sexta-feira, 17 de maio de 2013

Aracaju: passeio a Mangue Seco na Bahia!!

Sol, mar sem ondas, água quentinha, dunas, coqueiros... sombra e água de coco fresca... E precisa de mais o que nessa vida, hein?? rsrs...

Essa é a melhor descrição para Mangue Seco, última praia do litoral norte da Bahia, já chegando em Sergipe, cenário ideal para contemplar a natureza, curtir o mar, descansar, andar de buggy, tirar muitas fotos e encantar-se com esse Brasilzão lindo que Deus nos deu!!!

Esse passeio, embora o destino fique no município de Jandaíra, na Bahia, é um passeio mais prático de ser feito por quem está em Aracaju. De Salvador para Mangue Seco é um chão danado que faz não ser recomendado um bate-volta (são 240km de distância).

Já de Aracaju, considerando que Sergipe é o menor Estado Brasileiro, lugar onde as distâncias nunca são tão grandes assim entre um ponto e outro, dentro do estado, é um passeio bem agradável para fazer bate-volta e dá para curtir bastante sem correrias!!

Mais uma vez, a Crystal Tur foi muito pontual e me buscou na Pousada dos Caminhos no horário combinado. Fomos de van até um ponto onde desembarcamos para pegar um barco e fazer a travessia do Rio Real. Se eu não estiver enganada, em janeiro de 2013, uma ponte foi inaugurada ligando justamente esse pedaço (eu vi a ponte quando estive por lá, mas não estava liberada para trânsito), o que faz reduzir sensivelmente a distância de quem deseja ir de um estado para o outro (BA-SE).

Quando fui, em novembro de 2012, levei em torno de 1:30 desde a pousada até desembarcar na Pousada Asa Branca.

Trata-se de uma vila, na verdade, com dunas eternizadas pela novela global "Tieta". Ok, isso entrega um pouco da minha idade (só um pouco rsrs.. ), mas, mesmo em Vale a Pena Ver de Novo, quem não se lembra das famosas cenas da Cláudia Ohana com os cabritos e cabritas passeando pelas dunas e coqueiros, retratando algo que seria o Agreste Nordestino?? Bem, não é agreste, pois estamos falando de litoral, mas fato é que esse lugar é lindo de perder de vista.

Logo que chegamos, já fomos direcionados para um ponto de saída de bugueiros.

Lembrem-se da importância de reforçar o filtro solar nessa hora, viu?? Eles esperam!!

Esse passeio é pago à parte, um valor de R$20,00 por pessoa.

De buggy, demos algumas voltas pelas dunas. Pena que foi curto!! Fica sempre um gostinho de quero mais. Pelo menos duas pausas para fotos!! Inclusive, fotos com os famosos coqueiros "Romeu e Julieta" !!

Aahhhh... adivinhem o que aconteceu comigo?? Ao descer do buggy, não tirei meu chinelo e acabei escorregando, o que me fez pisar meio torto na areia e virar o chinelo, que arrebentou ali mesmo e não teve Santo que desse jeito no pobre coitado. Sim, "Sem Jeito" mandou muitas lembranças... eu sei!! rsrsrs...

Agora, vocês não imaginam como é legal ficar sem chinelo nas dunas "pelando" de quente!!! Putz... só eu mesma!!! Por sorte, lá no final do passeio, já perto de embarcar de volta para Aracaju, havia uma lojinha que vendia chinelos, na rua de trás da Pousada Asa Branca, onde eu pude comprar chinelos novos!! Até esse momento, eu tive que me virar com chinelos do namorado (que ficou descalço!!!), ou com um colinho (que sempre cai bem, não??).

Então... como disse, esse passeio de buggy que começou na Pousada Asa Branca não é muito longo. Confesso que não cronometrei, mas aposto que não passa de 40 minutos. Daí, o bugueiro deixou a gente em uma barraca de praia que pertencia à Pousada.

Pudemos ficar relaxando nessa Barraca de Praia, também chamada Asa Branca, por um bom tempo, cerca de 3 a 4 horas, mais ou menos, onde aproveitamos para dar um delicioso tibum em mares baianos, relaxar nas redes super fofas que estavam à nossa disposição, tirar mais fotos e almoçar também.

Quanto ao almoço, achei os preços lá em Mangue Seco salgados, como vocês poderão perceber no cardápio que eu coloquei lá embaixo. A conta, com bebidas, para duas pessoas, ficou em torno dos R$100,00, preço considerado alto para o nordeste, em barracas/quiosques/bares de praia. A boa notícia é que a comida estava gostosa e o clima "total relax" do lugar compensava. Além disso, aceitaram cartão!! Ufa... rsrsrs..

É claro que, uma vez na Bahia, o lema deve ser "RELAAAXE MEU REI" !!! E foi o que fizemos!!

Lembrem-se de carregar sempre uma folha de cheque ou dinheiro razoável para esse tipo de passeio pelo nordeste, pois, especialmente em praias mais afastadas, lugares mais rústicos, só o dindim que vai te salvar!! Se você tiver sinal no celular, já estará no lucro!!!

Depois de sobreviver a essa "vida dura" toda, no horário combinado com nosso guia da Cristal Tur, pegamos o buggy de volta, passando por mais paisagens de dunas e coqueirais e, para minha alegria, nova parada para fotos!!!! Cada lugar mais lindo que o outro!!!! Confiram nas fotos lá embaixo!!

E aí, já na Pousada Asa Branca, que fica na beira do rio (numa parte que o rio está quase encontrando o mar), pegamos o barco e voltamos para a estrada, rumo a Aracaju!!

Outro passeio delicioso que eu recomendo!!!


Atravessando o Rio Real e chegando na Pousada Asa Branca, em Mangue Seco

Pousada Asa Branca

Passeio de buggy pelas dunas e coqueiros de Mangue Seco


Coqueiros "Romeu e Julieta"

Buggy

Vejam alguns preços do cardápio oferecido pela Barraca de Praia Asa Branca, em novembro de 2012

Just RELAX

Restaurante/Barraca de Praia Asa Branca


O mar calminho e quentinho de Mangue Seco

Coqueiros à beira mar


Almoço bem gostoso, porém caro!

Coqueirais a perder de vista - mais passeio de buggy no final do dia


Sensacional! 



Barquinho que atravessa o Rio Real, de Aracaju a Mangue Seco

Ponte que foi inaugurada em janeiro de 2013 (quando eu fui, estava assim, desativada ainda) e que reduz bem as distâncias entre os dois Estados - Bahia/Sergipe

2 comentários:

  1. obrigada pelas dicas, muito ilustrativo e ajudou muito a esclarecer minhas duvidas estou em aracaju e quero fazer este passeio pena que vim sozinha, acho que os gastos serao maiores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leticia!
      Tudo bom?
      Fico feliz por ter ajudado! Que bom!
      E você está agora mesmo em Aracaju? Que bacana! Saudades dessa terra boa!
      Ah, sim, os passeios quando fazemos sozinhas às vezes saem mais caros. Mas quando você contrata uma excursão, como esta que nós contratamos, o valor não muda se você vai sozinha ou acompanhada, viu? De repente vale a pena consultar os preços. Não desista!
      Espero que você vá e depois me conte para contar, ok?
      Beijos,
      Lily

      Excluir