terça-feira, 15 de abril de 2014

Los Roques: 9° Dia, Passeio de Barco Fretado

Reta Final da viagem e já bate aquela tristeza, sabe? E depois de tantos dias maravilhosos em Los Roques, o nosso 9° dia no Paraíso não seria diferente!




Junto com um casal da Posada La Corsaria, a Adriana e o Aluísio, nós fretamos um barco para fazer um passeio diferente e buscamos, nós 4, percorrer lugares que não conhecíamos ainda.

Contratamos o Capitão Franklin, do barco Fama, porque também queríamos investir em mergulho de snorkel.

E ninguém melhor que o Franklin, que é Dive Master e foi guia de mergulho em Los Roques por mais de 5 anos, para fazer esse passeio conosco. Foi-nos cobrado, no total, 5000 bolivares pelo passeio fretado (2.500 para cada casal).

Saímos mais cedo, antes do horário padrão do pier que costuma ser das 9:30 às 10h da manhã.

Conseguimos sair por volta das 9:10 e voltamos umas 17:30 mais ou menos.

Ou seja, dia longo e que rendeu bastante!



Para conciliar os meus interesses e os do outro casal, fizemos assim:

- Começamos o passeio em Rabusky para entrar no Mangue já que a Adriana e o Aluísio não tinham entrado no mangue. Eu e Julio já tínhamos entrado quando fizemos o passeio com o John Davis, capitão do barco da Posada La Cigala.

É realmente lindo observar um mangue em alto mar! Eu nunca tinha visto ... apenas conhecia mangues de encontro de rios com mar, bem comuns no Nordeste.

- Seguimos para a Pelona de Rabusky, que é um banco de areia e estava vazio. Nele fizemos snorkel ao seu redor. É um ótimo ponto para mergulhar com snorkel porque a Pelona é cercada de corais.

Vimos muitos peixes, inclusive os grandes, como o papagaio,  corais, lagosta, entre outros. Começamos bem o dia!

Apenas não curti quando chegamos atrás da ilha. O mar estava batendo e as ondas mais altas. Sugiro, portanto, não dar a volta na ilha toda. Quando começar a sentir o mar agitado, recomendo voltar para o lugar de onde saiu.

- Isla de Botoqui: descemos para conhecer rapidamente essa ilha, que não é turística e é mais usada pelos roquenhos, que vão lá para pescar e fazer seus churrascos de peixe (embora seja proibido acender fogo na ilha). Tem uma praia com muitas algas na frente e é cercada por mangues.

De longe, ela é bem mais bonita que de perto rsrs...

E havia muitas moscas grandes por lá que não nos deixaram curtir tanto a paisagem.

- Boca del Medio: finalmente conhecemos esse ótimo local de mergulho.

Éramos para ter conhecido quando fomos a Sebastopol, mas o capitão do barco Waikiki Tours resolveu na hora que não levaria a gente lá porque não queria. Aliás, eu não recomendo passeios com o barco Waikiki.

Em todo caso, fomos com o Franklin conhecer Boca del Medio! É literalmente uma boca na barreira de corais para o Oceano.

Um lugar incrível para mergulhar!

Muito transparente, parecia um aquário!! Vimos muitos corais maravilhosos e alguns peixes. Sua beleza é mais pelos corais e cristalinidade da água. Ali, ficamos cerca de 1h ou mais mergulhando. Adoramos!

- Cayo Vapor: passamos de novo por lá para que outro casal conhecesse. Foi uma passagem rápida para fotos.

- Nordesnky: ilha próxima a Cayo Vapor, de onde se pode ir caminhando pelo banco de areia que liga as duas, mas eu estimo uns 40 minutos de caminhada. Ou seja, tem que ter disposição! Rsrs.

Eu queria conhecer a Isla de Nordesnky porque é a predileta do Joel, da Posada La Cigala.

Ela é realmente linda! Mas tem muita pedra e uma praia pequena. Ficamos um tempo para tirar fotos!

- Francisky de Abajo: eu ainda não conhecia. Essa é a ilha dedicada aos esportes e onde tem uma escola de kitesurf, windsurf e SUP, além de se poder alugar lá alguns desses brinquedinhos para passar o dia.

O aluguel do kayak é de 1000 bolivares para o dia todo e o da prancha de SUP é de 2000 bolivares.

- Francisky de Arriba: voltamos lá para fazer de novo o mergulho na piscina natural. Lembrando que só se mergulha lá com pé de pato quando o Javier fica por perto vigiando. Ele mesmo aluga o pé de pato por 100 bolivares e o snorkel/máscara por 100 bolivares também.

O mergulho dessa vez, pelo horário mais tarde, não foi tão bom como na primeira vez em que fomos, às 13h, que, segundo o Javier, é o melhor horário de mergulho.

A água estava um pouco turva, mas conseguimos ver muitos peixinhos, corais e a Virgem Maria de Bronze.

Ficamos em Francisky de Arriba o resto do dia! Jogamos frescobol e foi uma ótima tarde.

Quero agradecer ao Franklin pelo passeio, atenção e pelo delicioso ceviche que ele e seu ajudante fizeram para a gente.

E assim foi nosso nono dia em Los Roques que ainda teve direito a pôr do sol lindíssimo e a um eclipse lunar!!!


 

4 comentários:

  1. Adorei todos seus relatos, estão bem explicados, e me deixou com mais vontade de conhecer esse paraíso...obrigada pelas dicas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ArtesanatodVeraLeide ! Tudo bom?
      Muito obrigada pelo comentário!
      Coloque sim Los Roques nos seus planos, viu? Você não vai se arrepender de ir ao paraíso!!
      beijinhos

      Excluir
  2. Lily, adorei tudo! Los Roques é incrível! Fui em 2011 e pretendo voltar. Suas dicas são ótimas pq tem vários passeios que não fiz e quero fazer.
    Ah, vc tem o contato do Franklin? Bons contatos são sempre bem vindo em uma viagem dessas! Bjsss
    Se puder passe para meu emai? dri.fotografa no gmail.com. ;) Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dri,
      tudo bom?
      Eis um lugar dos sonhos que jamais esquecemos, não é?
      Se eu pudesse, programaria uma vez ao ano para ir lá rsrsrs... mas, com a dificuldade que é chegar no paraíso, considerando os problemas na Venezuela, desanima um pouco, mas pretendo também retornar um dia!
      Quanto ao Franklin, confesso que ele me deu o contato dele em um papel e eu o perdi. Mas é uma pessoa muito conhecida por ser Dive Master e, hoje, tem seu próprio barco. Além de Dive Master, é capitão do próprio barco, que se chama Fama. Ele foi altamente recomendado pelo Alejandro da Posada La Cigala, que o conhece e já mergulhou com ele. Acho que não deve ser difícil encontrá-lo por lá. Afinal, Los Roques tem nem 2 mil habitantes. Mas, em todo caso, se achar complicado, veja com os meninos da Posada La Cigala que eles têm o contato dele! =))
      Beijinhos,
      Lily

      Excluir