quinta-feira, 25 de outubro de 2012

João Pessoa: a capital paraibana (1ª Parte)

Estive em João Pessoa no carnaval de 2009. Pois é, já faz tempo... e acho que a orla já deve ter mudado um pouco nesses 3 anos que se passaram. 

Ainda assim, vou arriscar deixar aqui algumas dicas para quem quiser curtir um pouco dessa pequena capital.

Em primeiro lugar, adianto logo que eu NÃO VI CARNAVAL em João Pessoal (nem mesmo o famoso bloco dos Muriçocas da Miramar eu vi... só vi mesmo a tal da Muriçoca na orla de Tambaú). João Pessoa não tem Carnaval, tem PRÉVIA DE CARNAVAL!! A prévia sim arrasta milhares de foliões.

Só que eu não fui para João Pessoa para "pular carnaval". Meu objetivo era exatamente o oposto: fugir do carnaval e aproveitar o período para conhecer belezas nordestinas, espairecer nas praias, pegar um sol e relaxar.

Acontece que eu não dei muita sorte em relação ao tempo. São Pedro, dessa vez, deixou a desejar: muita chuva, alguns temporais, muito calor e alguns dias nublados e alguns outros momentos ensolarados. 

Consegui voltar para o Rio bastante bronzeada, mas tive que correr para caçar o sol durante minha estada em João Pessoa. Uma pena, né??

Nessas horas, eu confesso que fico super decepcionada. Puxa vida!! Você se programa (pelos sites de previsão de tempo, a época mais seca de João Pessoa vai de setembro a março), sabe que não é época de tantas chuvas naquele lugar, segue o "mito do nordeste com sol o ano inteiro", viaja e chega no lugar com chuva??? Assim não dá!! Não nego meu mau humor quando isso acontece... Acontece que a verdade é uma só: se você viajar para o nordeste e chover, abstraia e arranje outras coisas para fazer!! 

Já experimentou um banho de mar com chuva?? Tenho certeza de que os mineiros entendem bem do assunto!! hehehehe... brincadeiras à parte, nessa viagem que fiz para João Pessoa, eu não tive muita escapatória e até tibum com chuva eu fiz!! E não é que foi uma delícia??

Pois pense que, mesmo com chuva ou mormaço, o lugar era quente, abafado e água, de cor verde esmeralda, sempre bem quentinha... Pensou??? E tem como não mergulhar?? rsrs... (nada como ser otimista e não estragar a sua viagem, certo??). E, na pior das hipóteses, aproveite a viagem (se o tempo não colaborar) para descansar... (descansar? hein? o que é isso? rsrsrs... ). RELAAAAXE!!

Verdade seja dita: nem o povo de lá estava acreditando naquela chuvarada toda!! Todos os guias e taxistas dizem a mesma coisa, que estavam espantados porque não era comum chover tanto nessa época do ano. Azar? Mudanças climáticas no mundo? Efeito Estufa? Seja o que for... foi uma peninha...

Fiquei hospedada no Littoral Tambaú Flat. Quando eu fui, no carnaval de 2009, o hotel atendeu a todas as minhas expectativas. O apartamento de 1 quarto era um flat, com cozinha americana equipada com todos os utensílios, com área aproximada de 27m², ou seja, suficientemente amplo. A vista da piscina para a praia de Tambaú e as piscinas naturais do Picãozinho era show!! Um café da manhã razoável, para começar bem o dia (não era extraordinário, viu? Apenas razoável!). Bem localizado, a duas quadras da praia. Próximo a feiras de artesanato, quiosques na praia, restaurantes... resumindo: um bom hotel!!

No site Booking.com, o Littoral Tambaú Flat está com nota 7.8, a partir de quase 40 avaliações. Já no site TripAdvisor, o hotel está em 4º lugar de 15 hotéis classificados.

