quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Canadá: planejando... Aluguel de Carro!! (2)



Agora sim... o mais importante: COMO ALUGAR O CARRO??

Então... eu recebi, antes de viajar, a dica super quente de que sai mais barato reservar o carro daqui do Brasil do que reservar ao chegar lá no Canadá.

Até onde sei e pude entender, a dica vale para qualquer lugar do mundo... e, é claro, em se tratando de empresas de aluguel de carro internacionais que tenham também filial/loja no Brasil, ok??

Funciona assim: 

- Você liga para as empresas e pede um orçamento para o local e dias para onde viajará. Quase todas oferecem um 0800 ou similar contato (verifique nos sites).

- Oferecido o orçamento e tendo sido comparado entre outras empresas (eu liguei para duas grandes lojas de aluguel de carro, a Hertz e a Avis), sabedor de que aquele orçamento foi muito bom, pergunte se tem descontos... aliás, esgote todas as possibilidades de descontos que você puder cravar: descontos para empresa onde trabalhar, cartões de crédito, cartões de milhas e de fidelidade com companhias aéreas (TAM Fidelidade, Smiles etc), entre outros.

Por exemplo, a Hertz oferece um excelente desconto, na ordem de 20% para quem possui o cartão Itaúcard Tam. Pena que eu não tenho... =((

- Por fim, o que não pode deixar de perguntar, em matéria de descontos, é quanto ao PAGAMENTO ANTECIPADO!! Sim, descobri que quando você reserva o carro que vai usar no exterior, mas com reserva já feita aqui no Brasil, quando você pede para fazer o pagamento antecipado (até 24 horas antes de efetivamente iniciar o uso do carro), você recebe mais descontos!!!

Além de ter desconto ao efetuar o PAGAMENTO ANTECIPADO, você pode parcelar - eu fechei com a Hertz e pude parcelar em até 3 vezes!! - vai pagar em reais, sem incidência de IOF e com um excelente preço!!!

Se comparado com o preço de balcão, caso eu deixasse para fazer a reserva lá no Canadá mesmo, o preço que paguei aqui no Brasil saiu muito mais barato.

A única coisa que ficou para pagar no Canadá, em Toronto - onde peguei e devolvi o carro - foram alguns impostos locais de serviço que deveriam ser pagos lá mesmo no momento da devolução do carro. 

Fantástico, não?? 

Você pode fazer a reserva e só deixar para pagar às vésperas da viagem. No meu caso, mesmo com a reserva feita daqui no Brasil, o pagamento só foi realizado quando eu já havia chegado em Toronto, por meio de cartão de crédito. Não é o mais recomendado, ok?? Pois dá um pouco de trabalho, já que eles pedem o envio de cópias de documentos por e-mail. Sugiro que efetue o pagamento ao menos na véspera da viagem.

Ah, não posso deixar de mencionar a loja de aluguel de carros Alamo, muito famosa também, especialmente para quem vai para os EUA, com preços competitivos. O problema é que não consegui localizar um telefone da Alamo, tipo 0800, mas tão somente telefone de lá, dos States... por isso desanimei de ligar. E pela internet, ao simular um orçamento, não ficou tão vantajoso.

Portanto, fechei com a Hertz, alugando o carro daqui do Brasil, com retirada e devolução em Toronto, por 14 dias, no valor de 615USD, sendo que parte desse valor seria pago em reais e dividido em até 3 vezes, e outra parte, em torno de 105USD, deveria ser paga diretamente na loja da Hertz em Toronto, referente a tributos locais.

As únicas proibições com relação ao deslocamento eram para o Alaska e o México, que estavam bem longe e fora dos meus planos. rsrsrs...

Retirei o carro em uma agência da Hertz localizada bem no centro de Toronto, na Union Station, de fácil acesso, e a devolução poderia ser feita 24 horas!!! Isso também foi formidável!! Havia um estacionamento, na mesma rua da Union Station - Front Street West - onde o carro poderia ser devolvido a qualquer hora. No dia seguinte, fui à loja da Hertz para verificar se estava tudo certo, efetuar o pagamento do restante, referente às taxas de serviço, que deveria ser feito quando da devolução do carro, e pegar o recibo da devolução. E no final, estava tudo certo! Todos os valores acordados estavam regulares. 

Mas a saga não termina por aí... você, ao alugar o carro, precisa ter noção da categoria do carro que vai alugar e também decidir sobre o seguro.

Sobre a categoria, peguei uma superior, embora não fosse a top. A categoria do carro vai influenciar diretamente no preço da diária. E também saibam que quantos mais dias você alugar o carro, mais barato vai ficando o valor da diária, que cai à medida que aumenta o número de diárias.

