domingo, 31 de agosto de 2014

Peru: por que nós te amamos?

Nós passamos 17 incríveis dias de viagem no Peru durante nossas férias, em agosto de 2014.


A querida Llama contemplativa, olhando para Wayna Picchu (às 06:30 da manhã!)

Foi surpreendente,  foi mágico, místico, misterioso... superou e muito as nossas expectativas e voltamos extremamente felizes e realizados.


No Peru, nós enfrentamos desafios físicos e psicológicos. Desafiamos montanhas, a altitude,  chegamos a quase 5 mil metros de altura.


Portachuelo, a 4.700 metros de altura. Reparem na estrada, cheia de curvas, para subir a montanha! E ainda havia gente doida subindo a montanha de bicicleta!! É muito espírito aventureiro, né?

Desafiamos o medo!

Vencemos a Montanha Wayna Picchu, aquele pico maior que aparece sempre nas fotos de cartão postal de Machu Picchu. Subimos por seus caminhos íngremes, estreitos, beirando a desfiladeiros e fomos até o topo para admirar a Cidade Sagrada dos Incas, uma das novas 7 Maravilhas do Mundo, lá do alto em seu formato de Condor, animal este que para os inkas representava o mundo da epiritualidade.


Conheci a Laguna mais bela que já vi!


Venci novamente a montanha e o trekking mais pesado da minha vida; 14km no total (ida e volta), 5 horas para subir e 2:20 para descer. Começamos já em 3.900 metros de altura e chegamos na Laguna 69, que está a 4.600 metros de altura. Vencemos de novo o medo, superamos o cansaço provocado pela altitude e conquistamos essa paisgam inesquecível!

Laguna 69 - Huaraz

Aliás, as lagunas no plural, pois foram várias!


Laguna Parón, em Huaraz

Laguna Chinancocha - Valle Llanganunco, Huaraz

Laguna Parón, em Huaraz. Qualquer semelhança com o símbolo da Paramount Pictures não é mera coincidência! A inspiração da indústria cinematrográfica holywoodiana vem daí mesmo, dessa paisagem da Laguna Parón e da Montanha Artizon.

Em termos de paisagens de montanhas, o Peru nos encantou muito. A imponência dos Andes, suas cores, sua vida... tudo nos chamou a atenção!


Cordilheira Andina, que domina boa parte do território Peruano, possui muitos vales de rios e lagoas

Descida de Portachuelo, paramos nesse mirador para admirar o Vale de Llanganuco e suas lagunas - Huaraz

Beleza natural realmente não falta! Mesmo com boa parte do seu território imerso em região desértica, o encontro das terras áridas com o mar rende um espetáculo da natureza!


Reserva Natural de Paracas

Reserva Natural de Paracas

E muita emoção também!  Ficamos emocionados com um povo ainda sofrido, em maioria. Um país de contrastes revelou-se para a gente: muita pobreza, muita luta, muito sofrimento decorrente das intempéries da Pachamama (que em quechua significa Mãe Natureza). 

Terremotos devastadores, o medo de tsunamis, os desertos áridos, água escassa em boa parte do país,  clima seco... Se não bastasse tudo isso, eles ainda convivem com as marcas de um recente período de fortes ataques terroristas no país, principalmente nas décadas de 80 e 90.

Mesmo assim, é um povo que sorri, que não desiste,  que trabalha muito, que dá o seu jeito de sobreviver, seja na selva amazônica, no deserto, nas montanhas...


Laguna Chinancocha, Valle Llanganuco - Huaraz

Mercado de Pisaq

Islas Uros - Lago Titicaca

E o que dizer das mulheres? Guerreiras, elas realmente dão um show na sua labuta, na sua força em carregar o mundo nas costas: seus filhos, sua comida, seus artesanatos... e fazem isso tudo parecer leve e gracioso. É bonito de ver, admirar e pensar em como a vida pode ser tão bela nos detalhes e como nós muitas vezes nos preocupamos com tão pouco.


