que apresento a vocês a Dani Almeida do blog Blog D&D Mundo Afora (dedmundoafora.blogspot.com), leitora do Apaixonados por Viagens e seguidora também no instagram, que entrou em contato para contribuir com o blog, enviando esse texto bem bacana sobre Cancun, um destino que eu - Lily - ainda não tive a oportunidade de conhecer, mas que tenho vontade de ir um dia... aliás, o Caribe é sempre uma boa pedida, não? Atende tão bem a vários perfis de viajantes, desde amigos em busca de festa, até casais românticos atrás da lua de mel perfeita, ou família com crianças que podem aproveitar as belezas marinhas e ótima infraestrutura de seus diversos resorts e terem férias inesquecíveis! 

Só fiquem atentos para a questão da temporada de furacões, ok? De julho a novembro, período que é muito comum ver várias passagens aéreas promocionais para Cancun e outras ilhas caribenhas, é uma época temerária... é claro que o fator sorte sempre conta! Mas, se você não quiser correr riscos, deixe para ir no primeiro semestre do ano.

Sem mais delongas, meus agradecimentos a Dani pelo seu relato e vamos viajar um pouquinho com ela para Cancun? 

Tulum, por Dani Almeida

Existe paraíso na terra? Existe, ele fica em Cancun!

Existe paraíso na terra? Existe, sim!!! E ele fica em Cancun, no México. Que lugar incrível. Estivemos lá em janeiro de 2014 e, sempre que penso para onde gostaria de voltar, Cancun e seu mar com águas azul turquesa já vem à minha mente.



O lugar reúne a combinação perfeita: calor, sol, mar e uma infinidade de paisagens estonteantes!!! Quer mais adjetivos? Nós encontramos centenas deles por lá.

Em primeiro lugar, para entrar em Cancun não é preciso tirar o visto. Basta passaporte com validade de 6 meses. Também não é preciso da carteira internacional de vacina contra a febre amarela.

Compramos um pacote no site da Decolar, mas não aqueles prontos. Nós escolhemos data, voos e hotel e ganhamos uns descontos muito bacanas. Vale muito à pena!


Ficamos lá por 10 dias: Cinco dias ficamos em um hotel muito barato (Hotel Soberanis), pois saíamos às 7 da manha e voltávamos depois de 9 horas da noite para fazer os passeios. Assim, não compensava gastar muito apenas para dormir. E os outros cinco dias, ficamos em um resort com tudo incluído (Grand Park Royal Cancun), com tudo que tínhamos direito. Uma vida de rainha!! Ai que saudade.




Como escolhemos o voo mais barato, tivemos que fazer duas conexões: uma em São Paulo. Ficamos o dia todo por lá. E outra no Peru: ficamos a noite toda nas terras dos Incas. À noite, a gente dormia, acordava, andava um pouco, dormia de novo, acordava ..... ficamos assim até chegar a hora de voar para Cancun.

Em Cancun o fuso era de 4 horas a menos do que no Brasil por conta do horário de verão (são 3 horas a menos no horário normal).

Chegamos a Cancun às 14 horas no horário local. Assim que desembarcamos no aeroporto, ficamos de olho nos representantes dos resorts que poderiam nos oferecer pacotes de passeios. Li na internet que várias pessoas te abordam na saída dos voos, oferecendo descontos, almoços grátis. E foi o que aconteceu. Ao lado esquerdo de quem está saindo, fomos abordados por uma representante do resort Moon Palace. Fechamos um pacote com eles. Um pacote com 3 passeios nos custou 110 dólares por pessoa (pelas minhas pesquisas iniciais, a gente iria pagar este valor por apenas 1 passeio. Ou seja, valeu muito à pena).


No final das contas, nossos passeios foram: Um dia all inclusive no Moon Palace com golfinho + Chichen Itza e valladolid + Xel Há all inclusive + Xcaret Plus (com almoço) + Tulum e Cobá. Nessa ordem. 

E tudo isso ficou por 265 dólares por pessoa (minha mãe não fez nado com golfinho). Pela nossa primeira avaliação, ainda no Brasil, faríamos apenas 4 passeios, sem golfinho, por quase 400 dólares. Ou seja, vale a pena ser abordado no aeroporto e pechinchar muito. Tudo isso apenas para que fôssemos conhecer o resort no dia seguinte e ouvir a proposta para se tornar sócio. E com café ou almoço grátis e o táxi de ida e volta até nosso hotel. Amamos, é claro, pois ainda iríamos economizar no almoço do dia seguinte!

