quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Primeiro dia em Mendoza: Almoço na Zuccardi






Ainda no primeiro dia de passeios em Mendoza, depois de visitar a Bodega Vistalba e de fazer degustação nela, seguimos para o tão esperado almoço na Bodega Zuccardi.

Esse almoço na Casa de Visitante Zuccardi é muito famoso e divulgado como sendo o mais Top e o melhor dentre as vinícolas. Também ouvi dizer que a Bodega Ruca Malen ganhou muito espaço nesse quesito de almoços deliciosos nas vinícolas, onde eu infelizmente não consegui agendar uma reserva por já estar lotada (quanto maior a antecedência em efetuar as reservas, melhor!).






Quando fiz a reserva por e-mail, já deixei selecionada a opção de 9 pasos (são 9 etapas para o almoço, incluindo as sobremesas). Mas há outras opções, como a famosa parrillada (o churrasco argentino) ou um almoço com mais passos. 

Como fui no verão, o almoço na Zuccardi estava com um menu voltado para a época do ano, combinando muitos pratos com frutas, por exemplo. Eu não sou a maior fã da combinação de doces e salgados e nem tudo foi assim tão delicioso para mim. Não quer dizer que tenha sido ruim. Comi tudo, é claro! hahahah... até mesmo para poder experimentar e tirar minhas conclusões. Mas, em alguns pratos, eu teria dispensado a combinação feita com algum molhe doce ou alguma fruta. 

Super interessante é que cada prato recebia a explicação dos atendentes que, com muita simpatia, também tiravam fotos para gente. Sempre muito atenciosos, a equipe da Zuccardi realmente foi show.

1º prato - aperitivo

2º prato - aperitivo

3º prato - entrada


4º prato - entrada - um dos meus preferidos - um mix de tomates
 
5º prato - entrada
 O prato principal desta sequência de 9 pratos foi um purê de cenoura temperado, carne e uma bela apresentação. Inclusive, todos os pratos eram muito bem apresentados, com muito requinte!

6º prato - prato principal

7º prato - intermediário entre o principal e a sobremesa, para limpar o paladar


8º prato - sobremesa

9º prato - sobremesa


Melhor ainda é que no valor cobrado pelo almoço de 9 pasos, que custou 350 pesos por pessoa, estavam incluídas das bebidas. Os passos foram divididos entre aperitivos, prato principal e sobremesas. Todos em pequenas porções, o que proporciona que degustemos com calma, saboreando cada prato. 

Os azeites da Zuccardi também são excepcionais e recomendadíssimos (ai que tristeza por eu  não ter comprado e não ter depois encontrado para trazer para casa... =((




Todos os pratos servidos foram harmonizados com espumantes, vinhos e licores da Bodega Zuccardi. TOP! TOP!

Achei sensacional aprender sobre as harmonizações dos pratos na prática! Tudo também explicado e servido com muita gentileza. Foram 6 tipos de vinhos, espumantes e licores, ao total.











Para mim, o melhor de tudo foi o Espumante de Vinho Tinto! Simplesmente delicioso e perfeito! Uma grande novidade, diga-se de passagem, porque eu nunca tinha experimentado um espumante de vinho tinto. É claro que amei! 






O atendimento foi muito agradável, o ambiente em que almoçamos, em uma espécie de salão cercado por vidros, de onde víamos a natureza do  lado externo, foi formidável. 

Eu realmente não tenho do que reclamar, a não ser sobre a questão de algumas combinações de doces e salgados.

Pelo que a Sra. Julia, com quem mantive contato por e-mail para fazer a reserva, me explicou, esse almoço que nós escolhemos, na verdade, seria o de 8 passos que neste verão foi mudado para 9 passos. Não sei dizer se essa mudança será mantida. Mas sei informar que havia também a opção de 12 passos, por 400 pesos por pessoa (é comida que não acaba mais) e que esse menu de verão é mudado também todo ano. Aliás, a cada estação do ano, eles apresentam um novo cardápio. Isso é  legal para estimular sempre as pessoas a retornarem.

No final, estávamos satisfeitos com o farto almoço oferecido. Ainda assim, meus amigos foram descansar enquanto eu e meu namorado ainda tivemos disposição para fazer a visita guiada com degustação de 2 vinhos. 

Não fomos cobrados pela visita (que me parece estar mesmo incluída no almoço) nem mesmo pelos vinhos (com relação à degustação, não sei se dizer que realmente estava incluído no preço do almoço ou se naquela ocasião resolveram não cobrar, mas ninguém também falou nada).