Vista do Littoral Tambaú Flat - Praias de Tambaú e Manaíra

Vista do Littoral Tambaú Flat - Praias de Tambaú e Cabo Branco

Vista do Littoral Tambaú Flat - Piscinas naturais do Picãozinho em Tambaú

E vamos então falar sobre João Pessoa?? Até porque, mesmo driblando a chuva, eu consegui passear bastante por lá! E sabem como a cidade é chamada?? A Porta do Sol!! Explico mais adiante... =))

Primeiro, eu viajei para lá com a agência de turismo New It Club. Fiz um pacote que já incluía a hospedagem, o transfer, o voo e um city tour.

João Pessoa vista de cima

Portanto, meu primeiro passeio em João Pessoa foi o city tour. Sinceramente, não sei se faria novamente o city tour.

Aliás, perdoem-me os receptivos e agências de turismo, mas ir para o Nordeste para fazer city tour em centro histórico, com um sol lindo, um marzão sensacional, uma água deliciosamente morninha de cores verde esmeralda a azul turquesa... e você lá no city tour??? Como assim??? Eu vou lançar a campanha para que o city tour seja no final da tarde ou à noite!! Que tal? 

Enfim... lá estava eu no city tour... não digo foi ruim até porque, como já disse, São Pedro não estava colaborando e o dia começou chuvoso. Menos mal, né??? 

Na falta do que fazer em uma manhã chuvosa em João Pessoa, um city tour até que cai bem!!! 

Aliás, uma observação importante: os temporais e chuvas que eu vi por lá não duravam o dia inteiro, ok? Como é comum no nordeste, principalmente no verão, pode sim chover, mas as chuvas de modo geral são passageiras. O que pode acontecer, e no meu caso isso aconteceu, é pegar um dia inteirinho de mormaço/nublado, com alguns períodos de chuva.

Com relação à orla de Tambaú, eu realmente fiquei impressionada porque, além de parecer novinha e de ser organizada e limpa, mesmo depois de um temporal digno de chuva torrencial de verão carioca, que durou cerca de 1 hora, assim que a chuva passou, caminhando pela orla, EU NÃO VI NENHUM RESQUÍCIO DE ALAGAMENTO!! A água simplesmente escoou com muita facilidade e foi fácil continuar andando e passeando, sem ter que praticar saltos ornamentais para não pisar em poças ou ruas alagadas. 

O mesmo já não verificou no interior. Quando estive por lá, acompanhei as notícias na TV. Considerando que toda aquela chuvarada foi atípica, os telejornais estavam transmitindo bastante e mostrando como nas comunidades mais carentes e subúrbios da cidade a realidade era diferente, com muitas áreas alagadas.

No final da Praia de Tambaú está o peculiar e estranho Hotel Tropical Tambaú, nas areias da praia, em formato circular, parece um campo de futebol e, ao meu ver, estragou a paisagem. Aliás, eu achei esse hotel uma verdadeira aberração e agressão ao meio ambiente. Enfim... fazer o que? E ainda é considerado como uma bela construção e admirado por muitos.

Em frente a esse hotel tem o ótimo Mercado de Artesanato Paraibano, a mais ou menos duas quadras da praia, onde você poderá comprar lembranças, produtos feitos com materiais típicos da região.

E também é nessa região, na direção do hotel, em plena Avenida Olinda, que acontece o agito noturno em João Pessoa: bares com música ao vivo, restaurante, forró pé de serra varam madrugada animando locais e turistas.

Então... prosseguindo.... João Pessoa, uma das menores e mais antigas capitais do Nordeste, tem todo o estilo de cidade do interior. Fundada pelos portugueses em 05 de agosto de 1585, a cidade é bastante arborizada e guarda imponentes construções barrocas datadas do século XVI (é para isso que serve o city tour!!!). João Pessoa ficou, que foi invadida por holandeses em 1634, permaneceu sob seu domínio por aproximadamente 11 anos, mas pouco se percebe desse momento na arquitetura da cidade. Eu não vi nenhum traço holandês por lá.