Um dia no Moon Palace e nado com golfinho: maravilhoso. É all inclusive mesmo. Nadamos, tomamos café, lanche da manhã, da tarde e da noite. Almoçamos e jantamos, tomamos refrigerante e sucos à vontade, utilizamos as dezenas de piscinas e o mar maravilhoso. Que hotel era aquele, gente!!!!! Um sonho.

O nado com golfinho é uma atividade espetacular. Uma atividade imperdível. A gente é puxada por eles, dá beijinho, faz carinho neles. Nossa, é emocionante.

Ficamos sabendo que esse animalzinho tão carinhoso troca de pele a cada duas horas para manter aquela pele tão lisinha. Curioso, né?

Chichen Itza: Estima-se que Chichén-Itzá foi fundada por volta dos anos 435 e 455 a.C. Foi declarada Patrimônio Mundial da Unesco em 1988.


O passeio à Chichen Itza dura o dia todo, uma vez que o sítio arqueológico está localizado na cidade de Yucatan e são precisos quase 3 horas de viagem até lá. Chitchen Itza fica a 178 quilômetros de Cancun. Durante todo o trajeto, o guia vai explicando um pouco sobre a cultura dos maias, hábitos e curiosidades, formação numérica maia, entre outras informações que serão importantes quando chegar lá.

Primeiro, nós almoçamos na cidade de Vallaloid, uma parada rápida. Depois, seguimos ao sítio arqueológico, que é lindo.

Uma dica: dentro do sítio não é permitido filmar com filmadora. É preciso pagar uma taxa (não me lembro o valor). Minha família estava com uma câmera profissional e uma filmadora pequena. Assim que chegamos, comecei a filmar com a filmadora e um rapaz veio dizer que teríamos que parar de filmar ou pagar a tal taxa. Paramos de filmar, mas nós e tantas outras pessoas continuamos a filmar com a câmera fotográfica. Não entendi a proibição, sendo que hoje em dia até com celular a gente consegue filmar, mas, fica a dica.

Lá é possível ver a tão famosa (umas das sete novas maravilhas do mundo) pirâmide de Kukulkán, e também o Templo de Chac Mool, a Praça das Mil Colunas, e o Campo de Jogos dos Prisioneiros.

Xel-Há: Parque aquático que é maravilhoso. Já percebeu que eu acho tudo maravilhoso em Cancun? Pois é, gostei tanto que me mudaria para lá hoje mesmo!


A distância entre Cancun e Xel-Há é de 122 quilômetros e a viagem durou cerca de 2 horas. O parque é all inclusive. Dá para fazer um monte de atividades: mergulhar, nadar com golfinhos ou nos cenotes, entrar em contato com araras, iguanas (aos montes) e tucanos, descer de tirolesa, caminhar, flutuar no rio com boias disponíveis no parque, descansar nas espreguiçadeiras maravilhosas ou nas redes ou passar pela ponte flutuante. O parque ainda conta com armários e vestiário com chuveiros.

Embora o parque seja all inclusive, é preciso deixar um depósito no valor de US$ 20 dólares na entrada para pegar o equipamento de snokel (apenas se você for utilizar o acessório). Porém, este valor é devolvido na saída.

Xcaret: Assim como o Xel-Há, o Xcaret é um parque aquático, com a diferença que possui outras atividades para fazer, tem animais como em um zoológico e é mais artificial. Ele fica a 74 quilômetros (cerca de 1 hora e 30 minutos) do centro de Cancun.


Diferente do Xel-Há, o Xcaret possui muitos bichos: onças, veados, flamingos, tubarão, tartarugas, arraia, peixe-boi. Parece um zoológico, com uma paisagem de fundo praiana.... Tem ainda espaço para apresentações com cavalos, aquário, espaço para mergulho com tubarão e raias, nado com golfinhos e zona arqueológica com algumas pirâmides. Além dos bichos, ainda era possível nadar nos rios subterrâneos, naturais, fazer snorkel em alto mar ou descansar nas prainhas.