Isla Taquile - Lago Titicaca

Mercado de Pisaq - Valle Sagrado, Cusco

Sítio Arqueológico de Chinchero - Vale Sagrado, Cusco

Também não podemos nos esquecer de dois elementos fundamentais para o povo peruano, de modo geral, razão da sobrevivência de muitos: as llamas e alpacas! Primas das ovelhas, esses animais simpáticos e diferentes, com muita lã, foram vitais ao longo dos milhares de anos para a existência dos povos (pense que no Peru não havia cavalo, boi nem vaca antes da chegada dos espanhóis).


Cusco

Sítio Arqueológico de Saqsaywaman, Cusco

Na mesma linha, encontra-se a famosa folha de coca. Sim, a mesma folha da qual se origina a substância tóxica e entorpecente que estragos no mundo inteiro, além de violência em decorrência do narcotráfico, essa folha é rica em pelo menos 12 alcalóides, ferro, vitaminas e também foi peça chave, e ainda é, para a sobrevivência do povo. 


O simpático MOTO TÁXI peruano (está em todos os lugares!!) que lembra o TUC TUC da Índia. Perguntando para os locais, descobri que eles realmente foram importados da Índia! Costuma custar 2 soles a corrida.

E o colorido? O país dos desertos, do litoral pesqueiro, da selva, dos lagos, das montanhas, das árvores queñua, das flores, dos campos de trigo... 



Isla Taquile - Lago Titicaca

Islas Uros - Lago Titicaca

Campos de Trigo no Vale Sagrado - Cusco

Flores das Montanhas, presentes em muitos vales, lagunas, trilhas - Laguna Parón, Huaraz

Esses contrastes são refletidos nos coloridos das roupas! Um povo que gosta das cores, muitas cores, sem muita lógica ou padrão. Um artesanato rico e colorido!

Quer dizer, mais ou menos, porque cada povoado tem seu traje típico e suas cores!


Ruas de Pisaq, Vale Sagrado - Cusco

Mercado de Pisaq, Vale Sagrado - Cusco

Chinchero - Vale Sagrado, Cusco

Até a bandeira da Cidade de Cusco, um verdadeiro arco-íris,  mostra bem essa paixão do país pelas cores.
Colorido também nas frutas, nas verduras, nas pimentas, nas batatas e nos milhos!


Bandeira Colorida que lembra um Arco-Íris, de Cusco

Mais de 1 mil tipos de batatas e milhos que os incas deixaram de herança!  É tanto tipo de milho que a gente se perde e confunde. 


Batatas

Milho Roxo - é dele que é feita a famosa bebida chamada Chicha Morada (um suco de milho roxo que lembra um suco de uva)

Milhos Coloridos

Milhos que nascem coloridos

Choclos - Milhos no Peru

Diga-se de passagem, a gastronomia peruana já alcançou seu lugar de grande prestígio no mundo, com reconhecimento a muitos chefs e seus pratos elaborados, com sabores marcantes, além das bebidas típicas, como o famoso Pisco (espécie de cachaça feita à base de uva), conquistam todos que por lá passam!


Famosa cerveja Cusqueña e o prato típico Pachamarca (diversas carnes, batatas, tipos de milho, pamonha)

Famoso LOMO SALTADO (esse é de res = carne bovina)

Outro campeão de audiência no Peru: PISCO SOUR!! E cerveja Calao

Ahhhh. .. Os incas! Como não falar desse grande império, que se estendeu até o Equador para o norte e até a Argentina para o sul.

Que grandiosos, que geniais, que mestres em engenharia, arquitetura, medicina, táticas de guerra, agricultores, cientistas, curiosos, descobridores. .. que legado incrível eles deixaram!  Muitos mistérios, muitas histórias, muitas batalhas e crueldade também.


