sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Fortaleza/Ceará: réveillon ou carnaval??

Não consigo me livrar desse "clima de fim de ano"!! Deve ser porque o ano está acabando mesmo e tenho ótimas lembranças dos últimos reveillóns!!

Portanto, nada mais justo do que compartilhar algumas dessas trips aqui e, quem sabe, motivá-los a conhecer algum desses lugares??

FORTALEZA... terra de Iracema... das jangadas... de muito vento... das dunas e passeios de buggy... do baião de dois com carne de sol e muito queijo... de muito camarão... do artesanato... do forró... das praias de cor verde-azulado... e de sol, muito sol e calor!!



Estive em Fortaleza por duas vezes, no carnaval de 2006 e na virada de 2009 para 2010!! Fiquei 5 dias em cada vez (considero um tempo razoável para fazer os principais passeios).

Já logo adianto que são dois cenários beeem diferentes!!


Carnaval de 2006, em Fortaleza, para quem achava, como eu, que iria encontrar uma cidade cheia de foliões, com muitas festas e ruas cheias de gente e blocos de carnaval, enganou-se!!! Sim... a terra do Fortal (o famoso carnaval fora de época que ocorre em Fortaleza e que atrai milhares de pessoas) não é a terra do carnaval!!

Pelo contrário: em Fortaleza, pelo que pude perceber, havia praticamente só turistas (os desavisados como eu!!) enquanto que os foliões mesmo foram para outros lugares, redutos das festas de carnaval, como Canoa Quebrada (Município de Aracati) e Morro Branco/Praia das Fontes (Município de Beberibe).

Inclusive, para chegar em Canoa Quebrada e em Morro Branco, no carnaval, foi bem complicado, porque as ruas não comportavam tantos carros, trios elétricos e tanta gente!!

Quem estiver atrás de um carnaval calmo, sossegado, para "jiboiar" nas praias, descansar, esquecer da vida e pegar um super bronzeado, pode ir para Fortaleza sem medo de ser feliz!!

É claro que você vai se divertir bastante, mas vai fugir também dos bloquinhos de ruas (os cariocas sabem muito bem do que eu estou falando e de como o trânsito fica uma delicinha aqui no Rio em época de pré/durante/pós carnaval por causa dos blocos de rua!!).

Aproveitará bastante o dia com passeios pelas praias do Ceará, que são maravilhosas!! Até mesmo o famoso Beach Park entra no roteiro da diversão.

E, à noite, poderá curtir lugares como a Avenida Beira Mar e sua imeeeensa feirinha de artesanato (tudo bem que isso só vale para as mulheres!!!), ou o Centro Cultural Dragão do Mar que é repleto de opções como bares, restaurantes, pubs e boates ao seu redor... tem também a noite dos turistas no Pirata`s Bar (é programa para turista mesmo!!!) que ocorre às segundas-feiras; os super quiosques na Praia do Futuro que contam como uma infraestrutura fantástica (como o Croco Beach); fartar-se de comer muitos e muitos camarões bem fresquinhos lá no mercadinho que tem no final da praia de Mucuripe (você compra o quilo e já é frito na hora, ao alho e óleo, e come com farofa... hummm... de dar água na boca!!! ...e, para melhorar, a preços baratíssimos), ou cair na noite no famoso Mucuripe Club que costuma organizar festas e shows bem badalados, que fica no Centro, próximo à Praia de Iracema (fique de olho na agenda deles!!).

Ou seja, é impossível não se divertir em Fortaleza seja no carnaval ou no reveillón!!


*** Mas como o assunto aqui principal é o REVEILLÓN, confesso que eu fiquei impressionada em ver a cidade tão cheia, tão movimentada quando estive por lá, pois minha lembrança era do carnaval, das ruas calmas e sem tumulto!!

É claro que isso dificultou algumas coisas como: achar um bom hotel, deslocamentos dentro da cidade, atendimento em restaurantes e quiosques nas praias muito demorado e confuso, passeios contratados com o receptivo local (agência de turismo que foi indicada pela recepção do hotel) sempre atrasados... enfim... tem que ter paciência e fazer o seu lado autista/contemplativo falar mais alto, afinal, as paisagens e belezas naturais cearenses compensam tudo isso!!

Em 2006, eu me hospedei na praia de Meireles, bem em frente à Avenida Beira Mar e foi espetacular, no Ponta Mar Hotel, que eu super recomendo.

