domingo, 20 de abril de 2014

Fortaleza: 3° Dia, em Canoa Quebrada

E no nosso 3° dia em Fortaleza (18/04), resolvemos ir atrás do sol e partimos rumo ao Litoral Leste: Canoa Quebrada!





A famosa praia de Canoa Quebrada fica no Município de Aracati, a cerca de 160km de Fortaleza. Gastamos aproximadamente 3h para chegarmos lá.



O caminho é quase o mesmo que leva ao Beach Park, Águas Belas e Morro Branco. Passamos por uns três Postos da Polícia Rodoviária Federal e recomendo ter cuidado na direção para lá.

E Canoa Quebrada cumpriu a missão: muito sol e dia lindo!



Nós, que amanhecemos com chuva em Fortaleza e estávamos desejando muito o sol, adoramos!!

Ficamos na Barraca O Casqueiro, em uma sombra muito gostosa.

Gostei da barraca, do atendimento do garçom Romário e correu tudo bem e até as refeições que pedimos chegaram bem rápido.  Daria nota 7, primeiro porque a comida estava boa, mas não deliciosa. Segundo, porque faltou água no banheiro mais para o final do dia e ele ficou sujo.

O que fazer em Canoa Quebrada? Sobram opções para entreter o turista por lá! Difícil é ter tempo para fazer tudo.



Algumas atividades em Canoa Quebrada:

- Passeio de Buggy: de R$130,00 a R$16,00 o buggy que comporta confortavelmente 4 pessoas normais. É o passeio mais tradicional. O buggy passa pela vila, cuja rua principal chama-se Broadway. Lagoas, Duna do Pôr do Sol, Aerobunda, Esquibunda, Tirolesa, entre outros, fazem a alegria dos turistas.

- Passeio de Jangada pelo mar: uns R$10,00 por pessoa. Eu fiz em 2006 e já está de bom tamanho rsrs

- Passeio de Jegue pela praia

- Passeio de Parapente/Paraglider

Se puder dormir 1 noite em Canoa Quebrada, eu acho mais proveitoso, pois o esquema daytrip/bate-volta de Fortaleza, é muito cansativo.

Nós optamos por fazer o passeio de buggy de tarde, com saída às 16h, para tentar ver o pôr do sol.



O passeio passa por piscinas naturais, pelo símbolo original de Canoa Quebrada... no final, quando chegamos na Duna do Pôr do Sol, infelizmente, o sol já estava escondido entre as nuvens.



A gente fez o passeio com bugueiros da Associação local. Sempre recomendo fazer com bugueiros associados, por questões de segurança.

Pudemos até usar as instalações da Associação para trocarmos de roupa e nos ajeitarmos para voltarmos a Fortaleza.

E mais 3h de estrada! Chegamos em Fortaleza por volta das 21h exaustos.

Ainda arrumamos fôlego e disposição para andar na feirinha de artesanato da Av Beira Mar, na Praia de Meireles.
Para mim, é a melhor feira do Nordeste, pela quantidade de barracas/stands e pelos preços, que são incrivelmente baratos.

E, por fim, jantamos no Restaurante Capri, na Av. Beira Mar. Pedimos crepes. Gostamos do crepe de shitake mas não do de bacalhau, que achamos sem sabor. Acho que não voltaria nele rsrs. Fui mais pela praticidade de ser em frente à feirinha.



E assim terminou meu terceiro dia em terras cearenses!



Nenhum comentário:

Postar um comentário