Sítio Arqueológio de Moray - Cusco

Sítio Arqueológico de Ollantaytambo, onde havia terraças para cultivo e muitos armazéns de comida. Os incas não comiam comida frescas, mas sim desidratada. Encontravam o clima certo e o ambiente perfeito para armazenamento e consigam deixar a comida reservada por aproximadamente 12 anos sem estragar! 

Sim, se os espanhóis acabaram com o Império Inca, os próprios incas foram também responsáveis pelo fim de muitos povos pré colombianos, que destruíram, com requintes de crueldade, principalmente no início da fase de expansão, que dominaram... mas foram inteligentes e absorveram muito das técnicas dos povos que conquistaram e aprimoraram seu conhecimentos.


Cidade Sagrada dos Incas - Machu Picchu

Os sítios arqueológicos são magníficos!

Quanto aos povos pré colombianos,  o que falar dos mistérios que envolvem os Nazcas, Waris, os Paracas, Chimús e muitos, muitos outros povos!


Réplica de cermâmica Nazca - em Nazca

Os Nazcas desbravaram um deserto e sobreviveram por quase 1 mil anos (desde mais ou menos 300 AC) em ambiente hostil. Mas ainda tiveram tempo de deixar suas marcas no chão: as linhas de Nazca!

Qual a razão de fazer as linhas? Para quem foram feitas? Como fazer em um traçado único?  Como fazer algo tão grande e sequer conseguir ver o resultado de cima? Tiveram ajuda? Tiveram um propósito? 

Os mistérios das Linhas de Nazca: é ou não é um Astronauta? Por que os Nazcas, antes de Cristo, desenhariam um astronauta em um deserto? O que isso representa? Para quem foi deixada essa mensagem?

O Macaco desenhado perfeitamente em pleno deserto, em lugar plano, e com UM TRAÇADO ÚNICO.
Perguntas e mais perguntas sem respostas... e muitos mistérios que permanecem nesse país!

Sim, nós ficamos fascinados pelo Peru! E esperamos que vocês também fiquem.

Acompanhem os próximos posts e embarquem conosco nessa viagem de muita magia!


**Um pouco mais da gastronomia Peruana**



Um delicioso LOMO DE ALPACA com Risoto de Quinoa

Não deixe provar os deliciosos ceviches peruanos! Mas recomendo que sejam comidos em Lima, cidades costeiras de modo geral, ou próximas a rios com peixes ou lago, como no caso do Titicaca, onde comemos ceviche e truta!

Pães, muitos pães, muitas variedades. Eu amei o pão de milho deles! Procure um para comer. Afinal, de milho eles entendem, né?

Não poderia ficar de fora a famosa Inka Cola, refrigerante peruano de sabor doce, que lembra tuti fruti. Não gostei muito, mas vale a pena provar!

Deliciosas cervejas artesanais SERRA ANDINA. A de trigo é deliciosa!

O saborosíssimo Leitão do restaurante La Chicha do Gastón Acurio, em Cusco
Chicha Morada (suco feito a partir do milho roxo) e Pisco Sour - mais peruano, impossível!



21 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Marcio! Que honra receber sua mensagem aqui! Fico feliz por ter gostado!
      O Peru nos surpreendeu! País lindo e incrível! Amamos mesmo... suas cores, vibração, energia, mistérios... tudo é fascinante!
      Obrigada pela mensagem!
      Bjs,
      Lily

      Excluir
  2. Lily, que post lindo!!! Se eu ja estava ansiosa pra minha viagem, agora ainda mais!!! Vou acompanhando as suas dicas aqui! Bjs, Vanessa (@ciaoviaggio)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa!
      Linda é você de vir aqui e deixar seu recadinho! Muito obrigada, viu?
      Seja sempre bem vinda e obrigada por acompanhar o Apaixonados por Viagens!
      Em breve, mais posts no ar... com certeza, sua viagem será linda e você vai curtir bastante!
      Depois vou querer saber dos detalhes! E já está desde agora convidada a escrever para a gente! Seus relatos serão muito bem vindos!!
      Beijinhos,
      Lily