Já em 2009, mesmo me organizando para passar o reveillón por lá com mais ou menos dois meses de antecedência, foi uma loucura achar um hotel bom, bem localizado e com preço justo e acessível. Acabei ficando com minhas amigas na Praia de Iracema, na quadra da praia, bem próximo ao início da praia de Meireles.

Achei bem melhor ficar em Meireles!!

A queima de fogos e os shows abertos ao público ocorrem no Aterro da Praia de Iracema, que tem uma faixa de areia bem extensa. Na virada de 2009 para 2010, o Lulu Santos, entre outras atrações, se apresentou. É claro que você vai ouvir muito, mas muito forró mesmo!!




Em consequência, o bairro de Iracema ficou intransitável!! Cheio, lotado, repleto de pessoas!! Os carros simplesmente não conseguiam andar e o engarrafamento era enorme!

Do nosso hotel até a festa de reveillón, onde iríamos passar a virada, no Marina Park, gastamos praticamente uma hora, um trajeto que não levaria mais do que 10 minutos em condições normais.

Logo, uma grande dica é: ou hospede-se perto da festa de reveillón para onde vai ou já reserve um táxi/transporte com antecedência e combine em um lugar para te pegar que escape um pouco dos engarrafamentos, ou fique bem longe de Iracema!!!

Quanto à festa de reveillón, no Marina Park, foi uma festa bem grande, para aproximadamente 8 mil pessoas. É inegável que a decoração estava lindíssima!! O tema era a África, inspirado na Copa do Mundo que foi realizada lá em 2010!! Tudo muito Lindo Lindo e caprichado nos detalhes!


Chegamos um pouco tarde por causa do deslocamento tumultuado e, por isso, boa parte do buffet diferenciado e chique, como cascatas de lagostas e camarões, já tinha acabado e não foi reposto. O que não quer dizer que não houvesse fartura de comida, como risotos, carnes e saladas, porque havia sim e muita!!

Bebida foi outro problema: havia muitos bares espalhados servindo coquetéis e caipirinhas. Mas conseguir uma garrafa de champagne antes da virada foi quase uma verdadeira luta com os garçons!!

Na virada, assisti ao show do cantor italiano Luciano Bruno. Depois, a noite foi animada com o grupo de música baiana Chiclete com Banana.

O Chiclete se apresentou por quase 5 horas seguidas e foi o auge da festa!! E, após a virada, o estresse com o champagne também terminou!! Aliás, havia champagne até demais depois!! rsrs... Pulei, dancei e me acabei!! No final das contas, desconsiderando o problema com a bebida antes da virada, a festa foi excelente e eu recomendo!! A festa começou por volta das 21:00 e foi até umas 8:00 da manhã, com um lindo amanhecer!!


Para quem quiser saber um pouco mais sobre a programação do reveillón em Fortaleza para esse ano, a Prefeitura está prometendo 17 minutos de queima de fogos de artifício no Aterro da Praia de Iracema e shows da Orquestra Sinfônica de Fortaleza, Caetano Veloso, Mart`nália com a bateria da Escola de Samba Vila Isabel e, encerrando a festa, Biquíni Cavadão.

Mucuripe Club e Croco Beach também organizam festas antes do reveillón e no dia da virada! Vale a pena acompanhar a agenda deles!!


No próximo post eu comentarei sobre os passeios: Canoa Quebrada, Morro Branco/Praia das Fontes, Cumbuco, Praia do Futuro, Lagoinha, Beach Park, Mundaú... e também pontos turísticos de Fortaleza como o Centro Cultural Dragão do Mar, Ponte dos Ingleses, Avenida Beira Mar, Centro e feirinha de Artesanato... e restaurantes, é claro! Aguardem!!

3 comentários:

  1. Quanto a comida e a bebida, a festa do Marina não é bem como a propaganda que fazem dela, mas o show do Chiclete vale o ingresso!! Mesmo não sendo fã de axé music, não tem como não se divertir!!

    E só para não perder o hábito...o tema da festa não era exatamente a Copa do Mundo, mas a Africa!!

    ResponderExcluir
  2. Já sinto saudades das minhas férias lá em Fortaleza! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ceará é terra boa demais, hein?
      Eu sou apaixonada por Jeri! Ah se eu pudesse ir todo ano... rsrs...
      beijinhos,
      Lily

      Excluir