Além de visitar o centro histórico, o city tour também levou até um mirante e também ao famosíssimo Farol do Cabo Branco, ponto turístico mais conhecido, que sinaliza que João Pessoa é o ponto oriental mais extremo das Américas!! Em formato de sisal (produto importante na economia paraibana), o Farol foi construído na década de 70. Aliás, o ponto mais extremo do Brasil e mais perto da África, na verdade, é a Ponta do Seixas, em João Pessoa e bem perto do Farol. 

Ou seja, nas praias de João Pessoa, o sol nasce primeiro!!! Daí chamar de "A Porta do Sol". Às 05:00 da matina o sol já está raiando e às 08:00 está escaldando!!! Capriche no protetor solar!!

O city tour, que aconteceu pela manhã, levou em torno de 3 a 4 horas. Iniciou pelas praias de Tambaú e Cabo Branco, depois foi para o seu centro histórico. Como João Pessoa é a 3ª cidade mais antiga do Brasil, conserva ainda algumas construções e edifícios no melhor estilo barroco do período colonial. São visitados lugares como Igreja de São Francisco e o Cruzeiro e o Convento Santo Antônio, que fazem parte do Conjunto Franciscano, o Hotel Globo, que agora abriga o Consulado da Espanha, entre outros edifícios e monumentos, em bom estado de conservação, que compõem o cenário do Centro Histórico.

Mirante em Cabo Branco para ver a Ponta do Seixas

Farol de Cabo Branco

Hotel Globo - atual Embaixada da Espanha

Edifícios - Arquitetura do Centro Histórico

Conjunto Franciscano

Casarios do Centro Histórico

Interior da Igreja de São Francisco

Interior da Igreja de São Francisco

Interior da Igreja de São Francisco
****** Referências arquitetônicas



********* Vantagens de viajar para João Pessoa:
1) Não é capital nordestina mais badalada, por isso você vai encontrar preços mais em conta, opção perfeita para feriadões e alta temporada. Aliás, a proposta é descobrir João Pessoa e escapar dos destinos mais famosos, aproveitando enquanto ela não é tão divulgada, principalmente entre os gringos. Vá com essa consciência!!
2) É mais tranquila e pacata, com trânsito menos tumultuado do que as capitais mais visitadas, como Salvador, Fortaleza, Natal e Recife. As praias de Manaíra, Tambaú e Cabo Branco, juntas têm pouco mais de 10km, devem ser as praias urbanas mais calmas do nordeste.
3) Não tem uma enorme rede hoteleira, mas nem por isso fica atrás das demais capitais nordestinas em termos de boas opções para sua hospedagem e conforto.
4) A areia na praia não é tão disputada e suas praias urbanas, de Tambaú e Cabo Branco, costumam ser próprias para banho. Caminhar pela orla de Tambaú, por si só, já é um bom e tranquilo passeio. O ideal é ficar hospedado próximo a essas praias.
5) O mar de cor verde esmeralda, as piscinas naturais de Picãozinho e de Cabo Branco, a Ilha de Areia Vermelha, a praia do Coqueirinho, Tabatinga e Tambaba, fazem valer a pena os passeios em João Pessoa, com belezas naturais de tirar o fôlego de muito turista.
6) O Centro Histórico de João Pessoa (olha o city tour aí, gente!!) e seu conjunto arquitetônico guardam relíquias de um Brasil colonial, como o Conjunto Franciscano. Bem preservado e digno da 3ª mais antiga cidade do Brasil.
7) Um ótimo artesanato, com Mercados de Artesanato na orla bem organizados. Aproveite para conhecer mais sobre o algodão colorido!! Tem muita coisa bonita por lá.
8) Uma bela orla urbana, orgulho dos seus moradores, que obedece a um inteligente Plano Diretor que impõe alturas limites para os prédios na quadra da praia e livra a praia dos indesejáveis espigões. Recebeu o título, durante a ECO-92, de a "2ª Capital Mais Verde do Mundo" !!!
9) João Pessoa é a primeira capital do Nordeste e a terceira cidade do país a ter um sistema de bicicletas púbicas!! Um ótimo convite para você passear, ou melhor, pedalar, pela orla pessoense, não?? (Embora eu tenha me acidentado recentemente, caindo da bike, acho que passear de bicicleta é uma das coisas mais gostosas... apenas tome cuidado, ok?? Use joelheiras, capacete e cotoveleiras se não se sentir seguro).
10) Por fim, mas não menos importante, o povo paraibano, em especial os pessoenses, é muito receptivo, hospitaleiro, simpático e educado, ao menos com os turistas, viu?? E sei que os festejos de São João são um grande evento na cidade e no Estado, haja vista Campina Grande (dica de viagem em junho!! Bora conhecer o São João da Paraíba??).