      Excluir
  3. Que fotos são essas, hein??? Parabéns, fiquei babando no Instagram durante a viagem e agora aqui também. E as fotos estão lindas não somente da natureza, mas também da gente do Peru. Mais uma vez parabéns! Super fã do seu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fábio!
      Nossa, que legal! Duplamente honrada com dois comentários seus! Feliz demais!
      Esse país conquistou a gente, sabe?
      Ficamos muito encantados! Que energia incrível! História, mistérios, cores, comidas maravilhosas... foi tudo muito fascinante!
      Adorei seu comentário! Para uma fotógrafa amadora como eu, fiquei muito contente mesmo! Até porque eu me inspirei muito nas suas fotos e nas suas dicas de luz, viu? Eu que agradeço muito! =)
      Bjs,
      Lily

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Oi Lily meu nome é Rafaella. To lendo os posts sobre essa viagem e são surpreendentes! Parabéns, vcs mostraram um Peru que realmente eu nem sonhava que existia, sempre relacionamos com Lima, Cusco e Machu Picchu. Agora podes me tirar umas dúvidas?
    Esses passeios nas lagunas são de Huaraz? Elas são lindas e essa cor delas então? Não pode mergulhar rsrsrsrs?
    Em Machu Picchu vocês fizeram o passeio que escala essa montanha mais alta e lá que vcs escontraram esse outro lago?
    Foi isso que entendi e fiquei na dúvida de que lagos vcs estavam falando, se era em Machu Pichu ou Huaraz..rsrss
    Agora escalar por 5 horas não sei se conseguiria rsrs
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaella, que bom ver que você está curtindo os posts sobre o Peru! Foi uma viagem maravilhosa que fiz com o Julio... um país que revela paisagens incríveis!

      Bem, vamos às perguntas:

      1) As lagunas que visitamos ficam na região de Ancash, fazendo parte da Cordilheira Branca, que, na verdade, é só um nome a um pedaço que é dado da própria Cordilheira Andina. No final das contas, são os Andes! A cidade que usei como base para conhecer as lagunas foi Huaraz. A partir de Huaraz, eu fiz passeios no esquema bate-volta para as trilhas e lagunas.

      2) Machu Picchu fica em outra região no Peru. Sim, lá nos subimos aquela montanha mais nariguda ao fundo, que se chama Huayna Picchu. Tem que reservar com antecedência porque só sobem em dois horários (às 7h e às 10h) e apenas grupos de 200 pessoas para cada horário. Logo, esgota rápido. Não há lagoas em Machu Picchu.

      3) As 5 horas de subida foram no trekking para a Laguna 69, que fica na região de Ancash =))

      Beijinhos,
      Lily

      Excluir
  6. Quanto lugar incrível que você passou no Peru! Tenho muita vontade de ir, está na minha lisitinha de destinos que quero visitar... E a melhor, foi a foto de vocês com a Lhama sentada do lado olhando a paisagem com vocês, haha demais!!

    Adorei o blog!

    Beijão,
    vanessa.

    www.resolvipostar.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa,
      que lindo seu recadinho! Nosso grande objetivo sempre foi esse mesmo, o de inspirar, contar nossas histórias! Fico sempre muito feliz quando percebo que coisas singelas, como uma foto, podem inspirar, não é mesmo?
      E essa llama estava lá dando mole! rsrsrs... ela estava tão calma que parecia hipnotizada aguardando o sol nascer. Coisa linda mesmo!
      Obrigada pela visita no blog! Volte sempre!
      Beijo grande,
      Lily

      Excluir
  7. Olá kinda gente !! queremos ir até as montanhas de arco, mais não encontramos info, vc já passaram por lá??
    Muito bonito seu blog.!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miguel!
      Tudo certinho! Olhe, infelizmente não passamos pela Montanha de Arco. Quando eu fui a Huaraz, também tive muita dificuldade em encontrar material para montar meu roteiro. Mas descobri ótimas dicas pesquisando no site do Mochileiros.com. De repente lá você consegue alguma ajuda, que tal?
      Boa sorte! Depois venha aqui contar para a gente como foi a viagem.
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  8. Olá,