O Xcaret é muito grande, por isso nos é fornecido um mapa do lugar. Existem vários restaurantes com comidas mexicanas e internacionais, além de lanches.

O pacote que compramos foi o Plus, que dá direito ao almoço, com comidas e bebidas incluídas, além de equipamento de snorkel. Depois do almoço ficamos descansando na prainha. No lugar, tivemos oportunidade de nadar com a boia e ir até o tanque onde estão os golfinhos. Dá para ver os golfinhos apenas pela grade, mas é muito bacana. 

O pacote plus ainda dá direito a assistir ao espetáculo noturno, mostrando a história do México e sua culturas. Dizem que é muito bonito, mas nós não assistimos.

Tulum: é um daqueles lugares que você imagina que só exista em filmes de tão perfeito. Ele fica na Riviera Maya, a 131 quilômetros (duas horas de carro) de Cancun e é um lugar maravilhoso. Se tivéssemos outra oportunidade, voltaríamos para lá com mais calma e para ficar um dia inteiro. É uma praia MARAVILHOSA. Sem contar a zona arqueológica que é um espetáculo.


Tulum é o terceiro sítio arqueológico do México mais visitado atrás de Teotihuacan e Chichén Itzá e à frente de Monte Albán. Foi um importante porto comercial antes da invasão dos espanhóis no século 16. 

A visita até Tulum, com a excursão contratada, durou em torno de 2 horas: 1 hora para conhecer um pouco da zona arqueológica com guias especializados (para preservar o patrimônio, os monumentos dentro do local são cercados por cordões) e 1 hora para andar pelo local e praia sozinho. Foi muito rápido, por isso a intenção de voltar lá um dia e poder fazer a visita sem guia e durante o dia todo.


O parque fica aberto das 8 às 17 horas. Entre os destaques estão o castelo com 12 metros de altura, o Templo de los Frescos, Casa del Cenote e o Templo Del Dios Descendente. Já as muralhas que cercam o local contam com 6 metros de espessura e formam um retângulo de 380 metros por 165 metros diantes do mar.

Cobá: Cobá foi o último passeio que fizemos. O sítio arqueológico fica a 173 quilômetros de Cancun e a 44km de Tulum. Nossa visita até lá foi combinada com Tulum, no mesmo dia. O local é o único que ainda tem pirâmides que podem ser escaladas. Minha irmã subiu e de lá a vista é linda! Eu subi até a metade, mas a preguiça de subir e ter que descer 129 degraus me impediu de chegar ao topo. 

A pirâmide de Nohoch Mul ou Castillo tem 42 metros de altura e 129 degraus. Também tem um observatório astronômico, um campo para o jogo da bola, e uma pirâmide menor na entrada. 



Da entrada da zona arqueológica até a pirâmide dá uns 20 minutos que é possível fazer a pé. Mas para quem não quer cansar, ainda há a opção de você alugar uma bicicleta por 7,5 dólares ou um triciclo (bike-táxi) por 10 dólares. O triciclo comporta três pessoas, que foi o nosso caso, mas confesso que utilizei o serviço meio a contragosto, uma vez que considerei o trabalho como escravo porque o condutor, nativo, faz todo o percurso com o maior esforço e a todo momento tive a impressão de que ele ia passar mal de tanto que "bufava, cansado". Segundo o rapaz, ele faz cerca de 30 quilômetros por dia com o triciclo.

Os dias em que ficamos no hotel com tudo incluído também foram maravilhosos. Acordar e ver a sua frente aquele mar com 4 a 5 tons de azul, aquele sol fantástico (e olha que fomos no inverno) e ter tudo à sua disposição: não tem preço!!!!!!!

Foram dias inesquecíveis no paraíso!