O carro - eu não entendo nada de carro, ok?? - era um Ford Fusion, espaçoso para duas pessoas e suas malas. Porém, advirto logo: para mais que duas pessoas, especialmente se estiverem mal intencionados a comprar o mundo em outlets, com bagagens grandes, creio que o Fusion não fosse comportar ou que não ficasse muito confortável!!! Talvez, nesse caso, o melhor seria pagar um pouco mais pela categoria mais top.

sobre o seguro... eles disseram o seguinte: eu poderia escolher por um seguro - incluído no preço total, cujo valor não me foi passado - que não seria total, mas que cobriria qualquer dano superior a 500USD. Ou seja, qualquer dano ao veículo que custasse menos que 500USD, eu teria que arcar. Superior a esse valor, a Hertz acarcaria.

A outra oferta de seguro foi a de seguro total, no valor de aproximadamente 250USD e, se escolhesse esse seguro, eu  não arcaria com nenhum tipo de dano. A Hertz cobriria absolutamente tudo.

Diante disso, optei pelo seguro mais simples, com a franquia de 500USD para o caso de sinistro. 

As estradas no Canadá são muito boas, especialmente as freeways!!! E, de fato, foi a melhor decisão, pois, depois de devolver o carro, que estava em perfeitas condições, nada foi cobrado pela loja, nem mesmo a limpeza!! Só aí economizei uns 250USD!!!

O carro foi entregue com o tanque cheio e assim deveria ser devolvido.

Rodei um pouco mais de 2mil quilômetros!!! Nessa trajetória toda, foram necessárias 4 paradas para abastecer o carro e, em média, o tanque cheio saía por 70USD.

Por fim, NÃO SE ESQUEÇA DE TER UM GPS COM MAPAS ATUALIZADOS!!!! O GPS não é frescura, viu?? Quando aluguei com a Hertz, por algum motivo não explicado, não tinham GPS para alugar (em média, acrescenta uns 10USD na diária do carro). Por sorte, consegui um emprestado que continha os mapas do Canadá e EUA atualizados.

Se você tiver um GPS aqui no Brasil e quiser usá-lo na viagem para fora do Brasil, NÃO SE ESQUEÇA DE CHECAR OS MAPAS!! Algumas marcas de aparelhos de GPS oferecem a possibilidade de se comprar, pela internet mesmo, mapas atualizados para baixar e carregar no GPS. Isso é super importante!! Deslocar-se com o GPS torna tudo mais fácil, seguro e, mesmo que às vezes ele não te coloque no melhor caminho, o importante é que você não estará perdido!! Em algum momento chegará ao destino desejado!! 

Ouvi dizer que a marca Garmin, de GPS, é umas das melhores. Se você tiver interesse em comprar um lá fora, só fique atento à questão dos mapas atualizados, ok??

Tem um site que é bacana e faz simulações de aluguel do carro, o Enterprise Rent-a-Car, que pode ser bastante útil para já se ter uma noção inicial de valores e das empresas. Como já disse, eu nem cheguei a usar esse site... saí ligando para as lojas e consultando os valores. A primeira que me ofereceu o melhor orçamento, eu já fechei pré reserva. Ah, não se esqueça de que você pode retirar o carro em uma cidade e devolvê-lo em outra cidade!! Costuma ser um pouco mais caro fazer isso, só que pode ser mais interessante e prático a depender da situação.

Então... pé na estrada!!! 

Adorei a experiência de rodar pelas estradas canadenses, de poder conhecer vilarejos por onde passei, lindas cidades, santuários, basílicas, cachoeiras... poder ir aos EUA e fazer compras, tendo um carro lá me esperando para entulhar as várias sacolas, também foi um facilitador danado!!! kkkkkk... 

Enfim... mais uma vez, quem puder ter esse gasto extra, aproveite!! Vale a pena alugar o carro para passear no Canadá.


23 comentários:

  1. Estava à procura desde assunto na net e encontrei o seu blog. Valeu pelas dicas, vou ao Canadá em outubro e pretendo dirigir de Québec à Toronto.
    Também adoro planejar a viagem...
    Bjs, Cristina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thetê boa noite,quero fazer o mesmo percurso,em Janeiro de 2018,pode me ajudar com sua experiência ??Desde já agradeço e espero respostas

      Excluir
  2. Olá, Cristina!! Que bom poder ajudar e contribuir para sua viagem!! Eu fui de Toronto a Montreal, depois de Montreal a Quebec City, seguindo para Ottawa, depois para Toronto e, por fim, Niagara Falls. Foi muito divertido!! Em outubro você poderá curtir a linda paisagem de outono!! Deve ser espetacular! Qualquer dúvida, estou às ordens! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lili, vou fazer o mesmo trecho e estou em dúvida com relação sobre onde estacionar o carro em cada cidade. Muito caro os estacionamentos? Os hotéis tinham estacionamento disponível? Os EUA tem locais q alugar um carro acaba sendo inviável, como em NY, Miami e Chicago... Mas por outro lado tem outros lugares q o carro é essencial como na Costa Oeste dos EUA...

      Excluir
    2. Simone como foi sua viagem,vamos em Janeiro,você pode nos ajudar com sua experiência ?
      Desde já agradeço e espero respostas.

      Excluir
    3. Olá, Simone! Tudo bom?
      olha, ou a gente estacionava no hotel e nem sempre estava incluído na diária (pagávamos à parte) ou colocávamos em estacionamento público, de rua, porém fechado. Na maioria das vezes, nesses estacionamentos, o esquema era em máquina onde você colocava o tempo em que o carro ficaria ali dentro estacionado e pagava o valor correspondente.

      Se você fizer a reserva no Booking.com, é normal na descrição do hotel aparecer se ele oferece estacionamento e se ele é incluído na diária ou pago à parte. Fique atenta a este detalhe ao fazer a reserva.

      Concordo plenamente com você que há lugares em que não compensa alugar carro, como NY e vou ser muito sincera: o carro foi útil somente nos deslocamentos internos, de uma cidade para outra, o que foi muito legal para pararmos em cidades pelo caminho e para fazer o passeio de Quebec City para Ste-Anne... porém, dentro mesmo das cidades, de Montreal, de Quebec City, de Ottawa e de Niagara Falls, não há a menor necessidade de ter carro. É algo a se considerar e colocar na ponta do lápis se vai querer fazer esses deslocamentos de trem ou ônibus e ficar livre do carro ou se vai querer o carro para conhecer outras cidades pelo caminho.

      Espero ter ajudado.

      Beijos,
      Lily

      Excluir
  3. Lili, e quanto a carteira de motorista? serve a brasileira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitor DQ, tudo bom?
      Então... eu não dirijo (não tenho nem habilitação brasileira, menos ainda a internacional rsrsrs...). Mas meu namorado me disse, que foi o motorista da rodada no Canadá, disse o seguinte:
      - Ele só viajou a turismo, até hoje, portando a habilitação brasileira e foi assim para o Canadá, EUA e Europa.
      - Para fins de aluguel de carro, ou seja, para apresentação junto à locadora, não vão te exigir mais do que isso.
      - Porém, ele disse que já soube de outras pessoas que tiveram problemas, como acidentes com o carro ou com a Polícia local (excesso de velocidade, dirigir alcoolizado...) que ter a habilitação internacional facilitou bastante a resolver os problemas, enquanto quem só tinha a brasileira teve mais dificuldade para resolver.
      - Quando ele morou fora, aí sim, como seria residente no local, ele tirou a habilitação internacional, que, à época, tinha validade de 1 ano.

      Espero ter ajudado!
      Boa viagem.
      Abs

      Excluir
  4. Perfeitas essas dicas!!!! Super obrigada!!!! Liliane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! É sempre um prazer ajudar e fico feliz com esse feedback!
      Abs,
      Lily

      Excluir
  5. Lily, tenho uma dúvida: quanto você pagou de seguro por dia? O que exatamente cobria seu seguro, apenas danos materiais pu pessoas? É obrigatório no Canadá? Se você não sabe, o cartão VISA Gold já inclui seguro para o veículo, mas não segura as pessoas. Há boas ofertas nos sites das locadoras, mas nunca mencionam o seguro, e na Alamo dos EUA paguei ano passado quase o mesmo valor da locação em seguro, por desconhecer a legislação (os caras também são treinados para te empurrar de tudo!). Muito obrigado pelas informações. Att, Ricardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ricardo!
      Peço mil desculpas pela demora absurda em responder. Por algum motivo, não recebi notificação do seu comentário e acabou se perdendo aqui.
      Olha, como a viagem foi em 2012 e como foi o Julio que fez a reserva, daqui no Brasil, não lembro mais dos detalhes. Desculpe-me. De todo modo, a gente tem por hábito fazer o seguro integral de danos, sabe? O seguro não é obrigatório (ao menos não era quando eu fui, mas é aconselhável). Mas sim, há casos em que na hora, na loja, eles cobram taxas extras que nem imaginávamos. Por isso que resolver daqui do Brasil é vantajoso. Você negocia em português, paga em reais e pode parcelar e deixa logo tudo claro.
      Espero ter ajudado
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  6. É sempre bom ter certeza se a empresa é excelente
    para alugar um veiculo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Maycon. Eu geralmente opto pelas mais conhecidas, como a Hertz, a Avis e a Álamo, para fora do Brasil. Até hoje, pelo menos, não tive problemas. Graças a Deus!!!
      Abraços,
      Lily