A visita pela Bodega foi outro diferencial! Muito bonita, com as parreiras mais bonitas que vi em Mendoza, uvas graúdas e verdinhas, a Zuccardi é uma Bodega grande, mais comercial/industrial do que as outras que visitei. Ela não tem o "selo" de Bodega Boutique, pois tem uma produção maior, faz seu próprio engarrafamento (as Bodegas menores não fazem seu engarrafamento, precisando contratar um serviço "terceirizado" para esse fim). 









A visita na Zuccardi foi muito rica em informações bacanas sobre a produção do vinho, com direito a visitar os lugares de armazenamento, nos tanques e barris de carvalho.

A visita foi guiada e passamos por algumas instalações da Bodega.

Guia da Visita
 





 



Ao final, na degustação, também aprendemos um pouco mais sobre os vinhos da vinícola. Em sua degustação, todavia, eles não oferecem os vinhos mais Tops, como em outras Bodegas, a exemplo da Achaval Ferrer e a Pulenta Estate, que ofereceram na degustação seus principais vinhos gourmets ( = caríssimos!). 



Degustando o Vinho  Santa Julia Magna Malbec
 
Guia dando suas explicações




Quanto às lojinhas da Zuccardi, tanto na Casa do Visitante, como ao final da degustação, você poderá comprar itens da vinícola, desde vinhos, espumantes e outros, até embalagens para transportar os vinhos, acessórios dos mais variados, abridores de vinhos... azeites!! 

Ai se arrependimento matasse, sabe? Eu deixei de comprar os azeites na lojinha da Casa do Visitante porque fui fazer a degustação e visita na Bodega Zuccardi, que fica um pouco distante da Casa do Visitante, mas é uma distância que dá para ir caminhando, em cerca de 15 minutos, no máximo. Só que, exatamente por ir caminhando, num sol escaldante que fazia, eu deixei de comprar os azeites lá para comprar na Bodega, depois da visita, e evitar ficar carregando peso. Dei mole! 

Na lojinha da Bodega, ao final da visita, não tinha mais azeite e não achei mais em lugar algum depois. É bem verdade que eu mal tive tempo de andar pela cidade de Mendoza e, quando eu o fiz, para conhecer um pouco da cidade, era feriado, dia 01º de janeiro de 2014, e praticamente tudo estava fechado. Enfim... mais um booom motivo para voltar a Mendoza: comprar os azeites da Zuccardi!


Loja da Bodega - ambiente de visita e degustação
 
Loja da Bodega - ambiente de visita e degustação

Loja da Bodega - ambiente de visita e degustação

E assim foi nossa experiência nesta ótima Bodega Mendocina. A Família Zuccardi e a Casa do  Visitante estão de parabéns pela receptividade, excepcional atendimento e lindas instalações.


Recepção da Casa do Visitante da Familia Zuccardi










18 comentários:

  1. Lindaaaa matéria!!!! Quero muito ir a Mendoza um dia. Como encaixar todos os lugares que queremos visitar nas poucas férias????!!!! Nessas vinícolas só pode degustar se comprar alguma garrafa? Pelo que entendi reservando o almoço a degustação está incluída.
    Já foi em alguma no Chile?

    Bjoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moniquinha, querida!! Que bom que vc gostou! Fico muito feliz!!!
      Vá sim a Mendoza um dia!!
      Aproveite um feriado prolongado para ir... aí você deixa as férias para viagens maiores!! Em 05 dias, vc consegue fazer muita coisa em Mendoza!!
      Com relação à degustação nas vinícolas, são todas pagas e incluem a visita com todas as explicações sobre o processo produtivo do vinho. Em média, uma boa degustação custa uns 100 pesos (eu paguei 1 dólar = 9,70 pesos). Na Zuccardi, onde fiz esse almoço de 9 passos, a visita estava incluída e também não me cobraram pela degustação (então penso que estava incluída também rsrs... ).
      No Chile, infelizmente só fui a Concha y Toro --> http://apaixonadosporviagens.blogspot.com.br/search?q=concha+y+toro
      Aliás, tem mais recadinho para você no seu texto sobre as Highlands, viu?? Só sucesso!!! =))

      beijinhos

      Excluir
  2. Olá, Lili! Tudo bem?
    Estou programando uma viajem a Mendoza em junho deste ano. Gostaria de saber o nome da agência com a qual você fechou os passeios. Acredito que deixar para reservar lá será um risco. Se você puder dar uma sugestão, ficarei muito agradecida!
    Abraços,
    Fernanda Laia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda,
      Tudo bom?
      Então, não sei se você leu todos os posts e a minha saga para conseguir fechar os passeios rsrs... eu levei mais de um mês para fechar roteiro e passeios, acredita? Eu comecei a traçar toda a logística de passeios com a Agência Mendoza Holidays, que costuma ser muito bem indicada. Mas, no final das contas, fiquei irritada com a moça que me atendia porque eu pedia uma coisa e ela me dava outra.. achei confuso... daí comecei a cotar os passeios com o hotel onde fiquei e, no final das contas, a diferença de preço entre o que o hotel me ofereceu e a Mendoza Holidays era muito grande, na ordem de menos da metade... estranhei o fato de a Mendoza Holidays ser tão cara e resolvi arriscar com o contato que o Hotel me ofereceu. Deu tudo certo e eu não poderia ter feito escolha melhor e mais econômica! O motorista foi o Jose!
      Beijinhos e pode perguntar que tento sempre responder, viu? Em Junho você deve ver neve na Cordilheira!! Muito lindo!!