Texto e Fotos: Dani Almeida
Edição e Revisão: Lily Pestana

20 comentários:

  1. Parabéns pela postagem, bem completo mesmo. Esse ano pretendo realizar meu sonho de finalmente fazer uma viagem para cancún. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas!
      Tudo bom?
      Fico feliz por ter gostado!
      Eu - Lily - também pretendo ir um dia! Lindo, né? Enquanto isso, vou sonhando aqui com as dicas da Dani =))
      Abraços e depois me conte se vc for e como foi, ok?
      Lily

      Excluir
  2. Oie Lily vir que vc foi em Janeiro, choveu algum dia em que estava la?
    pretendo ir em janeiro de 2017,mais falam q chovem muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu - Lily - ainda não fui a Cancun. Mas pelo que sei, é um lugar quente o ano todo. No segundo semestre (de agosto a novembro) pode ter furacão. Já os meses mais chuvosos são de setembro e outubro (normalmente furacão vem com chuva, tempestades...). Já janeiro, junho, agosto e novembro podem ter sim chuvas, enquanto os mais secos são fevereiro, março, abril e maio.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  3. Boa Tarde,

    tenho uma duvida financeira... Com o dólar a R$ 3,37 quanto seria necessário para se fazer uma viajem pra Cancún sem se preocupar financeiramente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bom?
      Você ficaria em resort All Inclusive (todas as refeições incluídas)? Se sim, isso vai baratear muito seus custos por lá. Se não, aí você pode fazer uma conta em cima de 50 dólares de gastos todo dia (uma média), mas sem incluir hospedagem. Isso seria para passeios, entradas de parques, aluguel de carro, refeições etc.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  4. Olá, boa tarde, pretendo ficar nesse Hotel Grand Park Royal cancun no ano quem vem? Você indicaria ? pode me descrever alguns Detalhes do Hotel? como a comida, horarios de refeiçoes, tipos de bebidas, qual cerveja, etc?? Desde ja Agradeço.

    Felipe

    ResponderExcluir
  5. Olá, boa tarde, pretendo ficar nesse Hotel Grand Park Royal cancun no ano quem vem. Você indicaria ? pode me descrever alguns Detalhes do Hotel? como a comida, horarios de refeiçoes, se algum tipo de limitações,tipos de bebidas, qual cerveja, etc?? Desde ja Agradeço.
    se a praia é muito brava, se o hotel tem algum tipo de 'Agito' a noite ou ele é mais Familiar.


    ResponderExcluir
  6. Oi, Felipe! Tudo certinho?
    Quem escreveu o post foi a colaboradora do blog Dani Almeida. De acordo com o post dela, o Grand Park Royal foi muito bom, mas só compensava para quem não fizesse passeios o dia inteiro, pois você deve pensar que pagar caro para ficar num resort e não ter tempo para curtir nada do resort não é válido, salvo se você tiver uns $$ sobrando... aí, tudo vale mesmo! rsrs...
    Depois venha cá contar para a gente como foi a sua experiência.
    Abraços,
    Lily

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de uma ajuda....

    Vamos para Cancun dia 27/5 e ficaremos até o dia 10/6...Gostaria de dividir os locais metade em um e metade no outro ( Cancun e Cozumel )...Pode me ajudar? Em relação a de repente fazer o check out em Cancun e irmos para Riviera ou Cuzumel é tranquilo, mas ajuda em relação a essas transições...eu estarei com minha esposa e filho de 4 anos.... Em relação a passeis com mergulho com clindro??? e tudo mais em relação a valores que possa me ajudar ,,,ficaria muito grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bom? Eu, Lily, nunca estive em Cancun - ainda! Mas pedi para minha amiga Tati, que já foi, dar uma ajudinha e veja aqui a resposta dela:

      É muito tempo pra ficar em Cancun, o ideal é dividir entre Cancun, Playa Del Carmem e Cozumel (já que ele quer mergulhar, lá é o lugar mais indicado). Do aeroporto de Cancun tem ônibus pra Playa Del Carmem. Eu fui de ônibus pra Playa del carmem (a rodoviária já é em frente à barca que vai pra Cozumel). 3 dias em Cozumel são mais que suficientes. Playa Del Carmem merece uns 6 dias, e o restante em Cancun. Em Playa del Carmem aluguei o carro alguns dias para alguns passeios específicos (cenotes, tulum e a praia de akumal pra ver as tartarugas) outros dá pra ir de ônibus da rodoviária de Playa ou excursão. De playa del carmem a Cancun fui de taxi (basta negociar o preço antes). Em cancun não precisa de carro, tem as excursões que levam para chichen itza e isla mujeres. E para circular taxi.

      Minha sugestão pro seu seguidor não ficar mofando em Cancun! Ele tem que ficar é em Playa Del Carmem! kkkkkkkkkkkkkk

      Espero que ajude.