    Você indica alguma agência que faça os passeios lá?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bom?
      Por lá onde, exatamente? rsrs... como estivemos em várias cidades no Peru, em cada local nós contamos com o apoio de agências ou motoristas.
      Está tudo no roteiro --> http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/2014/09/peru-roteiro-completo-para-17-dias.html

      Abraços,
      Lily

      Excluir
  9. Oi... Meu nome e Tatiana e fiquei encantada com o roteiro d vcs. Que época vcs foram? Tem como passar todo o roteiro? Quero fazer praticamente o mesmo. Vocês acham ruim pra fazer sozinha? Bojos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana, tudo certinho?
      Fico feliz por ter gostado! Nós fomos em agosto de 2014.
      O roteiro super completo está neste link --> http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/2014/09/peru-roteiro-completo-para-17-dias.html
      Sobre o fato de fazer sozinha uma viagem ao Peru, vai depender de como é, seu perfil de viajante, sabe? Você gosta de ficar em hostel? Porque eu não curto kkk, mas sei que hostels proporcionam conhecer várias pessoas, fazer amizades e ter companhia para os passeios. Pode ser uma boa!
      Beijos,
      Lily

      Excluir
  10. Nossa que roteiro maravilhoso... me emociono só pela forma entusiasmada que descreve os lugares, as pessoas...
    Essa é a minha viagem dos sonhos, que até o presente momento se resumia apenas em Machu Picchu, mas depois do que acabei de ver, estou encantada pelo Peru e quero conhecer esses lugares maravilhosos!!!
    Em 2012 estava com tudo certo para eu meu marido irmos para conhecermos lima e Cuzco, pois eu tinha ganhado em uma promoção um crédito em compras num site de compras coletivas que possuía esse pacote, enquanto eu esperava a liberação do prêmio tive uma surpresa inesperada: Estava grávida! quando recebi a notícia, não pensei se ficaria gorda, em como criaria meu filho e nem se seria menino ou menina, pensava apenas: Não, agora não! Machu Picchu está tão perto... E não pude ir mesmo e isso me entristeceu muito, meu filho vai fazer 3 anos e eu realmente não sei quando poderei enfim fazer essa viagem, não só pelo custo, mas também pelo fato de querer levar o meu filho comigo e ser um lugar de difícil acesso para uma criança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Jéssika! Que lindas as suas palavras. Muito obrigada!
      De fato, tudo o que vivenciamos com alegria e paixão, fica ainda mais fácil reproduzir e contar as histórias, não é mesmo?
      Mas estou na torcida para você finalmente conhecer esse país incrível! E olhe, eu vi muitas crianças por lá, viu? Acho que vale a pena reconsiderar... de repente daqui uns 2 anos, que tal? Os acessos não são difíceis... e só não fazer as trilhas e, mesmo assim, você vai aproveitar muito!
      Beijo grande e tudo de bom,
      Lily

      Excluir
  11. Lily, acabamos de voltar de uma viagem de 10 dias ao Peru,com minha esposa Lurdes, a sobrinha Gislaine e a amiga Lisiane. Fizemos Lima, Cusco e Puno. O objetivo principal era Machu e Waina Pichu e o lago Titicaca, o que fizemos e nos sentimos muito surpreendidos e satisfeitos. Mas faltou tempo, tanto que visitar ainda como Coquekirao, Vinicunca e Portachuelo, que pretendemos voltar. Pesquisando encontrei seu blog e ótimas dicas para a próxima ida. Valeu! Paulo Alexandre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bom?
      Com certeza... o Peru é um país incrível que merece mais dias! Nós ficamos 17 dias e voltei com a mesma sensação, de precisar de mais dias!
      Mas sempre teremos motivos para voltar.
      Abraços,
      Lily

      Excluir