********* DICAS DE RESTAURANTE (para quem ama a culinária nordestina tanto quanto eu e já fica salivando só de pensar na tapioca, na macaxeira frita, nos camarões e lagostas, na carne de sol, manteira de garrfa... ai como sofro!!).

* Mangai: fui duas vezes nele. Tem também em Natal. É sensacional e tem que ser visitado. O lugar é repleto de decoração nordestina e você se sente em pleno São João. Além disso, você pode optar entre o esquema self service a quilo pesado ou fazer seus pedidos pelo cardápio.

* Tapiocas: tapiocarias, quiosques... huuummmm... delícia!! Tapioca ou biju, como preferir, não resista e se jogue nessa tentação nordestina.

* Restaurante Tábua de Carne: conheço o de Natal e imagino que esse deva ser tão bom quanto.

* Meio do Mangue

* Olho d'Água

* Appetito: especializado na culinária italiana. Fica em Tambaú.

* Nau: especializado em frutos do mar, em Manaíra, pertence ao grupo Mangai

* Picuí Praia: outro restaurante recomendado por uma colega de trabalho, que amou o restaurante da rede em Maceió. Fico também imaginando que em João Pessoa deve ser tão bom quanto.

* Feiras de Artesanato: outra boa opção é aproveitar a ida para as Feiras/Mercado de Artesanato e degustar de algumas iguarias e quitutes nordestinos. De tanto degustar ali e aqui, aposto que você nem sentirá falta de jantar!! hehehehe...

* Manaíra Shopping

* Quiosques na Orla de Tambaú: quando eu fui, em 2009, havia alguns quiosques pela orla. Comi espetinho de camarão no Churrasquinho do Gaúcho. Almocei em outro, cujo nome não me lembro. Mas a dica é caminhar pela orla, que aliás é bonita, arborizada, e tentar se identificar com algum lugar!!


Mangai

É sempre tempo de São João, mesmo em pleno Carnaval!! rsrsrs...


********* DADOS ÚTEIS EM JOÃO PESSOA:


  • DDD 83


  • Informações Turísticas
    Disque Turismo Tel: 0800-281-9229
    Secretaria Executiva de Turismo
    Praça Pedro Américo, s/n
    Tel: 3218-9852


  • Aeroporto Internacional Presidente Castro PintoAcesso pela BR-101, Km 11 
    Tel:3232-1200


  • Terminal Rodoviário Severino CamêloR. Francisco Londres, s/n – Varadouro
    Tel: 3221-9611


  • Ferry Boat R. João Pessoa, s/n – Município de Cabedelo 
    Tel: 3223-1700


  • TáxiDisk Táxi - 3223-1700
    Ligue Táxi - 3241-6800
    Rádio Táxi - 3241-6500
    Tele Táxi - 3241-5656



2 comentários:

  1. Foi através das dicas do seu site que resolvi conhecer a Paraíba, e me apaixonei. Conheci as praias maravilhosas da Paraíba. Fiz um passeio de Buggy inesquecível com uma bugueira muito simpática. Recomendo a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bom?
      Fico muito feliz mesmo em saber que o Apaixonados por Viagens te inspirou e você teve bons momentos em João Pessoa!
      Muito obrigada pelo retorno e pelo comentário.
      Abraços,
      Lily

      Excluir