      Abraços,
      Lily

      Excluir
  8. Olá, boa noite.
    Irei para Cancun de lua de mel. Ganhamos a hospedagem no hotel all inclusive e dentro do hotel tem vários restaurantes. A minha pergunta é: esse all inclusive também se aplica aos restaurantes que ficam no hotel? (na minha cabeça são empresas diferentes, mas o noivo disse que é do hotel então faz parte do pacote)
    Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Olá, boa noite.
    Irei para Cancun de lua de mel. Ganhamos a hospedagem no hotel all inclusive e dentro do hotel tem vários restaurantes. A minha pergunta é: esse all inclusive também se aplica aos restaurantes que ficam no hotel? (na minha cabeça são empresas diferentes, mas o noivo disse que é do hotel então faz parte do pacote)
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marina, tudo certinho?
      Que delícia... muito azul na sua lua de mel! Será linda!
      Sobre a hospedagem, seu noivo tem razão, viu? All Inclusive é literalmente tudo incluído, ou seja, comida, bebida, lanches na área das piscinas, bares. Tudo á vontade e sem preocupação mesmo!!!!

      Curta bastante e divirta-se por lá! Depois volte aqui para contar para a gente as novidades, viu?
      Beijos,
      Lily

      Excluir
  10. Cancun é muito legal! Recomendo a qualquer um, mas infelizmente tive problemas ao alugar um carro lá com a empresa Hertz ... gostaria de compartilhar meu relato para que evitar que voces tenham problemas tambem! Abraço

    https://www.reclameaqui.com.br/hertz-locacoes-internacionais/hertz-nunca-mais-consumidor-e-tratado-como-b-a-n-d-i-d-o_qbxj6qIBEcs4MU-q/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Vitor. Às vezes a gente tem mesmo problemas com aluguel de carro... complicado isso... espero que, no final das contas, isso não tenha comprometido sua viagem e que tenha se divertido bastante.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  11. Olá! Preciso de umas dicas em relação à Decolar. Foi dito que vocês ficaram 5 dias em um hotel e 5 dias em outro. Na hora de comprar o pacote no site vocês colocaram hotel+avião em um hotel e prorrogaram a volta? e depois pegaram mais dias em outro hotel? ou fizeram tudo separado...
    Grata,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mariana
      tudo certinho? Como vai? Você precisa realmente comprar o pacote? Eu acho melhor comprar separado, sabe? Que tal comprar a passagem por um site e comprar hospedagem por outro? Minha sugestão é que você pesquise as passagens pelos sites do Skyscanner, Kayak, Decolar... mas lembre-se de que normalmente a Decolar coloca uma taxa final a mais, viu? Compare sempre antes de comprar e veja se os valores da companhia aérea, comprando direto pelo site da companhia aérea, não são mais vantajosos. Depois disso, veja as hospedagens no Booking.com ou TripAdvisor. É como eu - Lily - normalmente faço e costumo achar melhor assim.

      Espero ter ajudado,
      Bjs,
      Lily

      Excluir
  12. Oi Lily

    Tudo bem? Antes de mais nada, adorei o blog, parabéns! Eu tenho uma dúvida quanto à necessidade da carteira internacional de vacinação para entrar no Caribe. Li que é obrigatório para o México, porém você disse que não é necessário. Ninguém te pediu para apresentar este documento quando você esteve em Cancun?

    Obrigado,
    Diego

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego
      tudo certinho?
      Eu - Lily - nunca estive em Cancún. Este post foi escrito pelas colegas do blog D&D Mundo Afora. Em todo caso, o que te digo é que eu estive no México em junho deste ano, em outro destino - Puerto Vallata e Riviera Nayarit. Quando fui, disseram que o governo estava pedindo sim o certificado da vacina porque foi bem na época da epidemia que enfrentamos esse ano, lembra?

      Foi bem crítico e muito divulgado no mundo inteiro que estávamos de novo enfrentando a febre amarela. Como tenho o certificado, eu levei sim. Mas não me foi pedido em momento algum, viu? Contudo, eu recomendo que você leve sim, por via das dúvidas. Acho melhor ter do que não ter.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,
      Lily

      Excluir