      Excluir
  3. Olá, Lily!
    Você ainda teria o contato do motorista indicado pelo hotel? Estarei la em outubro.
    Obrigada!
    Hellen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hellen,
      tudo certinho?
      Puxa, fui até mesmo procurar o contato dele, para ver se achava um cartão de visitas, mas não encontrei. Devo ter perdido lá mesmo em Mendoza, porque quando escrevi o post, já não tinha o cartão. Lamento mesmo.
      Olhe, tentarei fazer o seguinte: vou mandar um e-mail para o hotel e ver se eles me informam, ok?
      Se eu tiver notícias, eu coloco aqui e no post também!
      Bjos,
      Lily

      Excluir
  4. Olá!
    Estou com a mesma dificuldade que vcs meninas, pq os preços cobrados pelas agências estão mto alto para fazer o tranporte para as vinícolas. Por acaso vc teria o contato do José ou sabe me indicar se ao chegar lá é fácil (e mais em conta que a Mendoza Holidays) fechar os passeios com algum taxista? Montei meu próprio roteiro de vinículas e não gostaria de fazer um passeio com roteiro fechado. Muito obrigada!!
    Abraços e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anônimo (rsrs)
      Tudo bom?
      Eu tentarei ver com o hotel se eles me passam o contato do José.
      Não é difícil conseguir serviço de remís em Mendoza. É muito comum e tem vários. Só depende mesmo da época do ano. Como fui no reveillón, a procura é maior e eu não queria correr o risco de ficar sem. Eu também preferi montar meu próprio roteiro e não me arrependo. Ficou ótimo! E também achei o preço da Mendoza Holidays mais caro. Se eu tiver notícas sobre o José, eu volto aqui para avisar, ok? Enquanto isso, veja com o hotel onde você vai se hospedar se eles não têm alguém de confiança para indicar a você! Foi assim que eu cheguei ao José, por indicação do hotel. =)
      Abs,
      Lily Pestana

      Excluir
  5. Transporte por las vinicolas de Mendoza, www.abwtransportes.com

    ResponderExcluir
  6. Transporte por las vinicolas de Mendoza, www.abwtransportes.com

    ResponderExcluir
  7. compartimos datos de nuestra empresa para paseos en mendoza : www.nossamendoza.com
    saludos cordiales
    santiago

    ResponderExcluir
  8. compartimos datos de nuestra empresa para paseos en mendoza : www.nossamendoza.com
    saludos cordiales
    santiago

    ResponderExcluir
  9. Alternativa para pagar el precio justo por sus paseos en las vinicolas de Mendoza, no pague de más. www.transportevinicolasmendoza.com

    ResponderExcluir
  10. Alternativa para pagar el precio justo por sus paseos en las vinicolas de Mendoza, no pague de más. www.transportevinicolasmendoza.com

    ResponderExcluir
  11. Olà Lili, somos de Salvador na Bahia - Brasil, estamos programando uma viagem para Mendonza em Fevereiro do próximo ano/2017. Será a nossa 1ª vez aí então pode nos ajudar com um bom roteiro que inclua as montanhas? Ficaremos 04 dd.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bom? Ótima escolha de destino. Mendoza é um lugar surpreendente!
      Nosso Roteiro está publicado no blog. Veja neste link -> http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/2014/02/mendoza-meu-roteiro-de-viagem-reveillon.html

      Inclusive, temos um Guia de Mendoza -> http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/2014/03/mini-guia-de-mendoza-argentina.html

      Acredito que, após ler esses textos, você conseguirá montar um ótimo roteiro!
      Se ainda tiver alguma dúvida depois de lê-los, estamos aqui.
      Beijos,
      Lily

      Excluir
  12. adorei seu post! deu mta vontade de ir!!
    como faz p reservar com o pessoal da vinicola? não consegui achar no site deles!! obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulinha,
      eu entrei em contato direto pelos emails, no site de cada uma, tem sempre uma parte de contatos com email para reserva! Dê uma olhada... por exemplo, da Zuccardi está aqui --> http://www.familiazuccardi.com/contacto.php ... veja lá direitinho que todas têm um contato!
      Beijos,
      Lily

      Excluir