quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Paris: Dicas de Segurança!!

Infelizmente, eu soube ontem de um relato de incidente super chato ocorrido com um casal em PARIS

A professora de francês da minha mumy organiza algumas viagens culturais para a França e contou-nos que em sua última viagem, que foi há pouco tempo, no segundo semestre de 2012, bem na hora de fazer o check-out do hotel, um casal que integrava o seu grupo na excursão foi furtado.

Ela explicou que o furto foi muito sutil e rápido, como costuma ser. 

Acredita-se que a Senhora, no momento do check-out, tenha colocado sua bolsa tiracolo no balcão da recepção do hotel, ou em local próximo, e acabou se distraindo, pois estava focada em fechar suas contas no hotel.

Como muitas recepções do hotel são abertas ao público, o entra e sai é grande e, desde que as pessoas estejam com "cara de turista" e razoavelmente vestidas, a verdade é que ninguém desconfia se é ou não hóspede. 

Aliás, é raro haver algum funcionário de hotel na portaria perguntando para as pessoas que nele entram se são hóspedes do hotel.

Resumindo a história: a bolsa tiracolo foi levada e dentro dela estavam TODOS OS DOCUMENTOS do casal e seu dinheiro!!!!!

No final das contas, tudo acabou bem, porque eles estavam super adiantados para o embarque no aeroporto e conseguiram entrar em contato com o Consulado Brasileiro, tirar fotos em estação de metrô,  fazer Boletim de Ocorrência, entrar em contato com parentes no Brasil para enviarem outros documentos escaneados... Mas foi uma correria danada, isso sem contar o estresse porque, para piorar, tudo aconteceu em pleno domingo!!

Bem... o que se pode extrair dessa situação mega desagradável como DICAS DE SEGURANÇA EM VIAGENS:

1) JAMAIS CARREGUE TODOS OS SEUS DOCUMENTOS EM UM ÚNICO LOCAL!! Distribua seus documentos em lugares diferentes, como bolsa, mala de mão e, o mais recomendado, em porta documento ou porta dinheiro, aquele que carregamos junto ao corpo e embaixo das roupas. Esse é o modo mais seguro de levar seus documentos.

2) Se estiver viajando com mais pessoas, em casal, com amigos ou em família, não reúnam os documentos de todos com uma única pessoa. CADA UM DEVE CARREGAR SEU PRÓPRIO DOCUMENTO!!

3) O mesmo vale para o seu dinheiro: distribua seu dinheiro e cartões de crédito em mais de um lugar, em bolsa, porta-dólar junto ao corpo, mas não deixe tudo junto e, principalmente, que não fique uma única pessoa encarregada de levar todo o dinheiro do grupo ou casal ou família. 

4) Se você tiver mais de um documento, por exemplo, mais de um passaporte (um brasileiro e um de outra nacionalidade) e identidade, mais uma vez, não deixe tudo junto em um único local, em uma única bolsa ou mochila. Separe-os!!

5) Deixe sempre com algum amigo, contato, parente, alguma xerox dos seus documentos, especialmente do seu passaporte, antes de viajar. Eu mesma nunca lembro qual é o número do meu passaporte. Essa é uma medida que pode ajudar bastante nessas horas de perrengue e furto/roubo.

6) Além de deixar uma cópia/fotocópia/xerox do seu documento com alguém no Brasil, vamos abraçar a era digital e tomar outra providência ainda mais eficiente: escanear seus documentos e deixar salvo/guardado em um e-mail seu, pessoal, funcional, ou enviar para alguém de confiança ou até mesmo carregar isso com você em um pen drive, por exemplo. São providências que não tomam muito tempo, custam nada e podem ser super úteis. 

7) A verdade é que esses furtos, muitas vezes, não estão atrás do seu dinheiro, mas sim do seu passaporte. Infelizmente, eu já venho lendo e estudando a respeito disso desde 2008. Acontece que o Brasil é um país que vem se posicionando bem no cenário econômico mundial e, principalmente, no cenário diplomático, estreitando laços políticos e diplomáticos com diversos países do mundo, nos últimos anos. 

Essa posição do Brasil, de país bem visto e querido pela maioria dos demais países, desperta interesses outros, alguns ilícitos e ilegais. Afinal, com passaporte brasileiro em mãos, fica mais fácil para muitos viajarem. Além disso, vários países da Europa nem mais requerem a obtenção de visto para ingresso em seu território.

Para piorar a situação, o brasileiro não tem "cara", não tem um biotipo específico, não tem um estereótipo próprio. Ou seja, qualquer um, a princípio, pode ser brasileiro. E, para completar, para muitos que não são familiarizados com a língua latina, falar português ou espanhol dá no mesmo. O que quero dizer é que muita gente sequer consegue diferenciar o que é português e o que espanhol. Por essas e outras que o passaporte brasileiro acaba sendo visado e por isso precisamos nos cercar de certos cuidados.

É claro que a gente torce para que isso não fique desse jeito e que sejam tomadas providências governamentais para impedir essas ações. 

Ouvi dizer há um tempo que os novos passaportes brasileiros seriam emitidos com chips e outros dispositivos que impedissem a sua circulação de forma ilegal, falsificada e ilícita. Confesso que não sei o que foi implementado desde que tirei o meu último, em 2009. Quando eu tirar o novo passaporte, eu volto aqui para contar o que mudou em termos de segurança no documento. 

8) LEMBRE-SE SEMPRE DE ENTRAR EM CONTATO COM O CONSULADO BRASILEIRO OU EMBAIXADA BRASILEIRA (se você estiver em alguma capital de país) para reportar o ocorrido e ser orientado nas medidas que deverá tomar.

9) Por fim, a professora da minha mãe disse que isso tem sido uma prática comum em Paris e que o objetivo maior é obter os passaportes brasileiros. Logo, estejam sempre atentos aos seus pertences, seja onde for, inclusive dentro do hotel. Use e abuse de cadeados em suas bagagens e dos cofres, caso queiram deixar documentos e dinheiro no hotel. Combinado? E não precisa ficar neurótico, inseguro e desanimar com sua próxima viagem, viu? Basta ter certos cuidados e vai dar tudo certo!! Viajar é bom demais!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário