sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Câmbio de $$ para viajar para o exterior!!

Este sim é um assunto que sempre me traz muitas dúvidas... afinal, o que é melhor:

. Trocar dinheiro antes de viajar pela moeda local?? E qual a quantidade??
. Usar o cartão de crédito?? E a cotação do dólar que sempre oscila?? E o IOF que incide nas operações internacionais?? 
. Comprar cartões de rendimento ou travel money?? Como funciona? Quanto comprar antecipar? Quais os valores?

Quais as vantagens e desvantagens disso tudo??

Eu confesso que a cada viagem que faço eu verifico qual a melhor opção. Analisando a cotação do dólar e a incidência de IOF, já é possível ao menos saber se é melhor comprar a moeda e levá-la em quantidade aproximada para os gastos da viagem ou se o melhor é usar o cartão de crédito, ciente da incidência do IOF e das oscilações da cotação do dólar.

Já fiz viagem para a Argentina e Uruguai, por exemplo, em que o optei por levar dólares e trocar pela moeda local - pesos - quando, fazendo umas continhas matemáticas, verifiquei que era mais vantajoso comprar dólares no Brasil e trocá-los pelos pesos locais (muito mais vantajoso do que já comprar os pesos no  Brasil e muito mais vantajoso do que levar reais e trocá-los lá por pesos).

E, é claro, também já usei muito o cartão de crédito. MUITO MESMO!!

Acho que cada um precisa realmente avaliar bem o seu destino e fazer algumas continhas matemáticas para concluir pela melhor opção.

Na minha opinião, ter um cartão de crédito internacional - lembre-se de comunicar ao seu banco sobre a viagem, mesmo sendo o seu cartão internacional, para não correr risco de ser bloqueado - pois, na hora de algum sufoco, o cartão pode ser bastante útil e prático. Sugiro ter ao menos um, mesmo que não tenha intenção de usar.

Só que o uso do cartão de crédito nem sempre é o mais vantajoso financeiramente.

Hoje, por exemplo, o dólar no cartão de crédito está fechando a R$2,13 (mais ou menos). Em cima desse valor incide o tributo IOF, com alíquota de 6,38%. Além disso, conta-se com as incertezas das oscilações do dólar. Ou seja, uma compra efetuada na data de hoje, com o dólar fechando a R$2,13, pode variar porque no momento do fechamento do cartão o dólar pode ter outra cotação e, entre o fechamento e o pagamento, o dólar pode também sofrer nova variação, e, nesse caso, essa última implicar em diferença de cotação a ser paga na fatura do mês seguinte do cartão de crédito.

Bem... e, para que tenham noção, se fosse comprar hoje em uma casa de câmbio, o dólar estaria custando em torno dos R$2,14. Vejam aí a diferença entre usar o cartão de crédito e comprar a moeda.

Considerando essa alta assustadora do dólar, do euro e da libra, considerando também todas essas observações a respeito dos pagamentos efetuados com o cartão de crédito no exterior, o que muitos estão preferindo fazer é simplesmente comprar o dólar ou o euro antes de viajar, estimando um total de gastos da viagem, escapando do IOF e das oscilações das moedas e garantindo uma cotação.

A verdade é uma só: tudo dependerá da sua estimativa de gastos e da sua preocupação em minimizá-los ou não!!!!

Uma vantagem do cartão, para quem estiver pensando que agora não vale mais a pena usar cartões de crédito nas viagens, é adquirir mais pontos nos programas de fidelidade dos cartões de crédito, sendo que a maioria dos cartões oferece programas de fidelidade e esses pontos podem depois serem revertidos em outras passagens aéreas. Também, é claro, não se pode esquecer das facilidades em ter um cartão de crédito em mãos e não ficar com grandes quantidades de moedas estrangeiras, administrando dinheiro, andando com muito dinheiro o que requer mais cuidados a depender do local por onde esteja passeando... 

Outra vantagem também é poder usar o seu cartão de crédito para comprar a passagem aérea e, com isso, ter direito de receber da Operadora do Cartão um Seguro Viagem (não vai incidir IOF se a passagem for comprada com a agência da companhia aérea aqui no Brasil e em reais). 

Trazendo a minha mais recente experiência... viajei por quase 20 dias pelo Canadá recentemente (faz 2 semanas que regressei!!!).

Antes de viajar, eu analisei cada uma das opções que eu tinha:

-> levar um valor em reais e fazer câmbio por dólar canadense quando chegasse lá

-> levar um valor em dólares americanos e fazer fazer câmbio por dólar canadense por lá

-> levar um valor baixo em dólar canadense, comprados aqui no Brasil, para pequenos gastos mais básicos e necessários, como deslocamentos, e colocar todo o resto (a maior parte) no cartão de crédito --> MESMO QUANDO SE PRETENDE USAR SOMENTE O CARTÃO CRÉDITO, SAIBA QUE TER UM POUCO DA MOEDA LOCAL É FUNDAMENTAL PARA ALGUNS GASTOS... JÁ QUE NÃO SE PODE AINDA DEDUZIR QUE HAJA LUGAR NO MUNDO EM QUE TODOS OS ESTABELECIMENTOS, QUALQUER QUE SEJA, ACEITAM CARTÃO DE CRÉDITO... por isso aconselho ter sempre um montante mínimo e razoável, mesmo que pequeno, da moeda local durante a viagem (não importa se você fará o câmbio no Brasil ou no exterior, mas faça um pouco)

-> levar um valor alto em dólar canadense para cobrir a maior parte dos gastos da viagem e evitar ao máximo usar o cartão de crédito

-> comprar o Visa Travel Money e fazer uma recarga inicial estimada dos valores que eu gastaria (ao menos os gastos básicos e depois recarregar se fosse preciso).

Diante de tantos questionamentos... E o que foi que eu fiz??? rsrsrs... 

As respostas seguem no próximo post!! rsrsrs... ACOMPANHEM!!! =))

3 comentários:

  1. olaaaaaaaaaaaa tarde
    Primeiramente preciso agradecer imensamente esse blog MARAVILHOSO!
    Já li de "cabo a rabo" e as dicas são incríveis.
    Mas entro em contato porque preciso de uma informação que vai "bater o martelo" na minha decisão de ir a Toronto fazer um intercambio e aprimorar o inglês (escolhi por uma escola que fica em Yorkville).
    Mas o que está complicando é que eu não tenho muita noção de quanto vou gastar POR DIA com metrô, refeições, e passeios na parte da tarde.
    O curso será de 3 semanas e terei a tarde livre. Quanto devo levar por dia para consumir? Por favor me ajude.

    Desde já obrigada pela ajuda.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. oa tarde
    Primeiramente preciso agradecer imensamente esse blog MARAVILHOSO!
    Já li de "cabo a rabo" e as dicas são incríveis.
    Mas entro em contato porque preciso de uma informação que vai "bater o martelo" na minha decisão de ir a Toronto fazer um intercambio e aprimorar o inglês (escolhi por uma escola que fica em Yorkville).
    Mas o que está complicando é que eu não tenho muita noção de quanto vou gastar POR DIA com metrô, refeições, e passeios na parte da tarde.
    O curso será de 3 semanas e terei a tarde livre. Quanto devo levar por dia para consumir? Por favor me ajude.

    Desde já obrigada pela ajuda.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiii, Gisleide!
      Que linda! Muito obrigada por ler e acompanhar o Apaixonados por Viagens!!
      Olha, em relação a esses gastos que você quer saber, fica até complicado opinar porque tem muito a ver com gosto, né? Eu, por exemplo, tenho o perfil de viajante que toma um bom café da manhã e ao longo do dia eu no máximo faço um lanchinho mega rápido, daquele tipo que você compra um sanduíche e vai comendo e andando na rua, sabe? E depois para jantar em bons restaurantes à noite. Normalmente, eu faço meus cálculos em cima de 50 dólares por dia e, até hoje, funcionou bem. Às vezes sobra... às vezes fica na conta.... e, na pior das hipóteses, quando quero comprar algo em lojas e extrapolo um pouco, eu uso o cartão de crédito mesmo sabendo do IOF (6,38%). Fazer o que, né? Evito ao máximo o cartão, mas tem horas em que não há outro jeito.
      Espero ter ajudado.
      Beijinhos,
      Lily

      Excluir