      Excluir
  7. Olá amigos. Pergunto se posso alugar um carro nos Estados Unidos (pelas locadoras tradicionais), cruzar a fronteira, e devolvê-lo no Canadá. Indago ainda quais seriam os trâmites necessários. Grato!
    edupilau@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Eduardo!
    Tudo certinho?
    Quando eu fui para o Canadá, eu aluguei no Canadá, atravessei a fronteira, fui aos EUA, voltei e devolvi no Canadá.
    Olhe, pode ser que haja sim alguma cobrança de taxa de entrega em país diferente. Mas isso só mesmo com as locadoras para você se certificar. Veja com a Avis, Hertz ou Álamo.
    Com relação aos trâmites necessários, a própria locadora vai te orientar!
    Você pode alugar daqui do Brasil!! Aí fica mais fácil tirar todas as suas dúvidas com uma atendente brasileira que fará para você a reserva e você ainda poderá pagar em reais (melhor do que dólares!!) e na maioria das vezes poderá parcelar! Bom, não?
    Espero ter ajudado!
    Abraços,
    Boa viagem!
    Lily

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Olá.. estou pensando em alugar um carro para ir de montreal para ottawa e depois de montreal para quebec... só que li em alguns blogs que para estacionar em montreal é muito ruim.. vc tem alguma dica para eu deixar uma noite o carro em algum estacionamento? existem estacionamentos gratuitos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fábio! Tudo bem?
      Então, nós deixamos o carro no estacionamento do hotel, que era pago. Não foi o esquema mais econômico. E, para ser sincera, em Montreal nós não usamos carro, sabe? Nem mesmo para irmos ao Cirque du Soleil. Optamos pelo táxi para podermos beber uma cervejinha. O carro nem sempre sai mais econômico, mas é uma boa oportunidade de conhecer lugares pelos deslocamentos. Em Quebec City, usamos para chegar ao Canyon Ste Anne e Igreja... de modo geral, o carro foi bem legal para os deslocamentos entre as cidades porque pudemos ir parando em várias cidades pequenas. Mas dentro das cidades propriamente dito, praticamente não usamos carro.
      Espero ter ajudado.
      Depois volte aqui e me conte como foi, viu?
      Abraços,
      Lily Pestana

      Excluir
  11. Boa noite!
    Você sabe me informar se consigo locar um carro nos EUA e passar para o Canadá e retornar aos EUA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta!
      tudo bem?
      Eu nunca fiz o inverso, sabe?
      Mas considerando que aluguei o carro no Canadá, atravessei a fronteira para os EUA e depois voltei para o Canadá e deu tudo certo, acredito que não haja problema algum, entende? A lógica é a mesma
      Como dica, apenas acho importante você falar isso para a locadora na hora da reserva do carro para deixar claro que você pretende atravessar a fronteira, ok?
      Espero ter ajudado,
      Feliz 2016!
      Beijos,
      Lily

      Excluir
  12. Olá Lily!

    Gostei muito do seu post e foi bem mais esclarecedor do que a maioria dos sites por aí, hehe.

    Porém pesquisando preço de locações no site da ALAMO, principalmente, achei o valor absurdamente barato. Daí estou um pouco desconfiado. No site deles, um veículo da categoria mais baixa, mas que é excelente, com todas as taxas incluídas (isso está escrito quando simulo a reserva) está saindo por 175CAD, ou uns 500 reais mais ou menos. Sei que há algumas coisas que serão cobradas no momento da retirada do veículo e tudo mais. Mas ainda assim, estou achando o preço muito baixo.

    Você saberia me orientar de alguma forma a respeito disso?

    Lucas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucas!
      Que bom! Fico feliz por ter gostado e pelo comentário!
      Então, eu normalmente não sou a responsável pelo aluguel de carro rsrs... mas sim o Julio! De todo modo, o que posso te dizer é que tenho vários amigos que já alugaram carro com a Alamo e nunca soube de nenhum deles ter tido problema no aluguel. Como lá eles são muito sérios, acho que qualquer coisa que esteja escrito no site e que na hora de retirar o carro ou de fechar o contrato se for diferente disso, basta você cobrar que eles vão honrar!
      No caso da Alamo, até onde sei, não dá para pagar daqui do Brasil, né? Para essa viagem, do Canadá, nós reservamos pela Hertz muito em função da facilidade de podermos fechar daqui do Brasil, pagar em reais e parcelar. Achei isso muito bom, viu?
      Depois me conte o que você decidiu e estou na torcida para dar tudo certo!
      Abraços,
      Lily

      Excluir